TRÊS LAGOAS MS
  Últimas
Polícia Militar prende dois autores de furto em Anastácio
“Capitania Itinerante” atende amadores, aquaviários e proprietários de embarcações até sexta-feira (01)
Superintendente da PRF/MS visita Procurador-Chefe do MPF em MS
Mato Grosso do Sul termina o Brasileiro Sub-18 de Judô com cinco medalhas
Polícia Militar prende cinco homens com pendências judiciais na área do 7º BPM
Águas abertas: Ana Marcela Cunha conquista ouro nos 5 km no Mundial
Em Paranaíba, Polícia Militar prende dois homens por cometer o crime de violência doméstica
Polícia Militar prende homem por dirigir embriagado e sem Carteira de Habilitação em Paranaíba.
Polícia Militar prendeu três homens por cometer crime de tráfico de drogas em de Paranaíba
Timão se reapresenta e inicia preparativos para jogo da CONMEBOL Libertadores
Polícia Militar prende homem de 24 anos por cometer furto em Aparecida do Taboado
Polícia Militar da 10ªCIPM realiza operação Lagoa Segura
Polícia Militar prende homem de 22 anos por dirigir perigosamente em Aparecida do Taboado
PRF participa de peregrinação e recebe homenagem em Campo Grande (MS)
Projeto “Vida na Praça” chega ao Distrito de Arapuá neste domingo (03)
Polícia Militar divulga levantamento das ações semanal da 10ªCIPM
Polícia Militar faz acompanhamento da 1ª Corrida de Rua em Alusão ao Dia do Bombeiro Militar, em Aparecida do Taboado
Polícia Militar garante a segurança durante evento de carros antigos em Aparecida do Taboado
Polícia Militar realiza o patrulhamento rural na região da “Mata” no município de Paranaíba/MS.
Polícia Militar prende mulher por violação de domicílio, dano e desacato em Nova Andradina
Fazendo Arte entra no balanço dos 35 anos da Ginga Cia de Dança
Atenção proprietários de veículos: Última semana para quitar licenciamento de placas com final 3 e 4
Carga de maconha é apreendida pela Polícia Militar Rodoviária, na MS-164, em Ponta Porã
PMMS realiza Passagem de Comando do Batalhão de Guarda e Escolta
Projeto Segunda Legal traz dicas de comunicação para o pleito de 2022
PMA de Coxim, Campo Grande, Corumbá e Imasul deflagram segunda fase da operação Pesca Legal com participação de 10 subunidades, 102 Policiais e com uso de helicóptero
Polícia Militar Rodoviária apreende carga de contrabando, na MS 379, em Dourados
Comunidade italiana e bombeiros serão homenageados pela ALEMS nesta quarta
Servidores da Prefeitura participam de simulado de emergência no Shopping Três Lagoas
Publicados editais relacionados aos concursos públicos da Sedhast, Sejusp, Iagro e Agraer, e seleção da SES
Next
Prev

Carros

Balanço do semestre: quem ganhou, quem perdeu e o que esperar até o fim do ano

Publicado

Balanço do semestre consegue nos mostrar algumas tendências para o fechamento do ano

Mesmo com greve dos caminhoneiros e Copa do Mundo, o mercado automotivo brasileiro caminha para o segundo ano de recuperação. Passados os primeiros seis meses, já são 1.127.217 veículos emplacados no Brasil, entre automóveis e comerciais leves. Na comparação com o mesmo período de 2017, o positivo balanço do semestre aponta crescimento de consideráveis 13,7%.

Não fosse o clima de incerteza com as eleições de outubro e a indefinição do Rota 2030, que deveria ter entrado em vigor em janeiro, teríamos no país uma onda muito maior de investimentos por parte da indústria automobilística, que interferiria no balanço do semestre .

Muitos planos continuam na geladeira, mas o Salão do Automóvel, em novembro, será um termômetro do que as marcas estão preparando para os próximos anos.

Enquanto ele não chega, o balanço do semestre consegue nos mostrar algumas tendências para o fechamento do ano. Vamos ver a seguir como está cada segmento do mercado, e o que pode acontecer até o fim do ano.

SUVs

Jeep Compass segue o SUV mais vendido, com Honda HR-V na 2ª colocação
Divulgação

Jeep Compass segue o SUV mais vendido, com Honda HR-V na 2ª colocação

Desde 2015, este segmento não para de crescer no Brasil. Começou com os modelos compactos, e depois extrapolou para os médios. Os primeiros seis meses mostram que o fôlego do Jeep Compass continua. Ele já teve 28.194 unidades emplacadas, muito à frente dos SUVs de seu porte, e 5 mil a mais que o Honda HR-V, líder dos compactos.

Tudo indica que o Jeep caminha para o bicampeonato do segmento, mesmo com a ameaça de novos modelos como Chevrolet Equinox (2.354), VW Tiguan (1.201) e o Toyota RAV4 mais acessível (2.190). Dos modelos maiores, os que mais se aproximam dele são Toyota SW4 (6.142), Hyundai ix35 (4.514) e Kia Sportage (2.997). O que mais deve crescer no segundo semestre é o recém-lançado Tiguan Allspace.

No andar de baixo, a briga continua acirrada, a ponto de ficar difícil apostar em qual chegará à frente no fim do ano: o líder HR-V (23.149) está em viés de baixa, mas terá retoques visuais em breve. O mesmo ocorrerá com o Jeep Renegade (21.430), que cresce impulsionado por Vendas Diretas. Nissan Kicks (21.837) e Hyundai Creta (20.152) ainda estão em viés de alta e podem surpreender.

O pioneiro Ford EcoSport (15.988) e o Chevrolet Tracker (13.440) reagiram após mudanças, mas ficam num patamar distante dos líderes. Curioso é tentar entender o que a Honda pretendeu com o WR-V, que teve apenas 7.975 unidades vendidas. Ele não vingou, e ainda atrapalhou as vendas do HR-V. A grande novidade para este ano será o SUV compacto da VW, o T-Cross, que chega próximo do Salão.

Hatches compactos

Chevrolet Onix segue na liderança, com quase a soma do segundo e do terceiro: Hyundai HB20 (50.419) e Ford Ka (48.262)
Divulgação

Chevrolet Onix segue na liderança, com quase a soma do segundo e do terceiro: Hyundai HB20 (50.419) e Ford Ka (48.262)

Já falamos no ano passado que, para este segmento de maior volume, um é pouco, dois é bom, três é demais. E isso fica novamente comprovado com o desempenho absurdo da Chevrolet com o convívio das duas gerações do Onix (a versão Joy, de entrada, ainda não evoluiu). O modelo da GM teve 89.620 unidades emplacadas, quase a soma do segundo e do terceiro: Hyundai HB20 (50.419) e Ford Ka (48.262).

A Volkswagen assumiu a liderança de vendas de compactos, com 97.835 unidades, mas para isso precisa de quatro modelos, três deles em baixa: Gol (32.512), Fox (18.688) e Up (9.797). Esses dois últimos não deverão ter vida longa na gama VW. Mas o que alegra os executivos e concessionários é o novo Polo, com 34.138 emplacamentos. Ele é disparado o compacto premium mais vendido do país, sucesso instantâneo, e com margem de lucro melhor que dos outros três modelos pequenos da marca.

O mesmo raciocínio vale para a Fiat, que vendeu 58.086 compactos, na soma de Mobi (24.997), Uno (4.761) e Argo (27.983), além de um resquício de Palio. Aliás, pelos números, fica claro que o Uno caminha para uma merecida despedida, restando a dupla Mobi e Argo. Este vai bem, mas aquém do sucesso do Polo. Pelos planos apresentados pela FCA em junho, a Fiat deverá apostar cada vez mais em crossovers, e menos em carros de passeio.

A Renault também colhe os resultados de uma dupla bem planejada. O Sandero (25.093) mantém bom ritmo de vendas, enquanto o subcompacto Kwid (29.678), com seu estilo crossover, finalmente embalou no mercado.

A Toyota viu diminuir as vendas do Etios (19.509), mas aposta no sucesso do Yaris, que chega este mês às lojas com expectativa de bons volumes. Já a Ford comemora os bons resultados do Ka, que terá leves retoques e novidades mecânicas a partir deste mês. Já o Fiesta (8.977) está cada vez mais esquecido.

Sedãs compactos

Chevrolet Prisma reproduz o sucesso de seu
Divulgação

Chevrolet Prisma reproduz o sucesso de seu “irmão” hatch, com praticamente o dobro do 2º colocado Voyage

Aqui, o território ainda é da GM, mas com forte ameaça da VW. O líder Prisma (32.015) vendeu o dobro do VW Voyage (15.282). Mas no andar de cima, onde os lucros são maiores, o Chevrolet  Cobalt (8.309) perdeu muito mercado para o VW Virtus (16.937), novidades deste ano que ainda está em viés de alta.

Na sequência vêm Ka Sedan (16.937), em alta, Hyundai HB20S (15.446), Toyota Etios (14.927), Nissan Versa (12.907) e o ainda novo (e crescente) Fiat Cronos (11.185). Assim como no segmento hatch, a novidade do semestre será o Toyota Yaris Sedã, que chega este mês.

Sedãs médios

O Corolla é um dos responsáveis por manter a Toyota entre os três fabricantes de maior sucesso no mundo
Divulgação

O Corolla é um dos responsáveis por manter a Toyota entre os três fabricantes de maior sucesso no mundo

A resiliência do Toyota Corolla é algo impressionante. Mesmo sem grandes novidades, ele se mantém no Top 10 de vendas, com 28.554 unidades emplacadas no semestre. Deve sofrer um pouco de canibalização com a chegada do Yaris Sedã, mas nada que ameace sua supremacia. O Honda Civic (13.142), bem mais atual, não chega à metade do Corolla, muito menos o competente Chevrolet Cruze (9.705).

Fora esses três modelos, não há nenhum outro sedã médio com volume de vendas relevante, o que comprova que o segmento está perdendo muito espaço para os SUVs e para os compactos premium. Assim, caminha para virar um nicho de mercado, por incrível que pareça. O único lançamento importante a caminho é a nova geração do VW Jetta, nada que possa causar grande frisson no mercado.

Picapes

As vendas diretas são a grande salvação para as vendas do Fiat Strada
Divulgação

As vendas diretas são a grande salvação para as vendas do Fiat Strada

Entre as pequenas, nenhuma novidade. A Fiat Strada continua na frente (32.505), e aumentou a vantagem em relação à VW Saveiro (22.189). Já a Chevrolet Montana (5.205) perde mercado a cada ano, e tende a ser extinta. A Renault Oroch (6.459) se estabilizou num patamar decepcionante para suas pretensões. O grande fenômeno do segmento é a Fiat Toro (26.062), que ganha vendas a cada ano, mesmo com quase três anos de estrada.

Já o segmento médio está pouco agitado, mas não por muito tempo. Toyota Hilux mantém a liderança (15.486), seguido cada vez mais de perto pela Chevrolet S10 (15.486). No bloco bem abaixo estão três modelos em alta: Ford Ranger (8.532), VW Amarok (7.959) e Mitsubishi L200 (5.275). Felizmente, este será um dos segmentos com mais novidades na virada do ano, com a chegada de versões mais baratas da Nissan Frontier, agora feita na Argentina, e de suas inéditas irmãs de plataforma, Renault Alaskan e Mercedes Classe X. Já a FCA promete para o ano que vem a chegada da Ram 1500, vinda do México.

Os nichos

Apesar dos nichos abrigarem grandes projetos, o brasileiro não os tem na lista de prioridades
Divulgação

Apesar dos nichos abrigarem grandes projetos, o brasileiro não os tem na lista de prioridades

Os segmentos de nicho continuam encolhendo em volume de vendas e em quantidade de opções. As duas peruas mais vendidas devem sair de linha em breve: VW SpaceFox (2.511) e Fiat Weekend (1.283). Monovolumes ainda justificam certo investimento, como o novo Chevrolet Spin, que chega às lojas este mês. No semestre, teve 9.817 unidades vendidas, um pouco menos que o Honda Fit (13.832), mas bem acima do Citroën Aircross (2.951).

Hatches médios continuam em processo de desidratação. Todos perderam vendas, mesmo num ano de crescimento geral. Hoje, os que mais vendem são Chevrolet Cruze (2.834), VW Golf (1.721) e Ford Focus (1.615). Nem mesmo a recente renovação leve do Golf deve dar um alento ao segmento que mais sofreu com a febre dos SUVs. Resta ver quantos desses carros de nicho sobreviverão no próximo balanço do semestre .

 

Fonte: IG

Comentários Facebook

Carros

Rubens Barrichello e referências em motociclismo e transporte conhecem a Moove, maior fábrica de lubrificantes da América Latina

Publicado

Embaixadores da marca Mobil™ fizeram um tour para conhecer as instalações da planta em encontro com executivos e colaboradores

 

Na última sexta-feira, dia 8, embaixadores da marca de lubrificantes Mobil™ visitaram as instalações da Moove, maior fábrica de lubrificantes da América Latina. Responsável por produzir e comercializar o produto da marca Mobil™ no Brasil, a planta que fica na Ilha do Governador, no Rio de Janeiro, recebeu Rubens Barrichello, Leandro Mello, Dentinho e Pedro Trucão. Eles foram recepcionados pelas equipes de operações e infraestrutura da fábrica, onde fizeram um tour e conversaram com os colaboradores. Eduardo e Fernando Barrichello também acompanharam o pai na visita.

Piloto da equipe Mobil™ Full Time Sports, na maior categoria do automobilismo brasileiro, Rubinho Barrichello é parceiro da marca há sete anos. Leandro Melo, piloto de teste, apresentador e responsável pela escola de pilotagem Motors Company, é referência em motociclismo no Brasil. Parceiro mais antigo da marca, Dentinho é piloto e líder da equipe Força & Ação e roda o Brasil com cursos e apresentações com manobras radicais em motocicletas. Pedro Trucão, jornalista, repórter e apresentador especializado em transporte rodoviário de cargas, é parceiro e produz conteúdos com seus colegas caminhoneiros por todos os cantos do País.

Foi um dia de troca de experiências entre os rostos que representam a marca e as pessoas que atuam na Moove, responsáveis por produzir os lubrificantes Mobil™ no Brasil. A visita foi uma oportunidade de ver de perto todas as instalações da empresa. Eles puderam conhecer a “Ilha Terminal”, local onde o óleo é armazenado, quando bombeado do navio e a área de envase, onde os produtos são embalados e dali, seguem para a área de distribuição. Eles conversaram e tiraram fotos com os colaboradores da fábrica. Na oportunidade houve ainda uma exposição com o carro do Rubinho Barrichello na Stock Car e duas motos do Leandro Mello.

O encontro foi uma iniciativa da Moove para promover a aproximação dos influenciadores com os colaboradores da marca. Flávio Boa, Gerente Executivo de Operações destacou a alegria de receber os embaixadores e de ter a oportunidade de expor o carro do Rubinho e as motos do Leandro Mello na fábrica. “Quando vemos esses carros e motos de alta performance, a gente concretiza o que fazemos aqui na fábrica todos os dias”, afirmou reforçando que a Moove também produz óleos básicos para a indústria, agricultura, caminhões, navios e aviões. “A gente se orgulha muito de ajudar o país a se movimentar. Afinal, tudo o que tem motor, precisa de lubrificante, então nosso produto acaba sendo essencial para diversas empresas e setores e isso demonstra a responsabilidade e o potencial da Moove”, destacou. Flávio comentou ainda sobre a preocupação da Moove com uma gestão sustentável, “Às vezes as pessoas têm uma visão incorreta sobre lubrificantes, achando que o produto é responsável por poluição quando, na verdade, o lubrificante de alta performance e tecnologia contribui para uma menor emissão de gás carbônico. Outro equívoco é pensar que o produto é inflamável, uma vez que o lubrificante não é. Inclusive vale reforçar que a segurança é um pilar fundamental em nossa operação É um dos nossos principais valores que faz parte do nosso dia a dia em tudo o que fazemos”, reforçou Flávio.

Gestão Sustentável

Christine Dias Pires, Gerente de Infraestrutura da Moove, também recebeu os influenciadores e destacou as práticas ESG da companhia. “Estamos caminhando numa crescente atuação com práticas extremamente responsáveis em relação ao meio ambiente e questões sociais. Cumprimos com todas as normas e vamos além. Há um tempo contamos com uma estratégia de sermos cada vez mais protagonistas em uma gestão sustentável. Queremos sempre fazer algo a mais do que é legalmente estabelecido. Por isso, estamos nessa jornada de geração de valores”, afirmou destacando que hoje a fábrica é 100% movida a energia de fonte renovável.

Além disso, a empresa busca alternativas para diminuir o uso de plástico nas embalagens, como é o caso da opção de venda a granel. A marca Mobil foi pioneira ao lançar o programa Troca Inteligente, uma maneira econômica e ecológica para trocar o óleo. Desde o início dessa operação, já foi possível evitar o descarte de 2 milhões de embalagens plásticas. Christine comentou ainda sobre a preocupação e projetos voltados à comunidade do entorno da fábrica, na Ilha do Governador, destacando que várias ações já foram realizadas e muitas outras que ainda serão feitas.

Bate-papo com influenciadores

Os colaboradores da Moove também tiveram a oportunidade de conversar com os embaixadores da marca. Durante o bate-papo, Rubinho destacou o prazer de ter participado desse momento de aproximação. “Sou embaixador da marca já faz algum tempo e é um grande prazer, pois é um carinho recíproco. E hoje estar aqui, presenciar e ver todo o trabalho que é feito, junto com os meus dois filhos, é uma alegria enorme”, afirmou. Leandro Mello, contou brevemente sobre o seu trabalho e destacou que a parceria com a marca Mobil™ aconteceu no seu melhor momento. “Eu parei com as competições para me dedicar aos testes, desenvolvimento e principalmente à escola de pilotagem e foi uma fusão maravilhosa junto com a Mobil™, pois a moto é movida por paixão. Então essa atenção que a Mobil™ dá para o seu produto é incrível. Ontem eu pude passar o dia inteiro com os engenheiros aqui na fábrica e fiquei impressionado”, destacou.

Parceiro da marca desde 1996, Dentinho esteve pela primeira vez na fábrica, e também destacou a alegria de compartilhar esse momento. “São 26 anos de parceria. Estou muito feliz e impressionado. Agora, quando eu for colocar o óleo Mobil™ sei que tem muito capricho de vocês, colaboradores e vou utilizar com ainda mais carinho agora”, afirmou. Pedro Trucão, que aproveitou para gravar muitos conteúdos pela fábrica para seu programa Pé na Estrada, destacou a importância do transporte para o desenvolvimento do país. ”O transporte faz parte do nosso dia a dia e não tem como ser diferente. Quando eu estou na estrada, encontro um caminhoneiro, ou um produtor rural, por exemplo, e ele me diz que usa o lubrificante Mobil™ eu fico muito feliz, pois tem muita tecnologia”, afirmou.

Sobre a Moove 

Com origem brasileira e atuação internacional, a Moove é uma das maiores produtoras e distribuidoras de lubrificantes e óleos básicos do Brasil. Com presença na América do Sul, Europa e Estados Unidos. Parte do Grupo Cosan, a companhia, por meio de seus produtos e serviços, movimenta diversos segmentos como o automotivo, agrícola, aéreo, naval e industrial.

Sobre a marca de lubrificantes Mobil™

Os lubrificantes Mobil™ estão presentes nos mais diversos segmentos do mercado. Seja levando astronautas para o espaço, movimentando todos os setores industriais, movendo as colheitas de terras agrícolas, fretes terrestres, aéreos e marítimos, movimentando carros, motos e caminhões. Acima de tudo, movimentando pessoas. Por isso, a marca está em constante movimento junto aos seus consumidores, contribuindo com a evolução de suas trajetórias, rumo à novas conquistas. Afinal, se tem movimento, tem Mobil™.

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Carros

Detran-MS publica calendário anual de licenciamento para 2020

Publicado

O vencimento do licenciamento é de acordo com o número final da placa do veículo

Detran/MS (Departamento de Trânsito) publicou em Diário Oficial nesta segunda-feira (23), calendário anual de licenciamento de veículos para 2020.

A publicação deve-se a repartição de recursos provenientes do Seguro Obrigatório de Danos Pessoais causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres – DPVAT.

O vencimento do licenciamento é de acordo com o número final da placa do veículo. Confira abaixo a placa e o mês que vence o imposto.

A portaria entrará em vigor a partir de 1º de janeiro de 2020.

Informações do site Midiamax

Comentários Facebook
Continue lendo

TRÊS LAGOAS

CÂMARA DE TRÊS LAGOAS

Assembléia Legislativa MS

Mato Grosso do Sul

POLICIAL

Mais Lidas da Semana