Água Clara

Em Três Lagoas e Água Clara| PRF apreende mais de 1.3 T de maconha em duas abordagens nesta segunda (16)

Publicado

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu nesta segunda-feira (16) de março em Água Clara-MS e Três Lagoas-MS,  mais de 1.330,6 Kg de maconha em duas abordagens.

Primeira ocorrência em Água Clara

A primeira ocorrência foi no início da tarde. A equipe fiscalizava no km 145 da BR-252, em Água Clara-MS, quando localizaram uma caminhonete Toyota/Hilux estacionada em um posto de combustíveis, com placas aparentes de Ribeirão Grande-SP.

Ao se aproximarem para realizar a abordagem, um homem que estava próximo ao veículo empreendeu fuga a pé, através da vegetação, foram feitas buscas, porém o suspeito não foi localizado.

Na caminhonete, os policiais encontraram uma grande quantidade de tabletes de maconha. A droga estava na carroceria e sobre os bancos do veículo, totalizando 857 Kg (oitocentos e cinquenta e sete quilos). Também foi descoberto que as placas da Hilux eram falsas, sendo as verdadeiras do Rio de Janeiro (RJ), com registro de roubo desde dezembro de 2019.

A caminhonete e a droga foram encaminhadas para a Polícia Civil de Água Clara-MS.

Segunda ocorrência em Três Lagoas

Já a segunda apreensão, durante à noite, ocorreu no km 295 da BR-158, em Três Lagoas-MS. Os agentes realizaram rondas na região, quando deram ordem de parada a um GM/Prisma, placas de Ribeirão Preto-SP. O condutor não acatou a ordem e iniciou fuga.

O acompanhamento tático foi realizado. Ao ver a aproximação da viatura, o suspeito estacionou o veículo e empreendeu fuga a pé. Os policiais rodoviários federais realizaram buscas no local, porém não localizaram o motorista.

Dentro do GM/Prisma foram encontrados 552 tabletes também de maconha. Ao todo, 473,6 Kg (quatrocentos e setenta e três quilos e seiscentos gramas) foram apreendidos e encaminhados para a Polícia Judiciária local, juntamente com o carro.

 

Comentários Facebook

Água Clara

Polícia Militar prende três indivíduos por tráfico de drogas em Água Clara MS

Publicado

por

.

ÁGUA CLARA (MS) – Na tarde de terça-feira (7/4), policiais militares lotados em Água Clara, com apoio da Patrulha Rural do 2º Batalhão de Polícia Militar, prenderam três indivíduos por tráfico de drogas.

Os militares realizavam policiamento ostensivo preventivo pela Avenida Júlio Maia, na região central, e realizaram a abordagem de um micro-ônibus vindo de Campo Grande, sendo percebido que um dos ocupantes demonstrou certa inquietação diante da presença policial, logo foi selecionado e entrevistado.

Ao ser averiguado a bagagem do suspeito, foi encontrado três tabletes de substância análoga a Maconha, totalizando 03 (três) quilos da droga. O Autor, de 18 anos, delatou o endereço e quem seria o destinatário da droga, logo a equipe prosseguiu com diligencias até o local.

Na residência, localizada na Rua Idalina Guarini da Silva, foram presos mais dois indivíduos, de 20 e 24 anos, além de uma espingarda de pressão modificada para cal. 22, além de mais uma porção de Maconha.

Diante da materialidade criminosa, os três indivíduos foram presos e encaminhados, juntamente com a Droga, para a delegacia de Polícia Civil do Município.

 

Assessoria de Comunicação do 2º BPM.

Denuncie!  O cidadão pode colaborar com a Polícia Militar de Três Lagoas, em caso de EMERGÊNCIA ligue para o 190 (gratuito). Denúncias use o aplicativo WhatsApp 3919-9700. Não precisa se identificar!

 Publicado por: ASSECOM 2°BPM

Publicado por: Gabriel Gomes da Rocha

Fonte: PM MS

Comentários Facebook

Continue lendo

Água Clara

Acusado de feminicídio em Água Clara é preso em Campo Grande

Publicado

A partir de informações levantadas pela Agência Local de Inteligência – ALI, do 1º BPM, região central de Campo Grande, equipe da Unidade localizou e prendeu em flagrante Marcos Fernando Martins, o “Gugu”, autor confesso de feminicídio na cidade de Água Clara. Pouco depois de 18h de ontem, após agredir ele matou com tiro na cabeça a ex companheira Euzébia Clara Leite Pereira, de 26 anos, conhecida como Clara Biac.

Em seguida, fugiu do local do crime em uma Fiat Strada branca dirigida por uma mulher, supostamente sua mãe, e desapareceu. Alertados de que o homicida poderia ter fugido para Campo Grande e costumava frequentar a região central, equipes do 1ºBPM entraram em estado de alerta ao mesmo tempo que o setor de Inteligência era acionado.

Com a informação inicial de que “Gugu” fugira em uma Strada branca, foi dado o alerta sobre esse tipo de carro, até ser levantada a informação de que a fuga final e rumo a Campo Grande ocorreu em um carro prata moderno. Surgiu ainda informação do indivíduo ter relação com entorpecentes, situação que não teria sido totalmente confirmada, mas foi uma das linhas de investigação.

Como quem busca agulha no palheiro, os policiais do 1ºBPM acabaram localizando o carro da fuga e prendendo o homicida escondido em uma residência no Jardim Seminário. Os moradores desconheciam a situação do indivíduo e tinham apenas atendido uma pessoa amiga com o pedido para que abrigasse “Gugu”, por conta de uma briga que teve com a mulher. A apresentação e detalhes do caso ocorrerá em coletiva às 17h na Casa da Mulher Brasileira, para onde o preso foi encaminhado.

Strada foi só pra sair do local do crime e fuga para a Capital no carro prata.

Veja mais

Em Água Clara| Primeiro Feminicídio do ano, ex-marido cancela sonho de Bia ser professora

Por Tempo MS

Comentários Facebook

Continue lendo

TRÊS LAGOAS

CÂMARA DE TRÊS LAGOAS

BRASILÂNDIA

POLICIAL

Mais Lidas da Semana