TRÊS LAGOAS MS
  Últimas
Estudo de viabilidade da ferrovia Malha Oeste avança e licitação pode sair no segundo semestre
Governo lança segunda etapa do programa Estágio Supervisionado e Capacitação Técnica do MS
Quarta-feira continua com tempo estável, sem previsão de chuva no Estado
Copa dos Campeões de basquetebol e futsal de 15 a 17 anos começa nesta quarta-feira em Coxim
Desde 2017, estudantes da EE 11 de Outubro realizam aulas de capoeira
Secretaria de Meio Ambiente doa óleo usado para pessoas que fazem sabão em Água Clara
Polícia Civil de Água Clara prende professor de música suspeito de abusar sexualmente de aluna de 9 anos
Polícia Civil de Três Lagoas fecha boca de fumo e prende homem em flagrante por tráfico de drogas no residencial Novo Oeste
Autores dos furtos em hamburguerias na Lagoa Maior são identificados pela Policia Civil de Três Lagoas
Cruzeiro vence no Mineirão e amplia vantagem na liderança da Série B
Internacional perde para Colo-Colo e se complica na Sul-Americana
Centro de Promoção da Saúde e SOS são inaugurados pela Unimed Três Lagoas
Corinthians fica no 0 a 0 com o Boca Juniors pela Libertadores
Athletico-PR derrota Libertad por 2 a 1 na Arena da Baixada
Polícia Militar prende autores por tráfico de drogas e apreende 188 kg de drogas
MPE´s lideram criação de empregos formais em 2022
Suzano está com três processos seletivos abertos para Três Lagoas (MS)
Chuva e neblina podem comprometer a segurança no trânsito
Design de Interiores EAD incorpora proposta biofílica na UNIGRAN Decor
Em visita de manutenção, HNSA que já é ONA Nível 1, recebe retorno positivo de avaliadores do IBES
Prefeito de Sonora, que é também presidente do Cointa, assina contratos de gestão
Bracell abre inscrições para Programa de Trainee 2022
Libertadores: Hulk perde pênalti e Galo empata na ida das oitavas
Com gol de Gabriel Teixeira, Grêmio derrota Londrina na Série B
Governo entrega veículo para transportar famílias atendidas pelo Cotolengo e doa casacos
Polícia Militar Rodoviária apreende três cargas de contrabando e descaminho, na MS 164, em Maracaju
Brasil encerra Pan de Ginástica de Trampolim com nove medalhas
Liga das Nações: seleção feminina bate China em abertura da 3ª etapa
Governo arca com passe da Rede Estadual de Ensino, mas quer tarifa congelada
Coluna – Brasileirão está mais difícil do que nunca
Next
Prev

Esportes

Cruzeiro 1 (4) x (3) 0 São Paulo: Com brilho de Fábio, Raposa vence nas penalidades e vai às quartas

Publicado

Em partida intensa e de ritmo frenético, Leandro Damião deixou tudo igual na disputa ao fazer 1 a 0 no segundo tempo

Foi com drama! Cruzeiro e São Paulo protagonizaram uma disputa de tirar o fôlego no Mineirão, na noite desta quarta-feira. Depois da vitória por 1 a 0 do Tricolor no Morumbi, a Raposa precisava da vitória para continuar no páreo e conseguiu fazer 1 a 0 com Leandro Damião, já no segundo tempo. Apesar de uma pressão descomunal, o São Paulo segurou a onda e levou a disputa para as penalidades, onde brilhou a estrela de Fábio.

O goleiro cruzeirense pegou duas cobranças e contou ainda com a ajudinha de Souza, que isolou a sua. Assim, o São Paulo fica pelo caminho e o Cruzeiro avança para as quartas-de-final da Libertadores, onde espera pelo vencedor de Boca Juniors e River Plate, que se enfrentam na quinta-feira. O River venceu o primeiro jogo por 1 a 0, no Monumental.

O jogo de ida das quartas acontece já na próxima semana, dia 20 de maio, e a volta no dia 27.

O jogo

A partida começou em ritmo alucinante. Sem dar espaço para o São Paulo respirar, o Cruzeiro sufocava o Tricolor, marcando a saída de bola e forçando o erro do adversário. Logo nos primeiros minutos a maior fraqueza do São Paulo ficou muito clara: o lado esquerdo da defesa. Reinaldo, Wesley e Souza batiam cabeça na marcação, dando todo o espaço do mundo para Marquinhos e Mayke, que seguiram sendo acionados, sempre com perigo, até o final da partida. A cada bola lançada para Marquinhos, o desespero percorria a linha defensiva são-paulina.

A partir dos 15 minutos, o São Paulo conseguiu equilibrar um pouco melhor as ações e esfriar o ímpeto cruzeirense. Trocando passes, o time são-paulino se aproximava do ataque e até criou algumas poucas jogadas, mas Alexandre Pato e Paulo Henrique Ganso, apagados, não conseguiam dar sequência a nenhuma delas. Do outro lado, o Cruzeiro explorava muito bem os contra-ataques. Aos 10, aos 22 e aos 25, Willian quase abriu o placar com chutes venenosos de longa distância, testando Rogério Ceni.

Aos 35 minutos, o momento mais tenso da etapa inicial: Reinaldo cometeu falta grosseira em Leandro Damião, digna de cartão amarelo. O problema é que seria o segundo do jogador, que já havia sido advertido antes por derrubar Marquinhos. O juiz Andrés Cunha recuou, para desespero dos cruzeirenses, que ficaram nervosos até o fim do primeiro tempo. O clima de tensão favorecia o São Paulo, já que induzia o Cruzeiro ao erro. Até o sempre ponderado Marcelo Oliveira perdeu a calma, chutando uma garrafa de água na direção do quarto árbitro.

Depois de relaxar no intervalo, a Raposa voltou ao normal. Com menos de um minuto Leandro Damião chegou com perigo, num voleio que parou no peito de Bruno. Pouco depois, Marquinhos raspou a trave em um chute rasteiro quase sem ângulo. Mas o placar só foi inaugurado mesmo aos 15 minutos. Em mais uma escapada de contra-ataque, Willian tocou para Mayke que, deixando Reinaldo para trás, rolou para Leandro Damião só empurrar para o fundo do gol: 1 a 0. A partir daí, foi uma questão de tentativa e erro do Cruzeiro, e de muita prece para o São Paulo. Visivelmente exaustos, os tricolores se seguravam como podiam. Só criaram uma chance de real perigo, aos 28, com um voleio de Luis Fabiano que foi para fora.

A bola do jogo para o Cruzeiro esteve nos pés de De Arrascaeta. De todas as oportunidades criadas ao longo do segundo tempo, foi a melhor: Mena disparou pela esquerda com a bola dominada e o uruguaio acompanhou pelo meio. Ele parou na entrada da grande área e a defesa seguiu, deixando-o totalmente livre para dominar, pensar e bater – errado e para fora, já aos 41 minutos.

Com as penalidades se aproximando, as duas equipes tiraram o pé e diminuíram o ritmo para não arriscar um desastre nos últimos minutos. Rogério Ceni e Ganso converteram as duas primeiras cobranças para o São Paulo. Leandro Damião perdeu a primeira e Marquinhos fez a segunda para o Cruzeiro. Depois, Souza isolou e De Arrascaeta colocou a Raposa na frente. Fábio defendeu a cobrança seguinte, de Luis Fabiano, e Henrique converteu a sua, deixando nas mãos dos últimos cobradores a tarefa de decidir. Centurión fez pelo São Paulo e Ceni pegou a cobrança ruim de Manoel. Nas alternadas, Fábio pegou a de Lucão e, dos pés de Gabriel Xavier, que entrou já no finalzinho da partida, veio a classificação: 4 a 3 e ida para as quartas-de-final garantida.

Goal

Comentários Facebook

Esportes

Cruzeiro vence no Mineirão e amplia vantagem na liderança da Série B

Publicado

por

O Cruzeiro fez o trabalho de casa e derrotou o Sport por 2 a 1, na noite desta terça-feira (28) no estádio do Mineirão, para ampliar a sua vantagem na liderança da Série B do Campeonato Brasileiro.

Com o triunfo, a Raposa chegou aos 34 pontos, quatro a mais do que o vice-líder Vasco, que mede forças com o Novorizontino na próxima quarta-feira (29). Já o Leão da Ilha do Retiro permanece na quarta posição da classificação, com 21 pontos.

Mesmo jogando fora de casa, o Sport abriu o placar aos 18 minutos, quando Kayke recebeu na esquerda, cortou para o meio e bateu com categoria. Mas o placar voltou a ficar empatado sete minutos depois, quando o zagueiro Sabino marcou contra.

E o Cruzeiro virou o placar aos 42 minutos. Daniel Júnior recebeu na esquerda, pedalou e chutou. A bola desviou na zaga e enganou o goleiro Maílson.

Outros resultados:

Guarani 0 x 2 Ituano
Vila Nova 1 x 1 Ponte Preta

Edição: Fábio Lisboa

Fonte: EBC Esportes

Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Internacional perde para Colo-Colo e se complica na Sul-Americana

Publicado

por

O Internacional ficou em situação muito complicada na Copa Sul-Americana após ser derrotado por 2 a 0 pelo Colo-Colo (Chile), na noite desta terça-feira (28) no estádio Monumental de Santiago, no jogo de ida das oitavas de final.

Com isso, o Colorado precisará de ao menos uma vitória por três gols de vantagem daqui a uma semana no estádio do Beira-Rio, em Porto Alegre, para avançar para as quartas de final nos 90 minutos. Em caso de vitória do Inter por dois gols de vantagem a definição será na disputa de pênaltis.

A vitória do Colo-Colo foi construída com gols de Lucero, aos 11 minutos do primeiro tempo, e de Solari, aos 9 da etapa final.

Antes da partida decisiva pela Sul-Americana, o Internacional pega o Ceará no próximo sábado (2) no Castelão.

Edição: Fábio Lisboa

Fonte: EBC Esportes

Comentários Facebook
Continue lendo

TRÊS LAGOAS

CÂMARA DE TRÊS LAGOAS

Assembléia Legislativa MS

Mato Grosso do Sul

POLICIAL

Mais Lidas da Semana