TRÊS LAGOAS-MS
  Últimas
Rayssa Leal, a Fadinha, fatura prata no skate street em Tóquio 2020
Polícia Militar Ambiental de Dourados fiscaliza 25 embarcações, 80 pescadores e apreende petrechos ilegais de pesca no rio Brilhante
Governador repassa recursos para habitação de Campo Grande nesta segunda-feira
Julho termina com intensa massa de ar polar; saiba quais serão os dias mais frios em Mato Grosso do Sul
Última semana para pagar licenciamento de veículos placas 5 e 6
Funtrab oferta 1.356 vagas de emprego em todo Estado
51 anos de casados “Bodas de Bronze” de Cleodete Araújo e Orvino Tiago
Polícia Militar e Vigilância Sanitária intensificaram fiscalização durante a noite e a madrugada em Coxim
PM apreende arma de fogo e prende autor  
PM apreende mercadorias de descaminho
Série D: Ferroviária bate Boa Esporte em São Paulo e lidera grupo 6
PRF apreende 178,8 Kg de maconha em Campo Grande (MS)
Skate e judô conquistam primeiras medalhas para o Brasil em Tóquio
Tóquio: oitavas do surfe começam neste domingo com quatro brasileiros
Caminhão que seguia para Dourados com mais de seis toneladas de maconha foi apreendido pelo DOF durante a Operação Hórus
Tóquio: Gustavo Tsuboi avança à terceira rodada do tênis de mesa
Wanderson de Oliveira avança às oitavas de final do boxe em Tóquio
LNF: Campo Mourão goleia Brasília e assume liderança do Grupo C
PRF apreende maconha e recupera caminhonete em Campo Grande (MS)
BOLETIM COVID-19 – Três Lagoas registra 58 novos casos neste domingo (25)
Polícia Militar prende mãe de 40 anos e apreende filha de 15 anos por Tráfico de Drogas em Rio Negro.
Polícia Militar prende homem de 28 anos por Tráfico de Drogas em São Gabriel do Oeste
Rebeca Andrade dá show em Tóquio e se classifica para três finais
Olimpíada: Brasil chega a uma final e em duas semifinais na natação
No vôlei feminino, Brasil vence Coreia do Sul na estreia olímpica
Daniel Cargnin fatura primeiro bronze do judô brasileiro na Olimpíada
Olimpíada: Brasil empata com Costa do Marfim no futebol masculino
Prata de Kelvin Hoefler é a primeira medalha brasileira em Tóquio
Brasileiro: Flamengo mira G4 e São Paulo fugir da zona de descenso
Ferroviária e Boa Esporte defendem sequências invictas na Série D
Next
Prev

Garcias

Distrito de Garcia de luto com a morte de José Soares da Silva de 72 anos

Publicado

É

 com pesar que o ArapuáNews comunica o falecimento de José Soares da Silva de 72 anos, ex-morador do Distrito de Garcias, atualmente estava morando no bairro Santa Rita   no Município de Três Lagoas-MS.

Segundo familiares, José morreu neste início de manhã de domingo (21) de março, em decorrência de um câncer de pulmão.

José é muito conhecido no Distrito de Garcias, onde morou por muitos anos, fazendo parte da história de Garcias, casado com dona Tata, pai de Moísés, Marquinho e Deuza.

O velório está acontecendo no Pax Vida em Três Lagoas, e o sepultamento será às 13h:3omin deste domingo.

O ArapuaNews se solidariza com familiares e amigos neste momento de dor e luto pela perda irreparável e lamenta a morte de José Soares da Silva.

Mensagem aos familiares

A vida tem vários mistérios, e o maior deles é a morte. Nunca poderemos entender o porquê de um ente amado ter que partir. A dor que sentimos é imensurável. Nestas horas não há nenhuma palavra que possa ser dita que seja capaz de confortar os nossos corações. Tudo parece perder o sentido e ficar pequeno diante de tamanho sofrimento.

Não há nada capaz de reparar uma perda como esta, mas em nome da amizade e amor de quem fica, e em honra da memória de quem se foi, é preciso continuar vivendo. É preciso transformar o luto em uma luta pela vida e pela felicidade, e transformar a dor em saudade e serenidade. Os nossos mais sinceros pêsames!

Comentários Facebook

Garcias

Saúde inicia atendimentos semanais aos Moradores do Distrito de Garcias com Equipamento Odontológico Portátil

Publicado

por

Os moradores do Distrito de Garcias e zona rural adjacente contam agora com atendimento odontológico uma vez por semana. A Secretaria Municipal de Saúde (SMS), por meio do setor de Saúde Bucal, iniciou na manhã desta quinta-feira (08), as consultas e tratamentos dentários com o Equipamento Odontológico Portátil no Distrito.

O equipamento foi adquirido no ano passado, com a intenção de levar este tipo de tratamento aos distritos, regiões distantes e zona rural do Município, aproximando as ações de saúde dessa população, inclusive podendo ser instalado nas residências de pessoas acamadas ou impossibilitadas de se deslocar a uma Unidade de Saúde.

Tendo como profissional, o dentista Dr. Sérgio Grijo, são realizados procedimentos básicos e necessários como limpeza, raspagem, profilaxia, aplicação de flúor, início de canal, restauração e extração, todos com a mesma qualidade de um consultório odontológico físico. Neste primeiro dia, foram atendidas 05 pessoas no local.

A ação é desenvolvida pela equipe da Unidade de Saúde da Família (USF) Altair Cabral Trannin, do Distrito de Arapuá, sendo a unidade de referência de Garcias. O coordenador Giovani Souza Barelli, destaca a importância do equipamento para os moradores.

“Conseguimos encaixar este atendimento em Garcias com a programação da nossa Unidade, para beneficiar esta população que muitas vezes não tem transporte para ir até Arapuá e fazer seu tratamento. Assim, conseguimos colocar em funcionamento este Equipamento adquirido justamente para este fim”, expressou Barelli.

Os atendimentos serão realizados todas as quintas-feiras, no período da manhã, na extensão da USF do Arapuá, equipada na Escola Municipal “Elma Garcia Latta”. O agendamento pode ser feito no próprio local ou com a agente comunitária de Garcias.

A equipe também é composta pela auxiliar de Saúde Bucal, Helia Maia Narciso e agente comunitária de Saúde, Lenir Pereira da Silva.

O Equipamento Odontológico Portátil é um equipamento moderno e compacto, capaz de ser adaptado em qualquer local e transportado até no porta-malas de um carro. Ele pode ser ligado em uma simples tomada 110V ou alimentado pela bateria interna, o que permite funcionar em qualquer lugar.

Comentários Facebook

Continue lendo

Garcias

Distrito de Garcias tem os primeiros positivos de Covid-19, e Arapuá tem 2 positivos

Publicado

O Distrito de Garcias desde o começo da pandemia que não registrava contaminados de Covid-19, mas nesta semana um casal de moradores contraiu a doença, eles estão bem, somente em isolamento domiciliar.

Já no Distrito de Arapuá, possuímos no momento dois positivos, um na área central e outro morador da área rural, e mais 3 suspeitas aguardando resultado. Os positivos estão em isolamento domiciliar, passam bem, e estão sendo monitorados pela saúde do Distrito.

Vacinação

Em Três Lagoas

A Prefeitura de Três Lagoas, divulgou o Boletim Epidemiológico COVID-19 desta terça-feira (25).

Mais 80 pessoas foram confirmadas como positivas, sendo que destas, 02 casos foram excluídos do E-SUS por exportação para SIVEP ou outra localidade, totalizando 15.661 casos da doença. Outras 76 pessoas finalizaram a quarentena e foram consideradas recuperadas da doença.

LEITOS

Hoje, há 03 pessoas aguardando leitos de UTI e 01 leito de enfermaria no Pronto Socorro do Hospital Auxiliadora. Na UPA, há 19 pessoas em observação nas últimas 24h.

ÓBITOS

Hoje, 03 óbitos foram registrados e 01 foi excluído da lista de suspeitos, pois testou negativo para a doença. O boletim segue com 05 óbitos que aguardam exame.

No Mato Grosso do Sul

O número de casos positivos para a Covid-19 voltou a disparar em Mato Grosso do Sul nos últimos dias. Com mais 1.175 casos positivos apresentados no boletim epidemiológico desta segunda-feira (24), a média móvel, que calcula os testes positivos dos últimos 7 dias e indica tendência de alta ou queda, bateu novo recorde.

De acordo com o indicador, o Estado confirmou 1.702 novos casos por dia na última semana. A título de comparação, no início do mês a média móvel estava em 874 no dia 5 de maio, mas voltou a aumentar gradativamente.

Os municípios com mais casos confirmados são: Campo Grande (520), Dourados (64), Corumbá (56), Três Lagoas (50) e Rio Brilhante (48). O total de sul-mato-grossenses infectados desde março do ano passado está em 278.052.

No momento Mato Grosso do Sul possui 17.054 casos ativos da doença. Sendo, 15.886 em isolamento domiciliar e 1.168 pacientes internados em leitos clínicos (677) e unidade de terapia intensiva (491).

A fila de espera por um leito está em 231 pacientes. Na central de regulação de Campo Grande são 171, na central de regulação de Dourados são 54, e na central de regulação do Estado (Core) são 6 pacientes aguardando uma vaga.

Enquanto isso, a taxa de ocupação de leitos por macrorregiões está da seguinte forma: Campo Grande (101%), Corumbá (100%), Dourados (96%) e Três Lagoas (89%).

O novo boletim registrou mais 31 óbitos em decorrência da doença. Com a atualização, o número total de mortes por Covid em Mato Grosso do Sul passa a 6.492. A média móvel indica 37,6 vidas perdidas por dia na última semana.

Os municípios de residência das novas vítimas da doença são: Campo Grande (+14), Ponta Porã (+3) e Naviraí (2). Amambai, Anastácio, Cassilândia, Fátima do Sul, Itaporã, Jaraguari, Miranda, Nioaque, Nova Andradina, Paranaíba, Rio Verde de Mato Grosso e Terenos registraram um óbito cada.

Conforme a Secretaria de Estado de Saúde (SES), Mato Grosso do Sul possui 1.409 amostras em análise no Lacen e laboratórios parceiros, e outros 8.163 casos sem encerramento pelos municípios.

O detalhamento do boletim epidemiológico desta segunda-feira, 24 de maio de 2021, pode ser conferido aqui.

De acordo com o último boletim divulgado pela Secretaria de Saúde, na segunda-feira (24), já são 6.492 mortes de pacientes devido a covid no Estado, o que mostra uma taxa de letalidade de 2,3%. Deste grupo, 44,6% dos pacientes possuíam doenças cardiovasculares (2.897), 33,7% diabetes (2.190), 30,8% tinham hipertensão arterial sistêmica (2.000) e logo depois aparece a obesidade (1.096), que são 16,9%.

Em seguida aparecem outras comorbidades como doença respiratória crônica (711), que representa 11% das mortes, depois 7,6% são de doentes renais crônicos (493). Ainda aparecem na lista pacientes com imunodeficiência/imunodepressão (6,9%), doença neurológica crônica (6,3%), doença hepática crônica (1,4%) e síndrome de down (0,2%).

O secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, reforça que o Estado tem feito os investimentos e adotado as medidas para combater a disseminação do vírus, mas é necessário que a população faça sua parte, evitando aglomerações, usando máscara e mantendo o distanciamento social e medidas de higienização.

Vacinação

Mato Grosso do Sul continua na liderança do ranking de vacinação no Brasil, com 25,49% da população já tendo acesso a primeira dose, o que representa 716.007 pessoas. O Estado está nas primeiras colocações desde o início da imunização no País.

Também é destaque nacional na distribuição dos imunizantes, que ao chegar em território sul-mato-grossense é distribuído aos 79 municípios em menos de 12 horas, com uma logística ágil e eficiente, colaborando para que os prefeitos já deem continuidade ao processo de vacinação.

O governador Reinaldo Azambuja destacou que ao ampliar o número de vacinações, a tendência é reduzir o número de contaminados com o vírus. “Por isso precisamos aumentar a vacinação no País, se vier volume expressivo de doses iremos avançar no Estado, sendo hoje um dos primeiros colocados. Isto é um orgulho para nós e mostra a sintonia com as equipes de saúde dos municípios”.

O Governo do Estado irá receber nesta semana um novo lote com 81.190 doses da vacina contra Covid-19 enviado pelo Ministério da Saúde.  Segundo o Governo Federal, a previsão de envio do carregamento é entre quarta-feira e sexta-feira.

O secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, destaca que as doses recebidas serão distribuídas para que os municípios possam continuar a imunização da população. “Aguardamos autorização do Ministério da Saúde para podermos começar a vacinar por idade. Enquanto o Ministério da Saúde não se posiciona, continuamos vacinando os grupos prioritários já abertos”, disse.

O 25º lote é composto por 73.000 doses da vacina da Astrazeneca e 8.190 doses da vacina da Pfizer. Com a chegada do novo carregamento, Mato Grosso do Sul somará 1.280.200 doses recebidas do imunizante.

As 8.190 doses vacinas da vacina da Pfizer vão ficar armazenadas na Coordenadoria Estadual de Vigilância Epidemiológica no ultrafreezer emprestado pela Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), com capacidade de armazenar as vacinas até a temperatura de -86 ºC.

Mato Grosso do Sul vacinou até o momento 1.058.244 pessoas, sendo 719.989 com a primeira dose e 338.255 com a segunda dose. De acordo levantamento nacional, Mato Grosso do Sul está entre os estados brasileiros com melhor desempenho na vacinação. Aqui, 25,63% da população adulta receberam a 1ª dose do imunizante e 12.04% foram imunizados com a segunda dose.

Variante Indiana alerta

Secretaria de Estado de Saúde, através do Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (CIEVS/MS), enviou aos municípios de Mato Grosso do Sul comunicação em relação ao monitoramento da variante Indiana do Covid-19, após confirmação de casos no País.  A SES reforça a necessidade da continuidade das ações de distanciamento social na prevenção ao Coronavírus.

Mato Grosso do Sul recebeu orientações da Rede do Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (CIEVS) do Ministério da Saúde em relação ao monitoramento da variante Indiana. A secretaria, através do Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde de Mato Grosso do Sul, encaminhou aos municípios comunicado em relação à nova variante. O Estado mantém o sequenciamento genômico  das variantes do Covid-19.

Mato Grosso do Sul tem realizado o teste de antígeno nos municípios de fronteira para agilizar a detecção de pessoas com a COVID-19 e dar maior agilidade nas ações de prevenção e controle.

O Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde divulgou comunicado  sobre a confirmação no Brasil da variante B.1.617.2, mutação do vírus da Covid-19 na Índia, e também na investigação de pacientes suspeitos de estarem com a nova variante.

A nova variante foi confirmada no Maranhão na amostra da tripulação do navio “MV SHANDONG DA ZHI, ancorado na área de fundeio, em alto mar, na costa de São Luís. No total, 15 tripulantes testaram positivo para Covid-19 e nove tiveram o diagnóstico negativo. Das seis amostras com maior carga viral para sequenciamento genômico enviadas ao IEC, todas apresentaram resultado positivo para B.1.617.2.

A Índia possui a segunda maior prevalência de casos confirmados de Covid-19 do mundo e uma incidência de casos nos últimos 14 dias de 410.89 por 100 mil habitantes. Na análise do nível de alerta em saúde aos viajantes, que se baseia na incidência de casos nos últimos 14 dias, a Índia está classificada como nível 4, muito alto (mais de 100 casos de Covid-19 por 100 mil habitantes), em que se deve evitar qualquer viagem para este destino, conforme recomendação da Centers for Disease Control and Prevention (CDC).

No Brasil

O Brasil chegou a 452.031 mortes em função da pandemia do novo coronavírus. Nas últimas 24 horas, foram registrados no país 2.173 óbitos. 

Segundo o balanço diário do Ministério da Saúde sobre a pandemia, divulgado na noite desta terça-feira (25), há 3.763 mortes em investigação. O termo é empregado pelas autoridades de saúde para designar casos em que um paciente morre, mas a causa segue sendo apurada mesmo após a declaração do óbito.

Ainda conforme a atualização diária, o número de pessoas que foram contaminadas com o novo coronavírus desde o início da pandemia alcançou 16.194.209. Entre ontem e hoje foram registrados 73.453 novos casos de covid-19. O país tem 1.093.846 casos em acompanhamento.

A quantidade de pessoas que foram infectadas mas se recuperaram da covid-19 desde o início da pandemia foi de 14.648.322. Isso equivale a 90,5% do total de pessoas infectadas com o vírus.

Os números de casos em 24 horas são, em geral, mais baixos aos domingos e segundas-feiras em razão da menor quantidade de funcionários das equipes de saúde para realizar a alimentação dos dados. Já às terças-feiras os resultados tendem a ser maiores pelo envio dos dados acumulados.

Estados

O ranking de estados com mais mortes pela covid-19 é liderado por São Paulo (108.575). Em seguida vêm Rio de Janeiro (49.672), Minas Gerais (39.176), Rio Grande do Sul (27.624) e Paraná (25.664). Na parte de baixo da lista, com menos vidas perdidas para a pandemia, estão Roraima (1.610), Acre (1.649), Amapá (1.666), Tocantins (2.796) e Alagoas (4.643).

São Paulo também lidera no número de casos, seguido por 3.210.204, seguido por Minas Gerais (1.525.072), Paraná (1.067.717) e Rio Grande do Sul (1.066.265). As unidades da Federação com menor número de casos são Acre (81.651), Roraima (102.289) e Amapá (110.853).

Situação epidemiológica da covid-19 no Brasil (25.05.2021)
Situação epidemiológica da covid-19 no Brasil (25.05.2021) – Ministério da Saúde

Vacinação

Até o momento, foram distribuídas a estados e municípios 90.777.747 doses de vacinas contra a covid-19. Deste total, foram aplicadas 59 milhões de doses, sendo 40 milhões da 1ª dose e 19 milhões da 2ª dose.

PNI - Vacinação Três Lagoas

Comentários Facebook

Continue lendo

TRÊS LAGOAS

CÂMARA DE TRÊS LAGOAS

Assembléia Legislativa MS

Mato Grosso do Sul

POLICIAL

Mais Lidas da Semana