TRÊS LAGOAS MS
  Últimas
Fluminense recebe o Cuiabá em Maracanã lotado
Flamengo bate São Paulo fora de casa e dorme no 3º lugar do Brasileiro
Líder Cruzeiro faz 2 a 0 no Tombense e abre larga vantagem na Série B
Botafogo sai na frente mas cede a empate do Ceará no Brasileirão
Isaquias Queiroz é campeão mundial no C1 500 metros no Canadá
Calderano derrota francês e conquista o WTT Contender da Tunísia
Ex-jogador do Corinthians é novo reforço do Cuiabá
Corinthians faz último treino antes de visita ao Avaí; veja entrevista coletiva de Fausto Vera
Grêmio vence o Guarani, soma mais 3 pontos e sobe na tabela
Sob jejum de vitórias no Brasileiro, São Paulo encara Flamengo em casa
Grêmio bate Guarani para assumir vice-liderança da Série B
Almir Sater faz show gratuito em comemoração ao aniversário da capital
CESP pretende atrair pesquisadores para a Reserva Cisalpina
Um bando de loucos invade o Shopping Três Lagoas
Brasil alcança final do Sul-Americano de basquete feminino
Morre aos 84 anos o humorista e escritor Jô Soares
Três Lagoas fecha Jogos Escolares com ouro, prata e equipes classificadas para a Copa dos Campeões
Isaquias se classifica para 2ª final no Mundial de Canoagem no Canadá
Flamengo realiza última treino antes da partida contra o São Paulo, pelo Brasileirão
Rony treina integralmente na academia de futebol do Palmeiras
Flu chega a 50 jogos na temporada e 2022 já é o ano com mais vitórias desde 2012
FESTA DO FOLCLORE – Confira a programação da 32ª Edição e os artistas locais que irão se apresentar
Agentes de trânsito concluem curso – Nivelamento Básico de Moto Patrulhamento, ministrado pela PMMS
Balneário Municipal terá materiais esportivos para uso dos frequentadores e turistas
Coluna – No futebol adaptado, Brasil também é potência entre amputados
Três Lagoas registra os dois primeiros casos suspeitos de Varíola Monkeypox
Sabe qual presente comprar para o Dia dos Pais? Confira a pesquisa de preços realizada pelo PROCON de Três Lagoas
Campanha “Agosto Lilás” orientou 146 mulheres na primeira semana de ações
Saiba como emitir o cartão para vaga especial de estacionamento em Três Lagoas
São Paulo acerta a contratação de Nahuel Bustos
Next
Prev

Arapuá

Mulheres Trannin uma história de luta por Arapuá

Publicado

Neste oito de março comemora o Dia Internacional da Mulher, e não podíamos deixar de contar um pouco da vida dessas três mulheres, Terezinha de Jesus Ramos Trannin, e das filhas Sueli Trannin Bernardo e Jocilea Trannin Pasqualim, que fazem parte da história do Distrito de Arapuá do Município de Três Lagoas-MS.

Terezinha de Jesus Ramos Trannin

Vamos começar com a matriarca da família Trannin em Três Lagoas, Terezinha de Jesus Ramos Trannin, que no último 15 de junho completou 90 anos.

Foi na cidade do Carmo-RJ que na sua juventude que Terezinha de Jesus Ramos conheceu seu amor  Altair Cabral Tranin, casaram-se e constituíram uma família com seus  dois primeiros filhos José Alexandre e Sueli, onde foram para o Estado do Paraná na cidade de Londrina, tendo a chance de construir e gerenciar a famosa fabrica da cervejaria Londrina, conhecida hoje como cervejaria Skol. E foi em Londrina que Terezinha tivera mais quatros filhos, Carlinhos, Afonso, Roberto e Jocilea.

Terezinha, uma mulher batalhadora, disposta, não tirava seus salto alto nem para varrer a casa e lavar roupas, criou seis filhos praticamente sozinha, já que Altair seu marido, trabalhava dia e noite, na Cervejaria Londrina, em Londrina-PR, onde moravam. Em 1.960, foram convidados para vir ao então Mato Grosso para desbravar uma Fazenda de 30.000 alqueires, a Fazenda Arapuá S/A (FASA) de Fausto Tavares dono da Cervejaria Londrina.

Ao chegarem na Fazenda Arapuá, continuou trabalhando até altas horas cuidando da casa, dos filhos e da sede da fazenda. A Fazenda era ponto de pouso para boiada, e cuidava da alimentação inclusive dos peões, mas nem assim desceu dos saltos, literalmente, até hoje anda de salto alto. Altair Cabral Trannin, foi Prefeito, vereador por quatro mandatos, Presidente do Centro Rural de Arapuá, diversas vezes, Juiz de Paz e fundou o Distrito de Arapuá e participou ativamente da vida política, sempre ao seu lado incentivando-o.

Mas foi ao lado de Altair como prefeito que Terezinha ajudou várias famílias na parte social, sempre humilde e companheira.

Terezinha nos fala, que a historia de sua família, as pessoas mais novas em Arapuá, não lembram, mas chegamos em 60.

“Eu, Altair Trannin e meus seis filhos: Jose Alexandre Ramos Trannin, Sueli Trannin Bernardo, Carlos Alberto Ramos Trannin, Afonso Ramos Trannin, Roberto Luiz Ramos Trannin e Jocilea Trannin Pasqualim, fomos morar na fazenda Arapuá, íamos com as crianças da colônia, da Fazenda até o distrito, lecionar na escola da Estação, ganhamos um terreno, que é estes terrenos que temos em Arapuá, que nosso ex-patrão nos deu em tempo de serviço. E a partir daí a vida começou, meus filhos, foram estudar, se formaram. E nós demos aula até a noite para o pessoal que eram analfabetos (Mobral), enfim cuidamos das pessoas”.

ArapuáNews: Como era a vida de vocês em Londrina, PR.

Olha um vidão, casa bonita, cedida pela firma, nós tínhamos muito prestigio, fazíamos trabalhos sociais, festas na Cervejaria, arrumávamos escola para os filhos dos funcionários que trabalhavam na cervejaria, tínhamos domingos de lazer, tomávamos uma cervejinha, e vivíamos maravilhosamente bem.

Podemos assim destacar a desbravadora do Distrito de Arapuá no Mato Grosso do Sul Terezinha de Jesus Ramos Trannin, que ao lado de seu esposo Altair Cabral Trannin Bernardo (in Memorian), fundou o Arapuá.

SUELI TRANNIN BERNARDO

Sueli e sua filha Márcia Cristina

No dia 18 de Dezembro de 1950 na cidade de Cachoeiras de Macacu – RJ nascia Sueli Trannin, filha do saudoso Altair Cabral Trannin e Terezinha de Jesus Ramos Trannin.

Em 1960 a família Trannin chega a Três Lagoas e ao Distrito de Arapuá, enquanto seu pai Altair Trannin vinha despontando na política do Município como Vereador e Prefeito  (Quando, em 1978, o então prefeito de Três Lagoas, Ramez Tebet, renunciou ao cargo para disputar a uma cadeira na Assembleia Constituinte do recém-criado Estado de Mato Grosso do Sul, Altair Cabral Tranin foi indicado pelo governo militar para exercer o cargo de chefe do Poder Executivo municipal por nove meses, entre agosto de 1978 e julho de 1979).

Sueli Trannin vinha exercendo o cargo de Professora voluntária na Prefeitura Municipal de Três Lagoas entre os anos de fevereiro de 1966 – dezembro de 1968 de 2 anos 11 meses, onde dava aula para o pré-primário de forma voluntária.

Em Fevereiro de 1973 há exatos 45 anos e 11 meses, recebeu o cargo de Delegada de Oficio Público no Cartório de Paz de Arapuá.

Casou-se com o ferroviário Antonio de Jesus Bernardo (in Memorian), e passou a ter no nome de Sueli Trannin Bernardo, onde teve 3 filhos, Marcio, Paulo e Marcia, que lhe deram 8 netos.

Em 16 de Agosto de 1985, perdemos o vereador Altair Cabral Trannin, após vários dias internado no Hospital Auxiliadora, onde vinha tratando de um câncer na vesícula. Um dia de muita tristeza para os três-lagoenses e principalmente aos moradores do Distrito de Arapuá.

A família precisava de alguém para dar seguimento na política na sucessão de Altair, se pensou em vários nomes, até no esposo de Sueli o Toninho, mas chegaram um consenso que teria que ser Sueli Trannin.

De cartorária a um mundo desconhecido a política, com o nome forte de seu pai, Sueli no ano de 1988,  foi eleita a vereadora no PDS com 524 votos, na gestão do Prefeito Miguel Jorge Tabox (PTB). Com ajuda de seu esposo fez um trabalho dinâmico, dando uma nova cara o seu Distrito o “Arapuá”.

Reeleita novamente a vereadora do PDS no ano de 1992, com 578 votos, juntamente com o então eleito Prefeito José Pedro Batiston do PST. Uma gestão muito difícil para a Vereadora já que o prefeito Batiston, teve uma administração desastrosa e difícil.

Em 1996, agora pelo PFL, foi reeleita com 628 votos, do saudoso Prefeito Issam Fares do PMDB. Ajudou Fares na votação de vários projetos, entre eles a instalação de fábricas em Três Lagoas, onde tivemos a primeira fábrica da cidade a Mabel.

A pedido do então Senador da Republica Ramez TebetSueli vai para o PMDB, onde tentou várias eleições a vereadora novamente, mesmo com 1.146 votos  em 2008, não conseguiu uma das dez cadeiras na Câmara Municipal de Três Lagoas, atualmente está filiada ao PSDB.

No dia 8 de Agosto de 2015 a Câmara Municipal de Três Lagoas de Três Lagoas em comemoração ao centenário, fez uma sessão solene fez a entrega da “Comenda Centenário Legislativo” a ex-vereadores e ex-servidores que atuaram nestes cem anos de trabalho em prol da cidadania. Entre as pessoas esteve a ex-vereadora Sueli Trannin Bernardo, onde foi vereadora por 3 mandatos e ocupou a cadeira de Secretária da casa de leis de Três Lagoas.

Veja alguns trabalhos da ex-vereadora concluídos em Arapuá e Três Lagoas

— 4,5 Km de Asfalto da Rodovia Estadual 459, a qual leva o nome de seu pai, o saudoso “Altair Cabral Trannin”,  que liga a BR 262 ao Arapuá em frente a praça, da gestão do Governador Pedro Pedrossian e Deputado Cicero.

— Hospital e Posto de Saúde, equipado com ambulância zero KM, na gestão do saudoso Prefeito Miguel Tabox.

— Praça Municipal

—  Campo de futebol com alambrado e gramado

— Equipe mecanizada com uma patrola, uma carregadeira e dois caminhões, para ficarem fixos no Distrito.

— Implantação Agência da CESP, para atender as reclamações e pagamentos de contas de luz, com um técnico e uma auxiliar administrativa, no Arapuá.

— Pagamento de combustível de Kombi escolar, para a vinda de professores todos os dias ao Distrito

— Lutou junto à Comunidade para a implantação do Centro Comunitário, com piscina, e Padaria comunitária, em Arapuá.

 — Solicitação ao Deputado Akira, que as firmas:- Techint, Mendes Júnior, tantas outras viessem instalar-se no Distrito, gerando e continuando a gerar inúmeros empregos aos moradores de Arapuá.

— Realização de Campeonatos de Futebol e diversas modalidades esportivas, e apoio a atletas do Distrito.

— Na área social: Doações de óculos, remédios, ajuda a transportes de doentes para outras localidades.

— Asfaltamento das ruas: Afonso Trannin, Eduardo Galvão e Adonias Alves dos Santos.

— Várias homenagens a cidadãos do Distrito, entre a que se destaca o saudoso Sr. Heliodoro Teodoro de Souza, um dos fundadores do Distrito.

— Ampliação dos ônibus escolares para transporte de alunos da zona rural;

—  Iluminação pública nas ruas do distrito de Arapuá,

 — Solicitação das casas dos Policiais,

 — Realização de diversos campeonatos e torneios de futebol, vôlei, truco;

— Solicitação da construção de mais um poço artesiano pela Prefeitura e Funasa,

 — Solicitação para implantação da telefonia fixa e torre para Celular;

 — Solicitação de uma viatura para o Destacamento de Policia,

— Solicitação de construção do Centro Comunitário e campo de futebol na Vila Piloto.

— Solicitação de construção de asfalto nas ruas da Vila Piloto.

— Solicitação de construção de uma Escola no bairro Santa Rita;

— Pedido de duzentas linhas de telefônicas em Arapuá;

— Colocação de iluminação sobre a ponte do Distrito de Garcias;

— Solicitação da reforma da escola municipal de Garcias.

JOCILEA TRANNIN PASQUALIM

A Educação fez parte da história das mulheres Trannin, não foi diferença com a caçula da família.

No dia 8 de Fevereiro de 1960, nasce em Londrina-PR,  Jocilea Trannin Pasqualim, filha  de Altair Cabral Trannin e Terezinha  de Jesus Ramos Trannin, Joci que passou sua juventude toda no Distrito de Arapuá, casou com Valdomiro Paschoalim, em 18 de Setembro de 1976.

Ingressou no curso de Geografia, formando no ano de 1990, na Faculdade Federal de Três Lagoas, tendo sua maior dificuldade o meio de transporte para estudar, tinha que pegar carona em caminhões, chegando muitas vezes suja para estudar na faculdade, transporte este que só melhorou quase no final do curso, com a chegada de uma Kombi.

Após sua formação na faculdade, iniciou com aulas entre as serie de 1 a 5 anos, na capital Campo Grande-MS, retornou a Três Lagoas e após ao Distrito de Arapuá.

Em 1998, deu início a gestão como Diretora da Escola Estadual Afonso Francisco Xavier Trannin, com intervalo de 6 anos, na gestão Rosangela Franco Chideroli, e após este tempo, retornou novamente, e no final de 2015  se aposentou de sua função da direção da Escola AFXT com 52 funcionários (entre professores e outras atividades).

Na opinião da ex-diretora Joci, “o que mudou na Educação de hoje, para a década de 90, foi a falta de dedicação e compromisso do aluno para com os estudos, falta presença do pai para com o aluno para com as obrigações escolares. O que melhorou com o passar dos anos foi a infraestrutura da escola, como: transporte escolar, informatização (diários, planos de aulas e projetos on-line), estrutura predial. Uma diretora hoje trabalha em média 8 horas ou mais, com obrigação de administrar toda a escola, como comandar os professores, coordenadoria e ainda incentivar os alunos e aos pais, para que seu filho prossiga nos estudos para que tenham um futuro bem melhor a todos”.

Em 21 de Dezembro de 2016, a diretora Jocilea Trannin Pascoalim, que reuniu seu corpo docente, para uma confraternização de despedida da direção da escola, a então diretora presenteou os professores, funcionários e amigos, com um almoço, e com toalhas, que levava o nome bordado de cada funcionário.

Jocilea Trannin, com todas as dificuldades encontradas em sua vida, ainda sobra tempo para ajudar o próximo.

Joci uma pessoa abençoada que procura ajudar a todos, sem saber de qual raça sejam. Seja na hora da dor ou na hora da alegria, a Joci está sempre lá dando a força a todos que precisarem. Se precisar de sua ajuda não mede esforços, leva pessoas a Campo Grande, Três Lagoas ou onde precisarem, sem obter lucros por essa iniciativa, apenas ajudando. É uma pessoa diferenciada, uma pessoa que doa seu tempo para ajudar as pessoas que precisam de sua força, que é muita.

Jocilea atualmente está com a função de Coordenadora Pedagógica da Escola Estadual Afonso Francisco Xavier Trannin, onde dividi sua experiencia com professores, funcionários e direção.

Uma apaixonada por esta Escola, que sempre defendeu com unhas e dentes, levando o respeito de todos que por ali passaram, e é conhecida carinhosamente por todos como Tia Joci.

Representando todas as mulheres de nossa região deixamos aqui nossa homenagem a todas as mulheres guerreiras de nosso Brasil, parabéns a todas as Mulheres.

Comentários Facebook

Arapuá

Educação de Três Lagoas de Luto com o falecimento do professor José Antônio dos Santos, ex-morador de Arapuá

Publicado

É com profundo pesar que comunicamos o falecimento do professor aposentado José Antônio dos Santos de 77 anos, estava internado no Hospital Auxiliadora de Três Lagoas em tratamento contra um câncer e faleceu nesta madrugada (04) de agosto.

Filho de Ana Rosa (Dona Lozinha) (In Memoriam), moradores do 512 no Distrito de Arapuá/MS, irmão do Valdeci (In Memoriam), Rosângela, Alcino, Olívia, Ondina, Nadir, Maria Rosa.

Casado com Odete e deixa os filhos: Thays e Jhonathan. E as netas: Gabrielly, Madyanne e Lorena, a qual José foi muito apegado e amava muito.

José estudou Letras/Pedagogia na UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), e trabalhou por mais de 40 anos na Educação do Município, foi o primeiro professor da Escola Rural do 512 no Arapuá,  diretor em diversas escolas rurais, inclusive na Escola do Distrito de Garcias/MS, trabalhou com o transporte das Escolas Rurais e aposentou pela Prefeitura Municipal de Três Lagoas.

O velório acontecerá das 10h às 14h50min, nesta quinta-feira (04), na Congregação de Sã Doutrina Espiritual do Sétimo Dia, na rua Luiz Correa da Silveira, 161, Jardim Alvorada em Três Lagoas. Em seguida o corpo será translado para o Distrito de Arapuá, onde ocorrerá o sepultamento no Campo Santo.

Nós do ArapuáNews deixamos nossos sentimentos aos familiares e amigos nesse momento tão triste, com o passamento do nosso ilustre professor.

Mensagem do ArapuáNews aos familiares e amigos

Estimado e querido professor, todos nós temos sempre algo a ensinar e a aprender, mas algumas pessoas nasceram para deixar uma marca forte nos outros, algumas pessoas vieram ao mundo com o dom de, através da sua perspicácia, transmitirem pensamentos e ensinamentos que jamais podem ser esquecidos. Você foi definitivamente uma dessas pessoas, e, agora que sua vida chegou ao fim, não há como não sentir um vazio, uma dor inexplicável. Que perda terrível para todos nós!

Seu jeito único de ajudar os outros a crescer, sua forma muito especial de transmitir valores, o entusiasmo que demonstrava pela sua função de educador são virtudes que dificilmente se encontram nos dias de hoje. A nossa gratidão não tem limites pela experiência de aprendizagem que você proporcionou a seus alunos, que levaram consigo para sempre cada palavra debitada pela sua boca.

A vida acaba sempre por ser injusta, porque há pessoas que mereciam ser eternas. Descanse em paz, professor!

Comentários Facebook
Continue lendo

Arapuá

Morre em Andradina/SP, aos 82 anos Sebastião Bessão, ex-morador de Arapuá

Publicado

É com pesar que o ArapuáNews noticia o falecimento do ex-morador do Distrito de Arapuá, Sebastião Bessão  de 82 anos. Bessão faleceu na manhã desta segunda-feira (1) de agosto na Santa Casa de Andradina.

Ele lutava contra o Parkinson, mas foram complicações em cirurgias intestinais, e teve choque séptico, que culminou em seu falecimento.

Sebastião Bessão foi morador por muitos anos no Distrito de Arapuá-MS, por onde tinha um sitio, que criava o bicho da seda, foi sócio fundador do Centro Rural de Arapuá, e possuía um estabelecimento comercial em frente a Escola Estadual, local este que servia de ponto de encontro para a população, onde possuía uma das primeiras TVs do Distrito. Era lá que os moradores vibraram na Copa do Mundo, nas finais de campeonatos, nas novelas e filmes.

Foi com Juventina Bassos Bessão, que constituiu uma família, e tiveram os filhos: Edson, Lucia, Angela, Carlos e Silvano, todos conhecidos da população do Distrito.

Após sua passagem pelo Arapuá, Sebastião foi morar no Município vizinho de Andradina/SP, onde conheceu Alvandina Pereira do Nascimento, conhecida como Dona Dina, e ficaram casados por mais de 20 anos.

Em sua rede social o jornalista Eduardo Imperador, deixou a seguinte mensagem: “Depois de lutar bravamente pela vida, meu padrasto se foi. Estou tão triste… Não posso acreditar que a vida nos reservava mais essa surpresa. Me sinto dentro de um pesadelo que nunca tem fim. Só sei que não tenho palavras para agradecer tudo que o senhor fez por mim e principalmente pela minha mãe nesses 20 anos de convivência. Tenho certeza que Deus receberá o senhor de braços abertos. Obrigado, obrigado, obrigado”.

O velório será na Funerária Cardassi de Andradina/SP, na Avenida Guanabara n. 1833 esquina com a Santa Casa, das 15h às 18h desta segunda (1) de agosto e retornando às 6h da manhã de terça (2) agosto, para o sepultamento às 10 horas.

Mensagem do ArapuáNews aos familiares e amigos

Compreender os propósitos de Deus muitas vezes pode ser uma tarefa bem difícil, principalmente quando a tristeza bate na nossa porta porque acabamos de perder um ente querido. Lágrimas passam pelos nossos olhos constantemente e o vazio da saudade aumenta o sofrimento severamente.

Que a dor da nossa perda possa ser diminuída um pouquinho a cada dia e que daqui para frente esta ausência seja capaz de fortalecer ainda mais os laços da família. O vazio que ficou jamais será preenchido, mas com a paz de Deus em nossos corações será bem menos difícil. O céu comemora hoje a chegada de uma pessoa muito querida, que para sempre estará na nossa memória e influenciará eternamente a nossa história.

Comentários Facebook
Continue lendo

TRÊS LAGOAS

CÂMARA DE TRÊS LAGOAS

Assembléia Legislativa MS

Mato Grosso do Sul

POLICIAL

Mais Lidas da Semana