TRÊS LAGOAS MS
  Últimas
Série B: Operário bate Chapecoense por 2 a 1 na abertura da 15ª rodada
Braga Netto deverá ser o vice de Bolsonaro e Tereza Cristina poderá disputar o Senado
Polícia Civil identifica suspeito de tentativa de homicídio em Três Lagoas
Homem morre atropelado enquanto empurrava carro estragado para fora de rodovia em MS
Ladrão vestido de ‘fantasma’ furta companhia de água
Pai e filha morreram em colisão frontal entre carro e bitrem na BR-262
Polícia Militar prende dois autores de furto em Anastácio
“Capitania Itinerante” atende amadores, aquaviários e proprietários de embarcações até sexta-feira (01)
Superintendente da PRF/MS visita Procurador-Chefe do MPF em MS
Mato Grosso do Sul termina o Brasileiro Sub-18 de Judô com cinco medalhas
Polícia Militar prende cinco homens com pendências judiciais na área do 7º BPM
Águas abertas: Ana Marcela Cunha conquista ouro nos 5 km no Mundial
Em Paranaíba, Polícia Militar prende dois homens por cometer o crime de violência doméstica
Polícia Militar prende homem por dirigir embriagado e sem Carteira de Habilitação em Paranaíba.
Polícia Militar prendeu três homens por cometer crime de tráfico de drogas em de Paranaíba
Timão se reapresenta e inicia preparativos para jogo da CONMEBOL Libertadores
Polícia Militar prende homem de 24 anos por cometer furto em Aparecida do Taboado
Polícia Militar da 10ªCIPM realiza operação Lagoa Segura
Polícia Militar prende homem de 22 anos por dirigir perigosamente em Aparecida do Taboado
PRF participa de peregrinação e recebe homenagem em Campo Grande (MS)
Projeto “Vida na Praça” chega ao Distrito de Arapuá neste domingo (03)
Polícia Militar divulga levantamento das ações semanal da 10ªCIPM
Polícia Militar faz acompanhamento da 1ª Corrida de Rua em Alusão ao Dia do Bombeiro Militar, em Aparecida do Taboado
Polícia Militar garante a segurança durante evento de carros antigos em Aparecida do Taboado
Polícia Militar realiza o patrulhamento rural na região da “Mata” no município de Paranaíba/MS.
Polícia Militar prende mulher por violação de domicílio, dano e desacato em Nova Andradina
Fazendo Arte entra no balanço dos 35 anos da Ginga Cia de Dança
Atenção proprietários de veículos: Última semana para quitar licenciamento de placas com final 3 e 4
Carga de maconha é apreendida pela Polícia Militar Rodoviária, na MS-164, em Ponta Porã
PMMS realiza Passagem de Comando do Batalhão de Guarda e Escolta
Next
Prev

Mato Grosso do Sul

Em 5 meses, número de empresas abertas no Estado já passa de 50% do total de 2021

Publicado

Entre janeiro e maio deste ano, nada menos que 18.690 novas empresas – incluindo os microempreendedores individuais – foram abertas em Mato Grosso do Sul. De acordo com dados do Mapa Empresarial do Ministério da Economia sistematizados pela Coordenadoria de Estudos e Pesquisas da Funtrab, em 2021, o número de empresas abertas no Estado foi de 35.770. Já nos cinco primeiros meses de 2022 (janeiro a maio), o número de empresas de pequeno e médio portes e microempresas chegou a 18.690, mais da metade do úmero de novos empreendimentos ativados no ano passado, indicando que o ritmo crescente na abertura de novos negócios deve se manter.

No ano pré-pandemia, 2019, foram abertas 29.179 empresas e microempresas (4.157 firmas de portes médio e pequeno). A explicação está no desempenho da economia e atuação do Governo do Estado durante a pandemia. Para o governador Reinaldo Azambuja, um dos fatores para o bom desempenho da economia e projeção positiva de crescimento do PIB (Produto Interno Bruto), foi o investimento em obras estruturantes, de transporte e logística, a performance do agro, uma das atividades econômicas menos afetadas pela pandemia, além das medidas emergenciais, que permitiram a travessia do período pandêmico e atenuaram os efeitos da crise, permitindo a retomada segura.

Desempenho da economia e atuação do Governo do Estado durante a pandemia concretizou resultados positivos

Quanto ao mercado de trabalho formal, que reage conforme o crescimento da economia, no pior ano, 2020, a geração de empregos caiu pela metade em relação a 2019. Foram criados 12.599 empregos no ano pré-pandemia. Em 2020, com a economia praticamente parada, o número de novas vagas não passou de 6.437. Mas os investimentos em novos negócios se mantiveram, com destaque para os microempreendedores individuais, que aumentaram em razão do surgimento de novas oportunidades no setor de serviços. Muitas das pessoas que perderam emprego com carteira assinada optaram por abrir seu próprio negócio, principalmente no setor de alimentos.

De um total de 29.179 novas empresas e MEIs em 2019, o número saltou para 32.851 no ano da pandemia sem vacina. Já em 2020, puxada pelos setores da saúde, medidas emergenciais e bom desempenho do agro, a quantidade de os novos negócios somou 35.770. Com o número de 18.690 novos negócios, dos quais 17.617 são microempresas, há perspectiva de que a estatística do ano passado seja superada.

Governador Reinaldo Azambuja afirma que mudanças estruturais ajudaram nos resultados (Foto:Chico Ribeiro)

Para o governador Reinaldo Azambuja, as mudanças estruturais ajudaram a enfrentar as crises conjunturais e a economia do Estado se desenvolve porque há ambiente favorável.

“Entende-se por ambiente favorável a infraestrutura, a logística, localização, políticas indutoras, políticas públicas de segurança, saúde, educação, meio ambiente e solidez fiscal. Contas equilibradas e liquidez, capacidade do Estado em honrar seus compromissos. É nesse ambiente que os investidores preferem instalar seus empreendimentos, investir seu capital. Quando uma empresa investe o faz pensando no lucro e a lucratividade torna o empreendimento mais competitivo. Nenhuma empresa, porém, funciona sozinha, daí o aspecto social, porque, na realidade, uma empresa que investe, aumenta seu parque industrial, está, sem dúvida, criando condições de aumentar a sua produtividade, aumentar emprego e renda, sem considerar a cadeia produtiva, o transporte, a logística e tudo mais que se agrega nesse processo”.

Reinaldo Azambuja acredita que as projeções de crescimento do PIB devam se confirmar, com previsão de crescimento de 4,7% no acumulado de 2020-2022, baseado no desempenho do agro, da indústria, comércio e setor de serviços.

Há também o fator da perspectiva do mercado futuro, a partir da melhoria da logística ao setor externo. Com o avanço do Corredor Bioceânico, o novo acesso do Brasil ao mercado asiático pelo Pacífico abre uma nova perspectiva. A rota Ásia-Pacífico vai desencadear outros processos de desenvolvimento, segundo o governador. “Não vai significar apenas desenvolvimento econômico, mas uma grande janela de oportunidades, de integração social e cultural, integração comercial que vai desencadear muitas ações e atividades, incluindo aí o turismo”.

Edmir Conceição, Subcom
Foto destaque: Arquivo Subcom

Fonte: Governo MS

Comentários Facebook

Mato Grosso do Sul

Mato Grosso do Sul termina o Brasileiro Sub-18 de Judô com cinco medalhas

Publicado

por

A delegação que representou Mato Grosso do Sul no Campeonato Brasileiro Sub-18 de Judô voltou para a casa com a mala mais pesada. Duas medalhas de ouro e três de bronze foram conquistadas pelos sul-mato-grossenses na competição, que neste ano foi sediada em Vitória (ES), nos dias 25 e 26 de junho. O evento foi organizado pela Confederação Brasileira de Judô (CBJ), e os atletas contaram com o apoio do Governo do Estado, através da Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte) para participar das disputas.

No quadro de medalhas geral e masculino, Mato Grosso do Sul figurou em quarto lugar, atrás de São Paulo, Paraná e Rio de Janeiro. No quadro feminino, o estado terminou em terceiro lugar, atrás de São Paulo e Paraná. “Mato Grosso do Sul mais uma vez figura entre os melhores do Brasil. Esse é o resultado do esforço e dedicação de nossos atletas, além do investimento do Governo do Estado em seus talentos. Este é apenas o início de uma carreira brilhante”, declara o diretor-presidente da Fundesporte, Silvio Lobo Filho.

Conforme a CBJ, a competição contou pontos para o Ranking Nacional, que determina quais atletas representarão o Brasil em competições internacionais. “Todo o trabalho dos clubes nos proporcionou esse resultado”, conta Marcelo Matos, diretor-técnico da Federação de Judô de Mato Grosso do Sul (FJMS). “Era uma seleção recheada de talentos, e esse retorno apenas nos comprova isso. Essa faixa etária é decisiva para decidir o futuro destes atletas no esporte, e mais uma vez estamos nos colocando entre os melhores da categoria”, continua.

Segundo Marcelo, o momento é para ficar de olho nas competições mundiais. “Os resultados demonstrados nessa idade são a porta de entrada para eventos de grande porte. Mato Grosso do Sul demonstrou sua força em uma competição de alto nível, em frente aos olhos de técnicos da Seleção Brasileira”, conclui.

O Campeonato Brasileiro Sub-18 de Judô foi realizado pela Confederação Brasileira de Judô (CBJ). A delegação sul-mato-grossense contou com o apoio do Governo do Estado, por meio da Fundesporte, para sua participação.

Confira abaixo os resultados da Competição:

Relatório – Campeonato Brasileiro Sub-18 de Judô

Clara Rockel – Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte)

Foto de destaque: Divulgação/FJMS

Fonte: Governo MS

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso do Sul

Atenção proprietários de veículos: Última semana para quitar licenciamento de placas com final 3 e 4

Publicado

por

Esta semana é o último prazo para que proprietários de veículos com placas terminadas em 3 ou 4 possam fazer o pagamento do CRLV, documento de porte obrigatório, que autoriza o automóvel a circular pelas vias, atestando que ele está em conformidade com as normas de segurança e ambiental.

O pagamento pode ser feito em qualquer agência do Detran (Departamento Estadual de Trânsito) ou na rede bancária credenciada: Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Bradesco, Casas Lotéricas e Banco Postal dos Correios e Rede Pague Fácil.

Outra alternativa são os aplicativos de banco que permitem a utilização do código de barras ou QR Code para o pagamento por PIX.

Além da versão impressa, o CRLV pode ser apresentado, quando solicitado pela autoridade de trânsito, em formato digital, por meio da CDT (Carteira Digital de Trânsito).

O motorista flagrado circulando com veículo não licenciado comete uma infração gravíssima, estando sujeito a uma multa de R$ 293,47.

 

Katiuscia Fernandes – Subcom

Fonte: Governo MS

Comentários Facebook
Continue lendo

TRÊS LAGOAS

CÂMARA DE TRÊS LAGOAS

Assembléia Legislativa MS

Mato Grosso do Sul

POLICIAL

Mais Lidas da Semana