Três Lagoas-MS

  Últimas
Após êxito na Copa do Brasil, Botafogo e Atlético-GO duelam na Série A
Carlos Barbosa e Blumenau opõem experiência e juventude pela LNF
Com gastronomia típica, servidor representa Mato Grosso do Sul em feiras pelo Brasil
Autocine traz contação de histórias e lenda sobre a Vitória-régia nesse domingo
Primeiro domingo da primavera será de sol e calor em todas as áreas de Mato Grosso do Sul
UEMS será sede da XV Jornada Nacional de Linguística e Filologia em novembro
Governo do Estado dá início ao processo de licitação para restauração do Centro Cultural José Octávio Guizzo
PRF apreende 105 Kg de cocaína em Camapuã (MS)
Em Japorã, Polícia Militar prende autor de violência doméstica
Em Naviraí, Polícia Militar apreende motocicleta adulterada
Em Iguatemi, Polícia Militar prende homem por violência doméstica
Em Naviraí, Polícia Militar apreende quase 61 quilos de maconha
Marcelo Lomba garante empate do Inter contra o São Paulo no Brasileiro
Série B: Paraná cede a empate contra Brasil de Pelotas no fim do jogo
CSA vence Juventude e sai do Z4 da Série B do Campeonato Brasileiro
CBF e clubes mantêm proibição de torcedores em jogos do Brasileirão
Polícia Militar Ambiental de Bela Vista devolve à natureza arara-azul apreendida pela Polícia Militar com dois paraguaios
PMA de Bela Vista é acionada para prender incendiário, usa técnica de contenção e apaga fogo antes que se alastrasse por uma grande área de vegetação
TRT-RJ suspende Palmeiras e Flamengo devido a infectados pela covid-19
Força-tarefa combate incêndio na RPPN Eliezer Batista, um dos maiores na Serra do Amolar
Polícia militar apreende motocicleta adulterada em Rio Verde
Polícia Militar cumpre mandado de internação provisória em Rio Verde
Polícia Militar prende jovem por dirigir embriagado e apreende veículo irregular em Coxim
PRF apreende 228,4 Kg de maconha, 39,2 Kg de skunk e prende 5 pessoas em Rio Brilhante (MS)
Time principal do Fluminense tem cinco jogadores com covid-19
Polícia Militar Ambiental de Batayporã usa imagem de satélite e autua paranaense em R$ 21 mil por desmatamento ilegal de áreas protegidas em sua propriedade no município
Série B: Figueirense e Guarani empatam em 2 a 2, em Florianópolis
Número de casos Covid – 19 continua alto e médias são preocupantes, alerta SES
Bolsonaro continua apresentando ótima evolução clínica
Tem grana! Maioria dos candidatos à prefeitura de Campo Grande é milionária
Next
Prev

Entretenimento

A 4ª temporada de ‘La Casa de Papel’ traz grupo de bandidos em colapso

Publicado

A 3ª temporada de La Casa de Papel chegou ao fim com seu famoso grupo de ladrões em grandes apuros. E deu a deixa para os fãs: o bando liderado pelo Professor (Álvaro Morte) encararia o mais absoluto caos na 4ª temporada da série espanhola, que estreia na sexta-feira, 3, na Netflix.

Mais uma vez, o plano perfeito do Professor – desta vez, o roubo ao Banco da Espanha – saiu do controle. Logo no primeiro episódio da nova temporada, Nairóbi (Alba Flores) aparece entre a vida e a morte, após levar um tiro de um franco-atirador da polícia, e a ex-inspetora Raquel, agora Lisboa (Itziar Ituño), sendo interrogada depois de ser capturada. E Lisboa, amor da vida do Professor, enfrenta o dilema de preservar os companheiros ou entregar todos para não ir à prisão e perder a guarda da filha.

O universo do grupo está em colapso. Crises, brigas, traumas, traições, reviravoltas, descontroles, e a polícia fechando o cerco. E, ainda assim, eles precisam correr contra o tempo e manter o plano de roubar o ouro de dentro do banco, para poderem sair vivos de lá.

Na semana passada, Álvaro, Alba e também Darko Peric e Luka Peros, intérpretes, respectivamente, de Helsinki e Marsella, falaram sobre La Casa de Papel e a nova temporada, em uma videoconferência com jornalistas da América Latina, do qual o jornal O Estado de S. Paulo participou. Todos, claro, em suas respectivas casas. Os quatro atores estão na Espanha, que já ultrapassou a China no número de casos de coronavírus. A reportagem do Estado perguntou a eles sobre a situação preocupante do país e de como estão se cuidando. “As cifras de contágio, de falecimentos apresentados todos os dias…

Temos todos que levar isso muito a sério, sermos responsáveis, e ficarmos em casa”, diz Álvaro.

Darko contou que eles estavam há duas semanas confinados. “Cuidar-se. Cuidar uns dos outros”, aconselha ele. “O mesmo aqui”, emenda Luka. “Tem que se cuidar muito, isso não é brincadeira, é muito sério. Temos que ter paciência, isso passará com certeza, mas com muito tempo”, completa o ator. Alba disse também que o momento exige responsabilidade e de se ficar em casa. “E estou muito orgulhosa dos profissionais de saúde aqui de Madri, de toda a Espanha e do mundo também. Saímos todos os dias nas janelas para aplaudi-los”, afirma a atriz.

Alba interpreta uma das personagens populares da série. Aliás, Nairóbi foi ganhando espaço, e relevância, ao longo das temporadas. É dela frases marcantes, como ‘Que comece o matriarcado’. Muito disso é mérito da atriz, que personaliza Nairóbi com sua atuação. Não é possível imaginar outra atriz nesse papel. Sobre essa transição de sua personagem, Alba diz que ficou surpresa, mas também acredita que tem sorte.

Nesta 4ª temporada, Nairóbi está no cerne do caos, como um desdobramento do que aconteceu na temporada anterior. Ali, ela caiu na isca da polícia e foi atingida com um tiro, e agora, está lutando pela vida. Essa situação extrema faz com que todos os companheiros voltem seus esforços para salvá-la. Eles baixam a guarda enquanto os inimigos, no lado de dentro e de fora do banco, aproveitam para avançar algumas casas nesse jogo.

Juntam-se a isso a captura de Lisboa, a desestabilização do Professor quando a polícia forja a morte de sua amada, os traumas de Rio (Miguel Herrán) após ser submetido a torturas, entre outros percalços que não podemos citar aqui. “Dentro do Banco da Espanha, vai se desenvolver muito a idiossincrasia do grupo, quem é leal a quem, a parte das relações pessoais entre os membros do grupo. Também, nesta temporada, há movimento nesse sentido. Parece que, em vez de unir mais o grupo, num momento de tanto estresse, eles estão se separando”, analisa Alba.

Assim como o público, os atores contam que também são pegos de surpresa pelo roteiro. “Te surpreendem. Eu não sabia que Helsinki é gay. Não é como qualquer série de suspense, de ação”, diz Darko.

Produção bem-sucedida da Netflix, La Casa de Papel pode ganhar outra temporada. Álvaro conta que procura não pensar na pressão que naturalmente o sucesso da série traz. “Falo por mim: temos que deixar fora do set essa pressão; se não, fica impossível se concentrar. Se você está pensando que tem que cobrir uma expectativa, você não vai conseguir dar 100% do que quer dar diante da câmera”, diz o ator. “Quando estamos trabalhando, deixamos tudo isso à parte e nos contentamos com o que estamos fazendo. Trabalhar com coração, 100%, com todo amor do mundo.”

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Comentários Facebook

Assembléia Legislativa MS

Talento Regional traz playlist de sucessos com influência do jazz, rock, pop e sertanejo

Publicado

por

.

Neste mês de setembro, o programa Talento Regional traz na grade de programação da Rádio e TV ALEMS, uma playlist de sucessos com influência de artistas sul-mato-grossenses do jazz, rock, pop e a animação e romantismo do sertanejo. A cantora e compositora Pilar Gomes Moura, que aos seus 25 anos já esbanja muito talento, abre a seleção de música. Ela começou a fazer música e cantar aos 5 anos. No decorrer dos anos pensou até desistir, saiu de Campo Grande para cursar Administração, mas o incentivo de sua família e o amor pela música falou mais alto e ela então decidiu seguir a carreira.

O programa traz ainda o cantor Rodrigo Teixeira, considerado um   músico de mil e uma habilidades, Tom Alves, um cantor e compositor  que já trabalhou com grandes nomes da  música  sul-mato-grossense, como Gilson Espíndola e Guga Borba, e a dupla de sucesso Fred e Vitor trazendo sua melodia dançante e instigante que define o ritmo sertanejo para os amantes do estilo em Mato Grosso do Sul.  

Os ouvintes e os telespectadores vão poder conferir ainda a cantora e compositora Llez que traz canções com letras intensas abordando o mundo habitado por ela e Karla Coronel, que canta vertentes da Música Popular Brasileira (MPB). A cantora, dona de uma voz poderosa, está abrindo seu leque musical e explorando novas influências como o pop, presente na música “Sua Coragem Acaba”, que acaba de lançar. Por fim, a banda Trajeto 2, de Dourados, encerra a playlist com a animação do rock.

O programa está na grade diária de programação da Rádio e TV ALEMS, no canal 9 da Claro Net TV, nas terças-feiras, às 9h, nas quintas, às 19h30, aos sábados, às 19h, e aos domingos, às  (às terças- feiras 9 horas, quinta  às 19h30, sábado  às 19 domingo as 22:30h. Também disponível no canal do YouTube da Assembleia Legislativa, e no site da ALEMS.

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Entretenimento

Chadwick Boseman, astro de “Pantera Negra”, morre aos 43 anos

Publicado

Chadwick Boseman, o astro de “Pantera Negra” cujo trabalho celebrou negros norte-americanos pioneiros em suas áreas e sua cultura, morreu aos 43 anos após lutar contra um câncer de cólon por quatro anos, de acordo com um anúncio postado em suas redes sociais na noite de sexta-feira(28).

Boseman, que nasceu na Carolina do Sul e começou sua carreira em episódios de séries de TV como “Parceiros da Vida”, “Lei & Ordem” e “ER”, morreu em sua casa, ao lado da esposa e da família, segundo um comunicado divulgado no Twitter e Facebook. Não há detalhes sobre quando ele morreu. Ele morava em Los Angeles.

Ator Chadwick Boseman, na estreia mundial de “Star Wars: O Último Jedi”. Foto: Danny Moloshok/REUTERS

Boseman estreou com um papel pequeno na biografia esportiva “The Express”, um drama lançado em 2008 com base na vida do herói do futebol americano universitário Ernie Davis, o primeiro jogador negro a vencer o troféu Heisman.

Ele interpretou vários outros personagens baseados em pessoas reais famosas por romper barreiras sociais nos Estados Unidos, incluindo o cantor de soul James Brown em “Get on Up”, o ministro da Suprema Corte Thurgood Marshall, em “Marshall”, e o jogador de beisebol Jackie Robinson em “42.”

Mas o papel mais memorável do ator foi sua performance como T’Challa, rei do reino africano futurista Wakanda e herói conhecido como Pantera Negra, no primeiro grande filme de super-heróis produzido por um grande estúdio com um elenco majoritariamente afro-americano.

O ator Chadwick Boseman chega à estréia do novo filme de super-herói da Marvel 'Pantera Negra'

O ator Chadwick Boseman chega à estréia do novo filme de super-herói da Marvel ‘Pantera Negra’ – Peter Nicholls/REUTERS

Elogiado por plateias do mundo todo, “Pantera Negra” se tornou a segunda maior bilheteria global de 2018, aclamado por sua vibrante celebração da cultura africana e aplaudido como um marco para a diversidade racial em Hollywood.

O filme foi indicado a seis Oscar, incluindo melhor filme, e venceu em três categorias: melhor trilha sonora original, melhor figurino e melhor direção de arte. Também venceu o principal prêmio do sindicato dos atores naquele ano por melhor elenco.

Boseman interpretou o Pantera Negra dois anos antes em “Capitão América: Guerra Civil”, da Marvel, e voltou ao papel duas vezes em “Vingadores: Guerra Infinita”, de 2018, e “Vingadores: O Ultimato”, de 2019.

Em junho, Boseman se juntou a mais de 300 atores e diretores negros que assinaram uma carta aberta pedindo que Hollywood abandonasse o entretenimento que glorifica a brutalidade policial e a corrupção e investisse em conteúdo antirracista.

A carta foi escrita em meio a um enfrentamento cultural e político do racismo sistemático nos Estados Unidos após a morte de George Floyd em Mineápolis.

Homenagens e mensagens de choque inundaram o Twitter por parte de fãs e outros colegas de Hollywood, incluindo astros de filmes da Marvel como Mark Ruffalo (Hulk) e Chris Evans (Capitão América).

O comunicado divulgado no Twitter e no Facebook dizia que Boseman foi diagnosticado com câncer de cólon no estágio 3 em 2016, uma doença que progrediu até o estágio 4 e permaneceu escondida do público até sua morte, embora ele estivesse visivelmente magro em recentes aparições públicas e posts nas redes sociais.

“Nós nunca sabemos o que as pessoas estão passando”, escreveu Bernice King, filha do falecido líder do movimento por direitos civis Martin Luther King Jr., no Twitter, em homenagem ao ator. “Humanos… somos maravilhas. Obrigada, Chadwick, por nos presentear com sua grandeza em meio a uma luta dolorosa”.

Por Steve Gorman – Repórter da Reuters – Los Angeles (EUA)/agência brasil

Comentários Facebook
Continue lendo

TRÊS LAGOAS

CÂMARA DE TRÊS LAGOAS

BRASILÂNDIA

POLICIAL

Mais Lidas da Semana