TRÊS LAGOAS MS
  Últimas
Braga Netto deverá ser o vice de Bolsonaro e Tereza Cristina poderá disputar o Senado
Polícia Civil identifica suspeito de tentativa de homicídio em Três Lagoas
Homem morre atropelado enquanto empurrava carro estragado para fora de rodovia em MS
Ladrão vestido de ‘fantasma’ furta companhia de água
Pai e filha morreram em colisão frontal entre carro e bitrem na BR-262
Polícia Militar prende dois autores de furto em Anastácio
“Capitania Itinerante” atende amadores, aquaviários e proprietários de embarcações até sexta-feira (01)
Superintendente da PRF/MS visita Procurador-Chefe do MPF em MS
Mato Grosso do Sul termina o Brasileiro Sub-18 de Judô com cinco medalhas
Polícia Militar prende cinco homens com pendências judiciais na área do 7º BPM
Águas abertas: Ana Marcela Cunha conquista ouro nos 5 km no Mundial
Em Paranaíba, Polícia Militar prende dois homens por cometer o crime de violência doméstica
Polícia Militar prende homem por dirigir embriagado e sem Carteira de Habilitação em Paranaíba.
Polícia Militar prendeu três homens por cometer crime de tráfico de drogas em de Paranaíba
Timão se reapresenta e inicia preparativos para jogo da CONMEBOL Libertadores
Polícia Militar prende homem de 24 anos por cometer furto em Aparecida do Taboado
Polícia Militar da 10ªCIPM realiza operação Lagoa Segura
Polícia Militar prende homem de 22 anos por dirigir perigosamente em Aparecida do Taboado
PRF participa de peregrinação e recebe homenagem em Campo Grande (MS)
Projeto “Vida na Praça” chega ao Distrito de Arapuá neste domingo (03)
Polícia Militar divulga levantamento das ações semanal da 10ªCIPM
Polícia Militar faz acompanhamento da 1ª Corrida de Rua em Alusão ao Dia do Bombeiro Militar, em Aparecida do Taboado
Polícia Militar garante a segurança durante evento de carros antigos em Aparecida do Taboado
Polícia Militar realiza o patrulhamento rural na região da “Mata” no município de Paranaíba/MS.
Polícia Militar prende mulher por violação de domicílio, dano e desacato em Nova Andradina
Fazendo Arte entra no balanço dos 35 anos da Ginga Cia de Dança
Atenção proprietários de veículos: Última semana para quitar licenciamento de placas com final 3 e 4
Carga de maconha é apreendida pela Polícia Militar Rodoviária, na MS-164, em Ponta Porã
PMMS realiza Passagem de Comando do Batalhão de Guarda e Escolta
Projeto Segunda Legal traz dicas de comunicação para o pleito de 2022
Next
Prev

Mato Grosso do Sul

Alvos de mega operação, 38 sofreram devassa nas contas bancárias

Publicado

Trinta e oito pessoas físicas e jurídicas tiveram suas contas bancárias analisadas pela equipe de investigação da Operação Lama Asfáltica de janeiro de 2007 a novembro de 2013. Elas tiveram o sigilo quebrado pela Justiça Federal, atendendo solicitação do comando da investigação. As decisões judiciais foram em duas etapas, a primeira em julho de 2013, alcançando 11 alvos, e a segunda em fevereiro de 2014, envolvendo 27 empresas e pessoas físicas, entre elas João Alberto Krampe de Amorim dos Santos, o genro dele, Luciano Potrich Dolzan, além da CG Solurb Soluções Ambientais, LD Construções/Socenge Construções Ltda.

Houve o pedido de inclusão de outros nomes na lista, mas a Justiça entendeu que não havia ligação direta com o objeto da investigação e por isso indeferiu os pedidos. Foi o que ocorreu com a Itel Informática Ltda e seu dono, João Baird. Já com relação a “duvidosa evolução patrimonial” de André Luiz dos Santos, dono da A.L Santos Ltda, o entendimento do Judiciário é de que ela deve ser objeto de um outro procedimento investigatório, por não ter sido verificado de forma consistente a participação dele no âmbito da Lama Asfáltica.

Na investigação da Lama Asfáltica, André dos Santos é tido como “o novo milionário”. A empresa dele, mesmo sendo de pequeno porte venceu licitação derrotando grandes do setor da construção e rapidamente verificou-se uma grande evolução patrimonial dele, com a compra de fazenda e apartamentos.

Entre as empresas que tiveram a quebra do sigilo bancário estão a Kamerof Participações Ltda e a Arklyleius Holding. Há suspeita de que essas empresas serviam para enviar dinheiro para o exterior, tendo em vista que a Arklyleius tem sede na Holanda e uma das sócias, Elza Cristina Araújo dos Santos do Amaral, que de funcionária da Proteco, pertencente a João Amorim, passou a ser sócia dele na empresa e também da empresa com escritório da Holanda. A Polícia Federal apurou que ela, embora tenha passaporte, nunca viajou para fora do país

A Polícia Federal e a CGU (Controladoria Geral da União) não dão detalhes dessa fase da investigação. Falam somente da operação realizada no último dia 9, em que foram cumpridos mandados de busca e apreensão na Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimento), Secretaria Estadual de Infraestrutura, na Proteco e outras empresas, além da casa de João Amorim e do ex-deputado federal e ex-secretário estadual de Obras Edson Giroto, que após a ação pediu afastamento do cargo de assessor no Ministério dos Transportes.

Na Operação Lama Asfáltica, além de computadores de documentos, foram apreendidos cerca de R$ 700 mil em dinheiro e cheques, aproximadamente US$ 100 mil, 3 mil euros e 100 libras esterlina. Tudo estará depositado numa conta judicial até a conclusão do caso. A análise e perícia do material apreendido deve levar seis meses para ser concluído.

Por: Campo Grande News

Comentários Facebook

Mato Grosso do Sul

Mato Grosso do Sul termina o Brasileiro Sub-18 de Judô com cinco medalhas

Publicado

por

A delegação que representou Mato Grosso do Sul no Campeonato Brasileiro Sub-18 de Judô voltou para a casa com a mala mais pesada. Duas medalhas de ouro e três de bronze foram conquistadas pelos sul-mato-grossenses na competição, que neste ano foi sediada em Vitória (ES), nos dias 25 e 26 de junho. O evento foi organizado pela Confederação Brasileira de Judô (CBJ), e os atletas contaram com o apoio do Governo do Estado, através da Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte) para participar das disputas.

No quadro de medalhas geral e masculino, Mato Grosso do Sul figurou em quarto lugar, atrás de São Paulo, Paraná e Rio de Janeiro. No quadro feminino, o estado terminou em terceiro lugar, atrás de São Paulo e Paraná. “Mato Grosso do Sul mais uma vez figura entre os melhores do Brasil. Esse é o resultado do esforço e dedicação de nossos atletas, além do investimento do Governo do Estado em seus talentos. Este é apenas o início de uma carreira brilhante”, declara o diretor-presidente da Fundesporte, Silvio Lobo Filho.

Conforme a CBJ, a competição contou pontos para o Ranking Nacional, que determina quais atletas representarão o Brasil em competições internacionais. “Todo o trabalho dos clubes nos proporcionou esse resultado”, conta Marcelo Matos, diretor-técnico da Federação de Judô de Mato Grosso do Sul (FJMS). “Era uma seleção recheada de talentos, e esse retorno apenas nos comprova isso. Essa faixa etária é decisiva para decidir o futuro destes atletas no esporte, e mais uma vez estamos nos colocando entre os melhores da categoria”, continua.

Segundo Marcelo, o momento é para ficar de olho nas competições mundiais. “Os resultados demonstrados nessa idade são a porta de entrada para eventos de grande porte. Mato Grosso do Sul demonstrou sua força em uma competição de alto nível, em frente aos olhos de técnicos da Seleção Brasileira”, conclui.

O Campeonato Brasileiro Sub-18 de Judô foi realizado pela Confederação Brasileira de Judô (CBJ). A delegação sul-mato-grossense contou com o apoio do Governo do Estado, por meio da Fundesporte, para sua participação.

Confira abaixo os resultados da Competição:

Relatório – Campeonato Brasileiro Sub-18 de Judô

Clara Rockel – Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte)

Foto de destaque: Divulgação/FJMS

Fonte: Governo MS

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso do Sul

Atenção proprietários de veículos: Última semana para quitar licenciamento de placas com final 3 e 4

Publicado

por

Esta semana é o último prazo para que proprietários de veículos com placas terminadas em 3 ou 4 possam fazer o pagamento do CRLV, documento de porte obrigatório, que autoriza o automóvel a circular pelas vias, atestando que ele está em conformidade com as normas de segurança e ambiental.

O pagamento pode ser feito em qualquer agência do Detran (Departamento Estadual de Trânsito) ou na rede bancária credenciada: Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Bradesco, Casas Lotéricas e Banco Postal dos Correios e Rede Pague Fácil.

Outra alternativa são os aplicativos de banco que permitem a utilização do código de barras ou QR Code para o pagamento por PIX.

Além da versão impressa, o CRLV pode ser apresentado, quando solicitado pela autoridade de trânsito, em formato digital, por meio da CDT (Carteira Digital de Trânsito).

O motorista flagrado circulando com veículo não licenciado comete uma infração gravíssima, estando sujeito a uma multa de R$ 293,47.

 

Katiuscia Fernandes – Subcom

Fonte: Governo MS

Comentários Facebook
Continue lendo

TRÊS LAGOAS

CÂMARA DE TRÊS LAGOAS

Assembléia Legislativa MS

Mato Grosso do Sul

POLICIAL

Mais Lidas da Semana