Três Lagoas-MS

  Últimas
Chance de ganhar no Nota MS Premiada é 28 vezes maior do que na Mega-Sena
Comissão estadual revisa decretos de quatro décadas
Fornatur e ABEAR se reúnem para alinhar informações sobre acordos com empresas aéreas durante pandemia
Vídeo sobre planejamento financeiro está disponível no canal da PGE/MS
Com mutirão nos fins de semana, Agesul conclui manutenção de muitas estradas após período de chuvas
Tempo firme com chuvas isoladas são esperadas para este sábado
PMMS realiza solenidade do Espadim Tiradentes, evento inédito em Mato Grosso do Sul
Estado faz repasses a clubes para a disputa do Estadual de Futebol 2021
Sinergia-MS presta homenagem à eletricista e denuncia terceirizada da Energisa
Em MS, Suzano abre processos seletivos com vagas para Água Clara, Brasilândia e Três Lagoas
PMA de Porto Murtinho utiliza imagem de satélite e autua infrator em R$ 55 mil por desmatamento ilegal de vegetação nativa protegida por lei ocorrido em 2019
Polícia Militar de Maracaju encerrou a 1º reunião de treinamento e planejamento do “Plano de Defesa”
Força Tática do 4º BPM apreende menor infrator pelo crime de tráfico de drogas
Equipes da Sanesul iniciam obras de setorização em Três Lagoas
BOLETIM COVID-19: Saúde registra 56 novos casos positivos e 82 recuperados nesta sexta-feira (26)
Alterações no regimento interno têm o intuito de otimizar os serviços prestados pela PGE
Escolagov e Prefeitura de Costa Rica firmam termo de cooperação para intercâmbio de conhecimentos
Aberto período de inscrições para contratação de Técnicos de Suporte em Tecnologia da REE
Inédita no país, granja em Dourados usa ração líquida e novas tecnologias da Suinocultura 4.0
Oficializada prorrogação de calamidade pública em mais três municípios de MS
Polícia Militar Ambiental de Bela Vista captura coruja dentro de farmácia no centro da cidade e a solta em seu habitat
Trailer Odontológico volta a atender a partir da próxima segunda-feira (01), no bairro São Carlos
Mais de 15.430 alunos da REME de Três Lagoas voltam as aulas segunda-feira (01) com Unidades de Ensino seguindo protocolo de biossegurança
PMA de Batayporã autua infrator em R$ 12,5 mil devido à falta de atividade de conservação do solo causando processos erosivos em sua propriedade no município
Elenco principal terá período de recesso; Retorno acontecerá no dia 15 de março
Abel comanda treino tático de olho na primeira decisão da Copa do Brasil
Em abordagem preventiva em Três Lagoas, Polícia Militar recupera bicicleta e apreende adolescente
Calamidade pública de Laguna Carapã e Douradina podem ser prorrogadas até 30 de junho
Santos perde para o Bahia em Salvador
Grêmio é superado pelo Red Bull Bragantino e encerra Brasileiro na sétima posição
Next
Prev

Suzano

Com manejo sustentável, Suzano supera a marca de 1,3 mil espécies catalogadas em Mato Grosso do Sul

Publicado

Número de espécies de plantas e animais silvestres identificados teve crescimento de 14%; número de avistamentos de animais silvestres por meio do programa De olho no bicho também cresceu

A Suzano, referência global na fabricação de bioprodutos a partir do cultivo de eucalipto, encerrou o ano de 2020 com aumento de 14% no número de espécies catalogadas em suas florestas em Mato Grosso do Sul. Do início do Programa de Monitoramento da Biodiversidade, em 2007, até o fim do ano passado, foram registradas 1.376 espécies de plantas e animais silvestres em suas áreas florestais, o que corresponde a um aumento de 168 espécies em comparação a 2019, e evidencia as boas práticas adotadas pela empresa voltadas para o manejo sustentável e proteção da biodiversidade. Entre as espécies catalogadas pelo programa, estão 607 diferentes tipos de plantas e 769 espécies de animais silvestres, sendo 82 mamíferos, 395 aves – o que corresponde a 47% das espécies do Cerrado, conforme estimativa do ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade) -, 62 répteis, 53 peixes, 41 anfíbios e 136 artrópodes.

“O Programa de Monitoramento da Biodiversidade da Suzano fechou o ano de 2020 com motivos para comemorar. Dos sete grupos monitorados, quatro tiveram aumento no número de espécies catalogadas e três se mantiveram estáveis. Esses resultados vêm ao encontro dos nossos valores e reforçam o quanto as boas práticas de manejo florestal da Suzano têm favorecido a conservação da biodiversidade em Mato Grosso do Sul”, destaca Renato Cipriano Rocha, coordenador de Meio Ambiente Florestal da Suzano em Mato Grosso do Sul. Os grupos de plantas e artrópodes foram os que tiveram maior crescimento, 25,1% e 32%, respectivamente, em comparação ao levantamento anterior. No mesmo período, também aumentaram as espécies catalogadas de mamíferos, 3,7%, e aves, 3,13%.

Das espécies encontradas nas áreas da Suzano, 26 são consideradas em risco de extinção pela IUCN (União Internacional para a Conservação da Natureza). Já conforme os critérios do Ibama (Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais) esse índice sobe para 33 espécies, sendo 19 mamíferos, 12 aves, um artrópode e uma espécie de peixe. São animais como o cervo-do-pantanal (Blastocerus dichotomus), duas espécies de gatos-do-mato (Leopardus guttulus e Leopardus tigrinus), tamanduá-bandeira (Myrmecophaga tridactyla), tapiti (Sylvilagus brasiliensis), ariranha (Pteronura brasiliensis), anta (Tapirus terrestres), onça-pintada (Panthera onca), onça-parda (Puma concolor) e o lobo-guará (Chrysocyon brachyurus), entre outros.

“O programa de monitoramento e preservação da biodiversidade teve início em 2007 em Mato Grosso do Sul. Desde então, o índice de animais catalogados tem crescido gradualmente, o que pode indicar o retorno e permanência desses animais na região. Vale ressaltar que, muitas dessas espécies, como o tamanduá-bandeira, a anta e a queixada (Tayassu pecari) – também ameaçada de extinção -, só se reproduzem em áreas preservadas”, completa Rocha.

A Suzano destina 135 mil hectares para conservação, o que corresponde a 30% da área total da empresa no Estado. A Lei determina a destinação de 20% da propriedade para a conservação. Além da restauração de áreas de preservação degradadas, ações como o plantio em mosaico, criação de corredores ecológicos em meio às florestas para a circulação de animais silvestres e ações de combate à incêndios florestais fazem parte do manejo sustentável da empresa.

Avistamentos

Também fazem parte das medidas de preservação ambiental, programas de conscientização e educação ambiental de colaboradores e da população. Entre eles, está o programa “De olho no bicho”, que, como forma de sensibilizar os funcionários, estimula o registro (fotográfico ou por vídeo) de animais silvestres nas áreas da empresa. A iniciativa resultou em 550 registros voluntários em fotos e vídeos no ano passado, 12,2% a mais em comparação ao último levantamento. Esse crescimento pode estar relacionado tanto ao aumento da participação dos funcionários na ação quanto ao de animais silvestres na região.

Comentários Facebook

Emprego

Em MS, Suzano abre processos seletivos com vagas para Água Clara, Brasilândia e Três Lagoas

Publicado

Com inscrições abertas para todas as pessoas interessadas, sem distinção de gênero, idade, etnia deficiência ou orientação sexual, unidade está com vagas para Operador(a) de Colheita Florestal e Consultor(a) de Manutenção

A

 Suzano, referência global na fabricação de bioprodutos desenvolvidos a partir do cultivo de eucalipto, está em processo seletivo para contratação de Operador(a) de Colheita Florestal I nos municípios de Água Clara e Brasilândia. As inscrições estão abertas a todas as pessoas interessadas, sem distinção de gênero, idade, etnia, deficiência ou orientação sexual.

Para concorrer a uma das vagas, os candidatos e candidatas devem atender aos seguintes pré-requisitos: ter Ensino Fundamental completo; curso de Formação de Operador de Máquinas Florestais (fornecidos pela Suzano ou instituições externas reconhecidas); experiência na operação de máquinas florestais, Carteira Nacional de Habilitação (CNH) na categoria B ou acima e disponibilidade para residir em Água Clara ou Brasilândia, dependendo do processo seletivo escolhido.

Os interessados e interessadas em se inscrever no processo seletivo em Água Clara devem acessar o link: https://jobs.kenoby.com/Suzano/job/operadora-colheita-i/60350b592d4b5d59531938e1?utm_source=website

Já os candidatos interessados no processo seletivo aberto em Brasilândia, podem se inscrever pelo link: https://jobs.kenoby.com/Suzano/job/operadora-colheita-i/603510202d4b5d5953197fac?utm_source=website

Nos endereços eletrônicos, candidatos e candidatas irão encontrar mais informações sobre a função e conhecer os benefícios oferecidos pela empresa.

Três Lagoas

A unidade também está em processo seletivo para vaga temporária de Consultor(a) de Manutenção I, em Três Lagoas. Para participar, os interessados devem ter Ensino Superior completo em Engenharia Mecânica ou correlatas; experiência em Supervisão de Manutenção (preferencialmente em manutenção de celuloses); experiência em controle de custos de manutenção; experiência em planejamento e condução de Paradas Programadas e Parada Geral em fábricas de celulose/papel; domínio do Pacote Office e conhecimento nas áreas de gerenciamento de projetos e sistemas (programa SAP-PM). As inscrições estão abertas até o dia 2 de março e podem ser feitas pela internet, por meio do link: https://jobs.kenoby.com/Suzano/job/consultora-manutencao-i-vaga-temporaria/60357f7f2066f059495b711d?utm_source=website

Na Página de Oportunidades da Suzano (https://jobs.kenoby.com/Suzano), a pessoa interessada também poderá acessar outras vagas abertas no Estado e em todas as unidades da Suzano no País, podendo ainda se cadastrar no Banco de Talentos da empresa.

Comentários Facebook
Continue lendo

Suzano

Suzano fortalece conexão com startups no Intensive Connection Latam

Publicado

Companhia busca por soluções de restauração florestal em programa promovido pelo AgTech Garage

A Suzano, referência global na fabricação de bioprodutos desenvolvidos a partir do cultivo de eucalipto, está entre as empresas participantes do Intensive Connection Latam 2021. A iniciativa do hub de inovação AgTech Garage busca encontrar soluções pioneiras para a sustentabilidade e competitividade do agronegócio nacional.

O programa contará com startups de toda a América Latina. Durante seis meses, elas receberão mentorias, troca de experiências com lideranças de grandes empresas e oportunidades de negócios. Como uma das parceiras do projeto, a Suzano lançou o desafio “Restauração Florestal – Tecnologias para geração de valor para a restauração”. Com isso, a companhia espera que os empreendedores apresentem tecnologias que contribuam para a redução de custo e aumento da eficiência operacional, além de inteligência sobre melhor gestão do monitoramento florestal.

“Os nossos desafios enquanto companhia são pautados no que chamamos de Inovabilidade, que é a Inovação aplicada à Sustentabilidade. Acreditamos muito no poder de aplicação desse conceito tanto para a geração de valor ao meio ambiente quanto para o aumento de ganho em nossas operações”, afirma Alexandre Cezilla, head de Transformação Digital da Suzano. “A inovação aberta nos ajuda a acelerar intensificar a conexão com o ecossistema de startups e acelerar as soluções desses desafios que vão ao encontro do nosso Propósito de Renovar a vida a partir da árvore”, ressalta.

No próximo dia 24, o AgTech Garage fará uma live em seu canal do Youtube para que todas as empresas parceiras possam explicar seus desafios e esclarecer dúvidas. Em uma primeira etapa do programa, haverá a seleção de 30 startups que serão convidadas para apresentação de seus pitches, porém apenas duas startups serão escolhidas para cada empresa, entre elas a Suzano.

Para os interessados em trazer soluções para a atividade de reflorestamento florestal, basta se inscrever na plataforma do AgTech Garage até 09 de março: https://www.agtechgarage.com/intensive-connection/.

O AgTech Garage é um dos mais relevantes hubs privados do País, com mais de 40 empresas residentes e 600 startups conectadas, e está voltado a promover conexões entre grandes empresas e startups, instituições de ensino, produtores rurais e outros atores do ecossistema da inovação com foco no campo.

Comentários Facebook

Continue lendo

TRÊS LAGOAS

CÂMARA DE TRÊS LAGOAS

BRASILÂNDIA

POLICIAL

Mais Lidas da Semana