TRÊS LAGOAS-MS
  Últimas
Polícia Militar Ambiental de Campo Grande captura serpente peçonhenta da espécie cascavel de cerca de 1,5 metro em empresa cerâmica
Polícia Militar prende casal por Tráfico de Drogas em Três Lagoas.
Pelo Campeonato Brasileiro, Operário recebe o Cruzeiro no Germano Krüger
PRF apreende 355,2 Kg de maconha em São Gabriel do Oeste (MS)
Polícia Militar Ambiental de Bela Vista recupera bicicleta que acabara de ser furtada, quando ladrão estava quase adentrando o Paraguai
Coxa encerra preparação para enfrentar o Vila Nova
Vitoria enfrente o Brusque hoje no Barradão
Polícia Militar Ambiental de Bonito resgata anta ferida à margem da rodovia MS 178 depois de atropelamento, mas o animal não resiste
Em Dois Irmãos do Buriti, ação conjunta entre Polícia Militar e Polícia Civil leva a prisão de autor de roubo e a elucidação de dois outros crimes
treino tático marca fim da preparação do timão para duelo contra o Bahia
Dérbi 200: Ponte Preta enfrenta rival e quer vitória na casa adversária
Polícia Militar Ambiental de Aparecida do Taboado prende infrator com rifle e munições e cachorros em veículo que se suspeitam seriam utilizados em caça a animais silvestres
PRF apreende 85 Kg de pasta base de cocaína em Anastácio (MS)
Avaí finaliza preparação para confronto com o Remo
Vasco faz último treinamento antes de partida contra o CRB-AL
Inter renova contrato com Patrick
Cuiabá x Grêmio e adiado pela CBF
BOLETIM COVID-19 – Três Lagoas registra 119 novos casos e confirma 02 óbitos neste sábado (19)
com retorno de Jô, Timão segue preparação para encarar Bahia
Flamengo encerra preparação para enfrentar o Bragantino, pelo Brasileiro
Vacinação e sequenciamento genômico são destaques de MS no enfrentamento à Covid-19, diz OPAS
Com Junho Vermelho, Hemosul abre durante o dia todo neste sábado
MS é 1° no Centro-Oeste e 7° no ranking nacional de ambiente e potencial de negócios
Com lotes a partir de R$ 200, SAD fará leilão de 38 lotes de veículos e sucatas de veículos em julho
Canoístas de MS disputam Campeonato Brasileiro de Descida Sprint e buscam vaga ao Mundial
UEMS está com inscrições abertas para bolsas de iniciação científica no valor de R$ 400
Às vésperas do inverno, Mato Grosso do Sul registra grande contraste nas temperaturas 
Servidores Estaduais têm descontos exclusivos nos serviços oferecidos pelo SESC MS
Sejusp descarta fuga de assassino de Goiás para MS, mas mantém alerta
Policiais Militares da 11ª CIPM prendem criminoso com mandado de prisão em aberto por homicídio qualificado
Next
Prev

PET

Em Três Lagoas| Vamos ajudar professora a encontrar o Gatinho Raminho que sumiu no Jardim Brasília

Publicado

Conforme a professora Priscila, seu gatinho Raminho sumiu no dia 21 de abril, no bairro Jardim Brasília na rua da Funilaria Bonanza próximo antiga linha do trem em Três Lagoas.

O gato um dia antes de sumir perdeu a coleira, Raminho tem problema de rins e precisa de alimento especial. É um gato que foi adotado há um ano, ainda filhote. Foi pego na rua, com a costelinha quebrada e machucado, e recebeu todos os cuidados e carinho.

Quem souber ou encontrar o gatinho, entrar em contato no fone 67 99190 8152, será recompensado.

Comentários Facebook

PET

Cuidados e recuperação de animais silvestres por meio da homeopatia veterinária são temas de live no dia 27

Publicado

Promovida pela Sigo Homeopatia, iniciativa contará com participação de especialistas e apresentação de cases de sucesso

Com foco na cura de forma global, tratando não apenas os sintomas, mas as causas, a homeopatia é uma ciência que busca o equilíbrio orgânico do indivíduo. A terapêutica respeitada no tratamento de humanos, ganha cada dia mais espaço na Medicina Veterinária e apresenta resultados positivos também entre os animais silvestres.

Para debater o tema, com apresentação de cases de sucesso, ocorre no próximo dia 27 de maio, às 19 horas, a live “A Homeopatia no cuidado dos Animais Silvestres”, realizada pela Sigo Homeopatia Veterinária.

Mediada pela médica veterinária e responsável técnica pela marca, a iniciativa conta com as participações do médico veterinário do CRAS/Imasul (Centro de Reabilitação de Animais Silvestres), Diogo Borges de Arruda e da médica veterinária, especialista e mestre em homeopatia, doutora em Ciências da área de Epidemiologia aplicada a Zoonoses – USP e Pós-Doc (PHD) em Patologia Ambiental Experimental, Professora Dra. Cidéli Paula Coelho.

Os três participantes da live contam com ampla experiência no trato de animais silvestres. A Profa.Dra. Cidéli Paula Coelho atua há mais de 20 anos na área de Silvestres, Etologia e Bem-Estar Animal.

O médico veterinário Diogo Borges de Arruda, além do trato diário de animais silvestres, onde atualmente lida com cerca de 200 animais silvestres de espécies variadas, vítimas de desastres ou maus-tratos, atuou nas queimadas que atingiram a Serra do Amolar, região do Pantanal, que em 2020, registrou uma das maiores queimadas de sua história, devastando cerca de 4 milhões de hectares da maior área alagada do planeta, afetando diretamente na fauna do cerrado.

Mônica de Souza, foi presidente da AMVHB (Associação Médico Veterinária Homeopática Brasileira) e há quase 20 anos é responsável técnica pela Sigo Homeopatia Veterinária, empresa dedicada ao tratamento e prevenção de doenças em animais, tanto pets, quanto de campo, por meio da homeopatia.

“Convidamos especialistas na área, para conversar e comprovar o quanto a homeopatia é eficaz e grande aliada no trato dos animais silvestres, colaborando para a recuperação destes, que muitas vezes estão ameaçados de extinção e sofrem tanto por catástrofes da natureza, quanto pela ação do homem”, destaca Dra. Mônica de Souza.

Cases de Sucesso

Há oito meses, a Sigo Homeopatia Veterinária e o Cras firmaram parceria, onde a empresa fornece medicamentos e orientação homeopática ao centro de reabilitação. Em pouco tempo de tratamento, as aves, tratadas exclusivamente com homeopatia, registram queda de 40% na mortalidade. Outros dois casos são da anta Antônio e da arara Frango. Antônio é uma anta macho encontrada ainda filhote perdido em uma fazenda. Frágil e debilitado, o animal recebeu tratamento homeopático para ganho de peso, problemas nas patas e pêlos e em poucos meses de tratamento já está completamente recuperado.

Já a arara Frango, é uma ave da espécie Canindé, resgatada completamente sem penas e muito fragilizada, com o tratamento homeopático, em seis meses ela recuperou as penas e a saúde.

Homeopatia Ambiental

A homeopatia também pode ser aplicada nas nascentes de água, resultando no tratamento ambiental, como no caso da Serra da Cantareira, em São Paulo, onde em 2018, um surto de febre-amarela se disseminou entre macacos bugios, espalhando pânico entre os moradores.

Por meio do grupo de voluntários Sonho de Bugio, a Sigo Homeopatia desenvolveu uma fórmula sem resíduos ambientais para aplicação nas nascentes, o que resultou na possibilidade de tratar animais silvestres no seu habitat sem necessidade de captura. Toda a fauna da região foi tratada via água e, em pouco tempo, não houve mais registro de casos da doença infecciosa na região.

“O ambiente ficou tratado como um todo através da água, que permeou todo o sistema e assim, conteve o surto da doença nos animais silvestres”, relata a Dra. Mônica Souza.

Essa experiência criou o conceito da homeopatia ambiental e se tornou case de sucesso que inspirou trabalho apresentado na Water Conference, ocorrido na Bulgária em 2019, em Londres.

Estes e outros cases de sucesso serão apresentados na live:

“A Homeopatia no cuidado dos Animais Silvestres”

Data: 27 de maio de 2021 (quinta-feira) – 19h

Transmissão pelo Instagram: @sigohomeopatia

Fotos: Animais atendidos pelo Centro de Reabilitação de Animais Silvestres de MS

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso do Sul

Lei institui Dia dos Protetores dos Animais em Mato Grosso do Sul

Publicado

por


Dezessete de janeiro passa a ser, em Mato Grosso do Sul, Dia dos Protetores dos Animais. A instituição da data foi aprovada pela Assembleia Legislativa e sancionada pelo governador Reinaldo Azambuja.

Com a publicação da Lei nº 5.666 nesta terça-feira (25), o Dia do Protetores dos Animais começa a integrar o Calendário Oficial de Eventos do Estado e será dedicado à realização de eventos culturais e educativos que debatam o tema e instruam a população sobre os cuidados e proteção à fauna.

A iniciativa da proposta é do deputado estadual Felipe Orro e a Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar) manifestou-se favorável ao projeto.

A data foi escolhida porque 17 de janeiro é o Dia de Santo Antão, considerado protetor dos animais domésticos.  “Protetores de animais desempenham gratuitamente e extensivamente funções em prol da proteção dos animais, muitas vezes doando mais do que o seu tempo e os seus recursos nestas tarefas. Depositam sua alma neste trabalho desenvolvido em nossas cidades. Atitudes tão nobres em favor dos indefesos devem ser reconhecidas. Sem os trabalhos destes heróis invisíveis provavelmente teríamos inúmeros problemas de saúde pública e de infraestrutura sanitária”, justificou Fernandes.

Confira a Lei nº 5.666 na página 2 do Diário Oficial do Estado.

Paulo Fernandes, Subcom 

Foto: Saul Schramm

Fonte: Governo MS

Comentários Facebook
Continue lendo

TRÊS LAGOAS

CÂMARA DE TRÊS LAGOAS

BRASILÂNDIA

POLICIAL

Mais Lidas da Semana