TRÊS LAGOAS-MS
  Últimas
Herculano destaca importância de campeonatos de futsal para o Estado
Mobilização da ALEMS garante criação da Polícia Penal em Mato Grosso do Sul
Ordem do Dia: Aprovados Lei Orçamentária, PEC da Segurança e outros 9 projetos
MS integrará Plano Nacional de Redução de Mortes e Lesões no Trânsito
Press trip de lançamento do novo voo Congonhas-Bonito tem como resultado mais de 230 matérias publicadas na imprensa de todo o país
Desde o início do mês, Detran-MS no Fácil Coronel Antonino só atende despachantes
Governo concede isenção de IPVA na primeira tributação para motos de até 125 cilindradas
Foragido da justiça é preso pela Polícia Militar em Nova Andradina
Polícia Militar apreende adolescente por direção perigosa e desobediência em Rio Verde
Comandante da Polícia Militar de Coxim participa da inauguração da PAV
CCJR é favorável à mudança no cargo de Professor de Ensino Superior da UEMS
Lei: Holerite deve ser disponibilizado em formato acessível para deficiente visual
Boletim da dengue notifica 11 casos suspeitos em Três Lagoas
Campanha da SMS leva conscientização e prevenção sobre descarte correto de materiais perfurocortantes
Alunos da Diretoria de Cultura se apresentam hoje no espetáculo ” O Circo”
Vereadores destacam importância de programa Nossa Praça
O POVO TÁ DE OLHO – Moradores do Jardim das Acácias se unem para fiscalizar e cuidar da nova praça do bairro
AS ETAPAS DE UM SONHO – Prédio principal da Feira Central será entregue aos feirantes. 2a. etapa da obra continua
Refis 2021: Governo abre nova oportunidade para negociação de débitos do Detran, Iagro, Imasul e Procon
“Vamos bancar a conta de luz de 141 mil famílias”, afirma Reinaldo Azambuja
Governo do Estado inicia a restauração de 11km da MS-480, em Batayporã
MIS realiza nesta quarta-feira a primeira sessão noturna presencial com filme premiado “Madalena”
Inscrições do vestibular da UEMS 2022 vão até dia 20 de dezembro
Artesanato sul-mato-grossense faz parte de feira nacional em Belo Horizonte
Quarta-feira de céu claro e temperaturas elevadas em Mato Grosso do Sul
Secretário Nacional de Trânsito vem a Campo Grande para assinatura de Pnatrans no próximo dia 14
Polícia Militar Ambiental do Distrito de Águas do Miranda salva jacaré de mais de dois metros preso a anzol no rio Nioaque
Deputados devem votar redação final da proposta de lei orçamentária para 2022
Visita de celebridades à Lagoa Maior de Três Lagoas repercute na imprensa nacional
Rebeca Andrade e Isaquias Queiroz conquistam Prêmio Brasil Olímpico
Next
Prev

Suzano

Suzano amplia em 23% o número de pessoas negras em cargos de liderança em 2021

Publicado

Crescimento considera colaboradores e colaboradoras em cargos de supervisão e acima

 

A Suzano, referência global na fabricação de bioprodutos desenvolvidos a partir do eucalipto, ampliou em 23% o número de pessoas negras ocupantes de cargos de liderança na companhia desde o início do ano. Atualmente, há 321 negros e negras em posições de supervisão e acima nas operações no Brasil. Em dezembro de 2020, eram 260 pessoas. Com isso, pessoas negras ocupam atualmente 28,4% desses cargos na Suzano.

A companhia valoriza o pilar da diversidade e entende que há uma jornada de transformação e evolução a ser percorrida, o que inclui a adoção de uma série de iniciativas de atração, retenção e capacitação. Entre elas, destacam-se o letramento racial da diretoria, um pool de talentos proativo onde há uma seleção de negros e negras para vagas específicas de liderança, além do compromisso de garantir ao menos 50% de pessoas negras e/ou mulheres nas etapas finais de entrevistas, entre outras ações. A Suzano também tem como meta ampliar em três pontos percentuais o número de negros e negras em cargos de supervisão e acima ainda este ano, e até o momento já atingiu dois pontos percentuais.

“Nós precisamos oferecer oportunidades de formação e desenvolvimento, priorizando a diversidade já no ingresso dos novos talentos, pois são esses jovens que serão os líderes do futuro. Hoje, ao celebrarmos o Mês da Cultura Negra, refletimos o nosso papel enquanto companhia de tornar a representatividade nas organizações uma realidade”, diz Marcelo Bacci, Diretor Executivo de Finanças, Relações com Investidores e Jurídico da Suzano. Bacci é também Sponsor do GA (Grupo de Afinidade) de Negros(as) da companhia.

Nos últimos anos, a Suzano tem flexibilizado os requisitos para as novas pessoas que desejam ingressar na companhia, privilegiando o potencial em detrimento dos aspectos de educação formal, já que considera o pilar de formação como algo que pode ser complementado e desenvolvido dentro da própria companhia. Esse direcionamento tem contribuído para atrair e reter talentos diversos na Suzano, incluindo os grupos minorizados. Em 2021, os programas de Trainee e de Estágio da companhia contaram com 40% e 35,6% de pessoas negras, respectivamente. Ainda este ano, o Programa de Preparação de Gestores de Celulose e Papel teve metade do público composto por pessoas negras.

A Suzano tem ampliado o quadro de colaboradores(as) de modo geral e, somente este ano, o total de pessoas que trabalham na companhia cresceu 10%. Com essa trajetória de expansão, a companhia entende que, para manter um caminho de constante aprendizado no que diz respeito à diversidade e inclusão, as ações precisam ser permanentes. Por isso, durante o Mês de Celebração da Cultura Negra, a empresa tem promovido uma programação especial para trazer mais visibilidade e ampliar o engajamento de todas e todos com o tema.

Com o lema “Cultivar orgulho, fortalecer nossa evolução”, as iniciativas são inspiradas em dois conceitos centrais: a ancestralidade e o afrofuturismo, de modo a estabelecer um diálogo com o passado, resgatando e valorizando as culturas dos povos originários do continente africano, os processos de transformação dessas identidades na formação das sociedades ocidentais, como a brasileira, e com presente-futuro, para empoderar as pessoas negras em todos os lugares e espaços.

Como parte da programação temática, a Suzano promoveu, por exemplo, a live “Nossa ponte para o amanhã”. O bate-papo, mediado por Bruna Ribeiro, consultora de Sustentabilidade da companhia, contou com a participação de Fabio Almeida, Diretor Executivo de Papel e Embalagens da Suzano, também Sponsor do GA de Negros(as) da companhia, e da escritora, educadora e influenciadora Kiusam de Oliveira. O evento abordou a importância da educação como instrumento de transformação social e empoderamento de negros e negras em suas lutas. “Debates e reflexões como as que estamos propondo nos ajudam a impulsionar a educação e fortalecer a cultura antirracista, além de estarem alinhados a um dos nossos Compromissos para Renovar a Vida, como o de aumentar em 40% o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) em municípios prioritários”, afirma Bruna.

O vídeo da live “Nossa ponte para o amanhã” pode ser acessado no canal da Suzano no Youtube: youtube.com/SuzanoOficial.

Comentários Facebook

Suzano

Suzano apoia projetos sociais de geração de renda para mulheres em Água Clara e Três Lagoas

Publicado

Desenvolvidos pela Banda Marcial e Missão Salesiana, iniciativas “Mão na Massa” e “Mulheres Arteiras” irão qualificar 60 pessoas para atuarem nos setores de panificação e costura

 

Com o objetivo de reduzir desigualdades sociais e promover o empoderamento feminino, a Suzano, referência global na fabricação de bioprodutos desenvolvidos a partir do cultivo de eucalipto, está apoiando a qualificação profissional de 60 pessoas, sendo 59 delas mulheres, para atuarem em setores como de panificação e costura. Os projetos “Mão na Massa” e “Mulheres Arteiras” são desenvolvidos pelas instituições Associação Guarda Mirim e Banda Marcial Cristo Rei, de Água Clara, e Missão Salesiana de Três Lagoas, respectivamente, e visam, com o apoio da companhia, fomentar a geração de renda complementar para famílias em situação de vulnerabilidade social.

“Esses projetos atendem a um dos nossos principais direcionadores, que diz que ‘Só é bom para nós, se for bom para o mundo’. Ao promover a qualificação profissional, principalmente do público feminino, estamos contribuindo diretamente para a redução de desigualdades social e de gênero. Estas ações fazem parte do compromisso público da Suzano e estão previstas nas metas de longo prazo da companhia, anunciadas no ano passado. Entre elas, está a de mitigar o problema de distribuição de renda e retirar 200 mil pessoas da linha de pobreza nas áreas de atuação da companhia até 2030”, destaca Israel Batista Gabriel, coordenador de Desenvolvimento Social da Suzano.

Mão na Massa

Em Água Clara, o projeto foi iniciado em 17 de setembro. Com o apoio da administração municipal, o “Mão na Massa” é voltado para as famílias de integrantes Associação Guarda Mirim e Banda Marcial Cristo Rei e visa qualificar 30 pessoas, a grande maioria mulheres, para o preparo de pães, salgados, roscas, entre outros. O objetivo é que, após o curso, as participantes possam preparar os produtos para comercialização e, assim, incrementar a renda familiar.

Expectativa esta que começou a virar realidade para Lúcia Keiko Ivase, de 55 anos. Moradora de Água Clara, ela trabalhou a vida toda na área de serviços gerais, limpeza e faxina, mas estava desempregada e viu no projeto uma chance de ingressar em um novo mercado. “O objetivo do curso é nos dar uma oportunidade de geração de renda. Estava desempregada e agora tenho uma nova profissão. Trabalho com todos os tipos de massa. Já fiz pão e uma variedade imensa de salgadinhos. As encomendas já começaram a chegar e, com o fim da pandemia, os eventos vão voltar a acontecer”, avalia. Hoje, ela já atende a encomendas para a família, amigos mais próximos e para a vizinhança.

Mulheres Arteiras

Já em Três Lagoas, o projeto “Mulheres Arteiras, da Missão Salesiana, visa, além de proporcionar um incremento na renda familiar, fomentar a inserção dessas mulheres no mercado de trabalho ao atender uma demanda reprimida por mão de obra qualificada no setor de têxtil e de confecção. A iniciativa teve início no dia 20 de setembro e terá duração de três meses, com a participação de 30 mulheres. Nesse período, as participantes terão aulas sobre artesanato e costura.

Para Graucia Coelho de Moraes, 44 anos, o curso trará a oportunidade de complementar a renda sem precisar sair de casa, e de perto das filhas de 6 e 8 anos. “Estou gostando bastante. Já trabalho na área e busco me especializar, me qualificar enquanto estou em casa, acompanhando o desenvolvimento delas. Muitas mulheres do curso também estão vendo como uma oportunidade boa para conseguir um emprego, uma vez que existe uma carência no mercado neste setor”, completa.

Além da parte teórica dos cursos, os projetos também abordam temas como empoderamento feminino, independência financeira, prevenção à violência doméstica e autoestima. No dia 24 do mês passado, profissionais da Rede de Atenção Psicossocial (RAPS) ministraram uma palestra com foco no Setembro Amarelo, mês de conscientização sobre suicídios. Outros temas importantes também estão sendo abordados, como educação ambiental, reutilização de materiais, reciclagem e melhoria da alimentação para aumentar a qualidade de vida.

Comentários Facebook
Continue lendo

Suzano

Com 182 vagas em Três Lagoas, Suzano abre inscrições para cursos de Operadoras e Operadores de Máquinas de Silvicultura e Ajudante Geral

Publicado

  • Serão ofertadas 132 vagas para a formação de Ajudante Geral de Silvicultura e 50 vagas para Operadora e Operador de Máquinas de Silvicultura por meio do Programa Cultivar, uma parceria entre Suzano e Senai. 

  • Inscrições para o processo seletivo terão início nesta quarta-feira (24.11) e seguem até o dia 5 de dezembro.

Visando promover o desenvolvimento contínuo nas comunidades em que mantém operações, a Suzano, referência global na fabricação de bioprodutos desenvolvidos a partir do cultivo de eucalipto, abre, a partir desta quarta-feira (24.11), as inscrições para os cursos de Ajudante Geral de Silvicultura, com 132 vagas, e de Operadora e Operador de Máquinas de Silvicultura, com 50 vagas. A formação faz parte do Programa Cultivar da empresa, realizado em parceria com o Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial).

Estas serão as primeiras turmas de qualificação promovidas pela Suzano para 2022. “Mesmo com os desafios impostos pela pandemia de Covid-19, conseguimos manter o nosso programa e seguir com o nosso compromisso de colaborar com o desenvolvimento sustentável das regiões onde mantemos operações. Somente em 2021, 117 profissionais foram qualificados pela Suzano, sendo grande parte contratada por nossa empresa. E agora, com muito orgulho, estamos iniciando mais uma formação em Três Lagoas”, destaca Ângela Aparecida dos Santos, gerente de Gente e Gestão da Unidade Três Lagoas da Suzano.

As inscrições estarão abertas de 24 de novembro a 5 de dezembro para todas as pessoas interessadas, sem distinção de gênero, origem, etnia ou orientação sexual, e deverão ser feitas gratuitamente pela internet, pelo link https://forms.gle/zTkv2yhJxN1UZgmh6.

Para participar do processo seletivo de Operadora e Operador de Máquinas de Silvicultura, candidatos e candidatas precisam atender aos seguintes pré-requisitos: ter idade mínima de 18 anos, ter ensino Fundamental incompleto, CNH (Carteira Nacional de Habilitação) na categoria B, residir na região do curso e disponibilidade para participação integral das aulas.

Já as pessoas interessadas no processo seletivo para o curso de Ajudante Geral de Silvicultura, precisam: ter idade mínima de 18 anos, ensino Fundamental incompleto, residir na região do curso e disponibilidade para participação integral das aulas.

Após as inscrições, será realizada rodada de entrevistas, prevista para ocorrer entre os dias 06 e 12 de dezembro de 2021.

Benefícios

Candidatos e candidatas aprovadas na seleção firmarão um contrato de aprendizagem durante todo o período em que estiverem estudando. Serão oferecidos benefícios como: bolsa-auxílio, seguro de vida, uniforme, transporte para as atividades práticas e almoço. O curso será realizado em Três Lagoas e prevê formação teórica e prática de 208 horas para Operadoras e Operadores e de 80 horas para Ajudante Geral, obedecendo todas as medidas de biossegurança contra o novo coronavírus.

Comentários Facebook
Continue lendo

TRÊS LAGOAS

CÂMARA DE TRÊS LAGOAS

Assembléia Legislativa MS

Mato Grosso do Sul

POLICIAL

Mais Lidas da Semana