Três Lagoas-MS

  Últimas
DOF apreende caminhão carregado com 6 toneladas de maconha
Brasil estreia com medalha no Grand Slam de Judô de Budapeste
Série D: jogadores do São Caetano ameaçam não entrar em campo
Outubro Rosa: mulheres lésbicas, bissexuais, homens e mulheres trans também precisam se prevenir
Trabalhos enviados para Revista da PGE começam a ser distribuídos para avaliação
Piqué critica Barcelona por situação contratual de Messi
São Paulo, Vasco e Bahia conhecem adversários da Copa Sul-Americana
Polícia Militar recebe visita de um pequenino admirador em Aparecida do Taboado
Polícia Militar recebe visita de um pequenino adimirador do trabalho policial em Aparecida do Taboado.
Sidrolândia recebe obras de saneamento, infraestrutura e investimentos privados
Neymar parabeniza Pelé pelos seus 80 anos
Em Cassilândia, a Polícia Militar prende duas foragidas da justiça e encaminha três pessoas à delegacia por desobedecerem regras do regime aberto
Em Cassilândia, a Polícia Militar prende duas foragidas da justiça e encaminha três pessoas à delegacia por desobedecerem regras impostas para o cumprimento de pena em regime aberto
Oitavas da Libertadores terá confrontos entre Brasil e Argentina
Leilão PPP da Sanesul
Tite convoca seleção para Eliminatórias da Copa do Mundo, em novembro
Novo aumento nos números da Covid-19 requer comprometimento da população
Leilão da Sanesul é um sucesso, e MS está mais perto da universalização da coleta de esgoto
Polícia Militar: Duas motocicletas furtadas são recuperadas em Paranaíba
Três Lagoas tem 71 pessoas recuperadas da Covid-19, 40 casos positivos e 01 óbito registrados nesta sexta-feira (23)
Em Naviraí, Polícia Militar apreende motocicleta adulterada
Em Japorã, Polícia Militar prende homem por violência doméstica
MS registra 410 novos casos de coronavírus e 14 óbitos em 24 horas
Resultado do leilão da Sanesul encurta tempo de universalização e garante saúde para população de MS, diz governador
Mega-Sena acumula e pagará R$ 38 milhões no sábado
Eldorado Brasil abre vagas para motoristas de caminhão
Polícia Militar Ambiental autua infrator em R$ 5 mil por desmatamento de área protegida de mata ciliar até para dentro de córrego para aumentar área de pastagem
Aos 80 anos, Pelé é homenageado pela Fifa
Clubes e astros do futebol prestam homenagem pelos 80 anos de Pelé
Em Três Lagoas| Comitê altera toque de recolher para meia noite e acesso dos idosos no comércio e igrejas
Next
Prev

Esportes

Vôlei: Campeonato Paulista Feminino começa nesta quarta

Publicado


.

A bola sobe nesta quarta (23) para a edição 2020 do Campeonato Paulista Feminino de Vôlei. A competição conta com seis equipes (São Paulo/Barueri, Renata Country Club/Valinhos, Osasco São Cristóvão Saúde, São Caetano, Sesi Vôlei Bauru e Pinheiros). A competição seguirá todos os protocolos de segurança e não terá a presença de torcedores para evitar a disseminação do novo coronavírus (covid-19).

A rodada de abertura terá três confrontos na noite desta quarta-feira. Às 19h, em Bauru, o Sesi Vôlei Bauru enfrenta o Pinheiros, às 19h30, em Barueri, o São Paulo/Barueri, atual campeão, terá pela frente o Renata Country Club/Valinhos, e às 20h, em Osasco, o Osasco São Cristóvão Saúde jogará contra o São Caetano.

Ao todo, a fase de classificação, entre 23 de setembro e seis de outubro, terá 15 jogos em turno único. As quatro equipes com melhor campanha farão as semifinais, com cruzamento olímpico (primeiro contra quarto e segundo contra terceiro). A partir das semifinais, os duelos serão decididos em dois jogos, com definição no golden set (set extra jogado em caso empate após o segundo jogo). A final também será em dois jogos com golden set.

Osasco São Cristóvão Saúde

Maior vencedor do torneio, com 15 títulos, o Osasco São Cristóvão Saúde faz a primeira partida do Paulista de 2020 com a responsabilidade de ser um dos principais favoritos ao título. A maior novidade no plantel é o retorno da oposta Tandara. Também foram contratadas para a temporada 2020/2021 as ponteiras Tainara Santos, Sonaly e Gabi Cândido, as centrais Mayany e Camila Paracatu, a levantadora Naiane e a oposta Karine Schossler.

Enquanto isso, a base do time da temporada passada foi mantida. O técnico Luizomar de Moura continua contando com a levantadora Roberta, a central Bia, a líbero Camila Brait e a ponteira Jaque. Completam o elenco a líbero Kika, a levantadora Amanda e a central Karyna Malachias.

Sesi Vôlei Bauru

Campeão em 2018 e melhor time paulista na última edição da Superliga, o time do Sesi Vôlei Bauru chega para a edição deste ano dividindo o favoritismo com o Osasco. Foram sete contratações: a levantadora Carol Leite, a central Mara, a oposta Pamela, as ponteiras Suelle, Vanessa Janke e Mari Cassemiro e a líbero Brenda Castillo. Mas, por problemas burocráticos, a líbero dominicana, considerada uma das melhores do mundo na posição, ainda não está no Brasil e será desfalque na estreia desta quarta-feira contra o Pinheiros. Além dela, a central Mayhara, que se lesionou em um treino, também é desfalque.

 
 
 

 
 
 
 
 

 
 

 
 
 

Nosso foco é total para o jogo de amanhã, às 19h, contra o Pinheiros, aqui no SESI Bauru. É a nossa estreia no Paulista! ?

Uma publicação compartilhada por Sesi Vôlei Bauru (@sesivoleibauru) em 22 de Set, 2020 às 7:12 PDT

Ao lado da Mayhara, outras cinco jogadoras renovaram contrato: a levantadora Dani Lins, a central Adenízia, a oposta Polina Rahimova, maior pontuadora da última edição da Superliga, a líbero Julia Machado e a ponteira/oposta Tifanny.

O técnico Anderson Rodrigues também segue mais uma temporada no comando da equipe. No dia 12 de setembro, a equipe já fez um primeiro teste para a temporada. Foi um amistoso na Arena Minas, em Belo Horizonte, contra o Itambé Minas, que acabou com placar de 3 sets a 0 para as mineiras.

São Paulo/Barueri

Além de acabar a Superliga 2019/2020 em sexto lugar, o São Paulo/Barueri entra no Estadual para defender o título e com uma equipe bem diferente. Algumas jogadoras deixaram a equipe. As principais foram a levantadora Juma e a oposta Lorenne, que defenderão o Sesc RJ/Flamengo, e a ponteira Tainara, que é reforço do Osasco São Cristóvão Saúde.

 
 
 

 
 
 
 
 

 
 

 
 
 

Dia de estreia é momento de quê?! De conhecer o elenco do nosso São Paulo F.C./Barueri para a temporada 2020/21! Preepara!✨✨ ?⚪️⚫️ ?Flávio Gomes #1 Dani Terra – Líbero 1,68 #2 Diana – Meio 1,91 #4 Maira – Ponta 1,85 #5 Glayce Kelly – Ponta 1,85 #6 Nyeme – Líbero 1,75 #7 Lorrayna – Oposta 1,86 #8 Jheovana – Ponteira/Oposta 1,91 #9 Kisy – Oposta 1,89 #10 Lorena – Meio 1,90 #11 Karina – Ponta 1,79 #12 Larissa – Meio 1,88 #13 Jacke – Levantadora 1,74 #14 Kenya – Levantadora 1,85 #15 Duda – Levantadora 1,85 #16 Carol – Ponta 1,92 #18 Dani Seibt – Meio 1,88 Comissão Técnica: Técnico – José Roberto Lages Guimarães Assistente Técnico – Wagner Luiz Coppini Fernandes Auxiliar Técnico – Alexandre Santos Gomes Preparador Físico – Caique Bonafe Botelho Naipe e Eduardo Fernando Cianci Gomes Médico: Julio Cesar Carvalho Nardelli Responsável Fisioterapeuta – Fernando Alves Fernandes Fisioterapeuta – Daniel Hideki Kan Estatístico – Luciano Tavares Lima e Fabio Rafael Simplício @hummelbrasil @zinzaneoficial @baruerivolleyballclub

Uma publicação compartilhada por São Paulo FC/Barueri (@saopaulo_barueri) em 23 de Set, 2020 às 7:18 PDT

Cinco reforços vieram do Pinheiros, a ponteira Karina Souza, as levantadoras Lorrayna Silva e Kenya Malachias e as centrais Daniela Seibt e Lorena Viezel. Já a ponteira Glayce Vasconcelos foi trazida do Bauru, enquanto Duda chegou do Bradesco. Seguem no elenco a levantadora Jacke Santos, a oposta Kisy Nascimento, as centrais Diana Alecrim e Larissa Besen, as ponteiras Maira, Carol, Jheovana Sebastião e Moara Silva e as líberos Dani Terra e Nyeme Costa. O técnico tricampeão olímpico José Roberto Guimarães segue no comando da equipe.

Pinheiros

Após finalizar a última Superliga na nona posição, o Pinheiros, que tem seis títulos do estadual, efetivou como técnico o antigo auxiliar Reinaldo Bacilieri. Da última temporada, seguem as ponteiras Priscila Souza e Sabrina Groth, a líbero Letícia Pekena e a oposta Edinara Brancher.

Foram contratadas as levantadoras Yael Catiglione, Ana Cristina Porto e Thayane Cabral, as ponteiras Alexia Cocco, Natália Monteiro e Mariana Basso, as centrais Gabi Martins, Adriani Vilvert, Nandyala Gama, Gabriela Martins e Janaína Vieira, a oposta Kimberley Brito e a líbero Keyla Alves. Nos últimos meses, o clube também promoveu a base para o time principal, com a levantadora Isadora, a central Lorena, as opostas Marina e Lorrayna e as pontas Natália e Sabrina.

São Caetano

Depois de finalizar a Superliga 2020/2021 em último lugar com 21 derrotas em 22 jogos, a equipe do ABC parte para uma temporada repleta de desafios. O São Caetano abre o Estadual com um plantel de 16 jogadoras. Apenas três estiveram no clube na temporada passada, a levantadora Lia Vitória, de 20 anos, e as pontas Isabella Teixeira e Eduarda Amaral. O técnico Fernando Gomes, que também é um dos remanescentes da temporada passada, disse que elas treinaram apenas uma semana para a competição: “A preparação não esteve nem perto da ideal. Mas vamos tentar fazer o melhor”.

Renata Country Club/Valinhos

O Valinhos, que foi rebaixado dentro de quadra na edição passada da Superliga, chega ao Paulista com um elenco de 13 jogadoras: as centrais Gabi Pena, Flávia Gimenes e Leticya de Souza Paulo, as ponteiras Maria Eduarda de Oliveira, Isadora Magrini e Giorgia Fanganiello, as ponteiras/opostas Lohayne Endres e Gabrielle das Graças, as levantadoras Maria Luiza Faesarella Gonçalves, Mikaella Costa e Isabella Guedes e as líberos Luisa e Silva e Janaína da Silva. Apenas duas jogadoras continuaram no clube desde a última temporada, a ponteira/oposta Duda e a central Gabi Pena, que se recupera de lesão e não participa do Estadual.

 
 
 

 
 
 
 
 

 
 

 
 
 

Confira a tabela de jogos do Vôlei Renata Country Club Valinhos no Campeonato Paulista 2020

Uma publicação compartilhada por Volei Country Club Valinhos (@voleicountryclubvalinhos) em 23 de Set, 2020 às 9:03 PDT

Edição: Fábio Lisboa

Comentários Facebook

Esportes

Brasil estreia com medalha no Grand Slam de Judô de Budapeste

Publicado

por


No primeiro dia de disputas no Grand Slam de Judô de Budapeste (Hungria),  o brasileiro Willian Lima, de 20 anos, faturou a medalha de bronze na c ao vencer por dois waza-ari (ippon) o meio-leve (categoria até 66 quilos) o atleta Erkhembayar Battogtokh, da Mongólia. Com o triunfo, Lima garantiu 500 pontos no ranking, que vale para a classificação para à Olimpíada de Tóquio (Japão) em 2021. Atualmente,  o brasileiro ocupa a 29ª colocação

A corrida pela vaga olímpica foi estendida até 29 de junho de 2021, devido ao adiamento dos Jogos de Tóquio (Japão) para o ano que vem. Os 18 judocas mais bem colocados no ranking – em cada categoria, e por gênero – carimbam o passaporte rumo a Tóquio. A competição distribui mil pontos aos atletas campeões. Atualmente, Willian Lima ocupa a 29ª colocação.

A competição em Budapeste marca o retorno do Circuito Mundial de Judô após seis meses de paralisação, em decorrência da pandemia do novo coronavírus (covdi-19). O evento termina no domingo (25). A delegação brasileira conta com 18 judocas – 12 homens e seis mulheres – na capital húngara, onde estão cerca de 400 atletas de 69 países, incluindo o Brasil. As lutas tem transmissão gratuita, ao vivo, no portal da Federação Internacional de Judô (IJF, sigla em inglês). Confira no final do texto a programação das lutas deste fim de semana. .

O judoca publicou mensagem no Instagram, dedicando a conquista desta sext-feira (23) aos atletas italianos que não puderam participar do Grand Slam devido à pandemia. 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Essa medalha eu dedico as pessoas da Itália que por motivos de saúde não puderam competir mas também dedico a cada pessoa responsável pela missão Europa @timebrasil , @noticiascbj e @portugaljudo pois se não fosse a ajuda de vocês nesse tempo difícil de pandemia não teria conseguido treinar de forma que atingisse minha melhor forma para voltar a competir. Muito obrigado a todos que torcem e estão comigo nessa caminhada. . . . I dedicate this medal to people from Italy who for health reasons could not compete but I also dedicate to each person responsible for the Europe mission @timebrasil, @noticiascbj and @portugaljudo because if it weren’t for your help in this difficult time of the pandemic, I wouldn’t have been able to train in a way that would reach my best form to compete again. Thank you very much to everyone who cheers and is with me on this journey.??#CBJ #COB #MB #BolsaAtleta #ForUs ?? ?? ??

Uma publicação compartilhada por Willian Lima ? (@wlima_) em 23 de Out, 2020 às 11:38 PDT

Caminho até o bronze

Nesta sexta-feira (23), o brasileiro estreou com vitória após um ippon contra o israelense Yarin Menagede. Na rodada seguinte, Willian se classificou para as oitavas de final ao superar por waza-ari o atleta Azeri Nijat Shikhalizada, do Azerbaijão, um dos cabeças de chave da categoria até 66 kg. Nas oitavas, o brasileiro se destacou pela intensidade: venceu o  o mongol Narmandakh Bayanmunkh, e o peruano o Juan Postigos. Na penúltima luta, a disputa seguia equilibrada com o russo Abdula Abdulzhalilov até que o adversário encaixou um contra-golpe, venceu o brasileiro, garantindo a vaga na final. Willian ficou com um dos bronzes, o outro foi para o Orkhan Safarov, do Azerbaijão.

Lutas deste fim de semana

Sábado (24)

6h – Preliminares

10h – Bloco Final (medalhas)

Lutam: Ketleyn Quadros (63kg), Maria Portela (70kg), Eduardo Katsuhiro (73kg), João Pedro Macedo (81kg) e Guilherme Schimidt (81kg). 

Domigo (25)

6h – Preliminares

10h – Bloco Final (medalhas)

Lutam: Maria Suelen Altheman (+78kg), Beatriz Souza (+78kg), Rafael Macedo (90kg), Marcelo Gomes (90kg), Rafael Buzacarini (100kg), Leonardo Gonçalves (100kg), Rafael Silva “Baby” (+100kg) e David Moura (+100kg).

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Série D: jogadores do São Caetano ameaçam não entrar em campo

Publicado

por


Os jogadores do São Caetano divulgaram uma nota nesta sexta-feira (23) na qual afirmam que decidiram não entrar em campo no próximo sábado para enfrentar o Pelotas no estádio Anacleto Campanella pela Série D do Campeonato Brasileiro.

Segundo a nota, a medida foi tomada em razão de atrasos de salários de atletas, membros da comissão técnica e outros funcionários.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Douglas Pires (@goleirodouglas) em 23 de Out, 2020 às 9:14 PDT

Esta não é a primeira vez que os jogadores do Azulão ameaçam não entrar em campo pela atual edição da Série D. Antes do jogo da última quarta (21) contra o Joinville, já houve uma ameaça de paralisação, que foi contornada com a promessa da diretoria de que honraria os compromissos financeiros até esta sexta.

Até o momento a direção do São Caetano não se pronunciou sobre a nota dos jogadores.

O Azulão está no grupo 8 da Série D do Brasileiro, com 5 pontos após 7 partidas disputadas (1 vitória, 2 empates e 4 derrotas).

Leia a íntegra da nota

Após reunião realizada na manhã desta sexta-feira entre nós (jogadores), membros da comissão técnica e funcionários, decidimos que não vamos entrar em campo neste fim de semana.

Deixando assim de enfrentar o Pelotas em confronto que aconteceria neste sábado (24), às 18h, no Anacleto Campanella, pela nona rodada da primeira fase da Série D do Campeonato Brasileiro.

Essa difícil decisão, porém necessária, foi tomada devido ao não recebimento dos honorários dos últimos meses, direito fundamental de todo trabalhador.

Por conta dessa situação (atraso de salários) que se arrasta pelos últimos meses no clube, definimos por não disputar a próxima partida, para que atitudes sejam tomadas e desta forma corrigir o rumo deste time que tanto respeitamos.

Veja a classificação atualizada da Série D do Brasileiro.

Edição: Fábio Lisboa

Comentários Facebook
Continue lendo

TRÊS LAGOAS

CÂMARA DE TRÊS LAGOAS

BRASILÂNDIA

POLICIAL

Mais Lidas da Semana