TRÊS LAGOAS

Mato Grosso do Sul

Zigurats entra para a rota Expedição Sertões e passagem acontece no dia 30 de agosto

Publicado em

Expedição Sertões em Havalon. Foto Equipe Pantaneiros

A modalidade Expedição 4×4 Aventura, que faz parte do Rally dos Sertões, vai passar pelo complexo turístico de Havalon e Zigurats, em Corguinho, no dia 30 de agosto. O anúncio foi feito por Renato Perotti, organizador da Expedição, durante visita da equipe Pantaneiros no Sertões e shakedown das caminhonetes realizado, pela primeira vez, nas propriedades de Dakila Pesquisas.

Shakedown é analisar toda a estrutura e revisão completa dos carros. Por três anos, os testes dos automóveis da equipe Pantaneiros no Sertões aconteciam no Pantanal. Desta vez, a convite do Ecossistema Dakila, pela empresa 067 Vinhos, o grupo realizou as manobras e treinamentos pré-evento em Havalon, onde um percurso off-road foi criado a fim de preparar o pessoal para o grande evento que acontece a partir do dia 26 de agosto, com saída em Foz do Iguaçu (PR). Também percorreram pela estrada principal até Zigurats e conheceram parte da beleza e aventura que possui o lugar.

“Queremos mostrar o Brasil de uma forma diferente, pois nosso país não é só grandes centros como São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte ou Campo Grande. A Expedição gosta de mostrar o interior, o tempero das pequenas comunidades espalhadas por nossa nação. Quando chegamos em Dakila e eu vi todo mundo nos esperando com muito carinho, foi algo extraordinário, e eu quero que todos do Sertões tenham essa sensação, sintam essa recepção calorosa. Vamos vir pela primeira vez em Havalon e Zigurats mostrar para o Brasil inteiro o que essa comunidade faz”, afirmou Renato Perotti, durante o shakedown realizado no sábado, 30 de julho.

Dakila abriu uma trilha para que a equipe pudesse experimentar as caminhonetes de uma maneira bem radical, com bastante inclinação e desafio. “Ficamos muito felizes, pois o fato de podermos ter um ambiente off-road para treinar nos proporciona mais segurança e menos riscos, dessa forma vamos ao Rally com muito mais propriedade”, complementou Renato.

A abertura da trilha se torna mais um atrativo em Corguinho e vai fomentar o turismo na região, explica Maite Bernal, coordenadora de turismo de Zigurats. “A criação desse caminho fica como um legado, pois marca esse momento histórico onde o Rally passa pela nossa comunidade e também a inserção deste tipo de atividade em nossos roteiros turísticos, pois o trajeto criado dá um gostinho de como é uma aventura off-road”.

O grupo Off-Road Rochedo ficou bem animado com a notícia e vai estrear a trilha oficialmente em alguns dias. “Temos um grupo em Rochedo de pessoas que adoram pegar estradas e curtir a adrenalina sobre quatro rodas fora do asfalto. Esse percurso é uma oportunidade de realizar a atividade próximo de casa e da capital, o que vai trazer mais visibilidade para o estado que ainda carece desse tipo de turismo. Quando saímos com nossos veículos, temos que ir em uma região que fica cerca de 200 km depois de Rio Negro, é uma experiência bacana, mas bem longe”.

Contribuir com a projeção de Mato Grosso do Sul faz parte da missão da 067 Vinhos, empresa que integra o Ecossistema Dakila. Firmar parcerias são ferramentas importantes para valorizar o estado, fomentar a cultura, o turismo e mostrar os trabalhos de Dakila.

“Há anos nós pensamos em abrir as portas e mostrar tudo o que construímos, esse momento chegou e eu fico muito feliz de estar acontecendo dessa forma. Dakila por meio de seu Ecossistema e das pessoas que acreditam nos trabalhos desenvolvidos, leva conhecimento e prosperidade. Com essa parceria, vamos potencializar nosso estado, colocando-o num patamar turístico de referência no Brasil. Quero agradecer a todos que nos seguem, sem o nosso pessoal nada disso existiria, cada um tem uma importância fundamental em tudo o que existe aqui [Havalon e Zigurats], pois ninguém faz nada sozinho”, disse Alan Fernandes de Oliveira, um dos sócio-proprietários da 067 Vinhos.

O Rally

Na celebração dos 30 anos de história, o Rally dos Sertões terá 7.216 quilômetros, roteiro mais longo de todas as competições, e passará por oito estados das cinco regiões do país – pela ordem, Sul, Sudeste, Centro-Oeste, Nordeste e Norte –; até a chegada, em Salinópolis (PA).

Dentro do Rally existe uma categoria chamada Expedição 4×4 Aventura. Nesta modalidade, os participantes percorrem todo o trajeto do Sertões, mas desfrutando do turismo e da adrenalina off-road em quatro rodas. Na programação, a chegada em Campo Grande está prevista para o dia 29 de agosto. Conforme anunciado pelo organizador da Expedição Sertões, Renato Perotti, no dia 30 de agosto, todas as equipes desta modalidade passarão por Havalon e Zigurats antes de seguir o percurso para Costa Rica.

Todos os anos as expedições acontecem com cerca de 10 carros 4×4, nesta edição 40 caminhonetes e 80 pessoas participam da modalidade e celebram os 30 anos do maior Rally das Américas.

Comentários Facebook

Mato Grosso do Sul

“Culpa do estagiário!”: No dia dele, IEL destaca quais são as atribuições desse profissional

Published

on

Buscar papéis na impressora, pegar aquele cafezinho e ser responsabilizado pelos deslizes nas execuções das tarefas não são nem de longe as (únicas) funções dos estagiários. Foco de muitas brincadeiras no meio corporativo, a função frequentemente vira meme nas redes sociais e também entre os colegas de trabalho, mas precisamos deixar claro o que realmente faz um estagiário.

Aprender, criar, contribuir e aperfeiçoar são excelentes palavras para definir o que o estagiário representa no time. Quem nunca brincou com o colega da equipe que atire a primeira pedra, mas vamos reconhecer que o estagiário é braço direito perfeito para ajudar a executar qualquer tipo de tarefa. Uma mente aberta, disposta a aprender e descobrir novas habilidades pode ser a chave de sucesso para muitas empresas que apostam no estágio para complementar seu quadro de colaboradores.

Eduardo Darmanceff, de 20 anos, compõe o time de criação da equipe de comunicação da Dicom (Diretoria de Comunicação e Marketing) da Fiems e conta com bom humor as histórias do estágio. “Já estou no meu terceiro estágio. Eu amo trabalhar e isso faz muita diferença na minha rotina, mas claro que todo estagiário passa por perrengues, especialmente no início. Eu lembro que nos meus primeiros dias como estagiário, tinha que fazer um QRCode para um evento, na época eu não sabia o que era, me confundi e no fim deu tudo errado, foi uma confusão”, lembra.

Mesmo com as lembranças engraçadas, Eduardo reforça o quanto a experiência no estágio tem sido gratificante. “Aprender coisas novas, aperfeiçoar o que aprendo no curso, é muito importante para mim”.

Acadêmico do 8° Semestre de Publicidade e Marketing, Eduardo não tem medo de desafios e, com a experiência do estágio, se sente bem mais preparado para o que irá enfrentar no mercado de trabalho depois que se formar. “O estágio me fez colocar os pés no chão, entender o que realmente é a minha profissão, entender na prática o que eu preciso saber para ser um bom publicitário”, completou.

Outro estagiário que tem dado um show de desempenho na equipe é Paulo Tavares de Aderno. Com 26 anos, ele cursa o 8° semestre de Economia e é o braço direito das finanças e soluções de problemas no setor. “Esse é o meu primeiro estágio. Economia é um curso bastante teórico e ter essa noção prática de como tudo funciona tem feito toda diferença”.

Paulo também comenta sobre as cobranças e todas as responsabilidades que a função traz. Em relação a isso o aprendizado foi ainda maior. “Saber lidar com cobranças e responsabilidades é fundamental, tenho aprendido muito. Ser estagiário foi muito além das minhas expectativas”, disse.

Vantagens para acadêmicos e empresas

Eduardo, Paulo e tantos outros estagiários que fazem a diferença em equipes de todos os formatos e setores demonstram o quanto a experiência é positiva, tanto para o estudante, como para a empresa que contrata, que percebem já no primeiro contato como essa parceria tem tudo para dar certo.

Segundo a gerente de gestão e negócios do IEL, Jackeline Magalhães, o estágio é a oportunidade que o estudante tem para entrar no mercado de trabalho, de ter a chance de aprender na prática o que ele vê na teoria. “Para as empresas, uma mente jovem e cheia de ideias pode somar muito ao ambiente profissional, é uma integração em que todos são beneficiados”, explicou.

Só em 2022, o Instituto já encaminhou 2.021 estudantes para o mercado de trabalho em Mato Grosso do Sul, 1.585 só na capital. Semanalmente o IEL divulga as vagas disponíveis e diariamente recebe os cadastros dos currículos dos interessados em ocupar uma dessas oportunidades. É só ficar de olho!

Aproveite e confira as vagas de estágio disponíveis pelo IEL nesta semana

Para quem busca uma vaga de estágio, nesta semana, o IEL disponibiliza 100 oportunidades para Campo Grande, Dourados, Itaporã e Ribas do Rio Pardo em diversas áreas do ensino superior e também para nível médio. Os interessados podem se inscrever pelo link http://sneiel.org.br/sne/ms. Basta acessar, preencher o formulário e cadastrar o currículo.

Campo Grande

A capital tem 93 oportunidades nas áreas de Engenharia de Produção, Engenharia Mecânica, Engenharia Civil, Administração, Publicidade e Propaganda, Jornalismo, Eletroeletrônica, Direito, Letras, Marketing, Engenharia de Produção, Ensino Médio, Marketing, Arquitetura, Turismo, Social Mídia e Técnico em Segurança do Trabalho e Recursos Humanos.

Dourados

Na segunda maior cidade do estado, são 5 vagas nas áreas de Farmácia, Psicologia/ Pedagogia, Artes e Ciências Contábeis.

Ribas do Rio Pardo

No município tem uma oportunidade para Recursos Humanos.

Itaporã

Em Itaporã estudantes de administração podem concorrer a uma vaga.

Serviço – Mais informações pelo site www.iel.org.br ou pelos telefones (67) 99277-4574 e (67) 3044-2114

Comentários Facebook
Continue Reading

Mato Grosso do Sul

Dia do Estagiário: Mais de 800 estudantes conquistaram uma vaga no primeiro semestre em MS

Published

on

Nesta quinta-feira, dia 18 de agosto, é celebrado o Dia do Estagiário. O estágio é o primeiro passo para a construção de uma carreira profissional. É uma conquista para muitos jovens e uma experiência que pode fazer toda a diferença para quem pretende se destacar no mercado de trabalho.

Só na Agência Super Estágios foram 826 contratações de estudantes por meio do estágio, de janeiro a julho deste ano, em Mato Grosso do Sul. “Para os estudantes, é a oportunidade de adquirir experiência na área que pretendem atuar depois de formados. E para as empresas, o estágio é um instrumento importante para o treinamento de futuros profissionais e descoberta de novos talentos”, explica a diretora da Agência Super Estágios em Campo Grande, Aline Santos.

O Dia do Estagiário marca o aniversário do Decreto nº 87.497, de 18 de agosto de 1982, que trouxe os primeiros direitos e deveres do estagiário, contudo foi revogado. A Lei do Estágio em vigor foi criada em 2008.

Aprendizado

Nada de cafezinho ou xerox, atualmente, o estagiário executa tarefas relevantes nas empresas e tem a oportunidade de descobrir novas possibilidades e caminhos de atuação no mercado de trabalho.

Foi assim que a Jaqueline Lorenzoni, de 34 anos, deu um novo rumo para a carreira profissional. Com experiência em fotografia e maquiagem, ela iniciou o curso de Publicidade e Propaganda e foi em busca de estágio já no primeiro ano.

“Comecei em um estágio voluntário, sem bolsa, porque queria aprender, e acabei descobrindo quais são as áreas que mais gosto. Depois fui atrás do estágio remunerado. Independente do valor da bolsa, é uma experiência que traz novas oportunidades”, explica Jaqueline.

Alinhar teoria e prática, conhecer os profissionais da área, entender a rotina de trabalho estão entre as vantagens apontadas pela estudante, que faz estágio há três meses em uma agência de marketing digital. “No estágio, você tem a oportunidade de aprender, há uma tolerância, um auxílio para que você entenda o que precisa ser feito”, conta.

Legislação

A Lei nº 11.788/2008 estabelece que o “estágio é ato educativo escolar supervisionado, desenvolvido no ambiente de trabalho, que visa à preparação para o trabalho produtivo”.

Para evitar que os estudantes se tornem “mão de obra barata”, a legislação tem regras definidas que estabelecem direitos, como férias remunerada, bolsa-auxílio, seguro de vida, auxílio-transporte, regulamentação da carga horária e necessidade de supervisão.

Vagas

A Agência Super Estágios está com 50 vagas abertas de nível médio, técnico e superior em diversas áreas, como: Marketing, Administração, Ciências Contábeis, Direito, Comunicação Social e outros cursos.

Para participar dos processos seletivos, os estudantes devem se cadastrar gratuitamente no aplicativo ou no site da Super Estágios: www.superestagios.com.br.

Quem tiver dúvidas pode entrar em contato pelo telefone (67) 3211-2022 ou (67) 99219-3672 (WhatsApp).

Por: Assessoria de Imprensa da Agência Super Estágios

Comentários Facebook
Continue Reading

TRÊS LAGOAS

CÂMARA DE TRÊS LAGOAS

Assembléia Legislativa MS

Mato Grosso do Sul

POLICIAL

Mais Lidas da Semana