TRÊS LAGOAS MS
  Últimas
Chapecoense vence Sampaio Corrêa na Arena Condá
Brusque-SC supera o Operário_PR pela seria B
Com apoio da nação azul ,Cruzeiro vence mais uma no Mineirão
Separados por um ponto, Santos e Flamengo duelam pelo Brasileiro
Em dia de comemoração, Bioparque Pantanal e Corpo de Bombeiros celebram parcerias
Com 100% dos internos ocupados, sobram vagas em convênios de trabalho na Colônia Penal de Três Lagoas
Mato Grosso do Sul recebe Centro-Oeste de Vôlei de Praia neste final de semana
‘Esquenta UEMS’ reúne acadêmicos em competições esportivas neste sábado (02/07)
Sábado tem leve aumento de temperatura no Estado, com máxima de 34°C na região Norte
Fundação de Cultura seleciona artesãos e entidades do artesanato para participar da 4º Feira Nacional em Fortaleza
Polícia Militar divulga resultados do policiamento realizado na área do 11º BPM, entre 20 e 30 de junho
Militares de Coxim são condecorados com Medalha Dom Pedro II
Governo autoriza concurso para PMMS
8ªCIPM: Polícia Militar apreende produtos de contrabando e descaminho
Comandante da 10ªCIPM recebe visita de moradores do bairro Coophavila e liderança comunitária do bairro São Conrado
Polícia Militar de Jardim-MS apreende Arma de Fogo durante abordagem à veículo em Guia Lopes da Laguna-MS
Carga de descaminho é apreendida pela Polícia Militar Rodoviária, na MS 164, em Maracaju
Direto ao Assunto: Lucas de Lima fala do “Julho sem Plástico”
Liga das Nações: brasileiras batem Bulgária e assumem vice-liderança
SMS promove capacitação para profissionais da saúde para atendimento de ocorrências de acidentes com animais peçonhentos
Polícia Militar apreende 3,7 kg de cocaína e prende uma mulher por tráfico de drogas em Anastácio
Municipalista, ALEMS participa de entrega de maquinários no valor de R$ 40 milhões
Estão abertas as inscrições para o Campeonato Municipal de Futsal Feminino em Três Lagoas
Curso vai qualificar e aprimorar secretarias domésticas e diaristas para o mercado de trabalho
Motivação: como a trilha do fim de semana se tornou um negócio
SEMEC realiza Terceira Audiência Pública de Avaliação e Monitoramento do Plano Municipal de Educação
Polícia Militar encaminha dois homens por contrabando, descaminho e porte de drogas no município de Sidrolândia
8ªCIPM: Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar socorrem casal de idosos que se envolveram em acidente na MS-162
8ªCIPM: Polícia Militar apreende menor infrator por receptação
Em Paranaíba, Polícia Militar realiza o patrulhamento rural nas regiões do Alto Santana, Alto Tamandaré e no Assentamento Serra
Next
Prev

Destaques

Veja Trailer – Novo “Quarteto Fantástico” começa bem, mas tem final desastroso

Publicado

⚠ AVISO: Contém spoilers

Há uma série de elementos para justificar o fracasso colossal de “Quarteto Fantástico”, mais novo reboot da 20th Century Fox para um de seus mais problemáticos projetos cinematográficos: a dupla de filmes dirigida por Tim Story e lançada entre 2005 e 2007. Apesar do relativo sucesso comercial, que assegurou para ambos a liderança nas bilheterias no momento de seus respectivos lançamentos, a reação de crítica e público, sobretudo após a negativa publicidade boca a boca, seria suficiente para justificar uma nova tentativa de levar os heróis criados por Stan Lee e Jack Kirby para as telas do cinema.

o entanto, os sinais de que este seria mais um grande equívoco apareceram já durante a produção, marcada por infinitos desacertos criativos e de organização, e se seguiram em uma conturbada fase de divulgação. O resultado é um filme que não deixa muito espaço para dúvidas com relação ao desperdício de seu potencial.

A forma como a origem dos heróis é contada por Josh Trank é interessante, dadas as limitações do formato. “Poder Sem Limites”/“Chronicle”, seu único longa-metragem como diretor até então, também narrava a trajetória de adolescentes que adquiriam poderes especiais, mas o fazia de maneira distinta dos blockbusters de estúdio, oferecendo maior enfoque à construção e ao desenvolvimento dos personagens, tanto pré quanto pós-transformação. Em “Quarteto Fantástico”, a estratégia funciona até certo ponto.

O diretor Josh Trank

O diretor Josh Trank

 

 Os jovens são carismáticos, os atores que os interpretam já deram sinais de talento em outros trabalhos e as nuances de suas histórias conferem certa profundidade a suas características e motivações. Reed (Owen Judge, depois Miles Teller) é um cientista promissor e socialmente inapto que inventa uma máquina de teletransporte ao lado do melhor amigo, Ben (Evan Hannemann, depois Jamie Bell), e acaba recrutado pela Fundação Baxter. Lá, passa a trabalhar na construção de um portal para outra dimensão sob a supervisão do Dr. Franklin Storm (Reg E. Cathey) e ao lado de seus dois filhos, Sue e Johnny Storm (Kate Mara e Michael B. Jordan, respectivamente), que se portam como opostos — ela, centrada e fria; ele, rebelde e aventureiro.

O filme sabe trabalhar suas personalidades e constrói as relações entre os personagens com paciência, se atentando para interações mais humanizadas, quase rotineiras, como a cena em que Reed envia uma foto sorrindo e uma mensagem descontraída a Ben, ou o momento em que Johnny é advertido pelo pai por se envolver em um acidente de carro. Trank possui um bom olhar para este tipo de relação, sabe moldar os conflitos de personalidades e preparar seu elenco para os eventos que mudarão suas vidas, como em um coming of age, e tudo parece caminhar bem até que eles adquirem seus poderes.

As “condições físicas anormais”, como descreve Sue, são tratadas exatamente desta forma: com inspiração em “A Mosca”, de David Cronenberg, o filme se concentra nas reações dos jovens a seus novos atributos, visualmente mais impactantes pelo horror que geram do que pelo show de cor, luz e movimento que poderia se esperar de um grupo de figuras tão especiais. Trata-se de uma decisão potencialmente interessante: tratá-los primeiro como monstros, antes que possam se provar heróis.

Quarteto

 Porém, é clara a inabilidade do filme em ligar este contexto, em que eles são até mesmo testados e explorados por forças militares, às características dos personagens quando humanos, apresentadas durante a primeira hora de projeção. Boa parte dos traços trabalhados com calma ao longo do ato inicial se perde, e o filme assume de vez uma perspectiva genérica e estereotipada sobre suas criaturas. Ben, por exemplo, praticamente aceita a condição de máquina de guerra em um intervalo de um ano, sem que uma reflexão moral, para além de seu aspecto físico, seja ao menos esboçada.

Victor Von Doom (Toby Kebbell), por sua vez, funciona como um simples artifício do roteiro para que os heróis possam ser heróis, um destino decepcionante após sua primeira aparição nesta dimensão, com direito a sangue, deformações físicas de toda sorte e um desfecho merecido para o personagem mais irritante do longa, vivido por Tim Blake Nelson. Kebbell, que em “Planeta dos Macacos: O Confronto” havia experimentado a transição entre anti-herói e vilão, simplesmente desaparece no terceiro ato em meio aos efeitos digitais, transformando-se em um dos piores antagonistas dos quadrinhos no cinema em tempos recentes.

Sua participação em cena coincide com o segmento em que “Quarteto Fantástico” revela suas maiores fraquezas. Escrito por Trank ao lado de Jeremy Slater e reescrito por Simon Kinberg (dos últimos dois “X-Men”), o roteiro rejeita qualquer perspectiva de originalidade — do leve aceno com o horror visual ao desenvolvimento cuidadoso dos personagens — e se configura como um filme de super-heróis bastante abaixo da média e muito aquém do prometido pela introdução.

O que piora a avaliação é perceber que nem mesmo a ação é convincente para sustentar todo o peso da trama, que parte apressadamente de uma escala menor, focada em convicções e interações pessoais, diretamente em direção ao gigantismo de um buraco negro que pode engolir todo o planeta. Ainda, o desfecho ganha contornos piores graças aos efeitos visuais, que constroem um universo tão desinteressante e absolutamente genérico que até mesmo os criadores de “Lanterna Verde” o rejeitariam.

Parece impossível definir os graus de responsabilidade de estúdio e equipe criativa para tamanha disparidade de qualidade de realização entre o que o filme inicialmente anuncia e o produto final. Existe, entretanto, a certeza de que em algum momento os conceitos básicos e fundamentais do projeto foram abandonados, tornando o todo muito pior do que a soma das partes. Fruto do caótico esquema de produção hollywoodiano ou não, “Quarteto Fantástico” é um desastre real e não há reunião de heróis aos 45 do segundo tempo capaz de salvá-lo.

Fonte:B9

Comentários Facebook

Arapuá

Ex-Vereadora Sueli Trannin Bernardo, trouxe desenvolvimento ao Arapuá

Publicado

No dia 18 de Dezembro de 1950 na cidade de Cachoeiras de Macacu – RJ nascia Sueli Trannin, filha do saudoso Altair Cabral Trannin e Terezinha de Jesus Ramos Trannin.

Em 1960 a família Trannin chega a Três Lagoas e ao Distrito de Arapuá, enquanto seu pai Altair Trannin vinha despontando na política do Município como Vereador e Prefeito  (Quando, em 1978, o então prefeito de Três Lagoas, Ramez Tebet, renunciou ao cargo para disputar a uma cadeira na Assembleia Constituinte do recém-criado Estado de Mato Grosso do Sul, Altair Cabral Trannin foi indicado pelo governo militar para exercer o cargo de chefe do Poder Executivo municipal por nove meses, entre agosto de 1978 e julho de 1979).

Sueli Trannin vinha exercendo o cargo de Professora voluntária na Prefeitura Municipal de Três Lagoas entre os anos de fevereiro de 1966 – dezembro de 1968 de 2 anos 11 meses, onde dava aula para o pré-primário de forma voluntária.

Em Fevereiro de 1973 há exatos 47 anos e 11 meses, recebeu o cargo de Delegada de Oficio Público no Cartório de Paz de Arapuá.

Casou-se com o ferroviário Antonio de Jesus Bernardo (in Memorian), e passou a ter no nome de Sueli Trannin Bernardo, onde teve 3 filhos, Marcio, Paulo e Marcia, que lhe deram 8 netos e recentemente um bisneto, que completa um aninho no dia 20 de dezembro.

Em 16 de Agosto de 1985, perdemos o vereador Altair Cabral Trannin, após vários dias internado no Hospital Auxiliadora, onde vinha tratando de um câncer na vesícula. Um dia de muita tristeza para os três-lagoenses e principalmente aos moradores do Distrito de Arapuá.

A família precisava de alguém para dar seguimento na política na sucessão de Altair, se pensou em vários nomes, até no esposo de Sueli o Toninho, mas chegaram um consenso que teria que ser Sueli Trannin.

De cartorária a um mundo desconhecido a política, com o nome forte de seu pai, Sueli no ano de 1988,  foi eleita a vereadora no PDS com 524 votos, na gestão do Prefeito Miguel Jorge Tabox (PTB). Com ajuda de seu esposo fez um trabalho dinâmico, dando uma nova cara o seu Distrito “Arapuá”.

Reeleita novamente a vereadora do PDS no ano de 1992, com 578 votos, juntamente com o então eleito Prefeito José Pedro Batiston do PST. Uma gestão muito difícil para a Vereadora já que o prefeito Batiston, teve uma administração desastrosa.

Câmara Municipal de Três Lagoas, entrou para história com a quantidade maior de mulheres.

Em 1996, agora pelo PFL, foi reeleita com 628 votos, do saudoso Prefeito Issam Fares do PMDB. Ajudou Fares na votação de vários projetos, entre eles a instalação de fábricas em Três Lagoas, onde tivemos a primeira fábrica da cidade a Mabel.

Veja Mais

Mulheres Trannin uma história de luta por Arapuá

A pedido do então Senador da Republica Ramez Tebet, Sueli vai para o PMDB, onde tentou várias eleições se eleger a vereadora novamente, mesmo com 1.146 votos  em 2008, não conseguiu uma das dez cadeiras na Câmara Municipal de Três Lagoas, atualmente esta filiada ao PSDB. e não disputou mais uma vaga a Câmara Municipal de Três Lagoas.

No dia 8 de Agosto de 2015 a Câmara Municipal de Três Lagoas de Três Lagoas em comemoração ao centenário, fez uma sessão solene para entrega da “Comenda Centenário Legislativo” a ex-vereadores e ex-servidores que atuaram nestes cem anos de trabalho em prol da cidadania. Entre as pessoas esteve a ex-vereadora Sueli Trannin Bernardo, onde foi vereadora por 3 mandatos e ocupou a cadeira de Secretária da casa de leis de Três Lagoas.

Está casada a 24 anos com o professor Claudinei Canistro.

Veja alguns trabalhos da ex-vereadora concluídos em Arapuá e Três Lagoas

4,5 Km de Asfalto da Rodovia Estadual 459, a qual leva o nome de seu pai, o saudoso “Altair Cabral Trannin”,  que liga a BR 262 ao Arapuá em frente a praça, da gestão do Governador Pedro Pedrossian e Deputado Cicero.

— Hospital e Posto de Saúde, equipado com ambulância zero KM, na gestão do saudoso Prefeito Miguel Tabox.

— Praça Municipal

—  Campo de futebol com alambrado e gramado

— Equipe mecanizada com uma patrola, uma carregadeira e dois caminhões, para ficarem fixos no Distrito.

— Implantação Agência da CESP, para atender as reclamações e pagamentos de contas de luz, com um técnico e uma auxiliar administrativa, no Arapuá.

— Pagamento de combustível de Kombi escolar, para a vinda de professores todos os dias ao Distrito

— Lutou junto à Comunidade para a implantação do Centro Comunitário, com piscina, e Padaria comunitária, em Arapuá.

 — Solicitação ao Deputado Akira, que as firmas:- Techint, Mendes Júnior, tantas outras viessem instalar-se no Distrito, gerando e continuando a gerar inúmeros empregos aos moradores de Arapuá.

— Realização de Campeonatos de Futebol e diversas modalidades esportivas, e apoio a atletas do Distrito.

— Na área social: Doações de óculos, remédios, ajuda a transportes de doentes para outras localidades.

— Asfaltamento das ruas: Afonso Trannin, Eduardo Galvão e Adonias Alves dos Santos.

— Várias homenagens a cidadãos do Distrito, entre a que se destaca o saudoso Sr. Heliodoro Teodoro de Souza, um dos fundadores do Distrito.

— Ampliação dos ônibus escolares para transporte de alunos da zona rural;

—  Iluminação pública nas ruas do distrito de Arapuá,

 — Solicitação das casas dos Policiais,

 — Realização de diversos campeonatos e torneios de futebol, vôlei, truco;

— Solicitação da construção de mais um poço artesiano pela Prefeitura e Funasa,

 — Solicitação para implantação da telefonia fixa e torre para Celular;

 — Solicitação de uma viatura para o Destacamento de Policia,

— Solicitação de construção do Centro Comunitário e campo de futebol na Vila Piloto.

— Solicitação de construção de asfalto nas ruas da Vila Piloto.

— Solicitação de construção de uma Escola no bairro Santa Rita;

— Pedido de duzentas linhas de telefônicas em Arapuá;

— Colocação de iluminação sobre a ponte do Distrito de Garcias;

— Solicitação da reforma da escola municipal de Garcias.

Mensagem do ArapuáMS

Hoje é um dia especial em nosso calendário finalmente chegou o seu dia é um momento de ser feliz de se alegrar e desejar coisas boas, afinal não são todos os dias que temos um motivo bom pra ser comemorado.

Esperamos que esteja feliz com esta data, tirando proveito de cada momento, cada sorriso que lhe seja direcionado, cada emoção que passar no dia de hoje, curta bastante, alegre-se e divirta-se. Que seu aniversário seja um marco de realizações em sua vida e família, o momento é especial para muitos que com certeza admiram e torcem muito por você.

Você está no auge da maturidade da experiência e tem que se orgulhar muito por isso. Obrigado por fazer parte do nosso Distrito de Arapuá, pediremos a Deus que conserve bons dias em seu viver. Feliz Aniversário que você esteja Feliz com esta data.

Comentários Facebook
Continue lendo

Destaques

Dia do Índio: Veja as medidas de proteção aos indígenas

Publicado

Todo dia 19 de abril é comemorado no Brasil e em vários outros países do continente americano o Dia do Índio ou o Dia dos Povos Indígenas. A data tem como propósito a preservação da memória e a reflexão crítica nas universidades, escolas e demais instituições semelhantes sobre a cultura indígena.

Nesse ano, em meio à pandemia do novo coronavírus, os indígenas precisam estar protegidos ainda. Estudos da Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca da Fundação Oswaldo Cruz (Ensp/Fiocruz) atestam que os índios são mais vulneráveis a epidemias em função de condições sociais, econômicas e de saúde mais difíceis do que as dos não índios, o que amplifica o potencial de disseminação de agentes causadores de doenças.

Por conta da atual situação, em março, o Ministério da Saúde, por meio da Secretaria Especial de Saúde Indígena, apresentou aos povos indígenas, aos gestores e colaboradores medidas que podem ajudar a prevenir o contágio com o novo coronavírus.

As iniciativas estão previstas no “Plano de Contingência Nacional para Infecção Humana pelo novo Coronavírus (COVID-19) em Povos Indígenas”. Além disso, a Fundação Nacional do Índio (Funai) também se manifestou medidas temporárias de prevenção ao novo coronavírus.

Vejas as medidas:

  • Os casos suspeitos de covid-19 tem prioridade no atendimento à população de modo a diminuir o tempo de contato com os indígenas presentes no local de atendimento;
  • O registro do atendimento deve ser feito no prontuário do paciente e também deverá ser inserido no Sistema de Informação da Atenção à Saúde Indígena (SIASI) no menor tempo possível;
  • Agentes Indígenas de Saúde e Agentes Indígenas de Saneamento devem receber as informações para que possam ajudar na conscientização da comunidade sobre as medidas de prevenção e controle da doença, na identificação precoce de sinais e sintomas de Síndrome Respiratória Aguda Grave;
  • O Acampamento Terra Livre, o maior encontro indígena do país, que ocorreria entre os dias 27 e 30 de abril, em Brasília-Distrito Federal, foi adiado por conta do coronavírus;
  • Estão suspensas a concessão de novas autorizações de entrada em terras indígenas , com exceção daquelas necessárias à continuidade de serviços essenciais às comunidades, como ações de segurança, atendimento à saúde, entrega de gêneros alimentícios, de medicamentos e combustível;
  • O contato com agentes bem como a entrada de civis em terras indígenas são restritos;
  • A entrada de agentes públicos de atendimento à saúde e segurança não será dificultada pela fundação.

Fonte:OImparcial

Comentários Facebook
Continue lendo

TRÊS LAGOAS

CÂMARA DE TRÊS LAGOAS

Assembléia Legislativa MS

Mato Grosso do Sul

POLICIAL

Mais Lidas da Semana