Três Lagoas-MS

  Últimas
Polícia Militar cumpre mandado de prisão em Rio Verde
Cessões de uso firmados pela SAD proporcionam economicidade ao Governo do Estado
PRF apreende 4,6 Kg de cocaína em Nova Alvorado do Sul (MS)
Segurança do Estado é reforçada com itens recebidos do legado da Senasp
Polícia Militar Ambiental de Batayporã autua paranaense em R$ 55 mil por desmatamento ilegal de vegetação do bioma protegido de Mata Atlântica para plantio de lavoura
Grêmio oficializa venda de Everton ao Benfica
Operação de combate às queimadas no Pantanal faz o número de focos de incêndio cair de 301 para 50
Em Três Lagoas| Distribuição de senhas para atendimento na Caixa passa a ser no “Poliesportivo da Lagoa Maior” 
Polícia Militar realiza troca de comando da Companhia de Cassilândia
Município de Brasilândia informa trabalho realizado no enfrentamento do Coronavírus desde a Pandemia
Suzano registra geração de caixa operacional de R$ 3,4 bilhões, maior resultado trimestral desde a fusão
Polícia Militar Ambiental de Rio Negro autua dono de chácara em R$ 3 mil por derrubada de árvores para exploração de madeira
Liga e Comitê de Clubes fecham acordo de suporte logístico para NBB
Marcos Braz confirma saída do lateral Rafinha do Flamengo
PRF apreende 1,5 tonelada de maconha após dois flagrantes no MS
Para segurança de pedestres, Prefeitura constrói calçada na Vila Zucão
Polícia Militar prende homem por dano após romper tornozeleira eletrônica em Bataguassu.
Polícia Militar Ambiental de Campo Grande recolhe filhote de anta com ferimentos possivelmente por ataque de cachorros de caça
ATP divulga mudanças no calendário e confirma Finals para novembro
Governo de MS apresenta PPP do Esgotamento Sanitário no Roadshow da B3
Polícia Militar realiza três apreensões de mercadorias de Descaminho na barreira sanitária de Anaurilândia.
Polícia Militar prende homem por furto e mulher por tráfico de drogas em Paranaíba
Carnaval de Corumbá passa a ser patrimônio imaterial de Mato Grosso do Sul
MS assegura manutenção de R$ 39,5 milhões para repressão de crimes na fronteira
Atear fogo em terreno baldio é crime e multa pode chegar a quase R$ 10 mil
Com quase 600 óbitos, Estado confirma mais 875 infectados pela Covid
Covid-19: Federação Mundial de Badminton cancela torneios paralímpicos
BOLETIM COVID-19 – Três Lagoas tem 13 novos casos positivos e mais 24 recuperados para COVID-19 nesta sexta-feira (14)
Calamidade pública: ALEMS auxilia os municípios a cumprirem a LRF
Prosseguir divulga terceiro mapa situacional de Mato Grosso do Sul
Next
Prev

Celulose em Destaque

Sititrel finaliza pautas de reivindicação para as empresas de papel e celulose de Três Lagoas

Publicado

Entre as principais solicitações está o reajuste salarial de 3% acima do INPC

O Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Papel e Celulose de Três Lagoas finalizou nesta quarta-feira, 24, as pautas de reivindicação para Acordo Coletivo 2020/2021 das empresas Eldorado Brasil, Suzano, International Paper e Citroplast. A diretoria sindical contou com a colaboração dos trabalhadores para a formulação das solicitações.

As pautas serão entregues na próxima semana e o sindicato pretende iniciar as negociações o quanto antes. “Desejamos que esse processo seja rápido e pouco desgastante. Tivemos experiências ruins com atrasos e morosidade. Espero que haja um bom senso de ambas as partes para que o Acordo Coletivo 2020/2021 respeite a data-base de agosto”, explicou Almir Morgão.

Ainda de acordo com o presidente a elaboração das pautas de reivindicação mais uma vez ocorreu de forma democrática. “São solicitações que chegam dos trabalhadores. É claro que a diretoria sindical participa ativamente desse processo, mas somos mais ouvidos, porque queremos sanar os problemas que só quem está dentro das empresas enxergam”.

As pautas de reivindicação podem ser acessadas pelo site www.sititrel.com.br.

Comentários Facebook

Celulose em Destaque

Sindicato entrega Pauta de Reivindicação para a Suzano

Publicado

A data base da categoria de papel e celulose é agosto

Nesta terça-feira, 30, o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Papel e Celulose de Três Lagoas protocolou a entrega da Pauta de Reivindicação do Acordo Coletivo 2020/2021 para a Suzano. Durante a semana as empresas Eldorado Brasil e International Paper também receberam o documento.

A data base da categoria é agosto, mas de acordo com o presidente sindical, Almir Morgão, a intenção é reduzir o tempo de negociação. “O nosso objetivo é que tudo seja resolvido o quanto antes, até pelo momento crítico que vivemos. As empresas terão ciência das nossas reivindicações essa semana e espero que as reuniões sejam agendadas para os próximos dias”.

Entre os principais pedidos da categoria estão o ganho real de 3%, abono de R$ 2.700,00, piso salarial de R$ 1.953,00, ticket alimentação de R$ 450,00. “As reivindicações têm contribuições significativas dos trabalhadores, além de um estudo que fazemos com a categoria de papel e celulose em outras localidades”, finalizou Morgão.

Acesse a pauta de reivindicação da Suzano na íntegra: sititrel.com.br/pautas-de-reivindicacao/

Comentários Facebook
Continue lendo

Celulose em Destaque

Com o tema ‘Fogo Mata’, Reflore/MS realiza 8ª Campanha de Prevenção e Combate a Incêndios

Publicado

O fogo mata plantações, animais e pessoas. Com o propósito de alertar sobre os malefícios dos incêndios e compartilhar informações sobre formas de prevenção e combate, a Associação Sul-Mato-Grossense de Produtores e Consumidores de Florestas Plantadas (Reflore/MS), com as empresas associadas e parceiros Sistema Famasul, Senar/MS, Governo do Estado de MS, Corpo de Bombeiros Militar de MS e Ibama, realiza a “8a Campanha de Prevenção e Combate a Incêndios”.

Entre as principais causas que geram incêndios estão: os fenômenos naturais, incidentes/acidentes, expansão de áreas rurais, cultura (hábitos, comportamentos) e principalmente analfabetismo ambiental. Estima-se que grande parte dos incêndios são causados por humanos. Diante disso, anualmente a Reflore/MS realiza esta campanha, sempre com foco na conscientização da população do campo e da cidade.

“Estamos no período mais crítico do ano. A baixa umidade relativa do ar, os ventos fortes, o calor e falta de chuvas; todos esses fatores contribuem para a incidência de incêndios se nós não tivermos atitudes responsáveis. E quais seriam essas atitudes responsáveis? Não jogar lixo na beira das rodovias; não acender fogueira perto das matas; fazer a manutenção em equipamentos, tratores e caminhões adequadamente, entre outras ações. As nossas atitudes podem salvar vidas”, destaca Moacir Reis, presidente da Reflore/MS.

Os incêndios trazem diversas consequências sociais, ambientais e financeiras, entre elas: a morte de animais e de pessoas, o empobrecimento do solo, a poluição do ar, a mudança do clima, acidentes nas rodovias (pela fumaça que atrapalha a visão dos condutores), prejuízo no bolso do produtor rural, entre outras.

Dados de incêndios

Conforme dados divulgados pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), em 2019 Mato Grosso do Sul registrou 11.653 focos de incêndio, um incremento de 389% com relação a 2018, quando o estado registrou 2.380 focos. O valor registrado no ano passado foi o maior dos últimos 14 anos e trouxe consequências graves.

Na região da costa leste, onde o setor de base florestal está fortemente presente com florestas plantadas, indústrias e empresas, em 2019 foram registrados 327 focos de incêndios. Em um trabalho contínuo, fruto da união das empresas do segmento com a Reflore/MS e, com os produtores rurais, entidades e agentes públicos, diariamente o setor está buscando prevenir e combater os incêndios florestais. Hoje, muitas empresas desta cadeia contam com brigadas de incêndios, possuem profissionais capacitados para lidarem com situações de riscos e fazem monitoramento de focos por câmeras e sensores de fumaça.

Ações

Com a missão de conscientizar as populações rurais e urbanas, as ações da campanha estão relacionadas ao compartilhamento de informações e orientações. Foram instaladas placas informativas ao longo de rodovias de MS, com contatos para casos de emergência. Peças publicitárias educativas estão sendo compartilhadas nas redes sociais da Reflore/MS, das empresas associadas e dos parceiros da ação, além de anúncios em rádios, com orientações.

A realização de palestras educativas em escolas rurais e urbanas da região da costa leste, conduzidas por profissionais das empresas associadas, completam a missão de conscientização. Para a Associação levar informações e orientações para as crianças é plantar uma semente da cultura da prevenção nas gerações futuras. Neste ano, diante da atual pandemia do novo coronavírus (Covid-19), está sendo estudada uma forma de dar prosseguimento as palestras.

Outro propósito é capacitar profissionais para o combate de incêndios florestais. Para tanto, a Associação conta com a parceria do Corpo de Bombeiros Militar de MS e do Senar/MS, que anualmente têm realizado o treinamento SCI – Sistema de Comando de Incidentes, com colaboradores das empresas associadas. Nos últimos três anos 120 profissionais foram capacitados. O Senar/MS irá capacitar os produtores rurais e seus colaboradores, por meio dos Sindicatos Rurais em seus municípios também. As entidades estão estudando uma maneira de realizar o treinamento nesta conjuntura.

A realização da ‘8a Campanha de Prevenção e Combate a Incêndios’ é da Reflore/MS e seus associados: Arborgen, Bandeirante Florestal, Brasilwood, Corus Agroflorestal, Eldorado Brasil, Frigg Florestal, Niobe, Grupo Atallah, Grupo Mutum, Grupo Lacan Florestal, Marca 7, Maseal, Novo Oeste, Pradaria, Quilombo Florestal, Ramires Reflortec, Suzano, Trim Florestal, TTG Brasil e Vetorial. Co-realização: Sistema Famasul e Senar/MS. Apoio: Governo do Estado de MS, Corpo de Bombeiros Militar de MS e Ibama. Para denunciar focos de incêndio ligue 193.

Reflore/MS: é a Associação Sul-Mato-Grossense de Produtores e Consumidores de Florestas Plantadas que reúne importantes empresas da cadeia produtiva da floresta com sede ou filial em Mato Grosso do Sul. Tem como missão congregar, promover e defender os interesses coletivos das Empresas Associadas que se dedicam ao Desenvolvimento Sustentável com base em Florestas Plantadas.

Comentários Facebook
Continue lendo

TRÊS LAGOAS

CÂMARA DE TRÊS LAGOAS

BRASILÂNDIA

POLICIAL

Mais Lidas da Semana