TRÊS LAGOAS MS
  Últimas
Homem é flagrado tentando atear fogo em quiosques em Três Lagoas
Avião carregado com 500 Kg de pasta base de cocaína é abatido no Interior Paulista
Velocista Melânia Luz ingressa no Hall da Fama do COB
Polícia Militar Ambiental de Campo Grande captura jiboia de mais de 1 metro em residência
Rayssa Leal e Pâmela Rosa encerram Pro Tour fora do pódio
Duda Sampaio e Natascha defenderão Brasil na Copa América Feminina
Vasco e Sport empatam em Maracanã lotado
Diante do Atlético-GO, São Paulo volta a vencer no Brasileiro
Polícia Militar realiza formatura do Proerd Kids no Município de Anaurilândia.
Polícia Militar Ambiental de Campo Grande captura tamanduá-bandeira passeando pelas ruas do bairro Caiobá
Brasileiros perdem nas duplas e país está fora de Wimbledon
Série B: Ponte Preta e Tombense ficam no 0 a 0 em Campinas
Cuiabá derrota o Avaí em Florianópolis e deixa o Z4
PMA do Grupamento de Águas do Miranda fiscaliza 14 embarcações e 57 pescadores, orientam turistas e apreendem petrechos ilegais de pesca
PMA e UCDB entregam amanhã (4) às 14h00 para o Biobarque Pantanal, onça-pintada, arara e filhote de anta taxidermizados para uso em Educação Ambiental
Polícia Militar 9°CIPM/CPA1 impede Estelionato contra idosa em Dourados
Polícia Militar de Caarapó da 9ªCIPM/CPA-1 recupera produtos de furto e prende autor
Em dois meses, 27 países fincaram suas bandeiras no Bioparque Pantanal
Primeiro pagamento por serviços ambientais motiva setores produtivos de Bonito e Jardim
Rayssa Leal e Pâmela Rosa disputam final do Pro Tour de skate street
Em um Maracanã lotado, Vasco recebe o Sport pela Série B
Palestra e oficina interativa no MIS buscam discutir o saber-fazer Guarani e Kaiowá
Reeducandos do Centro Penal da Gameleira trabalham na reforma da Unei Dom Bosco
Domingo segue com previsão de tempo estável, com máxima de até 35°C no Estado
Com assinatura de convênios, produtores já podem receber 1ª parcela do PSA de Jardim e Bonito
Big Data: Fundtur MS e Sistema Comércio criam plataforma de inteligência turística
Dourados: projetos da Coronel Ponciano e do terminal de passageiros avançam
Athletico-PR bate Palmeiras fora de casa e assume vice-liderança
Gabriel decide e Flamengo derrota Santos na Vila Belmiro
Com time alternativo, Atlético-MG derrota Juventude por 2 a 1
Next
Prev

Notícias da Região

Jornalista vai cobrir acidente, e descobre que seu filho morreu na colisão

Publicado

Um jornalista de Araraquara (SP) foi cobrir um acidente entre carro e caminhão na Rodovia Antônio Machado Sant’Anna (SP-255), na manhã desta quarta-feira (8), e descobriu que seu filho era a vítima fatal da colisão.

Carlos Alberto Baldassari fazia uma live em sua página de notícias no Facebook e, ao se aproximar do local do acidente, descobriu que o carro envolvido era o do filho, Tiago Cequeto Baldassari, de 32 anos.

Thiago Baldassari, de 32 anos, é filho de repórter de Araraquara — Foto: Reprodução/Facebook

Thiago Baldassari, de 32 anos, é filho de repórter de Araraquara — Foto: Reprodução/Facebook

A transmissão foi interrompida e, momentos depois, o repórter iniciou uma nova live e confirmou que a vítima era seu filho, que o acompanhava nas apresentações dos programas do canal ‘Balda News’.

“Vida de repórter é isso. Muitas pessoas, talvez, não vão entender o momento em que a gente está vivendo aqui na rodovia. Ali está o carro que se envolveu no acidente, o corpo já foi retirado por isso eu estou mostrando para vocês, o caminhão foi parar a cerca de 100 metros ali no acostamento. E vocês se segurem agora porque eu vou dizer quem é o condutor do veículo que perdeu a vida aqui: é meu filho, o Tiago, que fazia comigo todos os dias a apresentação dos programas, as lives e essa manhã a gente veio cobrir o acidente e quando eu cheguei, era meu filho”, lamentou.

Tiago deixou a esposa, que estava grávida de três meses, uma filha de 8 anos, os pais e a família.

“Infelizmente, neste mundo que a gente vive da reportagem, tem hora que a gente vai cobrir ocorrências que envolvem familiares. Infelizmente, hoje, é o meu filho. A gente perde o Thiago e que Deus o receba de braços abertos, é um menino bom, de bom coração”, completou.

Acidente

Motorista morre após acidente em Araraquara — Foto: Arquivo pessoal

O caminhão, que seguia de Ribeirão Preto para Araraquara, bateu de frente contra um veículo modelo Volkswagem/Gol, próximo à entrada do Parque São Paulo, na SP-255.

Comentários Facebook

Notícias da Região

Avião carregado com 500 Kg de pasta base de cocaína é abatido no Interior Paulista

Publicado

A FAB (Força Aérea Brasileira) confirmou a interceptação de uma aeronave por volta das 12h36 na tarde deste domingo (3).

O avião de pequeno porte entrou no espaço aéreo brasileiro de Mato Grosso do Sul sem autorização e duas aeronaves de defesa A-29 Super Tucano foram empregadas para monitorar e interceptar.

De acordo com a FAB, os pilotos seguiram os protocolos das medidas de policiamento do espaço aéreo, interrogando o piloto da aeronave, mas não obtiveram resposta, momento em que foi classificado como suspeito, conforme previsto no Decreto 5.144, de 16 de julho de 2004.

Mediante aos fatos, foi ordenado a mudança de rota e o pouso obrigatório, porém o piloto não obedeceu e foi necessário que a defesa aérea comandasse o tiro de aviso, que não teve retorno, sendo realizados os procedimentos de tiro de detenção.

Ainda de acordo com a FAB, o avião não tinha plano de voo e entrou no espaço aéreo pela fronteira de Mato Grosso do Sul, fez pouso forçado no Estado de São Paulo, entre as cidades de Jales e Pontalinda.

A Polícia Federal assumiu as Medidas de Controle de Solo (MCS) e duas pessoas se evadiram do local. Foram localizados cerca de 500 Kg de pasta base de cocaína.

De acordo com o Comando de Operações Aeroespaciais (COMAE), os radares identificaram a aeronave entrando no espaço aéreo brasileiro.

A ação faz parte da Operação Ostium, para coibir ilícitos transfronteiriços, na qual atuam em conjunto a Força Aérea Brasileira e a Polícia Federal.

Por HojeMais com Fotos da Sargento Bianca com informações do CECOMSAER e Polícia Federal

Comentários Facebook

Continue lendo

Notícias da Região

CESP incentiva consumo consciente com oficina de compostagem para alunos de escolas públicas em Rosana (SP)

Publicado

Com a participação de cerca de 120 estudantes, iniciativa visa promover a destinação sustentável para resíduos orgânicos e a redução de custos com hortas domésticas ou para comercialização

São Paulo, 28 de junho de 2002 – No mês em que é celebrado o Dia do Meio Ambiente, a CESP – Companhia Energética de São Paulo, realiza ação para incentivar o consumo consciente e a destinação sustentável de resíduos orgânicos no município de Rosana (SP). Entre os dias 13 e 14, a companhia promoveu três oficinas sobre técnicas de compostagem doméstica para cerca de 120 alunos de escolas públicas do município. A ação teve como objetivo promover a conscientização ambiental por meio do aproveitamento de resíduos orgânicos e a produção de adubos naturais, com alto índice de nutrientes.

Bastante simples e acessível a todos os públicos, rurais e urbanos, a técnica de compostagem pode ser utilizada tanto para consumo próprio ou comercial e, com isso, aumentar a produtividade, com a redução de custos com fertilizantes.

“A técnica de compostagem vem ao encontro do que a CESP acredita ser essencial para um futuro sustentável. Por meio dela, é possível reciclar resíduos que antes iriam para lixões ou aterros e transformá-los em nutrientes naturais para o cultivo de hortas e plantações, o que é extremamente benéfico para o Meio Ambiente. Além disso, a pessoa ainda reduz o custo com insumos para hortas, já que o adubo natural possui alto valor nutricional”, destaca Raquel Leite, gerente de Desenvolvimento Social e Planejamento da CESP.

A primeira oficina foi realizada no dia 13, na EMEF Fazenda Nova Pontal. Já no dia 14, foram realizadas duas oficinas na EMEIF Antônio Felix Gonçalves, no período da manhã e da tarde. Cada turma contou com a participação de 30 a 40 estudantes, aproximadamente. O curso, ministrado por Karina Santos, analista de Desenvolvimento Social da CESP, teve cerca de 3 horas de duração.

“O nosso objetivo é mostrar que qualquer pessoa pode adotar esse sistema, e que a construção de uma composteira é fácil e simples, podendo ser feita em pequenos recipientes, com materiais reutilizados que antes iriam para o lixo, como pote de sorvete, garrafa pet, um balde em desuso, ou seja, com zero investimento. Também esperamos que as técnicas aprendidas na oficina sejam aplicadas e multiplicadas para as famílias desses estudantes, sendo muitos deles residentes em comunidades rurais, e colaborem com a produtividade de hortas e plantações, seja para consumo próprio ou para venda”, completa Santos.

Para as comunidades

No final da oficina, os alunos receberam materiais impressos e digitais com o passo a passo de como implantar uma composteira, incluindo um vídeo explicativo. Este material desenvolvido pela CESP também será disponibilizado para a comunidade em geral por meio do Canal Diálogo Aberto da companhia como forma de promover a gestão consciente de resíduos nas comunidades vizinhas à UHE Porto Primavera.

“A CESP acredita que, por meio do compartilhamento de conhecimentos e valores socioambientais, é possível criar um futuro mais sustentável, com uma sociedade mais consciente e que busque por práticas de conservação do meio ambiente”, finaliza a gerente de Desenvolvimento Social.

Comentários Facebook

Continue lendo

TRÊS LAGOAS

CÂMARA DE TRÊS LAGOAS

Assembléia Legislativa MS

Mato Grosso do Sul

POLICIAL

Mais Lidas da Semana