TRÊS LAGOAS MS
  Últimas
Fluminense recebe o Cuiabá em Maracanã lotado
Flamengo bate São Paulo fora de casa e dorme no 3º lugar do Brasileiro
Líder Cruzeiro faz 2 a 0 no Tombense e abre larga vantagem na Série B
Botafogo sai na frente mas cede a empate do Ceará no Brasileirão
Isaquias Queiroz é campeão mundial no C1 500 metros no Canadá
Calderano derrota francês e conquista o WTT Contender da Tunísia
Ex-jogador do Corinthians é novo reforço do Cuiabá
Corinthians faz último treino antes de visita ao Avaí; veja entrevista coletiva de Fausto Vera
Grêmio vence o Guarani, soma mais 3 pontos e sobe na tabela
Sob jejum de vitórias no Brasileiro, São Paulo encara Flamengo em casa
Grêmio bate Guarani para assumir vice-liderança da Série B
Almir Sater faz show gratuito em comemoração ao aniversário da capital
CESP pretende atrair pesquisadores para a Reserva Cisalpina
Um bando de loucos invade o Shopping Três Lagoas
Brasil alcança final do Sul-Americano de basquete feminino
Morre aos 84 anos o humorista e escritor Jô Soares
Três Lagoas fecha Jogos Escolares com ouro, prata e equipes classificadas para a Copa dos Campeões
Isaquias se classifica para 2ª final no Mundial de Canoagem no Canadá
Flamengo realiza última treino antes da partida contra o São Paulo, pelo Brasileirão
Rony treina integralmente na academia de futebol do Palmeiras
Flu chega a 50 jogos na temporada e 2022 já é o ano com mais vitórias desde 2012
FESTA DO FOLCLORE – Confira a programação da 32ª Edição e os artistas locais que irão se apresentar
Agentes de trânsito concluem curso – Nivelamento Básico de Moto Patrulhamento, ministrado pela PMMS
Balneário Municipal terá materiais esportivos para uso dos frequentadores e turistas
Coluna – No futebol adaptado, Brasil também é potência entre amputados
Três Lagoas registra os dois primeiros casos suspeitos de Varíola Monkeypox
Sabe qual presente comprar para o Dia dos Pais? Confira a pesquisa de preços realizada pelo PROCON de Três Lagoas
Campanha “Agosto Lilás” orientou 146 mulheres na primeira semana de ações
Saiba como emitir o cartão para vaga especial de estacionamento em Três Lagoas
São Paulo acerta a contratação de Nahuel Bustos
Next
Prev

Assentamento 20 de Março

Com apoio da Suzano, estudantes de Medicina realizaram mutirão para coleta de exames em comunidades rurais de Três Lagoas

Publicado

Ação fez parte do projeto Saúde da População Rural, desenvolvido por meio de uma parceria entre a companhia e o Curso de Medicina da UFMS com o objetivo de levar atendimento médico para mais de 150 famílias do campo

 

Com o apoio da a Suzano, referência global na fabricação de bioprodutos desenvolvidos a partir do cultivo de eucalipto, estudantes do curso de Medicina da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) realizaram um mutirão para a coleta de exames nas comunidades do Assentamento Vinte de Março e Distrito de Garcias, em Três Lagoas (MS). A ação fez parte do Projeto de Extensão Saúde da População Rural, desenvolvido por meio de uma parceria entre companhia e universidade, com o objetivo traçar um diagnóstico da situação epidemiológica e promover ações para melhorar a qualidade de vida das famílias que residem nas comunidades vizinhas às operações da empresa.

O projeto foi iniciado em março deste ano, com palestras e orientações remotas por conta da pandemia de Covid-19. Na segunda quinzena de novembro, ocorreu a segunda etapa da ação, com a coleta de materiais para exames clínicos. Ao todo, os/as estudantes de Medicina atenderam 31 pessoas, sendo 15 no assentamento Vinte de Março e 16, no Distrito de Garcias para o rastreamento de possíveis doenças. Durante as visitas às comunidades rurais foram coletadas 22 amostras para exames variados, como de glicemia, colesterol, pesquisa de IST (sífilis, hepatite e HIV), sorologia para chagas e exames de fezes e urina.

“A Suzano tem o compromisso público com a redução das desigualdades sociais nas áreas onde mantém operações, o que passa diretamente pelo acesso à saúde. Hoje, a população do campo está entre os grupos de vulnerabilidade quando falamos de medidas preventivas e atendimento médico devido a uma série de fatores, entre eles, a distância dos centros urbanos. O objetivo desta iniciativa em parceria com os acadêmicos do Curso de Medicina é tentar reverter esse quadro e levar orientações e atendimento até as comunidades rurais. Esta é mais uma ação da Suzano visando o fortalecimento das comunidades rurais da região”, reforça Israel Batista Gabriel, coordenador de Desenvolvimento Social da Suzano em Mato Grosso do Sul.

Ao todo, o projeto deverá atender cerca de 150 famílias de comunidades rurais de Três Lagoas, o que corresponde a uma média de 700 pessoas beneficiadas. “A extensão é um dos pilares da Universidade pública e tem um papel fundamental no desenvolvimento de ações voltadas para a comunidade externa. O projeto tem como objetivo melhorar o acesso da população rural à saúde, por meio de ações de promoção e prevenção. Nós fazemos orientações, atividades de educação e exames de rastreamento. Tem sido uma experiência muito positiva para os acadêmicos, que desenvolvem habilidades importantes para a formação. Para a comunidade, os benefícios estão relacionados ao diagnóstico precoce e orientações para agravos e condições de saúde que são preveníveis”, destaca Priscila Balderrama, professora da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Câmpus de Três Lagoas.

O presidente da Associação dos Agricultores(as) Familiares do Assentamento Vinte de Maço, Valter Clarindo da Silva, sentiu na pele os efeitos da falta de um diagnóstico precoce. “Acho importante essa ação para dar consciência ao povo sobre as doenças que existem e sobre a importância da saúde. Tiro por mim. Este ano passei apertado com saúde. Depois de um problema na coluna, tive dor de dente e quando fui ao dentista, o resultado foi muito ruim. O dentista disse que se tivesse tratado antes não teria ficado nessa situação. Deu tudo certo, mas fiquei com algumas sequelas. Então, a Medicina vem para explicar para gente que tem que procurar um médico, um dentista antes de ficar grave”, reforça.

O Projeto de Extensão Saúde da População Rural conta com a participação de 40 estudantes de Medicina. A Suzano é responsável pela logística e por providenciar todos os insumos necessários para a realização dos atendimentos e ações. A próxima etapa do projeto será a de encaminhamentos para atendimento médico na clínica da UFMS ou para serviços especializados na rede pública de saúde.

Sobre a Suzano

A Suzano, empresa resultante da fusão entre a Suzano Papel e Celulose e a Fibria, tem o compromisso de ser referência global no uso sustentável de recursos naturais. Líder mundial na fabricação de celulose de eucalipto e uma das maiores fabricantes de papéis da América Latina, a companhia exporta para mais de 80 países e, a partir de seus produtos, está presente na vida de mais de 2 bilhões de pessoas. Com operações de dez fábricas, além da joint operation Veracel, possui capacidade instalada de 10,9 milhões de toneladas de celulose de mercado e 1,4 milhão de toneladas de papéis por ano. A Suzano tem mais de 35 mil colaboradores diretos e indiretos e investe há mais de 90 anos em soluções inovadoras a partir do plantio de eucalipto, as quais permitam a substituição de matérias-primas de origem fóssil por fontes de origem renovável. A companhia possui os mais elevados níveis de Governança Corporativa da B3, no Brasil, e da New York Stock Exchange (NYSE), nos Estados Unidos, mercados onde suas ações são negociadas.

Comentários Facebook

Assentamento 20 de Março

Em Arapuá| Em menos de 24 horas, equipe recupera ponte no Assentamento 20 de Março

Publicado

A equipe da rural da Prefeitura do Departamento de Serviços Públicos (DSP) da Secretaria Municipal de Infraestrutura, Transporte e Trânsito (SEINTRA), com funcionários do Distrito de Arapuá, foram ágeis na recuperação de uma ponte que dá acesso a sede do Assentamento 20 de Março.

Após o diretor Marco Antônio Dantas ficar sabendo do estrago da ponte na manhã de (18) de outubro, rapidamente organizou uma equipe com: Marcos Dantas, Sergio, Edmilson, Pedrinho, Gil, Eder.

Já na terça-feira (19), a ponte de 12 metros foi recuperada com 52 vigas de madeira, e já liberada para o uso, aos moradores do Assentamento.

Parabéns a equipe pela rapidez em recuperar a ponte 57 sobre o córrego Arapuá, a população agradece o empenho.

Além da recuperação das pontes, a equipe do diretor Marco Dantas ainda trabalha na recuperação das estradas vicinais que corta o Distrito de Arapuá e Garcias, percorrendo cerca de mil quilômetros.

Diferença sendo sentida pelos fazendeiros e sitiantes de nossa região, com estradas vicinais em perfeito estado.

Comentários Facebook
Continue lendo

Assentamento 20 de Março

APOIADOS PELA SUZANO| Agricultores Familiares do MS comemoram recorde nas vendas de agroecológicos por delivery

Publicado

Além de mitigar os impactos da pandemia, “A feira vai até você” se mostrou como importante nicho de negócio para feirantes de Três Lagoas (MS) e região

Na semana em que se é celebrado o Dia do Feirante, 25 de agosto, agricultores familiares apoiados pela Suzano, referência global na fabricação de bioprodutos desenvolvidos a partir do cultivo de eucalipto, comemoram recorde nas vendas de cestas agroecológicas por delivery em Três Lagoas (MS) e região.

O sistema de entrega das cestas faz parte da ação “A feira vai até você”, do Programa de Desenvolvimento Rural e Territorial da Suzano, com o objetivo de mitigar os impactos da pandemia do novo coronavírus e garantir a geração de renda às famílias rurais, cuja parcela importante da renda vinha das vendas em feiras livres.

No mês passado, conforme monitoramento da iniciativa, foram 2.457 cestas de agroecológicos comercializadas pelo sistema de entrega em domicílio. O volume de cestas corresponde a um incremento de 34% nas vendas em comparação ao mês anterior. Ao todo, foram 16,1 toneladas de agroecológicos entregues, o que gerou a receita bruta extra estimada em R$ 36,6 mil às famílias no mês.

“Essa iniciativa da Suzano foi pensada como uma alternativa para produtores rurais diante do cenário de isolamento social imposto pela pandemia. Porém, foi muito além da ideia inicial. Com a ação a ‘A feira vai até você’, se descobriu uma nova forma de comercializar e adquirir hortifrútis, até então pouco imaginada. A figura do feirante passou a ter um novo significado, ele expandiu o seu negócio para além da barraca”, destaca Israel Batista Gabriel, coordenador de Desenvolvimento Social da Suzano em Mato Grosso do Sul. Ele completa: “Esses resultados nos animam e sinalizam também para uma mudança no perfil dos consumidores, mais conscientes sobre o que e de quem compram seus produtos”.

Nos três meses de ação, os agricultores familiares que integram a ação atingiram uma receita bruta de R$ 107,455 mil com a comercialização de produtos agroecológicos por delivery. Foram 6.287 cestas entregues no período, o equivalente à 69,8 cestas por dia, em média. Ao todo, foram comercializadas 50,4 toneladas de alimentos pelo novo sistema.

Para Mauriney Alves dos Santos, produtora rural do Assentamento São Joaquim, em Selvíria, as vendas por delivery têm sido essenciais para garantir a renda das famílias durante a pandemia. “Temos recebido o apoio da Suzano nesse tempo difícil de pandemia para a comercialização das sacolas agroecológicas. Essa ação está sendo fundamental para nós. Através desse novo canal que encontramos de delivery, confeccionamos as nossas cestas com produtos diversificados e diferenciados, sem nada de veneno. Sequer adubo químico, nós utilizamos. As sacolas vão recheadas de produtos frescos e diversificados. Toda semana produzimos algo novo e, o mais importante, produzimos sem agrotóxicos. Nossos alimentos são agroecológicos, que respeitam a saúde e a natureza”, comenta.

Em Mato Grosso do Sul, a iniciativa conta com a participação de 56 agricultores familiares, em seis comunidades rurais dos municípios de Três Lagoas, Selvíria e Santa Rita do Pardo.

Saúde e Meio Ambiente

A ação “A feira vai até você” também tem colaborado ainda para difundir a importância dos agroecológicos para a saúde e o meio ambiente. Nas comunidades apoiadas pelo Programa de Desenvolvimento Rural e Territorial, os agricultores familiares adotaram os sistemas agroecológicos e agroflorestais para a produção de hortifrútis. Além de abolir o uso de agrotóxicos – as pragas são combatidas com o uso de defensivos naturais, preparados na propriedade -, esses sistemas promovem o manejo sustentável, reduzindo impactos ambientais e colaborando para a recuperação de áreas degradadas.

Como comprar

O sistema de delivery está disponível em três comunidades de Três Lagoas: 20 de Março, telefones (67) 9 9 9350 9380 e (67) 9 9206 8208; Pontal do Faia, (67) 9 9965 8030, e Paulistinha, (67) 9 9948 3427.  Em Santa Rita do Pardo, as cestas podem ser adquiridas pelos telefones (67) 9 9858 2276 ou (67) 9 9610 5096, na comunidade São Thomé. Já em Selvíria, o delivery está disponível pelos telefones (67) 9 9859 1265 (São Joaquim) e (67) 9 9652 7260 (Alecrim).

Sobre a Suzano

A Suzano, empresa resultante da fusão entre a Suzano Papel e Celulose e a Fibria, tem o compromisso de ser referência global no uso sustentável de recursos naturais. Líder mundial na fabricação de celulose de eucalipto e uma das maiores fabricantes de papéis da América Latina, a companhia exporta para mais de 80 países e, a partir de seus produtos, está presente na vida de mais de 2 bilhões de pessoas. Com operações de dez fábricas, além da joint operation Veracel, possui capacidade instalada de 10,9 milhões de toneladas de celulose de mercado e 1,4 milhão de toneladas de papéis por ano. A Suzano tem mais de 35 mil colaboradores diretos e indiretos e investe há mais de 90 anos em soluções inovadoras a partir do plantio de árvores, as quais permitam a substituição de matérias-primas de origem fóssil por fontes de origem renovável. A companhia possui os mais elevados níveis de Governança Corporativa da B3, no Brasil, e da New York Stock Exchange (NYSE), nos Estados Unidos, mercados onde suas ações são negociadas.

Por Assessoria de Imprensa

Comentários Facebook
Continue lendo

TRÊS LAGOAS

CÂMARA DE TRÊS LAGOAS

Assembléia Legislativa MS

Mato Grosso do Sul

POLICIAL

Mais Lidas da Semana