TRÊS LAGOAS-MS
  Últimas
Polícia Militar prende autor de Tráfico de Drogas e Receptação em Três Lagoas.
Petrobras desliga termoelétrica de Três Lagoas sob risco de ‘falha catastrófica’
Polícia Militar cumpre Mandado de Prisão em Três Lagoas.
Força Tática de Dourados prende em flagrante autor de estupro de vulnerável
Polícia Militar Ambiental Amambai e Policia Militar Rodoviária apreendem 260 Kg de maconha em ação conjunta
Taekwondo é o primeiro a definir campeões nos Jogos Escolares da Juventude de MS
Três-lagoense morre em acidente na Rodovia Marechal Rondon
Uberlândia-MG derruba invencibilidade do Joinville-SC na Série D
Brasil disputa Copa do Mundo por equipes de tênis em cadeira de rodas
Polícia Militar Ambiental de Amambai prende indígena com duas armas de fogo e cinco munições ilegais
Polícia Militar Ambiental de Dourados autua empresa em R$ 353 mil por incêndio em área plantada de cana-de-açúcar
Foragido da justiça é preso em flagrante pela PM por tentativa de Feminicídio
Com gols no fim, América-MG e Flamengo empatam pelo Brasileiro
Com gol de Jael, Ceará vence a Chapecoense na Arena Castelão
Em jogo equilibrado, São Paulo empata com Atlético-MG no Morumbi
Timão vence o Palmeiras na Neo Química Arena com dois gols de Róger Guedes
Brasil derrota o Marrocos e vai à semifinal da Copa do Mundo de futsal
Polícia Militar atende ocorrências de violência doméstica na madrugada e prende cinco pessoas
BOLETIM COVID-19 – Três Lagoas registra 03 novos casos neste domingo (26)
Polícia Militar Ambiental de Aquidauana atende denuncia de pesca predatória e prende o pescador que era foragido da justiça com mandado de prisão em aberto
Brasileiro: Fluminense recebe Bragantino no Maracanã
Série D: Uberlândia-MG e Joinville-SC iniciam confronto pelas oitavas
2º BPM realiza a III Operação Blitz de Trânsito “Condutor Não Habilitado”.
As inscrições para o 22º Encontro do Proler e o 18º Encontro do Sistema Estadual de Bibliotecas seguem até novembro
Novas leis estaduais promovem educação e bem estar econômico-social em MS
Termina na quarta-feira pesquisa da Agepan e Fundtur para projeto de melhoria do transporte turístico
Atleta de MS carregará as cores do Brasil no vôlei de praia nos Jogos Pan-Americanos Júnior
Governo economiza milhões com trabalho prisional em obras públicas
Chuva ameniza calorão e melhora umidade do ar no primeiro domingo da primavera
Força Tática prende homem com mandado de prisão e recupera veículo roubado
Next
Prev

Três Lagoas

Transmissão no ArapuáNews| Três Lagoas estreia na Copa Assomasul neste domingo (12) em Nova Andradina

Publicado

A equipe de servidores da Prefeitura e Câmara de Três Lagoas-MS estreia nesse domingo (12) de setembro na Copa Assomasul de Futebol na etapa de Nova Andradina, a principal atração esportiva do futebol amador do Centro Oeste.

A cerimônia de abertura será realizada a partir das 8 horas, com a presença de autoridades e das seis delegações que integram os grupos A e B.

Os jogos intermunicipais das 11 etapas das 1ª Fase foram definidos no dia 27 de junho, por meio de sorteios realizados pela organização da Copa com a participação dos diretores de esporte das 66 equipes inscritas este ano que é recorde de participação.

Além de Três Lagoas, participam desta etapa mais 5 equipes: Os anfitriões Nova Andradina, Anaurilândia, Bataguassu, Novo Horizonte do Sul e Batayporã. Pelas regras, passarão à fase seguinte da competição três equipes nesta rodada.

A partida terá transmissão ao vivo na Fan page do ArapuáNews, no link https://www.facebook.com/ArapuaNews/live_videos, com a narração de José de Souza do site “O Marvado.com” e com a equipe do ArapuáNews que estará fazendo a cobertura das partidas.

Às 9h30min: Três Lagoas enfrenta Novo Horizonte do Sul e as 13h30min a segunda partida contra Bataiporã.

Atletas que integram a equipe do Três Lagoas

Bruno Diniz; Rafael Fraga da Silva (Tonhão); Jefferson Martins (Jeffinho); Antônio Carlos Junior (Bahia); Thiago Araújo; Maicon; Rodrigo Jurado (Digo); Ademir Silva (Mi); Jean Carlos; Gêneses; Dourival (Lô); Júlio Cesar (Julinho do Bela); Tiago Zorba; Jefferson Gomes (Alemãozinho); João Ricardo; Antônio Rialino; Adonino (Ninão); Marcos Paulo (Marquinho); Eliezer; Afrânio; Leandro Cabanha e Vinicinho.

Comissão Técnica:

Secretario da SEJUVEL: Antônio Rialino.

Coordenador da Equipe: Prof. Valter Hulk.

Técnico: Marco Aurélio.

Preparador Físico: Prof. Ademilson (Flor).

Massagista: Almir Ramão (Karinha).

Protocolo de biossegurança para o público/ torcida

Devido a pandemia, foi adotado um protocolo de biossegurança pela Assomasul para os torcedores (público). Entre as medidas estão:

– a limitação da capacidade em 50% de ocupação na arquibancada, observando o distanciamento de 1,5m;

– permitida a entrada de pessoas com idade igual a 13 anos ou mais;

– exigência da apresentação da carteira de vacinação,

– não obtendo a carteira de vacinação, apresentar o exame negativo para Covid 19 realizado em até 48h antes do evento;

– Será disponibilizado álcool em gel 70% bem como a aferição de temperatura na entrada do estádio.

– Uso obrigatório de máscaras por todos os frequentadores do estabelecimento.

– Atletas e comissão técnica deverão levar suas garrafas para hidratação, sendo essa de uso individual;

Acatar as determinações sanitárias demandadas pela Secretaria Municipal de Saúde de Nova Andradina.

Sobre a Copa Assomasul

Os jogos intermunicipais das 11 etapas das 1ª Fase foram definidos por meio de sorteios realizados pela organização da Copa reunirá 66 equipes formadas por servidores públicos municipais, das prefeituras e câmara de vereadores além de prefeitos, vice-prefeito e vereadores, este ano que é recorde de participação.

Pelas regras do maior campeonato amador de futebol do Centro Oeste, passarão à fase seguinte três equipes de cada rodada.

A expectativa é da realização de um grande evento este ano, obedecendo todos os protocolos de biossegurança. Todos os atletas envolvidos e sua comissão técnica devem estar devidamente vacinados contra a COVID 19.

PREMIAÇÃO

De acordo com o diretor esportivo Reinaldo Piti, a premiação será semelhante a do ano passado com uma grande novidade para a equipe campeã além da premiação em dinheiro, o município  ganhará uma Ambulância.

Na 16ª Copa Assomasul, além de troféus e medalhas, Dois Irmãos do Buriti, ficou com o prêmio de R$ 12 mil; Bela Vista com R$ 8 mil pelo segundo lugar; Antônio João faturou R$ 6 mil pela terceira colocação, enquanto que Campo Grande pela quarta colocação ficou com R$ 3 mil.

Comentários Facebook

Três Lagoas

Petrobras desliga termoelétrica de Três Lagoas sob risco de ‘falha catastrófica’

Publicado

Embora o Operador Nacional do Sistema (ONS) tenha pressionado a Petrobras a manter ligada a termelétrica de Três Lagoas, no Mato Grosso do Sul, que precisava de manutenção, a planta foi desligada neste sábado. Com a medida, aumenta o risco de apagão devido à crise hídrica, em curso. A estatal alegou risco de “falha catastrófica” na estrutura e desligou a usina, de acordo com os comunicados trocados entre a Petrobras, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e o ONS, divulgados na última edição do diário conservador paulistano O Estado de S. Paulo (OESP).

Programação

Devido ao nível crítico dos reservatórios das hidrelétricas, na pior estiagem dos últimos 91 anos, o ONS tem exigido que usinas de geração térmica – a gás, diesel, biomassa e carvão – mantenham-se na capacidade máxima, na tentativa de reduzir o consumo de água dos reservatórios. A determinação, porém, levou o sistema ao seu limite máximo, desde meados de agosto.

“No primeiro fim de semana de setembro, entre os dias 3 e 5, a Petrobras havia comunicado ao Operador que precisaria paralisar as operações de sua usina térmica de Três Lagoas, uma planta de 386 megawatts de potência instalada em Mato Grosso do Sul, porque tinha de fazer uma manutenção importante na estrutura.

“A empresa teve o cuidado de agendar o serviço para o fim de semana, quando o consumo elétrico no País diminui, e apresentou a programação com duas semanas de antecedência. Como é praxe no setor, se tratava de uma parada programada, ou seja, uma operação de rotina. Ocorre que o ONS decidiu rejeitar o pedido.

Parada

“Três dias antes da paralisação agendada, no dia 31 de agosto, o Operador rejeitou o pedido da Petrobras e, sem dar espaço para justificativas, declarou que “em função do cenário energético, com cargas elevadas e alto despacho térmico”, tinha que manter a “máxima disponibilidade de unidades geradoras” e que a paralisação deveria ocorrer apenas no feriado, entre 5 e 7 de setembro.

“No dia seguinte, a Petrobras ainda insistiu com o órgão regulador e pediu para que fosse mantida a programação original da intervenção, porque ‘já não havia tempo hábil para reprogramar a atividade e que essa postergação de data ia contra as recomendações dos especialistas e do fabricante”, revelou o OESP.

“Diante das recomendações do fabricante (dos equipamentos da usina) e da equipe de engenharia e, ainda, frente ao risco de falha catastrófica desta turbina, a Petrobras necessitou prosseguir com a parada emergencial”, informou a Petrobras, em comunicado.

Estresse da estrutura

No início deste mês, a Petrobras se reuniu com representantes do setor elétrico, que cobraram detalhes sobre cada uma das plantas térmicas da companhia e o adiamento de suas manutenções. Há casos de usinas que tinham paradas programadas de até 27 dias, por exemplo, e que a companhia se comprometeu em realizar o trabalho em apenas três dias, de forma a manter a geração plena no maior tempo possível.

O coordenador do Grupo de Estudos do Setor Elétrico (Gesel) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Nivalde de Castro, alerta sobre os riscos desse estresse na estrutura, uma vez que muitas térmicas não foram concebidas para operarem o tempo todo.

“É uma situação delicada e de risco. O governo está forçando as estruturas, adiando datas ou encurtando paradas, justamente por causa da crise hídrica. Essa situação com a Petrobras é um reflexo dessa crise. A ordem é empurrar com a barriga até onde for possível para preservar água nos reservatórios”, diz Castro

O risco de apagão fez com a Aneel criasse a bandeira de crise hídrica na conta de luz, que acumula aumentos desde o começo do ano. A energia produzida pela termoelétrica é mais cara do que a gerada pelas usinas hidrelétricas.

Urgência

Logo após a Petrobras rejeitar a determinação do ONS e seguir com o plano de paralisar a usina térmica de Três Lagoas, em Mato Grosso do Sul, a AneeL questionou oficialmente a petroleira sobre as causas de ter ignorado a decisão do órgão responsável por gerenciar diariamente o abastecimento do País.

Em resposta encaminhada no dia 10 de setembro, a companhia respondeu à agência que, “mais do que seguir as regras e os procedimentos do Operador”, sempre se posiciona de forma proativa e em parceria com as equipes do órgão, “em postura colaborativa e transparente para evitar desalinhamentos” com o Operador. “Infelizmente, na presente situação, houve necessidade técnica e urgente de parar a unidade”, afirmou a Petrobrás.

Procurada pela reportagem, a Petrobras afirmou que “solicitações de adiamento, postergação ou aprovação de paradas fazem parte da rotina operacional de relacionamento com o Operador Nacional do Sistema Elétrico”. A empresa só não destacou, porém, que a atitude de deixar de seguir essas determinações está longe de qualquer rotina.

A reportagem questionou ainda se a estatal prevê mudanças de data ou reduções de prazo de manutenções já programadas no parque de ao menos dez usinas térmicas sob seu controle. “Todas as térmicas da Petrobras estarão efetivamente em operação até o fim de setembro. Sobre os cronogramas de paradas, a Petrobras seguirá atendendo, sempre que possível, às necessidades do sistema, garantindo a segurança operacional de suas unidades”, declarou.

O ONS informou, por meio de nota, que, “como uma das ações para o enfrentamento da escassez hídrica solicitou, em julho deste ano, a todas as usinas geradoras que adiassem suas manutenções a fim de aumentar a disponibilidade de geração”. Segundo o órgão, “cabe ao agente avaliar a viabilidade técnica e operacional de acatar a solicitação ou não”. O ONS, porém, não comentou o fato de ter rejeitado o pleito feito pela Petrobras, mesmo após a empresa ter argumentado sobre os riscos do adiamento.

Comentários Facebook
Continue lendo

Trânsito

Três-lagoense morre em acidente na Rodovia Marechal Rondon

Publicado

O jovem três-lagoense Janderson Rodrigues da Silva Filho de 25 anos, morreu na manhã deste domingo (26) de setembro, após se envolver num grave acidente na cidade paulista de Andradina-SP.

De acordo com o Site Mil Notícias, o técnico em mecânica de manutenção, morreu após cair com veículo um VW Polo branco, no vão do viaduto na Rodovia Marechal Rondon (SP 300), localizado no km 636, acesso ao patrimônio de Paranápolis, no município de Andradina/SP.

Ele ainda foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros até a UPA – Unidade de Pronto Atendimento, porém, mesmo com todos procedimentos para sua reanimação, não resistiu aos ferimentos, entrando em óbito. A ocorrência foi registrada pela Polícia Rodoviária no plantão policial.

O acidente aconteceu próximo das 6h, quando o rapaz dirigia o VW Polo, pela rodovia Marechal Rondon, pista sentido Andradina à divisa do estado (pista oeste) e, por circunstâncias a serem apuradas pela Polícia Civil, ao se aproximar do viaduto do trevo de acesso ao patrimônio de Paranápolis, localizado no KM 646 + 850 metros, perdeu o controle da direção, avançou para o canteiro central da pista, bateu na defensa metálica (guard rail), rodopiou no ar, caindo de uma altura de aproximadamente 10 metros, literalmente voando por 30 metros e batendo violentamente a parte traseira do Polo contra a proteção de cimento do outro lado da pista da parte debaixo do retorno.

Motoristas que passavam pelo local naquele horário perceberam o acidente e foram tentar prestar os primeiros socorros, mas o rapaz estava encarcerado e somente com a atuação do Corpo de Bombeiros de Andradina foi possível prestar o devido socorro e seu encaminhamento até a UPA, onde foram constatados traumatismo craniano e múltiplas fraturas pelo corpo (pernas e braços).

O jovem atuava como mecânico de manutenção em uma empresa de silvicultura no município, era morador do bairro Vila Alegre e vai deixar muitas saudades aos seus amigos e familiares.

Distrito de Garcias de Luto

Janderson filho é muito conhecido no Distrito de Garcias, onde moravam seus pais Janderson e Nilva, hoje o casal moram em Três Lagoas, mas foi em Garcias, que fizeram muitos amigos.

Muitos relatos estão acontecendo nas redes sociais, com mensagem de apoio e pesar aos familiares.

Nós do ArapuáNews nos solidarizamos com os familiares nesse momento tão triste.

O corpo de Janderson Rodrigues da Silva Filho será velado na Cardassi de Três Lagoas das 7 às 11h, do dia 27 de setembro.

Com informações de MIL NOTICIAS/Agência/ Foto: MANOEL MESSIAS/Agência

Comentários Facebook
Continue lendo

TRÊS LAGOAS

CÂMARA DE TRÊS LAGOAS

Assembléia Legislativa MS

Mato Grosso do Sul

POLICIAL

Mais Lidas da Semana