Ribas do Rio Pardo

Placa some 2 vezes de BR 262 e vira caso de polícia

Publicado

Na pacata Ribas do Rio Pardo, a 103 km de Campo Grande, o sumiço de uma placa de ferro na BR-262 tem dado o que falar entre os 21,2 mil moradores da cidade. A sinalização estava no km 232, para quem viaja de Água Clara para Ribas do Rio Pardo. Depois de sumir no sábado passado, e o caso vir à tona, ela reapareceu, mas instalada ao contrário e parafusada em outro lugar, no sentido inverso. Ontem, a sinalização novamente desapareceu.

Boletim de ocorrência foi registrado pelo professor da rede pública Kleber Rodrigues de Souza, criador do site “Rio Pardo News” e para quem as notícias chegam “em primeira mão”, pelo interesse em denunciar questões de interesse público, alega ele.

Postagem de um amigo no Facebook, no último dia 6, chamou atenção do professor: “Vereador do KM 232 eu vi o que você fez no sábado passado”. Segundo Kleber, o vereador em questão é Sebastião Roberto Collis (MDB), conhecido como “Robertão”, que também é funileiro.

Prova do crime – “Posteriormente [depois da publicação no Facebook], a cidade é pequena, houve uma reunião interna entre os vereadores para saber quem era o vereador. Como o vereador é conhecido ele (Robertão) foi reconhecido. Depois que estourou a conversa, ele assumiu”, garante Kleber.

Para Kleber, o vereador pediu que outra pessoa colocasse a placa no lugar. “O mastro ficou lá, ele desparafusou e a pessoa que recolocou a placa colocou ao contrário. Ela fica a margem direita e a face fica voltada para o lado de Água Clara, voltada para o leste. Quem colocou, colocou à noite, colocou voltada para o oeste, ou seja, quem trafega não consegue visualizar. Também dá pra ver que não foi parafusada no mesmo lugar”, conta ele, que tirou as fotografias na quinta-feira (8).

Segundo a delegada Priscilla Anuda Quarti, que vai apurar o sumiço, a denúncia chegou à delegacia da cidade nesta quinta-feira (9). Kleber foi ouvido em termo de declaração e hoje o depoimento virou boletim de ocorrência. O caso agora passa a ser investigado como furto com autoria “a apurar”, já que não há indícios que comprovem quem levou a placa. “Nenhuma outra testemunha procurou a delegacia. Em tese, a pessoa furtou a placa e depois devolveu. O boletim de ocorrência foi registrado e agora vamos apurar a autoria”.

Na avaliação da delegada, o caso exige muito cuidado na apuração. “Parece que o denunciante também é envolvido com política”.

A reportagem tentou contato, por telefone, com o vereador acusado por Kleber, que não atendeu as ligações. A assessoria de imprensa de Roberto afirmou, por telefone, ter falado com ele, que estaria em sua fazenda. Segundo a assessoria, o parlamentar ficou assustado e declarou “não saber” do caso.

A reportagem tentou contato, por telefone, com o vereador acusado por Kleber, que não atendeu as ligações. A assessoria de imprensa de Roberto afirmou, por telefone, ter falado com ele, que estaria em sua fazenda. Segundo a assessoria, o parlamentar ficou assustado e declarou “não saber” do caso.

Agência Brasil

Comentários Facebook

Ribas do Rio Pardo

Temporada de velocross terá 2ª etapa em Ribas

Publicado

Por Jônathas Padilha/JD1noticias.com

O campeonato sul-mato-grossense de Velocross teve início nesse final de semana na pista do Rancho JS, região noroeste de Campo Grande, nos dias 8 e 9. A temporada de 2020 conta com apoio do Governo do Estado, através da Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte).

As disputas do último final de semana foram dividas em 11 baterias, nas categorias VX1, VX2, VX3, VX4, VX3 nacional, 230 cilindradas (cc), nacional pró, nacional light, batom, mirim e minimotos.

Durante a etapa inicial, Diego Pich de Nova Alvorada do Sul foi um dos atletas que se destacou, vencendo as categorias VX1 e VX3 especial. Outro que marcou foi Ednaldo Sedran de Sete Quedas, terminando na ponta a VX3 e VX4.

Salvador Machado, vice-presidente da Federação de Motociclismo de Mato Grosso do Sul (Femems), compareceu a competição inicial e se mostrou contente com o resultado final. “Todas as provas tiveram destaques. Em todas em tivemos um bom gate bom, gate cheio, boas disputas entre os pilotos. Foi tudo limpo. Logo na abertura da temporada tivemos grande apresentação por parte dos pilotos”.

O vice-presidente complementou falando do importante papel da Fundesporte na realização do evento. “Nós organizamos e os pilotos fizeram a festa, com um lindo espetáculo na pista, isto é o importante. A Fundesporte teve papel fundamental para a realização desta etapa, nos apoiando no momento certo. O diretor-presidente Marcelo Miranda sempre foi parceiro e continuará sendo, por isso só tenho a agradecer”.

De acordo com a Femems, a próxima etapa será realizada em Ribas do Rio Pardo nos dias 14 e 15 de março. Com o proceder, a competição ainda vai passar por Glória de Dourados, Terenos (Cachoeirão), Miranda, Rochedo e Aquidauana.

Confira os resultados da primeiro final de semana do campeonato:


Comentários Facebook
Continue lendo

Ribas do Rio Pardo

Associação Comercial de Ribas e FAEMS cobram do Governo de MS explicações sobre aumento da gasolina

Publicado

O presidente da Associação Comercial e Empresarial de Ribas do Rio Pardo (MS), o empresário Luiz Henrique Marino, popular “Henrique da Farmácia”, participou na tarde da última quarta-feira, dia 19 de fevereiro, junto com presidentes de associações comerciais de vários municípios, de uma importante reunião, na SEMAGRO (Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção de Agricultura Familiar).

A reunião foi solicitada pela FAEMS (Federação das Associações Empresariais de Mato Grosso do Sul), que tem como presidente, o empresário Alfredo Zamlutti Júnior. De acordo com Henrique da Farmácia, foi entregue um documento aos representantes do Governo do Estado na reunião, questionando a lei que altera a alíquota do ICMS de combustíveis, que entra em vigor agora em fevereiro.

Presidente da Associação Comercial e Empresarial de Ribas, Luiz Henrique Marino assina documento na reunião. Foto: Assessoria

Presidente da Associação Comercial e Empresarial de Ribas, Luiz Henrique Marino assina documento na reunião. Foto: Assessoria

Com as alterações que o Governo de Mato Grosso do Sul fez nas alíquotas, que refletiram diretamente nas operações financeiras dos empresários e consumidores de modo geral, o ICMS da gasolina foi aumentado de 25% para 30% e do etanol reduzido de 25% para 20%. O secretário Jaime Verruck e o secretário Eduardo Riedel disseram que o objetivo principal é estimular o consumo interno do Etanol e valorizar esse combustível produzido no Estado. “Queremos uma resposta por escrito do Governo, com uma justificativa que essa medida é necessária ou isso é apenas para o Governo arrecadar mais e manter sua estrutura”, explicou Henrique.

O documento foi protocolado contendo as pautas sugeridas pelos empresários, tendo como principal solicitação, uma solução que esteja de acordo com a política de desenvolvimento econômico, pois na modalidade atual, poderá prejudicar a cadeia produtiva, causando até demissões.

Além do presidente da ACE-RIBAS Henrique da Farmácia, participaram também da reunião o titular da SEMAGRO, secretário Jaime Verruck, o Eduardo Corrêa Riedel, secretário de Estado de Governo e Gestão Estratégica (Segov), o superintendente do Sebrae/MS, Cláudio George Mendonça, o adjunto da SEMAGRO, Ricardo Senna, entre outras autoridades. O Governo de MS fez o compromisso de manter o diálogo com o setor.

Presidentes das Associações e representantes do Governo MS. Foto: Assessoria.Presidentes das Associações e representantes do Governo MS. Foto: Assessoria.

Por Assessoria

Comentários Facebook
Continue lendo

TRÊS LAGOAS

CÂMARA DE TRÊS LAGOAS

BRASILÂNDIA

POLICIAL

Mais Lidas da Semana