TRÊS LAGOAS

Suzano

Com apoio da Suzano, Abrasel irá formar mais de 300 profissionais para atuarem no setor gastronômico de Três Lagoas e Ribas do Rio Pardo/MS

Publicado em

Iniciativa da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes da Costa Leste, apoiada pela companhia, visa promover a qualificação profissional de pessoas de baixa renda

Com o intuito de promover a inserção de pessoas de baixa renda no mercado de trabalho, a Suzano, referência global na fabricação de bioprodutos desenvolvidos a partir do cultivo de eucalipto, e a Abrasel (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes da Costa Leste) irão formar 304 pessoas para atuarem no setor gastronômico de Três Lagoas e Ribas do Rio Pardo (MS). A iniciativa visa promover a geração de trabalho e renda nos municípios, além de atender uma demanda reprimida de profissionais qualificados para atuarem nesta área.

De acordo com Israel Batista Gabriel, coordenador de Desenvolvimento Social da Suzano em Mato Grosso do Sul, a parceria com a associação vem ao encontro do compromisso da companhia de reduzir desigualdades sociais nas regiões onde atua. “A gente enxergou na Abrasel um parceiro com forte atuação social, que nos dá condições de chegar em quem realmente precisa. O grande diferencial dessa iniciativa é que não visamos somente capacitar Após o encerramento do curso, iremos acompanhar o progresso dos participantes no mercado de trabalho por um período de três meses.  É uma oportunidade com grande potencial de geração de trabalho e renda, uma vez que são altas as chances de a pessoa encerrar o curso já empregada”, explica.

A segunda edição das qualificações é resultado de um projeto piloto realizado entre Suzano e Abrasel no ano passado. Na época, foram formados 20 novos profissionais. Destes, 80% se mantiveram no mercado de trabalho e 15% abriram seu próprio negócio com o conhecimento adquirido na qualificação.

Agora, serão 12 turmas entre os meses de julho e agosto para as áreas de garçom/garçonete, auxiliar de cozinha, churrasqueiro/a e técnico/a especialista em pescados, tanto básico quanto avançado. A carga horária varia conforme o curso escolhido, tendo em média 8 horas por dia. Para o levantamento da população prioritária, foi realizado um mapeamento em conjunto com a Prefeitura de Três Lagoas, por meio da Secretaria de Assistência Social, que também apoiou a iniciativa com as inscrições das pessoas interessadas nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS).

“Para estes cursos, priorizamos pessoas em vulnerabilidade econômica e social e que realmente estão precisando de uma oportunidade de trabalho. Hoje, o setor gastronômico é conhecido como uma porta de entrada para o mercado de trabalho e queremos garantir que as pessoas ingressem no setor qualificadas e de forma rápida. Com isso, todos saem ganhando: o participante, que sai com mais chances de conseguir uma vaga no mercado; o empresário, que precisa de mão de obra qualificada, e a população, com o aumento da qualidade dos serviços ofertados”, destaca Marcos Antônio Gomes Junior, presidente da Abrasel em Três Lagoas.

Segundo Junior, atualmente, o setor gastronômico da Costa Leste tem uma demanda reprimida de cerca de 380 vagas. Após as formações, os participantes terão o apoio da associação no direcionamento para essas vagas, conforme perfil de cada um, e monitoramento posterior.

Sobre a Suzano

A Suzano é referência global no desenvolvimento de soluções sustentáveis e inovadoras, de origem renovável, e tem como propósito renovar a vida a partir da árvore. Maior fabricante de celulose de eucalipto do mundo e uma das maiores produtoras de papéis da América Latina, atende mais de 2 bilhões de pessoas a partir de 11 fábricas em operação no Brasil, além da joint operation Veracel. Com 97 anos de história e uma capacidade instalada de 10,9 milhões de toneladas de celulose de mercado e 1,4 milhão de toneladas de papéis por ano, exporta para mais de 100 países. Tem sua atuação pautada na Inovabilidade – Inovação a serviço da Sustentabilidade – e nos mais elevados níveis de práticas socioambientais e de Governança Corporativa, com ações negociadas nas bolsas do Brasil e dos Estados Unidos. Para mais informações, acesse: www.suzano.com.br

 

Comentários Facebook

Suzano

Com o apoio da Suzano, projeto Hortas Urbanas irá beneficiar mais de 90 famílias em Três Lagoas

Published

on

Realizada em parceria com a Missão Salesiana e a AEMS, iniciativa faz parte das ações da empresa para retirar famílias da pobreza extrema, por meio da promoção da segurança alimentar e da geração de trabalho e renda

 

 

Com o apoio da Suzano, referência global na fabricação de bioprodutos desenvolvidos a partir do cultivo de eucalipto, o Centro Juvenil Jesus Adolescentes, da Missão Salesiana de Mato Grosso, e as Faculdades Integradas de Três Lagoas (AEMS), por meio do curso de Agronomia, deram início ao processo de implantação de hortas agroecológicas na área urbana de Três Lagoas. As iniciativas fazem parte do projeto Hortas Urbanas da companhia, que visa promover a segurança alimentar e a geração de renda entre famílias em situação de vulnerabilidade social. Juntas, as duas parcerias envolvem cerca de 90 famílias, o que corresponde a mais de 300 pessoas beneficiadas.

“Na Suzano, temos um direcionador que diz que ‘Só é bom para nós se for bom para o mundo’ e vamos ao encontro disso quando mostramos ser possível incentivar a agricultura familiar e a agroecologia também em um centro urbano. Ao fortalecer esse modelo de produção sustentável, o projeto contribui para oferecer segurança alimentar às famílias e ajuda a gerar renda com a venda dos alimentos que não forem consumidos por elas”, ressalta Israel Batista Gabriel, coordenador de Desenvolvimento Social da Suzano em Mato Grosso do Sul. O Hortas Urbanas, completa Gabriel, também vem ao encontro do compromisso da companhia de reduzir desigualdades sociais e retirar famílias da linha da pobreza nas comunidades onde mantém operações.

Somente na parceria com a Missão Salesiana, foram cerca de 40 famílias em situação de vulnerabilidade social selecionadas por meio de uma parceria com o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) de Três Lagoas. Com o apoio técnico fornecido por empresa especializada, essas famílias deram início ao processo de implantação das hortas agroecológicas no centro de Três Lagoas, em uma área da Missão Salesiana, aos fundos da Catedral Sagrado Coração de Jesus.

“O Hortas Urbanas é um projeto poético, que vai proporcionar a transformação da vida das pessoas. Essas famílias vão trabalhar para construir uma horta agroecológica, respeitando a natureza, a saúde e o bem-estar, e vão poder comercializar os seus produtos para toda a comunidade de três lagoas, gerando trabalho e renda. A Missão Salesiana de Mato Grosso tem como missão garantir os direitos dos mais vulneráveis e esse encontro com a Suzano, que tem como meta tirar tantas pessoas da linha da pobreza, só engrandece o trabalho da casa.  Nós entendemos que é por meio do trabalho que as pessoas conquistam seus espaços e vão poder oferecer melhor qualidade de vida para suas famílias”, destaca Sadi Silva, coordenadora Pedagógica do Centro Juvenil Jesus Adolescente.

Cinturão Verde

Paralelamente ao trabalho em conjunto com a Missão Salesiana, o Hortas Urbanas também começou a ser implantado na região do Cinturão Verde. Neste projeto, desenvolvido em parceria com estudantes do curso de Agronomia da AEMS, são cerca de 50 famílias beneficiadas com apoio técnico no processo de transição para o sistema agroecológico de produção de hortaliças.

O projeto teve início neste ano e possibilitará a implantação de 50 hortas com sistemas de produção agroecológico por meio de mutirões entre agricultores familiares e com o apoio técnico de acadêmicos e especialistas.

Produção Agroecológica

A produção agroecológica incentiva a diversidade de produção autossustentável, em que o agricultor é capaz de produzir seus próprios insumos (adubos, sementes, produtos alternativos utilizados para controle de pragas e doenças nas plantações) com o que tem disponível na propriedade, sem o uso de defensivos agrícolas. Além disso, a diversificação de culturas é essencial tanto para o manejo sustentável da propriedade, respeitando o meio ambiente, como para maior estabilidade financeira das comunidades diante das variações do mercado.

Sobre a Suzano

Suzano é referência global no desenvolvimento de soluções sustentáveis e inovadoras, de origem renovável, e tem como propósito renovar a vida a partir da árvore. Maior fabricante de celulose de eucalipto do mundo e uma das maiores produtoras de papéis da América Latina, atende mais de 2 bilhões de pessoas a partir de 11 fábricas em operação no Brasil, além da joint operation Veracel. Com 98 anos de história e uma capacidade instalada de 10,9 milhões de toneladas de celulose de mercado e 1,4 milhão de toneladas de papéis por ano, exporta para mais de 100 países. Tem sua atuação pautada na Inovabilidade – Inovação a serviço da Sustentabilidade – e nos mais elevados níveis de práticas socioambientais e de Governança Corporativa, com ações negociadas nas bolsas do Brasil e dos Estados Unidos. Para mais informações, acesse: www.suzano.com.br.

Comentários Facebook
Continue Reading

Suzano

Suzano abre vagas de condutora de veículo florestal exclusivas para mulheres em Brasilândia e Três Lagoas/MS

Published

on

As inscrições podem ser feitas por todas as mulheres interessadas, sem distinção de idade, cor, origem ou orientação sexual

 

A Suzano, referência global na fabricação de bioprodutos desenvolvidos a partir do cultivo de eucalipto, está com duas vagas abertas exclusivas para mulheres para a função de Condutora de Veículo Florestal I, em Brasilândia e Três Lagoas (MS). O processo seletivo está aberto na Plataforma de Oportunidades da empresa (https://jobs.kenoby.com/Suzano) e vem ao encontro do compromisso da companhia em promover a diversidade e equidade de gênero no mercado de trabalho.

As inscrições podem ser feitas por todas as mulheres interessadas, sem distinção de idade, cor, origem ou orientação sexual, desde que atenderam a alguns pré-requisitos: ter Ensino Médio completo – a formação técnica será considerada um diferencial -; experiência básica em condução de veículos articulados; conhecimento em avaliação de condições de estradas; conhecimento em planejamento e programação de transporte florestal; Carteira Nacional de Habilitação (CNH) na categoria “E” e residir no município de  Três Lagoas ou Brasilândia. As inscrições seguem abertas até 8 de agosto e devem ser feitas pela página: https://jobs.kenoby.com/Suzano/job/condutora-veiculo-florestal-i/62e2ef93ac36d750bd14edb6?utm_source=website

De acordo com Angela Aparecida dos Santos, gerente Executiva de Gente e Gestão da Suzano em Mato Grosso do Sul, a iniciativa de abrir vagas exclusivas para o público feminino tem como objetivo atrair o interesse das mulheres pelo setor florestal e, com isso, colaborar para a formação de um mercado de trabalho mais igualitário. “Hoje, todas as nossas vagas são abertas para todas as pessoas, sem distinção de gênero, idade, cor, origem, deficiência ou orientação sexual. Porém, percebemos que o número de candidatas pode ser ainda maior. Com esta ação, pretendemos atrair cada vez mais mulheres e fortalecer a nossa política de promoção da diversidade em nossas unidades”, destaca Santos.

Com 14 anos de experiência como motorista, Suzamara Neubert, 34 anos, foi uma das mulheres que apostou na carreira de condutora de veículos florestais na Suzano. O impulso necessário veio de uma colega de trabalho. “Na época, uma colega de trabalho atuava como condutora de caminhão enquanto eu estava no trator. Essa motorista foi uma inspiração para mim e outras colegas. Foi quando tomei coragem, tirei minha CNH na categoria E. Logo após, já estava contratada pela empresa como condutora de caminhão na Suzano”, recorda.  Atualmente, há 19 mulheres atuando na função de condutora de veículos florestais na Unidade de Três Lagoas.

Para Suzamara, assim como ocorreu com ela, a representatividade feminina em ocupações até então predominantemente masculinas colabora com a quebra de estigmas e estimula outras mulheres a buscarem qualificação. “Elas veem que basta ter coragem, correr atrás e se qualificar. Tento alguém para nos apoiar, como ocorre na Suzano, a gente vai longe. É muito tranquilo. Para as mulheres que gostam [deste setor], não tem dificuldade nenhuma. É só buscar!”, reforça a condutora de hexatrem.

Outras oportunidades

Mais detalhes sobre o processo seletivo, assim como os benefícios oferecidos pela empresa, estão disponíveis na Plataforma de Oportunidades da Suzano (https://jobs.kenoby.com/Suzano).  Na página, candidatas também poderão acessar todas as vagas abertas no Estado e em outras unidades da Suzano no País, além de se cadastrar no Banco de Talentos da empresa.

Sobre a Suzano

Suzano é referência global no desenvolvimento de soluções sustentáveis e inovadoras, de origem renovável, e tem como propósito renovar a vida a partir da árvore. Maior fabricante de celulose de eucalipto do mundo e uma das maiores produtoras de papéis da América Latina, atende mais de 2 bilhões de pessoas a partir de 11 fábricas em operação no Brasil, além da joint operation Veracel. Com 98 anos de história e uma capacidade instalada de 10,9 milhões de toneladas de celulose de mercado e 1,4 milhão de toneladas de papéis por ano, exporta para mais de 100 países. Tem sua atuação pautada na Inovabilidade – Inovação a serviço da Sustentabilidade – e nos mais elevados níveis de práticas socioambientais e de Governança Corporativa, com ações negociadas nas bolsas do Brasil e dos Estados Unidos. Para mais informações, acesse: www.suzano.com.br

Comentários Facebook
Continue Reading

TRÊS LAGOAS

CÂMARA DE TRÊS LAGOAS

Assembléia Legislativa MS

Mato Grosso do Sul

POLICIAL

Mais Lidas da Semana