Campo Grande

Em Campo Grande, Marquinhos libera parte do comércio, mas com regras rígidas

Publicado

Após o presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido) assinar decreto permitindo a abertura de Casas Lotéricas e Igrejas, o prefeito Marquinhos Trad (PSD) anunciou, na tarde desta quinta-feira (26), que Campo Grande terá regras específicas.

“Na minha cidade terá regras, vamos sim obedecer a determinação do presidente desde que preencham todos os comemorativos que vamos exigir a partir desses decretos. Hoje está sendo publicado o decreto em consonância com o governo federal, que diz respeito ao retorno das atividades. Em Campo Grande será permitido funcionamento a partir de amanhã”, diz Marquinhos.

Conforme o prefeito, Restaurantes, Casas Lotéricas, Construção Civil e Igrejas terão autorização para funcionar. Saiba como:

Restaurantes

Funcionamento será permitido com lotação máxima reduzida em 70% da sua capacidade normal. Dono que quer reabrir sua atividade laboral, só pode funcionar com 30% de lotação. Terá que realizar a higienização completa do local antes de abrir e logo após seu término. Ao utilizar máquinas de cartão, elas devem ser limpas com produtos, principalmente o álcool.

Os clientes devem manter distanciamento de 2 metros entre as mesas. “Se cabe dez, você só pode colocar três mesas com a distância exigida. Todos os funcionários e colaboradores devem utilizar equipamento de proteção individual, conforme OMS. Luvas e máscaras descartáveis. Dois equipamentos são obrigatórios. Se possível, aferição da temperatura corporal na entrada do estabelecimento com termômetro infravermelho. Aqueles que não se encontrarem com temperatura dentro da normalidade, deverá ser proibida sua entrada no restaurante”.

Além disso, o prefeito exige que sejam disponibilizados em locais visíveis, informações sobre Covid-19 e medidas de prevenção.

“Vamos fazer rondas a partir de amanhã, surpresas, nesses restaurantes. Aqueles que abrirem, fiquem cientes que tem que cumprir todos os requisitos. Não vão reabrir sem regras. Primeiro valor da nossa gestão é a vida, depois o econômico.  Nossa cidade, não tivemos nenhuma morte. Os índices ontem era 22 casos, hoje são 23 casos em Campo Grande”.

Casa lotérica

Realizar a higienização completa do local. Depois que higienizar, de duas em duas horas, tem que higienizar novamente o interior da Casa Lotérica. Todos os funcionários devem estar com equipamentos de proteção individual, luvas e máscaras descartáveis. Estabelecimento terá lotação máxima que permita distanciamento de 1,5 em cada um que estiver no local.

A Casa deve  marcar distância no chão para pessoas saberem onde elas podem ficar. Caixas devem ter 1,5 de distância um do outro. Deve dispor todas as casas de equipamento de álcool gel. A pessoa entrou, tem que se higienizar.

“Se não encontrar álcool, não abra, porque vamos cassar alvará. Já que pediram abertura, estamos dando as condições.  Casa lotérica abre das 9 horas até às 17 horas”, disse Marquinhos.

Igreja

Igreja vai ser permitido funcionamento de qualquer natureza, de qualquer placa religiosa, a partir de segunda-feira (30), desde que obedeça seguintes condições:

Realizar a higienização completa do local, antes e após a sua utilização. Principalmente em locais onde seus membros ou fieis assistam as missas ou seus cultos. Respeitar o limite de lotação de uma pessoa a cada 10 m2 no salão. Ainda assim, deve manter distância mínima de 1,5 entre as pessoas, conforme protocolos de segurança.

Todo ambiente deve ser higienizado, cadeiras, poltronas. Manter local com oferecimento de produtos para higienização das mãos, como agua, sabão e álcool gel. Se possível, aferir temperatura corporal na entrada do estabelecimento medicante termômetro infravermelho. Quem não estiver com temperatura na normalidade, deverá ter entrada recusada.

Manter local totalmente arejado, com todas as janelas e portas abertas. Fixar cartazes educativos para prevenção do Covid-19. Funcionamento e abertura dessas igrejas das 6 às 19h30. Limita-se até dois cultos por dia.

Construção Civil

Mediante cumprimento das notas técnicas expedidas pelo Ministério Público do Trabalho:

Fornecer lavatório com agua e sabão, como álcool 70%. Orientar trabalhadores do uso e pelo menos a cada duas horas. Manter ventilado os trabalhos. Máquinas e equipamentos devem ser higienizados antes e durante os trabalhos.

Deve ser restrita entrada de pessoas, que não trabalham no canteiro de obras. Mater distanciamento social em ambientes fechados, preservando separação de 2 metros, assim como nos postos de refeição. Avaliar turnos diferenciados de trabalho, para evitar aglomeração de pessoas.

Afastar pessoas que apresentem sintomas do Covid-19, afastar pessoas do grupo de risco, idosos com mais de 60 anos, ou com diabetes e hipertensão.

Por Top Mídia News

Comentários Facebook

Campo Grande

Em Campo Grande| Corpo encontrado em quintal é de vendedora desaparecida desde abril; namorado é procurado pelo crime

Publicado

O corpo encontrado enterrado no quintal de uma casa no bairro Morada Verde, em Campo Grande, sexta-feira (1º), é da vendedora e estudante de enfermagem Graziela Pinheiro Rubiano, de 39 anos, que estava desaparecida desde o início de abril.
De acordo com a delegada responsável pelo caso, Ana Luiza Noriler da Silva Carneiro, três pessoas foram presas pela ocultação do cadáver e a polícia procura pela quarta, que seria o namorado de Graziela e quem a teria matado.
A Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher procura pelo suspeito, que tem 39 anos. Uma amiga de Graziela, que foi quem registrou boletim de ocorrência sobre o caso, disse ao G1 que há cerca de um mês e meio percebeu alguns hematomas no corpo dela e esta pediu para ‘deixasse quieto’ o assunto.

Corpo estava enterrado em fossa desativada ©Leonardo de França

Três presos

Três pessoas foram detidas: Uma travesti, com passagens pela polícia por tráfico, que morava na casa onde o corpo foi localizado; um homem identificado apenas como ‘Alemão’, que teria ajudado enterrar o corpo e uma mulher, que morava na residência ao lado pertencente a ‘Huck’, onde o crime pode ter sido executado. Huck, que teve um envolvimento amoroso com Graziele, está foragido.
A travesti afirmou à polícia que viu Alemão com Huck jogando o corpo na fossa de sua residência durante a madrugada. A polícia então encontrou, na casa ao lado, de Huck, onde ele morava com outra mulher, marcas de sangue e um pé de cabra. A mulher que mora com ele confessou que limpou marcas de sangue na residência.
A suspeita é de que Huck tenha matado Graziele em sua residência com o pé de cabra e junto com Alemão, enterraram o corpo na fossa desativada na casa da travesti. Foram levadas para a Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher), a travesti, a mulher que mora com Huck e Alemão. Huck está foragido.
Por G1

Comentários Facebook
Continue lendo

Campo Grande

Em MS| Mãe e padrasto são presos por tortura de criança de 3 anos

Publicado

A Polícia Civil prendeu nesta terça-feira (21) em Campo Grande, uma mulher de 21 anos e um homem de 19 anos, que são suspeitos de tortura a uma criança de três anos, que foi internada nesta madrugada na Santa Casa, com fratura exposta de tíbia na perna esquerda.

A criança é filha da mulher. Ela recebeu o primeiro atendimento na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Leblon e devido à gravidade do ferimento foi transferida para o hospital.

Conforme o hospital, na UPA, em um primeiro momento a mãe disse que a criança tinha caído de um berço, a cerca de 80 centímetros de altura, na tarde de domingo, e que a encontrou no chão, chorando e se queixando de dores na perna esquerda.

Já após a transferência para o hospital, quando a Polícia Civil foi acionada pelo Conselho Tutelar, a mãe confessou a violência contra a criança e disse que tinha sido praticada com o padrasto.

Segundo o delegado Jarley Inácio de Souza, plantonista da Delegacia de Atendimento Comunitário (Depac) Cepol, ela foi presa em flagrante ainda no hospital. O padrasto que também estava no local fugiu e foi preso por volta das 4h, na casa dos seus pais. No local estava o outro filho da mulher, de 8 meses. A polícia vai investigar se o bebê também sofria agressões.

O delegado disse que com a equipe médica da Santa Casa foi constatada que a menina apresentava vários ferimentos pelo corpo. As lesões, conforme ele, teriam sido feitos em períodos diferentes, indicando que a vítima vinha sofrendo as agressões há algum tempo.

Jarley Inácio apontou que quando questionado sobre as agressões, o padrasto, que é evadido do presídio semiaberto da Gameleira, disse que batia na criança apenas para “educá-la”.

Segundo o delegado, tanto a mãe quanto o padrasto foram autuados pelo crime de tortura. Se condenados poderão pegar uma pena de 8 anos de prisão acrescida de um sexto, já que foi praticado contra criança.

No hospital, foi feito um exame ginecológico na menina, que não constatou sinais de abuso sexual. Ela passou por exames e aguarda cirurgia. A criança está acompanhada por uma cuidadora encaminhada pelo Conselho Tutelar.

O outro filho da mulher foi entregue para a guarda do Conselho Tutelar.

Por G1/MS

Comentários Facebook
Continue lendo

TRÊS LAGOAS

CÂMARA DE TRÊS LAGOAS

BRASILÂNDIA

POLICIAL

Mais Lidas da Semana