Três Lagoas-MS

  Últimas
Com um jogador a menos Vasco é superado pelo Coritiba
BOLETIM COVID-19: Três Lagoas tem 25 novos casos positivos neste domingo (17) e chega a 1.354 ativos
Ocupação de leitos em UTI Covid continua alta nas cinco macrorregiões do Estado
CSA e Avaí empatam em jogo com arbitragem polêmica
Fora de casa, Confiança vence Oeste e alcança 45 pontos
Fluminense vence Sport por 1 a 0 no Nilton Santos
Juventude vence o Cruzeiro e segue firme para voltar ao G4
Veja exemplos de jovens que evitam aglomerações para impedir contágio do coronavírus
SED divulga segunda lista de designação neste domingo; matrícula começa na segunda
Confira as medidas de segurança durante a prova do Enem
Domingo de tempo fechado com chance de mais chuva para o Estado
Governo do Estado começa o ano com pacote de obras de R$ 376 milhões para pavimentação e restauração de estradas
Empreendedora de turismo investe na agricultura familiar e resolve divulgar produção no Manucã
Polícia Militar prende um homem por dirigir embriagado em Coxim
Moradores de Três Lagoas vão parar na Globo após câmeras de segurança flagrarem boa ação
Em Arapuá| Motorista fica ferido em acidente na estrada vicinal da Serraria
Polícia Militar prende homem com mandando de prisão em São Gabriel do Oeste
Polícia Militar em conjunto com a Policia Civil prende dois por furto em Rio Verde MT/MS
Fora de casa, Grêmio empata em 1 a 1 com o Palmeiras
Figueirense derrota Brasil de Pelotas por 3 a 0
Paraná é derrotado para o Sampaio e fica em situação complicada na tabela
No Independência, América empata com o Botafogo-SP
Doações de sangue podem ser feitas até as 12h deste sábado no Hemosul
Árbitro Marcelo de Lima Henrique comanda o jogo contra Ceará e Bragantino
Timão faz primeiro treino tático em preparação para o Derby
Furacão terá 23 jogadores à disposição contra o São Paulo
BOLETIM COVID-19: Três Lagoas tem 38 novos casos positivos neste sábado (16) e chega a 1.329 ativos
Granja em Rio Verde recebe primeiras 600 matrizes de suínos e consolida projeto de expansão do setor em MS
Polícia Militar Ambiental de Três Lagoas autua paulista em R$ 51,6 mil por derrubada de árvores e incêndio ilegal da vegetação nativa em sua fazenda em Selvíria
Em 24 horas MS registra 1.316 exames positivos de Covid-19 e 13 mortes
Next
Prev

Tecnologia

Dia das Crianças: especialista dá dicas para compra segura na internet

Publicado

Considerada uma das datas de maior movimento para o comércio, o Dia das Crianças, celebrado no país em 12 de outubro, aumenta a procura por compras na internet, como brinquedos e outros produtos voltados ao público infantil. Nesse período, os pais devem redobrar a atenção no uso da internet para compras online. Muitas vezes, atraídos por ofertas que parecem imperdíveis, os usuários da rede acabam caindo numa prática chamada phishing, que representa 90% dos golpes na internet, em que os dados pessoais e financeiros das pessoas são roubados, principalmente a partir falsos e e-mails e páginas da internet que simulam sites de compras.

Um relatório da APWG – consórcio internacional que reúne empresas afetadas por ataques de phishing  – mostra que de janeiro a junho deste ano, um total de 312.766 sites falsos na internet (phishing webs) foram detectados. No Brasil, no segundo trimestre do ano, entre abril e junho, mais de 9,5 mil ataques de phishing foram reportados. Um outro balanço, elaborado pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban), mostrou que entre março e junho, houve um aumento de 70% na tentativa de golpes envolvendo instituições financeiras.

Aparência das páginas

Para não entrar nas estatísticas de internautas que foram vítimas de golpes, o  gerente de Segurança da Certisign, Oscar Zuccarelli, ressalta a importância de se observar atentamente a aparência do site antes de inserir qualquer informação.

“Em muitos casos, os criminosos virtuais criam páginas idênticas aos e-commerces ‘originais’. Por isso, é muito importante que o consumidor preste atenção aos pequenos detalhes da página, como erros ortográficos, a identidade visual do site e a própria URL. Uma letra trocada ou uma fonte ligeiramente diferente podem ser indícios de fraude”, explica.

Dispositivos de segurança

Outro ponto fundamental a ser observado pelo consumidor na internet, que quase nunca fica atento, diz respeito aos dispositivos de segurança dos próprios sites. Um deles é verificar a presença do Certificado Digital SSL (Secure Socket Layer), que faz a criptografia (comunicação segura) das informações trafegadas no site. O indicativo desse certificado dos indícios é a letra “S” depois da sigla HTTP na barra de endereços, além de um cadeado fechado no canto esquerdo do navegador.

“Primeiro, é preciso olhar para a barra do navegador e ver se aquele link é de fato daquela empresa que você está procurando.  Depois, olhar se tem o cadeado com o certificado digital. Se você está acessando um site onde você não tem um cadeado, que é o S do HTTP, ele tá dizendo que a comunicação entre o seu dispositivo e aquela empresa não está criptografado. E trafegar por um site sem que seus dados estejam criptografados é um risco grande, você compromete a sua segurança na rede”, afirma o executivo.

Além de observar a certificação digital, o cliente pode clicar no cadeado na barra de endereços de seu navegador web e verificar qual é o domínio protegido. “É comum que os fraudadores coloquem um Certificado SSL na página, mas referente outro domínio, que não é o da mesma empresa, por isso é importante checar, porque nem sempre só conferir a presença do cadeado ou do selo de segurança é o suficiente”, aponta.

Ofertas por e-mail e redes sociais

Além dos sites de e-commerce (venda online), os ataques via e-mail e, mais recentemente, por meio das redes socais, também são comuns. O consumidor deve desconfiar de ofertas muito atraentes, que chegam por e-mail ou até mesmo por aplicativos como o WhatsApp. “Antes de clicar nos links inseridos no e-mail, verifique na própria loja virtual de onde teria partido essa oferta e, consequentemente, se a promoção é verdadeira”, afirma Zuccarelli. Sempre que o consumidor receber uma mensagem suspeita, o ideal é apaga-la da caixa de email sem nem abrir. No caso das redes sociais, a tentativa pode ser atrair a atenção do consumidor com ofertas que parecem muito personalizadas.

“A gente tá recebendo diariamente contatos de pessoas que não conheço, via WhatsApp, colocando uma situação para que a pessoa se interesse clicar num determinado naquele link. A ideia é fazer um contato e as pessoas acabem clicando. Quando a gente está falando em rede social, o fraudador está cada vez mais observando o seu comportamento, olhando o que você curte, os seus interesses, para fazer um ataque direcionado”, aponta o especialista.

Por Agência Brasil

Comentários Facebook

Tecnologia

Como justificar o voto pela internet no site do TSE e aplicativo

Publicado

Nos períodos eleitorais sempre surgem algumas dúvidas. Uma dessas dúvidas frequentes, é a necessidade de justificar o voto, caso não possa comparecer a uma seção eleitoral no dia das eleições. Para evitar pendências com a Justiça Eleitoral, veja como enviar uma justificativa de ausência pelo site do Tribunal Superior Eleitoral e também pelo aplicativo e-Título.

O eleitor tem dois momentos para justificar

  • No dia da votação: se estiver distante de onde vota, é possível ir a qualquer seção eleitoral (das 7h às 17h) e requerer um formulário para preencher com suas informações (leve seu título de eleitor e/ou documento de identidade com foto);
  • No dia seguinte à votação: para os eleitores que, por algum motivo, estiveram incapacitados de ir a uma seção (mesmo fora do domicílio eleitoral) existe a possibilidade de justificar a ausência via internet, por meio do sistema Justifica.

Como usar o sistema Justifica no site do TSE

  1. Acesse o site do sistema Justifica;
  2. Clique na opção “Iniciar requerimento de justificativa”;
  3. Preencha os campos obrigatórios com suas informações do título de eleitor, nome completo e data de nascimento. Marque a caixinha “Não sou um robô” e clique em “Avançar”;

    Como justificar o voto pela internet no site do TSE

  4. Na próxima tela, preencha os dados da sua justificativa. Além de suas informações pessoais, selecione para qual turno e eleição está justificando o voto. Também é necessário escrever o motivo da ausência e anexar, no mínimo, uma imagem de algum documento que comprove sua justificativa. Os arquivos devem estar nos formatos “jpg” ou “pdf”, com tamanho máximo de 2MB;

    Justifica TSE / Reprodução

  5. Clique em enviar. Você receberá, pelo e-mail cadastrado, seu número de protocolo para consultar o andamento da requisição.

Informações importantes sobre a justificativa via internet

  1. O eleitor precisa fazer uma justificativa diferente para cada turno de eleição;
  2. O prazo para justificar a ausência é de até 60 dias a partir do dia de votação;

Quem não justifica paga multa?

Sim. De acordo com o TSE, quem não votou, nem justificou ausência em até 60 dias após a eleição precisa pagar uma multa, que deve ser paga em agências do Banco do Brasil. Contudo, primeiro é necessário solicitar a Guia de Recolhimento da União (GRU) no site do TSE. A multa pode chegar a um valor de R$3,51 por cada turno de ausência.

Justifique seu voto pelo smartphone ou tablet

O Tribunal Superior Eleitoral fez uma atualização no aplicativo “e-Título”, que permite aos eleitores justificarem sua ausência nas votações pelos smartphones e tablets.

O “e-Título” funciona como uma versão digital do título de eleitor, ao reunir todas as informações referentes ao título de eleitor de uma pessoa. Inclusive, o site da Justiça Eleitoral recomenda que eleitores usem o aplicativo para justificar seu voto, caso não possam comparecer nos dias de votação.

Como fazer cadastro no aplicativo e-Título

Para utilizar o aplicativo e-Título e ter uma versão digital do seu título de eleitor no celular, baixe a versão mais recente do app para Android na Play Store e para iOS na App Store. Depois de instalar o App, faça o seguinte:

  1. Preencha seus dados;
  2. No campo “Tipo de documento” — Selecione “Título de eleitor”;
  3. Depois, o app vai gerar três campos de perguntas referentes aos seus dados cadastrais, para confirmar sua identidade. Caso erre algum, será gerado outro campo com perguntas diferentes das que você errou;
    Como justificar o voto pela internet site do TSE e aplicativo
  4. Após passar pelas perguntas, defina uma senha e confirme;

Depois de completar esses passos, você vai estar com seu e-Título devidamente habilitado e terá acesso a documentos como a certidão de quitação eleitoral e também vai poder justificar seu voto via aplicativo.

Como justificar voto usando o e-Título

Para justificar seu voto usando o e-Título siga esses passos:

  1. Na tela principal do aplicativo, selecione o campo “Mais opções”;
  2. Marque a opção: “justificativa de ausência;
    Como justificar o voto pela internet site do TSE e aplicativo
  3. Selecione o período eleitoral que deseja justificar, depois preencha o campo com sua justificativa e o campo seguinte com seu e-mail;
  4. Coloque em anexo um documento que comprove a sua justificativa;

A opção de “justificativa de ausência” referente ao ano de 2020, será liberada a partir dos dias de eleição cada turno. Ou seja, nos dias 15 e 29 de novembro.

Dessa forma, caso você não possa comparecer nos dias de eleição, será possível fazer a justificativa sem a necessidade de se deslocar até uma seção eleitoral no dia das votações ou a um cartório eleitoral após às eleições.

Com informações: Justiça Eleitoral

Comentários Facebook
Continue lendo

Tecnologia

Plataforma digital vai gerar 1 milhão de oportunidades para jovens

Publicado

Empresas, sociedade civil, Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) e a Organização Internacional do Trabalho (OIT) lançaram nesta quarta-feira (28) uma iniciativa chamada Um Milhão de Oportunidades. O foco reúne adolescentes e jovens de 14 a 24 anos, em especial os que estão em situação de vulnerabilidade – como negros e pardos, indígenas, moradores de periferias urbanas e áreas rurais e pessoas com deficiência. 

A meta, segundo os idealizadores, é gerar, nos próximos dois anos, um milhão de oportunidades em quatro pilares: acesso à educação de qualidade; inclusão digital e conectividade; fomento ao empreendedorismo e protagonismo de adolescentes e jovens; e acesso ao mundo do trabalho em oportunidades de estágio, aprendiz e emprego formal.

Plataforma

Por meio de uma plataforma digital, a iniciativa pretende auxiliar adolescentes e jovens a buscar informações, por regiões, de qualidade sobre oportunidades e formação para o mundo do trabalho.

Todas as oportunidades poderão ser acessadas no site e no aplicativo, que terão um monitoramento sobre o preenchimento efetivo de cada oportunidade pelas empresas participantes por meio de um acordo de adesão.

“ Devemos cuidar, incentivar e apoiar o ensino de todos os jovens, principalmente os que se encontram em situação de vulnerabilidade, pois neles creditamos a esperança de um Brasil mais justo e igualitário. Temos que trabalhar para garantir mais oportunidades para todos”, disse Juliana Azevedo, executivo da P&G Brasil.

Adolescentes e jovens

Com uma população de 48 milhões de pessoas entre 10 e 24 anos, o Brasil tem hoje a maior geração de adolescentes e jovens de sua história, segundo o Unicef. Um dado preocupante é que um em cada quatro adolescentes e jovens não estuda, nem trabalha. O ensino médio é a etapa com maiores índices de evasão escolar. Em 2018, mais de 458 mil adolescentes deixaram a escola.

“Diante  da pandemia da covid-19, esses números podem aumentar ainda mais. É essencial investir agora nos adolescentes e jovens em situação de vulnerabilidade, criando oportunidades para que se mantenham aprendendo e consigam ingressar no mundo de trabalho. Só assim será possível quebrar o ciclo de pobreza que afeta tantas famílias”, explicou Florence Bauer, representante do Unicef no Brasil.

Ainda na avaliação dos especialistas, a velocidade dos avanços tecnológicos pode aumentar ainda mais as desigualdades no Brasil, excluindo adolescentes e jovens em situação de vulnerabilidade e sem formação profissional.

“Um dos efeitos da crise é que o futuro do trabalho está chegando com uma rapidez maior do que antecipado. Isso oferece riscos e oportunidades para a inserção no mercado de trabalho formal de jovens que estão se formando e começando a trajetória profissional, em especial para aqueles em situação de vulnerabilidade. Como a procura das empresas por novas competências e qualificações vai crescer, é preciso preparar a juventude para esse cenário com ações inovadoras”, disse Martin Hahn, diretor do escritório da OIT no Brasil.

Por Agência Brasil

Comentários Facebook
Continue lendo

TRÊS LAGOAS

CÂMARA DE TRÊS LAGOAS

BRASILÂNDIA

POLICIAL

Mais Lidas da Semana