Três Lagoas-MS

  Últimas
Com novo cronograma, complexo hospitalar de Corumbá está com 85% de sua estrutura pronta
Chance de ganhar no Nota MS Premiada é 28 vezes maior do que na Mega-Sena
Comissão estadual revisa decretos de quatro décadas
Fornatur e ABEAR se reúnem para alinhar informações sobre acordos com empresas aéreas durante pandemia
Vídeo sobre planejamento financeiro está disponível no canal da PGE/MS
Com mutirão nos fins de semana, Agesul conclui manutenção de muitas estradas após período de chuvas
Tempo firme com chuvas isoladas são esperadas para este sábado
PMMS realiza solenidade do Espadim Tiradentes, evento inédito em Mato Grosso do Sul
Estado faz repasses a clubes para a disputa do Estadual de Futebol 2021
Sinergia-MS presta homenagem à eletricista e denuncia terceirizada da Energisa
Em MS, Suzano abre processos seletivos com vagas para Água Clara, Brasilândia e Três Lagoas
PMA de Porto Murtinho utiliza imagem de satélite e autua infrator em R$ 55 mil por desmatamento ilegal de vegetação nativa protegida por lei ocorrido em 2019
Polícia Militar de Maracaju encerrou a 1º reunião de treinamento e planejamento do “Plano de Defesa”
Força Tática do 4º BPM apreende menor infrator pelo crime de tráfico de drogas
Equipes da Sanesul iniciam obras de setorização em Três Lagoas
BOLETIM COVID-19: Saúde registra 56 novos casos positivos e 82 recuperados nesta sexta-feira (26)
Alterações no regimento interno têm o intuito de otimizar os serviços prestados pela PGE
Escolagov e Prefeitura de Costa Rica firmam termo de cooperação para intercâmbio de conhecimentos
Aberto período de inscrições para contratação de Técnicos de Suporte em Tecnologia da REE
Inédita no país, granja em Dourados usa ração líquida e novas tecnologias da Suinocultura 4.0
Oficializada prorrogação de calamidade pública em mais três municípios de MS
Polícia Militar Ambiental de Bela Vista captura coruja dentro de farmácia no centro da cidade e a solta em seu habitat
Trailer Odontológico volta a atender a partir da próxima segunda-feira (01), no bairro São Carlos
Mais de 15.430 alunos da REME de Três Lagoas voltam as aulas segunda-feira (01) com Unidades de Ensino seguindo protocolo de biossegurança
PMA de Batayporã autua infrator em R$ 12,5 mil devido à falta de atividade de conservação do solo causando processos erosivos em sua propriedade no município
Elenco principal terá período de recesso; Retorno acontecerá no dia 15 de março
Abel comanda treino tático de olho na primeira decisão da Copa do Brasil
Em abordagem preventiva em Três Lagoas, Polícia Militar recupera bicicleta e apreende adolescente
Calamidade pública de Laguna Carapã e Douradina podem ser prorrogadas até 30 de junho
Santos perde para o Bahia em Salvador
Next
Prev

Economia

Petrobras anuncia aumento da gasolina e do diesel em refinarias

Publicado

A

 Petrobras anunciou ontem (18) um novo aumento médio nos preços da gasolina e do diesel em suas refinarias, que chegarão a R$ 2,48 e R$ 2,58 por litro, respectivamente. A partir de hoje (19), será aplicado um reajuste de R$ 0,23 para o litro da gasolina e de R$ 0,34 para o do diesel.

O preço cobrado nas refinarias da Petrobras corresponde a cerca de 33% do preço pago pelos consumidores finais da gasolina e a 51% do preço final do diesel, segundo a estatal. A companhia explica que “até chegar ao consumidor são acrescidos tributos federais e estaduais, custos para aquisição e mistura obrigatória de biocombustíveis, além das margens brutas das companhias distribuidoras e dos postos revendedores de combustíveis”.

Os preços praticados nas refinarias da Petrobras são reajustados de acordo com a taxa de câmbio e a variação do preço internacional do petróleo, negociado em dólar. Desde janeiro, a Petrobras já reajustou três vezes o preço do diesel e quatro vezes o da gasolina, que tinha o valor médio de R$ 1,84 em 29 de dezembro e chegará a R$ 2,48 com o reajuste que vigora a partir de amanhã. 

Em 18 de janeiro, a estatal anunciou um aumento médio de R$ 0,15 para a gasolina e manteve o preço do diesel. No dia 26 do mesmo mês, um novo reajuste elevou o preço nas refinarias em R$ 0,10 para a gasolina e em R$ 0,09 para o diesel. Já em 8 de fevereiro, foi anunciado um aumento de R$ 0,17 para a gasolina e de R$ e de 0,13 para o diesel.

 

Por Agência Brasil/Foto:Tomaz Silva

Comentários Facebook

Economia

Ford anuncia fechamento de fábricas no Brasil

Publicado

A

pós mais de 100 anos de fabricação de veículos localmente para o mercado brasileiro, a norte-americana Ford anunciou oficialmente a sua reestruturação na operação nacional, o que culminou no fechamento de todas as plantas fabris atualmente em operação no país.

Segundo as informações divulgadas pela marca, as fábricas localizadas em Camaçari (BA) e Taubaté (SP), bem como da de Horizonte (CE) exclusiva da Troller serão desativadas, algo que em parte é justificado pela marca como efeito de uma crise econômica que atinge a operação na América do Sul desde 2013.

Ainda de acordo com a marca, que atualmente ocupa a quinta posição dentre as montadoras que opera no país, as operações do campo de provas e da sede administrativa para a América do Sul localizados em São Paulo e o Centro de Desenvolvimento de Produto na Bahia serão mantidos.

 

“A Ford está presente há mais de um século na América do Sul e no Brasil e sabemos que essas são ações muito difíceis, mas necessárias, para a criação de um negócio saudável e sustentável”, disse Jim Farley, presidente e CEO da Ford.

Quanto aos carros e peças, o planejamento é que a operação passe a ser completamente suprida através da importação de unidades que seguem operando na Argentina e Uruguai, além de outras fora da América Latina, o que em parte ajudará também na chegada de novos carros ao país, como os novos Transit, Ranger, Bronco, Mustang Mach1 e um novo veículo híbrido plug-in, que foram confirmados pela marca.

Alterações foram feitas em outros países

 

Apesar de pegar muitos de surpresa, a movimentação de fechamento de plantas fabris não chega a ser uma novidade para a Ford, tendo sido iniciada essa desmobilização aqui no Brasil em 2019, com o fechamento da planta de São Bernardo do Campo (SP), resultando no sepultamento do Ford Fiesta e de caminhões.

Quanto a outros países que foram impactados nessas movimentações, temos como exemplos que começam em 2016 com o encerramento de operações na Austrália, sendo posteriormente vista uma nova leva de fechamentos em países como os Estados Unidos (país de origem da marca) e Europa.

Impactos econômicos e sociais

 

Um dos pontos que gera preocupação nesse anúncio é certamente o aumento do desemprego no país, em um momento onde a pandemia de coronavírus (COVID-19) ajuda a aumentar cada vez mais a base e nesse sentido, as notícias não são animadoras.

Segundo estimativas da própria empresa, aproximadamente 5 mil empregos serão impactados com o fechamento das operações fabris no pais, graças a essa reestruturação no eixo Brasil-Argentina, tendo já sido confirmados 830 vagas a menos em Taubaté e 470 em Belo Horizonte.

Operações e suporte seguem ativos

 

Apesar do anúncio alarmante, a Ford fez questão de tentar tranquilizar seus clientes confirmando que as demais operações seguem ativas no país, o que significa dizer que quem tem um carro da Ford não ficará na berlinda sem suporte ou concessionárias, como já aconteceu algumas vezes no país algumas décadas atrás.

 

Enfatizamos que a Ford continuará ativamente presente no Brasil e na América do Sul com sua ampla Rede de Concessionários, prestando assistência total ao consumidor com operações de vendas, serviços, peças de reposição e garantia, além de oferecer um portfólio empolgante, conectado e cada vez mais eletrificado de SUVs, picapes e veículos comerciais, provenientes da Argentina, Uruguai e outros mercados.

Leia mais em https://www.ford.com.br/reestruturacao-ford-brasil/?intcmp=hp-new-brand-gallery

Fonte: Tudo Celular

Comentários Facebook
Continue lendo

Economia

Petrobras confirma reajuste de 6% para o gás de cozinha nesta quinta

Publicado

A

Petrobras confirmou nesta quarta-feira (6/1) o primeiro aumento do Gás Liquefeito de Petróleo (GLP) – o popular gás de cozinha – neste ano, da ordem de 6%, depois de ter havido reajuste de 5% em 3 de dezembro.

O aumento, válido a partir desta quinta-feira (7/1), segue a alta do preço do petróleo no mercado internacional, que nesta quarta fechou cotado em US$ 54,30 o barril do tipo Brent. Em 2020, a alta do GLP foi de 21,9%.

O acréscimo atinge tanto o botijão de 13 kg, que será vendido nas refinarias a R$ 35,98, correspondente a 46% do preço total, quanto o GLP a granel, utilizado por indústrias, comércio, condomínios e academias, entre outros.

“Os preços de GLP praticados pela Petrobras seguem a dinâmica de commodities em economias abertas, tendo como referência o preço de paridade de importação, formado pelo valor do produto no mercado internacional, mais os custos que importadores teriam, como frete de navios, taxas portuárias e demais custos internos de transporte para cada ponto de fornecimento, também sendo influenciado pela taxa de câmbio”, informou a Petrobras.

Comentários Facebook
Continue lendo

TRÊS LAGOAS

CÂMARA DE TRÊS LAGOAS

BRASILÂNDIA

POLICIAL

Mais Lidas da Semana