TRÊS LAGOAS MS
  Últimas
Braga Netto deverá ser o vice de Bolsonaro e Tereza Cristina poderá disputar o Senado
Polícia Civil identifica suspeito de tentativa de homicídio em Três Lagoas
Homem morre atropelado enquanto empurrava carro estragado para fora de rodovia em MS
Ladrão vestido de ‘fantasma’ furta companhia de água
Pai e filha morreram em colisão frontal entre carro e bitrem na BR-262
Polícia Militar prende dois autores de furto em Anastácio
“Capitania Itinerante” atende amadores, aquaviários e proprietários de embarcações até sexta-feira (01)
Superintendente da PRF/MS visita Procurador-Chefe do MPF em MS
Mato Grosso do Sul termina o Brasileiro Sub-18 de Judô com cinco medalhas
Polícia Militar prende cinco homens com pendências judiciais na área do 7º BPM
Águas abertas: Ana Marcela Cunha conquista ouro nos 5 km no Mundial
Em Paranaíba, Polícia Militar prende dois homens por cometer o crime de violência doméstica
Polícia Militar prende homem por dirigir embriagado e sem Carteira de Habilitação em Paranaíba.
Polícia Militar prendeu três homens por cometer crime de tráfico de drogas em de Paranaíba
Timão se reapresenta e inicia preparativos para jogo da CONMEBOL Libertadores
Polícia Militar prende homem de 24 anos por cometer furto em Aparecida do Taboado
Polícia Militar da 10ªCIPM realiza operação Lagoa Segura
Polícia Militar prende homem de 22 anos por dirigir perigosamente em Aparecida do Taboado
PRF participa de peregrinação e recebe homenagem em Campo Grande (MS)
Projeto “Vida na Praça” chega ao Distrito de Arapuá neste domingo (03)
Polícia Militar divulga levantamento das ações semanal da 10ªCIPM
Polícia Militar faz acompanhamento da 1ª Corrida de Rua em Alusão ao Dia do Bombeiro Militar, em Aparecida do Taboado
Polícia Militar garante a segurança durante evento de carros antigos em Aparecida do Taboado
Polícia Militar realiza o patrulhamento rural na região da “Mata” no município de Paranaíba/MS.
Polícia Militar prende mulher por violação de domicílio, dano e desacato em Nova Andradina
Fazendo Arte entra no balanço dos 35 anos da Ginga Cia de Dança
Atenção proprietários de veículos: Última semana para quitar licenciamento de placas com final 3 e 4
Carga de maconha é apreendida pela Polícia Militar Rodoviária, na MS-164, em Ponta Porã
PMMS realiza Passagem de Comando do Batalhão de Guarda e Escolta
Projeto Segunda Legal traz dicas de comunicação para o pleito de 2022
Next
Prev

Mato Grosso do Sul

Histórias de superação marcam primeira edição da Maratona de Campo Grande

Publicado

A maratona, desde sua origem, está intrinsecamente ligada a histórias de superação. Segundo a lenda que conta sobre o surgimento da modalidade, em 490 a.C., um soldado teria corrido 40 quilômetros com o objetivo de chegar em Atenas para dar a notícia da vitória dos gregos sobre os persas e evitar um grande massacre. A Maratona de Campo Grande, que ganha sua primeira edição entre os dias 8 e 10 de julho, também nasce permeada de histórias marcantes. A competição é organizada pela H2O Ecoturismo, realizada pela Associação Desportiva Atletas de Cristo (Adac), com apoio do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, por meio da Fundesporte (Fundação de Desporto e Lazer).

Professor Carlão e Luiz Eduardo, que doou a medula para o transplante do professor

Uma delas é a do professor e atleta Carlos Alberto Rezende, de 57 anos, o Carlão. Depois de ter sido fumante por mais de 30 anos e passar por um transplante de medula em 2016, quando ficou 120 dias internado, ele saiu do hospital com o propósito de voltar à atividade esportiva. “Eu assisti matérias na televisão com atletas transplantados e isso me inspirou. Em meados de março de 2017, comecei com caminhada e academia para fortalecimento muscular, evoluindo para a corrida. Em 2017 mesmo fiz 10 corridas de rua de 5 km e corri minha primeira São Silvestre, isso sempre com orientação técnica e profissional de educadores físicos”, conta.

Em 2021, Carlão viveu um momento histórico: correu a São Silvestre junto ao seu doador de medula, o jovem de 28 anos Luiz Eduardo Andrade, do Paraná. Neste ano, os dois estarão juntos novamente em MS para correr os 21 km da meia maratona oferecida pela Maratona de Campo Grande. “Tenho com o meu doador, o Dudu, o projeto Irmãos de Sangue. Já fizemos a São Silvestre no ano passado, vamos fazer de novo esse ano, e na Maratona de Campo Grande vamos fazer nossa primeira meia maratona juntos, então vai ser sensacional. Não é comum, é quase inédito um doador e um receptor correrem juntos”, completa.

A empresária Mary Donato, de 66 anos, também encontrou na corrida a força para se recuperar de um transplante. “Iniciei a quimioterapia em maio de 2021, e em dezembro fiz o transplante de medula óssea. Já em janeiro iniciei caminhadas e após isso trotes leves. Segundo toda a equipe médica, a atividade física fez toda a diferença, tanto no transplante quanto na recuperação”, conta Mary. Na primeira prova pós-transplante, a Meia Maratona Cataratas, em março, ela teve a surpresa de ser a primeira colocada em sua faixa etária. Na Maratona de Campo Grande, vai correr novamente os 21 km. “O objetivo é completar a prova bem física e mentalmente e com grande satisfação de estar participando da primeira prova em casa pós-transplante”, conclui.

Mary Donato

Transformações operadas pelo esporte

Para a empresária Talita Terra, de 37 anos, a corrida marcou uma mudança de vida. “Sempre tive vontade de correr, mas era só vontade, porque sempre fui obesa, desde criança. Eu olhava aquelas pessoas correndo, aquela energia, e falava: um dia vou correr. Quando estava com 36 anos, apareceu para mim um patrocinador da prova Bonito 21K, em setembro de 2020. Contratei um professor e me inscrevi nessa prova, foi a primeira corrida que fiz na vida, com apenas 60 dias de treino. O combinado com o meu professor era que eu não poderia caminhar, tinha que correr o tempo inteiro, e assim foi”, relata.

Talita Terra

Desde então, foram 25 quilos eliminados e uma nova vida conquistada. “O esporte é mágico, ele nos impacta de inúmeras e imensuráveis maneiras. O esporte te devolve energia, faz você entender o quanto é capaz de resolver problemas difíceis em outras áreas da vida e é um excelente remédio para problemas de saúde mental”, resume Talita, que organizou um grupo de iniciantes para correr com ela os 7 km na Maratona de Campo Grande, incentivando novos amigos a iniciar no esporte.

Já a técnica de alimentos Sandra Batista, 38 anos, mãe de dois filhos, começou a correr para superar uma depressão severa, pela qual passou após um longo e invasivo tratamento de câncer que seu primeiro filho enfrentou com apenas sete meses de vida. “Comecei a correr quando tive meu segundo filho, quando ele nasceu virou uma chave na minha cabeça que eu precisava melhorar, que precisava me tornar alguém melhor para mim para ser uma mãe melhor para os meus filhos. Eu quis mudar de vida, comecei a olhar para mim como mulher e não gostar do que via, era sedentária, não me alimentava bem, não tinha disposição, comecei a me preocupar com a minha saúde”, relembra.

Para Sandra, atualmente, a corrida se tornou seu “santo remédio”. “A corrida me mostrou a vida, me trouxe amigos, é minha válvula de escape. Quando não estou bem, saio para correr, solto todo o stress e me faz muito bem. O que me levou para a corrida foi essa alegria que ela me trouxe e essa sensação de conseguir enfrentar qualquer problema e de ser incansável em busca dos meus objetivos”, finaliza.

Sandra Batista

Sobre a prova

A Maratona de Campo Grande será realizada no asfalto e terá, além da maratona que carrega no nome, percursos de 7 km, 21 km e o kids, especial para crianças de 3 a 13 anos. Além das provas, haverá também outras programações no evento, como uma feira esportiva, atrações culturais e bate-papo com influenciadores da área.

Serviço

A primeira edição da Maratona de Campo Grande será realizada de 8 a 10 de julho, na capital de Mato Grosso do Sul, com largada e chegada no estacionamento do Shopping Bosque dos Ipês. A realização é da Adac e a organização é da Agência H2O Ecoturismo. Apoio: Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul, Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, Fundesporte, Prefeitura de Campo Grande, BTG Case, Neo Esportes, Probiótica, Vitamina A+, Audi Center Campo Grande. Mais informações pelo Instagram @maratonacampogrande e pelo site: www.maratonadecampogrande.com.br.

Lucas Castro – Fundesporte, com informações da H2O Ecoturismo
Foto de destaque: Valter Patrial

Fonte: Governo MS

Comentários Facebook

Mato Grosso do Sul

Mato Grosso do Sul termina o Brasileiro Sub-18 de Judô com cinco medalhas

Publicado

por

A delegação que representou Mato Grosso do Sul no Campeonato Brasileiro Sub-18 de Judô voltou para a casa com a mala mais pesada. Duas medalhas de ouro e três de bronze foram conquistadas pelos sul-mato-grossenses na competição, que neste ano foi sediada em Vitória (ES), nos dias 25 e 26 de junho. O evento foi organizado pela Confederação Brasileira de Judô (CBJ), e os atletas contaram com o apoio do Governo do Estado, através da Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte) para participar das disputas.

No quadro de medalhas geral e masculino, Mato Grosso do Sul figurou em quarto lugar, atrás de São Paulo, Paraná e Rio de Janeiro. No quadro feminino, o estado terminou em terceiro lugar, atrás de São Paulo e Paraná. “Mato Grosso do Sul mais uma vez figura entre os melhores do Brasil. Esse é o resultado do esforço e dedicação de nossos atletas, além do investimento do Governo do Estado em seus talentos. Este é apenas o início de uma carreira brilhante”, declara o diretor-presidente da Fundesporte, Silvio Lobo Filho.

Conforme a CBJ, a competição contou pontos para o Ranking Nacional, que determina quais atletas representarão o Brasil em competições internacionais. “Todo o trabalho dos clubes nos proporcionou esse resultado”, conta Marcelo Matos, diretor-técnico da Federação de Judô de Mato Grosso do Sul (FJMS). “Era uma seleção recheada de talentos, e esse retorno apenas nos comprova isso. Essa faixa etária é decisiva para decidir o futuro destes atletas no esporte, e mais uma vez estamos nos colocando entre os melhores da categoria”, continua.

Segundo Marcelo, o momento é para ficar de olho nas competições mundiais. “Os resultados demonstrados nessa idade são a porta de entrada para eventos de grande porte. Mato Grosso do Sul demonstrou sua força em uma competição de alto nível, em frente aos olhos de técnicos da Seleção Brasileira”, conclui.

O Campeonato Brasileiro Sub-18 de Judô foi realizado pela Confederação Brasileira de Judô (CBJ). A delegação sul-mato-grossense contou com o apoio do Governo do Estado, por meio da Fundesporte, para sua participação.

Confira abaixo os resultados da Competição:

Relatório – Campeonato Brasileiro Sub-18 de Judô

Clara Rockel – Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte)

Foto de destaque: Divulgação/FJMS

Fonte: Governo MS

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso do Sul

Atenção proprietários de veículos: Última semana para quitar licenciamento de placas com final 3 e 4

Publicado

por

Esta semana é o último prazo para que proprietários de veículos com placas terminadas em 3 ou 4 possam fazer o pagamento do CRLV, documento de porte obrigatório, que autoriza o automóvel a circular pelas vias, atestando que ele está em conformidade com as normas de segurança e ambiental.

O pagamento pode ser feito em qualquer agência do Detran (Departamento Estadual de Trânsito) ou na rede bancária credenciada: Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Bradesco, Casas Lotéricas e Banco Postal dos Correios e Rede Pague Fácil.

Outra alternativa são os aplicativos de banco que permitem a utilização do código de barras ou QR Code para o pagamento por PIX.

Além da versão impressa, o CRLV pode ser apresentado, quando solicitado pela autoridade de trânsito, em formato digital, por meio da CDT (Carteira Digital de Trânsito).

O motorista flagrado circulando com veículo não licenciado comete uma infração gravíssima, estando sujeito a uma multa de R$ 293,47.

 

Katiuscia Fernandes – Subcom

Fonte: Governo MS

Comentários Facebook
Continue lendo

TRÊS LAGOAS

CÂMARA DE TRÊS LAGOAS

Assembléia Legislativa MS

Mato Grosso do Sul

POLICIAL

Mais Lidas da Semana