Destaques

Ônibus escolar da Prefeitura de Ribas do Rio Pardo pega fogo, e quase vira tragédia

Publicado

O que era pra ser mais um dia de tenso transtorno no transporte escolar feito por um ônibus antigo da Prefeitura, nos arredores do centro da cidade de Ribas do Rio Pardo (MS), passou a ser quase uma tragédia.

Sempre houve dificuldade na utilização de um ônibus escolar por falta de manutenção responsável, e hoje (6) logo cedo, por volta das 6h, pouco antes de iniciar o transporte escolar de alunos o veículo, provavelmente após um ‘curto circuito’ no painel de comandos, pegou fogo.

Rapidamente o motorista buscou ajuda, e mesmo com o caminhão-pipa estacionado ao lado, no mesmo pátio em que saiu o ônibus, as chamas foram mais rápidas e o ônibus foi destruído em menos de 30 minutos.

Este veículo, de propriedade da Prefeitura Municipal de Ribas do Rio Pardo, é visto diariamente na porta das escolas da cidade, cedo e a tarde. Existem vários flagrantes de má conservação. “Um dia a janela caiu na calçada da escola. É esse mesmo ônibus”, conta um internauta.

Na semana passada, como de costume, o veículo esteve na oficina e os alunos que dependem do transporte ficaram sem aula. Informações dão conta que o veículo consumido pelo fogo na manhã desta sexta-feira, dia 6, já chegou a circular até mesmo sem o bom funcionamento dos freios.

O prefeito Paulo Tucura (MDB), utilizou o Facebook para se pronunciar sobre o incêndio: 

Bom dia. Circula nas redes sociais um vídeo de um ônibus do município incendiado. Já estamos tomando todas as medidas cabíveis para averiguar o que ocorreu. De toda forma informo que ninguém sofreu nenhum tipo de dano e que no momento do fato o ônibus estava saindo para realizar suas atividades diárias.

Fonte: RioPardoNews

Comentários Facebook

Destaques

Coronavírus: MS registra 171 casos confirmados e monitora 37 suspeitos

Publicado

por

.

Campo Grande (MS) – Com mais três exames positivos para coronavírus (Covid-19), o número de casos confirmados da doença no Estado chega a 171. A Secretaria de Estado de Saúde (SES) monitora outros 37 casos suspeitos. As informações estão no boletim epidemiológico divulgado nesta segunda-feira (20.04) em coletiva de imprensa online com autoridades do Governo do Estado.

Dos 171 casos confirmados, 59 estão em isolamento domiciliar, 70 já finalizaram a quarentena e estão sem sintomas. 21 estão internados, sendo 11 em hospitais públicos e 10 em hospitais privados. 16 pacientes tiveram alta hospitalar e foram registrados cinco óbitos.

Os casos novos são de duas pessoas de Campo Grande, uma mulher de 31 anos e um homem de 25 anos e um paciente de Bataguassu, um homem de 34 anos.

Das 387 amostras coletadas no Drive-Thru Covid-19 em Campo Grande, 378 deram negativo e nove deram positivo.

Desde o dia 25 de janeiro, foram registradas 1.237 notificações de casos suspeitos do coronavírus em Mato Grosso do Sul. Destes, 1.008 foram descartados após os exames darem negativo para Covid-19 e 21 foram excluídos por não se encaixarem na definição de caso suspeito do Ministério da Saúde.

Os 37 casos suspeitos em investigação tiveram as amostras encaminhadas para o Lacen/MS, onde será feito o exame para nove tipos de vírus respiratórios, incluindo influenza e Coronavírus. O Lacen/MS realiza os exames para Covid-19 em Mato Grosso do Sul. Os resultados ficam prontos entre 24h a 72 horas, após o recebimento das amostras.

A Secretaria de Estado de Saúde publica o boletim epidemiológico referente às notificações de casos suspeitos de coronavírus (Covid-19) diariamente. As informações divulgadas pela Secretaria são os dados oficiais consolidados do Estado que são repassados ao Ministério da Saúde.

Acompanhe os boletins periódicos no link: http://www.vs.saude.ms.gov.br.

Ana Brito -Subsecretaria de Comunicação

Foto: Arquivo

Fonte: Governo MS

Comentários Facebook

Continue lendo

Destaques

Em domingo movimentado, MS se mantém abaixo do isolamento ideal para prevenir contágio da Covid-19

Publicado

por

.

A baixa adesão ao isolamento provoca a interiorização dos casos e Mato Grosso do Sul agora tem 21 municípios confirmados da doença

Campo Grande (MS) – Dados do monitoramento por geolocalização mostram que apenas 58,5% da população se manteve em isolamento social neste domingo (19.04) em Mato Grosso do Sul. A Secretaria de Estado de Saúde (SES) estimou 60% como bom e 70% como índice ideal para frear a curva de contágio pelo novo coronavírus e evitar um colapso no sistema público de saúde.

A movimentação de 41,5% da população nas ruas neste domingo deixou mais uma vez o Estado na penúltima colocação do ranking nacional, perdendo apenas para Tocantins (TO). Dos municípios do interior que mais descumpriram o isolamento estão: Itaquiraí (47,2%), Santa Rita do Pardo (47,9%), e Ribas do Rio Pardo (51,5%).

O médico e secretário de saúde, Geraldo Resende, explicou que a aparente melhora na taxa de isolamento no comparativo com dias anteriores, deve ser atribuída ao final de semana e feriado de Tiradentes, e pediu mais uma vez a colaboração da sociedade nas medidas de enfrentamento da pandemia. “Não afrouxarmos as normas que estamos seguindo, tanto do Ministério da Saúde quanto da Organização Mundial de Saúde (OMS). Essas três palavras: fique em casa, são de suma importância. Porque só assim cada um de nós pode contribuir para que não tenhamos um número expressivo de casos aqui em Mato Grosso do Sul”.

Boletim epidemiológico atualizado até as 10 horas desta segunda-feira (20.04) pela Secretaria de Estado de Saúde (SES) mostra um avanço de três novos casos nas últimas 24 horas, totalizando 171 casos confirmados em Mato Grosso do Sul.  O Estado possui 37 casos em investigação, com amostras em processamento no Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen) e 5 óbitos registrados.

A baixa adesão ao distanciamento social tem provocado a curva ascendente de confirmados, e contribui para a interiorização dos casos. Conforme a SES o município de Bataguassu teve o primeiro caso confirmado, e o Estado passa a ter 21 das 79 cidades integrando o mapa da Covid-19.

Confira o boletim epidemiológico atualizado desta segunda-feira aqui.

Mireli Obando, Subsecretaria de Comunicação

Foto: Edemir Rodrigues/Arquivo

Fonte: Governo MS

Comentários Facebook

Continue lendo

TRÊS LAGOAS

CÂMARA DE TRÊS LAGOAS

BRASILÂNDIA

POLICIAL

Mais Lidas da Semana