TRÊS LAGOAS MS
  Últimas
MPE´s lideram criação de empregos formais em 2022
Prefeito de Sonora, que é também presidente do Cointa, assina contratos de gestão
Bracell abre inscrições para Programa de Trainee 2022
Polícia Militar prende autores por tráfico de drogas e apreende 188 kg de drogas
Chuva e neblina podem comprometer a segurança no trânsito
Design de Interiores EAD incorpora proposta biofílica na UNIGRAN Decor
Cruzeiro vence no Mineirão e amplia vantagem na liderança da Série B
Internacional perde para Colo-Colo e se complica na Sul-Americana
Centro de Promoção da Saúde e SOS são inaugurados pela Unimed Três Lagoas
Corinthians fica no 0 a 0 com o Boca Juniors pela Libertadores
Athletico-PR derrota Libertad por 2 a 1 na Arena da Baixada
Em visita de manutenção, HNSA que já é ONA Nível 1, recebe retorno positivo de avaliadores do IBES
Libertadores: Hulk perde pênalti e Galo empata na ida das oitavas
Com gol de Gabriel Teixeira, Grêmio derrota Londrina na Série B
Governo entrega veículo para transportar famílias atendidas pelo Cotolengo e doa casacos
Polícia Militar Rodoviária apreende três cargas de contrabando e descaminho, na MS 164, em Maracaju
Brasil encerra Pan de Ginástica de Trampolim com nove medalhas
Liga das Nações: seleção feminina bate China em abertura da 3ª etapa
Governo arca com passe da Rede Estadual de Ensino, mas quer tarifa congelada
Coluna – Brasileirão está mais difícil do que nunca
Artista que criou portal da entrada para Arapuá vai realizar manutenção gratuita
Servidores acompanham visita do ícone da padroeira de MS ao Legislativo
MS gera 6.644 empregos formais no mês de maio; no acumulado dos últimos 12 meses são 40 mil novas vagas no Estado
Brasil perde da Suécia, em último jogo antes da Copa América Feminina
PRF apreende 30 Kg de cocaína e prende 9 passageiros de ônibus em Miranda (MS)
BOLETIM COVID-19 – SMS notifica 114 novos casos positivos nesta terça-feira (28)
Vereadores aprovaram prorrogação de prazos de programas de recuperação de créditos e parcelamentos
Bonito sediará etapa do maior evento de mountain bike do país, a Maratona das Araras
Projeto prevê responsabilização por quebra de sigilo em entrega de bebês para adoção
Filipinho é tetra e estreante Samuel Pupo vice na etapa Rio Pro da WSL
Next
Prev

Mato Grosso do Sul

Mais do que só ver peixes, visitante ganha conhecimento sobre biomas de MS e do mundo

Publicado

Condutores e guias de turismo são responsáveis por apresentar a biodiversidade local, suas características e a importância da preservação das espécies

“É um modo diferente de ensinar”, diz condutor do Bioparque Pantanal. Um dos principais objetivos do complexo é apresentar, no período de cerca de uma hora que os visitantes ficam no local, sobre a importância da preservação ambiental, tendo em vista a diversidade de espécies que existem no complexo e seu papel na natureza. Por este motivo condutores acompanham diariamente o público geral e estudantes, oferecendo não só a contemplação, mas experiência e conhecimento.

Biólogo Bruno Carlos Feliciano

O biólogo Bruno Carlos Feliciano é um dos profissionais que faz o percurso do Bioparque. Segundo ele, além de ensinar, ele também aprende com os visitantes. “A experiência é incrível, além de levar esse ensinamento sobre a educação ambiental, a nossa cultura local, nós também aprendemos com eles todos os dias, é uma troca”, disse.

Com décadas de experiência como guia de turismo, Carlos Iracy se sente privilegiado em poder fazer parte da equipe do complexo. “Eu me sinto bem fazendo esse trabalho, é muito emocionante quando você ouve as pessoas falando que o passeio superou as expectativas”, declarou.

Coordenador do NEA, Tiago Green

Além do público em geral, o Bioparque Pantanal recebe grupos de estudantes de Campo Grande e interior do Estado. A empolgação dos alunos é visível nos dias de passeio, os olhares curiosos e atentos a todos os detalhes são conduzidos pelos membros do Núcleo de Educação Ambiental (NEA). “Nosso espaço, no contexto escolar, amplia todas as possibilidades de temáticas, principalmente relacionadas aos biomas, sejam biomas nacionais e internacionais, sempre com muita ênfase no Pantanal. O profissional contextualiza para o estudante tudo o que ele aprende na teoria e traz para a prática”, explicou o coordenador do núcleo, Tiago Green.

Projeto Florestinha está presente no Bioparque para mostrar sobre a importância e cuidados com a fauna inserida no nosso citidiano

Interação com as crianças

Professor e psicólogo, Daniel Ventura faz parte do NEA e de forma criativa consegue prender a atenção das crianças durante o percurso pelo Bioparque. Acompanhado do violão e paródias com letras fáceis e divertidas, o passeio se transforma numa festa e o aprendizado flui de forma leve. “Para um professor receber um estudante é sempre uma alegria, a gente se mobiliza por inteiro. Minha família é muito cultural, gosta de dança, de música e eu aprendi a ser assim também e claro que isso no espaço escolar é muito valorizado e as crianças engajam mais quando isso mobiliza”, pontuou o profissional.

Para a professora Thalyta Cássia, responsável por um grupo de crianças entre 4 e 5 anos, o trabalho do condutor foi fundamental no passeio dos pequenos. “Essa faixa etária precisa muito disso, não é só falar, é necessário saber se expressar. Antes de vir aqui a gente explica a importância do lugar, dos animais para as crianças, mas os profissionais daqui nos dão todo o suporte, ele é fundamental”, disse.

A condução aborda as características de cada bioma

Sueli Rocha é pedagoga, arte-educadora e também faz parte do NEA. Atuante na área de educação há mais de 20 anos, a profissional vê o Bioparque como um espaço de inovação. “O nosso papel aqui dentro é relevante no sentido de poder colocar em prática toda a nossa ação, nós vemos que as crianças já chegam aqui com uma ideia de diversão, mas a pedagogia em si acaba trazendo todo aquele conceito de sala de aula de um modo diferenciado. Aqui é um espaço de inovação, é um modo diferente de ensinar”.

O visitante de Coxim, Camilo Bressan visitou o Bioparque Pantanal na última quinta-feira (19) ficou fascinado com a estrutura do local e parabenizou a equipe da recepção e o condutor do percurso. “Estou fascinado, realmente é algo que deixa a gente sair daqui admirado com tanta beleza que temos no nosso estado. O guia do meu grupo esclareceu todas as minhas dúvidas e eu pude sair daqui com mais conhecimento na bagagem”.

Thalyta Cássia é responsável por um grupo de crianças entre 4 e 5 anos

A diretora-geral do Bioparque Pantanal, Maria Fernanda Balestieri, explica que o objetivo é transferir conhecimento para quem visita o local. “Temos grandes aquários ao redor do mundo, mas o nosso é o maior de água doce, penso que é a nossa responsabilidade passar informações dos nossos biomas, desta forma, estamos ajudando a mostrar quanto é importante entender e respeitar a natureza para que as espécies sejam preservadas”, frisou.  

Rosana Lemes, Subcom
Fotos: Bruno Rezende
Vídeo: @bioparquepantanaloficial

Fonte: Governo MS

Comentários Facebook

Mato Grosso do Sul

Prefeito de Sonora, que é também presidente do Cointa, assina contratos de gestão

Publicado

Em 2021, Sindifiscal/MS apresentou “Município Mais” que colabora com a gestão dos municípios

O prefeito de Sonora, Enelto Ramos da Silva,  que também é presidente do Consórcio Intermunicipal da Bacia do Taquari – Cointa -, assinou na sexta-feira, dia 24, os contratos de gestão do projeto Município Mais, elaborado pelo Sindicato dos Fiscais Tributários Estaduais de MS – Sindifiscal/MS. O diretor do Observatório Econômico, Clauber Aguiar, esteve nesta quinta-feira, dia 9, em Sonora, para efetivar a participação do município no programa.

O programa Município Mais, do Observatório Econômico, ligado a entidade, presta assessoria para as prefeituras, fornecendo dados de arrecadação e potenciais fontes de recursos para garantir serviços públicos. “O resultado do programa é a adesão dos municípios ao projeto,” resumiu Clauber.

A prefeitura recebe uma consultoria para conseguir traçar metas de arrecadação e garantir a necessidade financeira de cada pasta. Otimizar recursos e acessar emendas também é parte dessa assessoria. “O projeto estava ligado à diretoria da entidade e era para subsidiar a diretoria executiva com informações e dados que possam garantir direitos aos cidadãos”, comentou. O presidente licenciado, Francisco Carlos de Assis, conhecido como Chiquinho, percebeu no início do projeto a dificuldade que as prefeituras tinham em gerenciar essas informações para garantir os pleitos do cidadão e foi assim que o Município Mais surgiu.

As prefeituras precisam investir um valor mínimo, que é o custo de um estagiário do curso de Economia, que colabora na coleta das informações e dados. A geração dos dados é analisada por consultores e economistas ligados ao time do Sindifiscal/MS. “As prefeituras acabam colaborando também com a formação de futuros profissionais (economistas), uma vez que garantem uma bolsa para os acadêmicos”, afirma.

Observatório Econômico

O Observatório Econômico é um departamento na estrutura do Sindifiscal/MS Hoje é chefiado pelo Fiscal Tributário Estadual, Clauber Aguiar, e o principal objetivo é monitorar a economia do Estado de Mato Grosso do Sul. O projeto foi lançado em 2015 e produz pesquisas e elabora estudos técnicos com informações e propostas de gerenciamento que possibilitem a atuação da entidade e municípios no cenário governamental. E assim, cumprir sua responsabilidade social, pensando soluções para o seu desenvolvimento.

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso do Sul

Governo entrega veículo para transportar famílias atendidas pelo Cotolengo e doa casacos

Publicado

por

O Cotolengo, entidade sem fins lucrativos que atende crianças e jovens com paralisia cerebral, recebeu hoje (28) uma van e 170 peças de roupas de frio. O veículo vai mudar a realidade das famílias que terão agora um veículo para transporte com segurança e mais comodidade. A ação foi realizada em conjunto pelo Governo do Estado e Assembleia Legislativa.

O evento contou com a presença do governador do Estado Reinaldo Azambuja, da primeira-dama Fátima Azambuja; a secretária de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho, Elisa Cleia; a secretária de Administração, Ana Carolina Nardes, o deputado estadual Herculano Borges e o diretor-presidente do Cotolengo, padre Valdeci Marcolino.

Van adquririda pelo Governo com emenda do deputado Herculano foi entregue ao diretor da Cotolengo  (Foto: Chico Ribeiro)

A van foi comprada por meio de recursos de emenda parlamentar do deputado estadual Herculano Borges, pelo valor de R$ 255 mil. O veículo tem a capacidade de acomodar 16 pessoas, é completa, com ar condicionado, airbag duplo, cinto de segurança em todas as poltronas.

O automóvel será utilizado para executar o projeto “Transportando com Amor”, que visa promover a melhoria na qualidade de vida das pessoas com deficiência, através do deslocamento com transporte seguro, garantindo os direitos aos atendimentos socioassistenciais previstos para o público alvo, prevenindo situações de risco e vulnerabilidade socioeconômica.

Diretor do Cotolengo Padre Valdeci -Chico Ribeiro

O diretor do Cotolengo, padre Valdeci, destacou que com a van será possível atender cerca de 30 pessoas nesse projeto, que prevê o atendimento das demandas diárias das atividades escolares, transportando o público atendido entre suas residências e a Instituição. Nas atividades semanais, transportá-los até os Centros de atendimento como: Apae, Pestalozzi, CRAS e UBS. E nas atividades mensais, que são os passeios de inclusão social, transportá-los até o shopping, museus, em passeios educativos, entre outros.

“Temos hoje 420 pessoas com necessidades físicas que são atendidas. Para poder transportar as famílias, elas precisam trazer as crianças. Diante desta demanda fomos até o governador e pedimos, ele agilizou juntamente com o deputado Herculano e em 60 dias já recebemos o veículo. Agora vamos usar com o maior cuidado e carinho”, destacou o diretor da entidade, elogiando a celeridade do processo.

Mudança de vida

Robson e mãe Patrícia estão entre as famílias beneficiadas -Chico Ribeiro

Para as famílias o veículo representa mais agilidade e mobilidade no trajeto feito diariamente para receber o atendimento.

“A van vai mudar a vida da gente e estamos muitos agradecidas pela ajuda do Governador e do deputado Herculano”, destacou Patrícia Martinez, mãe de Robson, que é atendido no Cotolengo desde 2007. Ela conta que a maior dificuldade da entidade e das famílias era fazer o deslocamento das crianças e jovens portadores de necessidades especiais. “Muito boa esta ação do Governo e agradeço a Deus pelo trabalho deles”, disse.

O governador do Estado Reinaldo Azambuja elogiou o trabalho realizado pela entidade em prol das famílias e também a organização da administração. “Todas as vezes que fazemos transferência verificamos a eficiência da administração. A gente confia neste trabalho”, frisou. “Estamos muito contentes em ter este momento com vocês , nos dão muita alegria pelo trabalho realizado, que merece toda nossa atenção”, elogiou.

A parceria com o deputado estadual Herculano Borges também foi exaltada. “Vamos buscar um parceiro e foi o Herculano que nos auxiliou. Isso mostra a solidariedade, o espírito de parceria”, salientou.

Doação de casacos

A entidade ainda recebeu peças de vestuário da 7ª Campanha do Agasalho “Aqueça uma vida”, realizada pelo Governo do Estado. A primeira-dama, Fátima Azambuja, madrinha da Campanha, fez a entrega de 170 peças para o Cotolengo. Ela ressaltou a alegria de poder ajudar a entidade. “Quando vejo este veículo de transporte eu penso nas mãezinhas, nas avós aqui que fazem papel de mães e sabemos das necessidades destas famílias. Então é por vocês que a gente sempre está pedindo”, destacou.
O governador elogiou os bons resultados da campanha Aqueça uma Vida, que arrecadou 84 mil peças que foram doadas às famílias carentes e entidades.

Cotolengo

É uma entidade sem fins lucrativos criada em 20 de julho de 1996, com a finalidade de oferecer atendimento a crianças, jovens e adolescentes portadores de paralisia cerebral grave.
O Cotolengo trabalha no sistema “Centro-Dia”, no qual pessoas com idade até 22 anos recebem atendimento de segunda à sexta-feira, das 7h às 17h. Pessoas com deficiência da comunidade externa também são atendidas por meio do convênio com o SUS. Hoje a entidade atende mais de 100 pessoas, crianças e adolescentes com problemas neurológicos. Os atendimentos oferecidos são nas áreas de fisioterapia, nutrição, fonoaudiologia, pedagogia, terapia ocupacional, psicologia, enfermagem, entre outras ações voltadas para o conforto e a qualidade de vida deste público.

Rosana Siqueira, Subcom
Fotos: Chico Ribeiro

Fonte: Governo MS

Comentários Facebook
Continue lendo

TRÊS LAGOAS

CÂMARA DE TRÊS LAGOAS

Assembléia Legislativa MS

Mato Grosso do Sul

POLICIAL

Mais Lidas da Semana