Três Lagoas-MS

  Últimas
Polícia Militar Ambiental de Rochedo autua três por pesca ilegal no rio Aquidauana e apreende petrechos ilegais de pesca
BOLETIM COVID-19 – Três Lagoas tem 31 novos casos positivos e número de ativos chega a 162 nesta terça-feira (14)
Centro de Treinamento Time Brasil volta a receber atletas no dia 20
Técnico do time feminino do Santos vence câncer e já mira título
Coxim ativa cinco leitos de UTI e região norte de MS está preparada para enfrentar Covid-19
Coluna – Há um ano Jesus estreava no Maracanã pelo Flamengo
Polícia Militar Ambiental de Três Lagoas autua mulher de 39 anos por incendiar resíduos de limpeza, perturbando sua vizinhança pela fumaça
Programa Defensoria Explica destaca doação de protetores faciais
Segurança pública ganha reforço de mais de 100 novas viaturas em MS
Vôlei: mercado segue agitado antes do início da temporada 2020/2021
Polícia Militar em Nioaque prende dois homens por Descumprir Medidas Sanitárias Preventivas e Desobediência
Polícia Militar cumpre Mandado de Prisão durante atendimento de ocorrência em Bela Vista
Polícia Militar Ambiental de Cassilândia autua infrator em R$ 10 mil por degradação de nascentes para plantio de pastagem e manter gado na área protegida
Domingo tem Autocine com exibição do filme “O menino da porteira”
Além de Kit Alimentação,  Prefeitura de Três Lagoas entrega Kit Hortifrúti para mais de 11 mil alunos da Rede Municipal de Ensino (REME)
Redução da punição ao Manchester City gera polêmica na Inglaterra
Ponto de Vista discute projeto de lei que combate fake news
Empresas credenciadas ampliarão atendimento e facilitará acesso aos serviços de vistoria em MS
30 anos dedicados em servir e proteger no MS
Além de Kit Alimentação,  Prefeitura de Três Lagoas entrega de Kit Hortifrúti para mais de 11 mil alunos da Rede Municipal de Ensino (REME)
Unidades de Saúde serão pontos de descarte de medicamentos vencidos em Três Lagoas
Segurança em Pauta entrevista o secretário de Justiça de MS, Antonio Carlos Videira
Saúde divulga novo mapa hospitalar de leitos para coronavírus
Suinocultura de MS cresce acima da média nacional com biossegurança e sustentabilidade
Polícia Militar Ambiental de Mundo Novo autua arrendatário em R$ 10 mil para derrubada de 150 árvores em 33,70 hectares para plantio de lavoura
PGE em Ação exibe entrevista sobre atuação das procuradorias estaduais em época de pandemia
Vereadores de Três Lagoas aprovam LDO e redução do valor de multa por desrespeito a prevenção à Covid
SES realiza 7,3 mil testes de coronavírus por semana em MS, o que representa 43 exames a cada hora
Comando da PMA define estratégias para controle de incêndios no Pantanal
Polícia Militar de Sonora prende jovem por direção perigosa e desobediência
Next
Prev

Política

Presidindo a sessão, Eduardo Rocha emite pareceres e vota favorável para calamidade de cinco municípios

Publicado

Deputado vê total importância destas aprovações para as localidades

Em sessão ordinária remota desta quarta-feira (10), o estado de calamidade pública dos municípios de Douradina, Sidrolândia, Chapadão do Sul, Jardim e Costa Rica são aprovados. Para que isso ocorresse, as solicitações receberam voto favorável do deputado estadual Eduardo Rocha, primeiro vice-presidente da ALEMS (Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul).

Além disso, e de ter presidido a sessão no momento das votações em questão, Eduardo Rocha, membro da CCJR (Comissão de Constituição, Justiça e Redação), emitiu parecer favorável para o decreto de Costa Rica e Chapadão do Sul, que estavam sob sua responsabilidade.

Segundo ele, a Casa de Leis cumpre o seu papel. “É uma ferramenta de trabalho que a Assembleia dá aos prefeitos e prefeita poderem usar com mais agilidade os recursos, naquilo que for necessário contra o coronavírus, doença que está se alastrando pelo nosso Brasil e nosso Estado, infelizmente não é diferente”, disse Eduardo Rocha.

De acordo com a assessoria de comunicação da Casa, o projeto autoriza o chefe do Poder Executivo a proceder, mediante decreto, à abertura de crédito extraordinário nos termos previstos pela Constituição Federal, bem como as movimentações de dotações por meio de transposição, remanejamento, transferência e utilização da reserva de contingência.

A análise dos projetos da CCJR ocorre todas às quartas-feiras, antes da sessão ordinária, que neste momento está sendo realizada remotamente, por conta da pandemia do coronavírus.

Vale ressaltar que somente três dos membros da mesa diretora estão participando da sessão no prédio da ALEMS, cumprindo todos os cuidados necessários, como uso de máscaras e mantendo a distância entre os demais e claro com o álcool gel sempre em mãos.

Comentários Facebook

Política

Facebook desvinculou contas ligada a família Bolsonaro

Publicado

Nesta quarta-feira, 8 de julho, o Facebook e o instagram removeram diversas contas, páginas e grupos que estavam na rede social e propagavam ações vetadas da plataforma.

O instagram de alguns funcionários de gabinete do presidente Jair Bolsonaro, juntamente com o do senador Flávio Bolsonaro, o deputado federal Eduardo Bolsonaro e alguns envolvidos no PSL, fazem parte das contas desarticuladas.

A remoção foi feita devido ao uso de ações desaprovadas pelas redes sociais, como a publicação de fake news, envio de spam ou adoção de ferramentas artificiais para ampliar a presença online.

As contas divulgavam informações sobre política, além de distribuir vídeos e textos sobre a pandemia e algumas até acusavam a TV Globo de inventar falsas mortes.pela Covid-19.

O Facebook não informa se o conteúdo havia fake news ou não, mas disse que foram removidos por se passarem por outra pessoa.

Por UOL

Comentários Facebook
Continue lendo

Política

“Foi uma decisão sábia e a melhor para o Brasil”, diz Eduardo Rocha sobre prorrogação das eleições

Publicado

O deputado estadual Eduardo Rocha, primeiro vice-presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, viu com bons olhos a decisão de prorrogar as eleições deste ano para o mês de novembro. O pleito que iria acontecer em outubro próximo irá ser realizado em 15 e 29 de novembro, sendo primeiro e segundo turno, respectivamente.

Segundo ele, o Congresso Nacional e o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) estão de parabéns pela decisão em prorrogar a disputa eleitoral dos municípios. “Estamos no meio de uma pandemia. Vamos ter dificuldades em julho e agosto, então não teria como as pessoas fazerem as convenções, as reuniões, e qualquer tipo de aglomerações de pessoas. O pleito em outubro seria um risco para todos. Foi uma decisão sábia e eu acredito que foi melhor para o Brasil”.

Ainda de acordo com Eduardo Rocha, a torcida e expectativa é que antes de novembro já se tenha boas notícias com relação ao coronavírus e todos possam ter um período de campanha e votações sem riscos a ninguém.

“É praticamente impossível se fazer campanha sem cumprimentar os eleitores, sem um aperto de mão e até um abraço. Espero muito, que em breve tenhamos uma vacina, uma perspectiva de resolução para este problema da Covid-19 e retornemos com nossa rotina normal”, concluiu o deputado que está em seu terceiro mandato.

A mudança de data das eleições foi aprovada no último dia 1º, pela Câmara Federal, após passar pelo Senado Federal. E então o texto foi promulgado no dia seguinte, 02 de julho, pelo Congresso Nacional, que é uma junção das duas Casas de Leis, Câmara e Senado.

Com relação as convenções partidárias que aconteceriam de 20 de julho a 5 de agosto, passam para o período de 31 de agosto a 16 de setembro. Já os registros das candidaturas, que seriam até dia 15 de agosto, passaram para até 26 de setembro.

Por Assessoria

Comentários Facebook
Continue lendo

TRÊS LAGOAS

CÂMARA DE TRÊS LAGOAS

BRASILÂNDIA

POLICIAL

Mais Lidas da Semana