Três Lagoas-MS

  Últimas
Av. Mato Grosso: pinturas de faixas e instalação de placas finalizam revitalização
Previsão é de sol entre nuvens e máxima de 30°C para esta sexta-feira
Paradesporto universitário será discutido em curso on-line da Fundesporte
Confira o funcionamento das repartições públicas no fim de semana e feriado
Polícia Militar Ambiental de Três Lagoas fecha suinocultura em área protegida do rio Verde e autua gerente de fazenda em R$ 10 mil
Polícia Militar Ambiental de Campo Grande Captura jiboia de quase três metros e arara ferida em residências na Capital
Operação “Divisas Integradas III” apreende mais de 7 toneladas de drogas e detém 832 pessoas
Operação “Divisas Integradas III” entre SP, MS, MG e PR, apreende mais de 7 toneladas de drogas e detém 832 pessoas
Fundação de Cultura prorroga inscrições de mais 14 editais até 02 de novembro
Prédio da Assembleia Legislativa recebe mais uma etapa de sanitização
Polícia Militar Ambiental de Aquidauana autua em R$ 3 mil infrator preso por Policiais Militares por matar cachorro alheio a pauladas
Por meio virtual, Escolagov entrega XV Prêmio na Gestão Pública
Consultoria Legislativa é tema do PGE em Ação
Agepen recebe elogio do Ministério Público após destaque nacional em ações voltadas a mulheres em situação de prisão
PMA de Corumbá prende e autua em R$ 35 mil cinco pescadores pescando com redes e apreende 314 kg de pescado, embarcação grande, dois barcos, motor e rede
Flamengo encerra preparação para pegar o Athletico
Corinthians busca reforços e faz proposta pelo zagueiro Jemerson, do Monaco
Felipão comanda seu primeiro treino pelo Cruzeiro
Santos recebe o Ceará pela ida das oitavas da Copa do Brasil
Colombiano Gustavo Torres é o mais novo reforço para o Vasco
Igor Vinicius do São Paulo não se recupera e desfalca time contra o Lanús
Cuiabá vence o Botafogo de 1 a 0 e abre vantagem na Copa do Brasil
Chapecoense e CSA ficam no empate sem gol na Série B
Rafael Thyere do Sport retorna como titular após oito meses
Bruno Henrique volta ao Flamengo para ser decisivo pela primeira vez na Copa do Brasil
Galo tem treinos intensos com o intuito de voltar a vencer e subir na tabela
Internacional começa luta pelo bi da Copa do Brasil
Fortaleza se reapresenta nesta quarta de olho no Fluminense
Corinthians e América-MG se enfrentam nessa quarta : Confira dez curiosidades do confronto
Técnico do Bahia afirma que retorno de Rodriguinhio está próximo
Next
Prev

Política

“Brasil pós-pandemia vai precisar de mais mulheres na política”, diz Senadora Simone Tebet

Publicado

A senadora Simone Tebet manifestou otimismo em relação ao aumento do número de mulheres eleitas vereadoras e prefeitas este ano. Ela participou do Seminário virtual da Subsecretaria de Políticas Públicas para Mulheres de Mato Grosso do Sul, “Transformando a Política: Mulheres no Poder”. 

A senadora, que é a primeira mulher a comandar a Comissão de Constituição e Justiça, a mais importante do Senado Federal, reconheceu que o ambiente político é majoritariamente masculino, que há inúmeras dificuldades, mas se disse esperançosa na ampliação da conquista de mais espaço feminino.

Ela fez uma retrospectiva da legislação de cotas para as mulheres e contou os bastidores da efetivação da medida que exigiu 30% também para tempo de rádio e TV e para a destinação de recursos do fundo eleitoral. Simone Tebet citou o aumento de mulheres na Câmara dos Deputados nas eleições de 2018 (de 51 para 77) graças à exigência de mais recurso e de tempo de campanha para as candidaturas femininas. A senadora está esperançosa de que o impacto positivo também se refletirá nestas eleições e lançou um desafio, apostando no aumento de mulheres em cargos eletivos municipais. 

“O Brasil pós-pandemia vai precisar mais do que nunca de mulheres na política. O país de miseráveis, da desigualdade social, da legião de crianças semianalfabetas, dos serviços públicos precários…. Este País vai precisar da alma, da coragem e da voz da mulher brasileira”, disse relembrando que a mulher sentiu necessidade de entrar para a política para ter uma arena de debates e a possibilidade de votar projetos de lei e estabelecer políticas públicas voltadas para seus direitos (trabalhista, de saúde, vinculados à maternidade, do combate à violência), mas também para lutar por direitos essenciais à família, ao idoso, aos deficientes, à educação, as causas sociais. “Isso é muito claro quando vemos mulheres nas gestões municipais”, afirmou, reforçando a importância de mulheres em postos de comando. 

Comentários Facebook

Política

TSE recebe mais de mil denúncias de disparo em massa no WhatsApp

Publicado

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informou hoje (28) que recebeu 1.037 denúncias de disparos em massa de mensagens no WhatsApp. As contas do aplicativo são suspeitas de disseminar conteúdos falsos durante as eleições municipais. As denúncias foram recebidas entre 27 de setembro e 26 de outubro. 

Após passarem por um processo de checagem, 17 foram descartadas por não estarem relacionadas com as eleições. Foram enviadas para providências da plataforma 1.020 denúncias, que realizou o banimento de 256 contas.

Os números fazem parte dos primeiros resultados da parceria entre o TSE e a empresa para combater às fake news durante a campanha eleitoral.

No início da campanha, o tribunal lançou uma plataforma de denúncias. Para informar sobre mensagens suspeitas, basta preencher um formulário, que está disponível no site do TSE.

Devido à pandemia de covid-19, o primeiro turno das eleições deste ano foi adiado de 4 de outubro para 15 de novembro. O segundo turno, que seria em 25 de outubro, foi marcado para 29 de novembro. Os eleitores vão às urnas para eleger prefeitos, vice-prefeitos e vereadores.

Por Agência Brasil

Comentários Facebook

Continue lendo

Política

Lula é proibido de participar de vídeo eleitoral e justiça tira propaganda do ar

Publicado

Departamento jurídico da coligação de Barison (Republicanos) conseguiu na justiça a retirada do ar programa eleitoral de Vilela (PT) que dava protagonismo ao ex-presidente Lula (PT).

A Justiça Eleitoral acatou a representação da Coligação Aliança por Palmas e na decisão publicada neste sábado, 24, suspendeu a veiculação do vídeo de 30 segundos do candidato do Partido dos Trabalhadores por não respeitar o percentual máximo para a aparição de apoiadores.

Na decisão, o juiz eleitoral Lauro Augusto Moreira Maia argumenta que a legislação prevê que a participação de apoiadores está limitada a 25% do tempo total dos programas e inserções de rádio e de televisão. “Analisando o conteúdo da mídia (ID 19747846), verifico que ela possui 30 (trinta) segundos, e Luiz Inácio Lula da Silva aparece em quase sua totalidade, ou seja, 20 segundos”, apontou o magistrado.

Comentários Facebook

Continue lendo

TRÊS LAGOAS

CÂMARA DE TRÊS LAGOAS

BRASILÂNDIA

POLICIAL

Mais Lidas da Semana