Bataguassu

Em Bataguassu| Prefeito Pedro Caravina apresenta panorama da Covid-19 no município

Publicado

No vídeo, Caravina antecipa que um novo Decreto Municipal a ser publicado na próxima semana penalizará aquelas pessoas que forem colocadas em isolamento domiciliar pela Secretaria Municipal de Saúde em casos suspeitos da Covid-19

Em um vídeo postado nesta sexta-feira, dia 15 de maio, em suas redes sociais, o prefeito de Bataguassu, Pedro Arlei Caravina (PSDB) apresentou o panorama da Covid-19 no município.

Caravina comenta que Bataguassu registrou até o momento, 3 casos confirmados da doença, sendo que 2 pacientes já foram curados e 1 permanece em isolamento domiciliar.

No decorrer desta semana, segundo o gestor, outros 3 casos foram registrados a partir da realização de testes rápidos. “Os três testes rápidos feitos deram positivo em pacientes locais, mas constam em investigação em nosso boletim epidemiológico porque estamos aguardando o retorno do exame oficial enviado ao Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen/MS), em Campo Grande, para confirmar a positividade dos testes”, dispara.
O presidente da Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul (Assomasul) esclarece ainda que o último caso registrado na cidade trata-se de um funcionário de uma empresa local e que dante do fato, neste momento, a Secretaria Municipal de Saúde está testando outros colaboradores que atuavam no mesmo setor do caso confirmado pelo teste rápido na referida empresa.

O prefeito voltou a pedir a população bataguassuense que siga rigorosamente as regras de isolamento social, evitando sair de casa se não houver necessidade e reforçando a necessidade da adoção de medidas de higiene pessoal, como lavar as mãos com frequência.

“Os casos estão aumento no Estado de Mato Grosso do Sul, principalmente no interior. Na maioria das cidades onde está havendo o aumento de casos isso ocorreu por irresponsabilidade das próprias pessoas. Não adianta o Poder Público fazer a sua parte, colocando fiscalização nas ruas, intensificação as ações preventivas, se as pessoas não permanecem em suas casas e não tomam os cuidados preventivos necessários”, avaliou.

NOVO DECRETO

No vídeo, Caravina antecipa que um novo Decreto Municipal a ser publicado na próxima semana penalizará aquelas pessoas que forem colocadas em isolamento domiciliar pela Secretaria Municipal de Saúde em casos suspeitos da Covid-19 e que por ventura não respeitarem esse isolamento com a aplicação de multa e a possibilidade de abertura de processo criminal.

“Não dá para as pessoas com suspeita de contaminação pela Covid-19 saírem fazendo churrasco, visitando parentes, participando de rodas de tereré como já foi registrado em outras cidades, com possibilidade de saírem pelas ruas contaminando outras pessoas. Um novo decreto endurecerá penalização para essas práticas irresponsáveis”, dispara.
O prefeito voltou a falar que Bataguassu manteve uma flexibilização de atividades para manter “a vida das pessoas mais próxima da normalidade”, porém, não descarta a possibilidade de tomar medidas mais rígidas para manter o isolamento social.

“Flexibilizamos a atuação da área comercial e em algumas outras atividades porque entendemos que a situação comercial possa ser preservada, mas se a situação da contaminação sair do controle, nós não descartamos a possibilidade de executar medidas mais rígidas e ter uma situação de isolamento mais forte no município”, completa.
“Se nós queremos manter a nossa vida mais próxima da normalidade, peço a cada um de vocês que cumpram com as determinações, utilizem máscaras quando forem sair de casa e se puderem, permaneçam em suas casas. Dessa forma, nós vamos conseguir minimizar a contaminação em nossa cidade”, concluiu o prefeito.

Por  Assessoria de Comunicação

Comentários Facebook

Bataguassu

BATAGUASSU| Município adota medidas em prevenção a Covid-19; Confira as principais normativas instituídas até o momento

Publicado

O município de Bataguassu tem tomado medidas para conter o avanço da pandemia do Novo Coronavírus (Covid-19), seguindo as recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS), Ministério da Saúde e demais instituições de referência na área da saúde.
Entre as mais recentes ações está a obrigatoriedade do uso de máscaras para a circulação nas ruas. A regra já valia para acessar espaços de acesso aberto ao público incluindo os de bens de uso comum da população, no interior de estabelecimentos comerciais e em repartições públicas tanto para frequentadores quanto para funcionários.
Confira as principais normas estabelecidas pelo município, com base nos Decretos nº 56, 64, 66, 72, 81, 88, 101, 111 e 119.
– Toque de recolher por tempo indeterminado no período das 22 às 5 horas (horário de Brasília) do dia seguinte (horário de Brasília) de segunda a quinta-feira; e de sexta-feira a domingo, das 23 horas às 5 horas do dia seguinte (horário de Brasília) assim como nas vésperas de feriados;
– Suspensão das aulas presenciais na Rede Municipal de Ensino até o dia 30 de junho;
– Proibição de compartilhamento de bombas de tereré, narguilés e similares assim como a permanência de pessoas nas calçadas de suas residências e comércios com essa finalidade;
– Multa de 30 a 60 UFM, ou seja, valor de R$ 910,50 até R$ 1.821 mil para pacientes com suspeita ou testados positivos para a Covid-19 que descumprirem a quarentena e o isolamento domiciliar imposto pela Secretaria Municipal de Saúde;
– Vedada a aglomeração de pessoas nas vias de circulação, praças, parques, ruas e congêneres por tempo indeterminado;
– Proibição da realização de grandes eventos públicos e privados assim como reuniões privadas alusivas a festas, casamentos, bodas e similares até 30 de junho;
– Fica autorizado o consumo local de clientes em bares, lanchonetes, pastelarias, sorveterias, pizzarias, espetarias, trailers, padarias, supermercados, conveniências e afins exceto durante o período em que está vedada a circulação de pessoas (toque de recolher);
– Autorização para a realização de feiras livres aos domingos desde que seja respeitado medidas orientativas e preventivas de higienização;
– Liberação de restaurantes localizados às margens da BR-267 a funcionar durante o período de toque de recolher exclusivamente para fornecer refeição aos caminhoneiros;
– Restrições de controle e monitoramento dos passageiros de transporte rodoviários por tempo indeterminado;
– Fechamento de áreas de lazer por tempo indeterminado;
– Obrigatoriedade do uso de máscaras em todos os estabelecimentos comerciais, industriais e de serviços bem como nos departamentos públicos que estejam realizando atendimento a população assim como para a circulação nas ruas. Os estabelecimentos deverão impedir a entrada e a permanência de pessoas que não estiverem utilizando máscara no local.
No caso de descumprimento das medidas em vigor, poderá ser aplicado multa.
SERVIÇOS LIBERADOS – Atendimentos em redes de supermercados, farmácias e postos de gasolina desde que mantenham mecanismos de higienização para clientes e funcionários e que evitem aglomeração de pessoas. O comércio em geral também prossegue em atendimento ao público respeitando mecanismos de higienização para clientes e funcionários e evitando aglomeração de pessoas.
As repartições municipais permanecem abertas para atendimento presencial ao público, com horário reduzido de atendimento, das 8 às 12 horas (horário de Brasília).
MAIS INFORMAÇÕES – Todas as medidas instituídas pelo município com relação a Covid-19 podem ser acessadas através do site da Prefeitura Municipal, na aba Cidadão / Coronavírus.
ASSECOM

Comentários Facebook
Continue lendo

Bataguassu

Curso de capacitação em futebol reúne mais de 90 profissionais e acadêmicos em Bataguassu

Publicado

por

Bataguassu (MS) – O município de Bataguassu recebeu, entre os dias 7 e 9 de fevereiro, o curso presencial “Regras de futebol de campo e diretrizes de arbitragem”. A capacitação, promovida pela Unidade Pedagógica e de Formação (UPF) da Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte), reuniu 95 participantes, entre profissionais e acadêmicos de Educação Física.

As aulas foram ministradas pelo professor Educação Física e especialista em treinamento esportivo Erlei Pires Dias. Os conteúdos aplicados foram regras oficiais do futebol de campo, mudanças de regras 2019/2020, plano de trabalho dos árbitros, ética e moral na arbitragem, diretrizes e dinâmicas de arbitragem e jogos com arbitragens. Vale lembrar que a International Football Association Board (IFAB), entidade que regulamenta as regras do futebol, oficializou 12 mudanças na modalidade, que passaram a valer em junho de 2019.

Segundo o gerente da UPF/Fundesporte, Domingos Sávio da Costa, a capacitação no segmento desportivo é sempre de suma importância aos profissionais dos municípios, principalmente quando o assunto é futebol. “A arbitragem de futebol é muito necessária devido à quantidade de competições que são desenvolvidas em Mato Grosso do Sul no decorrer do ano e que demanda de profissionais qualificados. Agradeço à Prefeitura de Bataguassu pela parceria”. Abertura ocorreu na Câmara Municipal e contou com a presença de autoridades locais.

A professora Karine Odorcik reside em Deodápolis e viajou cerca de 230 quilômetros, aproximadamente três horas, para participar do curso. De acordo com ela, a parceria entre Fundesporte e gestores municipais proporciona qualificação técnica a profissionais de Educação Física do interior do Estado. “Adquiri novos conhecimentos e o mercado de trabalho cada vez mais exige especializações dos profissionais”, afirma.

Para Gregório Arcanjo Gomes, pós-graduado em Educação Física, o curso sobre futebol chegou em boa hora a Bataguassu e região. “Estamos iniciando as atividades esportivas em Bataguassu, principalmente o Campeonato Amador de Futebol do município. Com esta reciclagem, oportunidades foram criadas para que os árbitros renovassem seus conhecimentos e para que surjam novos profissionais da arbitragem, principalmente os acadêmicos de Educação Física que participaram do curso”.

Além de partícipes de Bataguassu, compareceram às aulas estudantes e professores das cidades de Brasilândia, Angélica, Anaurilândia, Santa Rita do Pardo, Batayporã e também do Oeste paulista, como Presidente Epitácio (SP).

Os participantes que tiveram frequência de 75% podem emitir o certificado com carga horária de 15 horas/aula, por meio da plataforma online de cursos, disponibilizada pela parceria entre Fundesporte e Fundação Escola de Governo de Mato Grosso do Sul (Escolagov).

O evento foi realizado pelo Governo do Estado via Fundesporte/UPF, em parceria com a Prefeitura Municipal de Bataguassu, por intermédio da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer (Semel) e Conselho Regional de Educação Física da 11ª Região (Cref11/MS).

Lucas Castro – Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte)
Fotos: Divulgação

Fonte: Governo MS

Comentários Facebook
Continue lendo

TRÊS LAGOAS

CÂMARA DE TRÊS LAGOAS

BRASILÂNDIA

POLICIAL

Mais Lidas da Semana