TRÊS LAGOAS MS
  Últimas
MODELO – TL recebe visita de representantes de Anaurilândia para tratar sobre Torneio de Pesca Esportiva
BOLETIM COVID-19 – SMS notifica 16 novos casos positivos nesta quarta-feira (06)
Palmeiras joga para garantir vaga nas quartas da Libertadores
LAZER – Obras da Área Esportiva no Bairro Novo Oeste II são retomadas
Governo anuncia redução na alíquota do ICMS da gasolina, álcool, telecomunicações e energia elétrica
Interlocução da ALEMS pode garantir polo da UEMS em Chapadão do Sul
Três Lagoas recebe concerto musical da “Orquestra Filarmônica Jovem MS” neste sábado (09)
SEJUVEL prorroga inscrições dos Campeonatos de Futebol de Base e Futsal Feminino
Publicadas convocações dos classificados em concurso e processo seletivo da SED
Projeto de Lei revoga doação de área em Campo Grande
Centro de Múltiplo Uso para Complexo do Parque pode ser instalado na ALEMS
Vazio sanitário da soja segue até 16 de setembro em todo o Mato Grosso do Sul
Multivacinação Rural 2022 de TL será entre os dias 27 de agosto a 02 de setembro, veja locais
Ordem do Dia: LDO é aprovada em redação final e segue para sanção
Educação, conscientização e cultura são os temas dos projetos aprovados pela CCJR
Associação de atletas do MS ganha prêmio de R$10 mil em concurso de dança regional online
Governo de MS reduz para 17% alíquota de ICMS para gasolina, etanol, telecomunicações e energia elétrica
Divulgado resultado preliminar da pontuação do Bolsa Técnico
Polícia Militar Ambiental de Coxim surpreende e autua pescador profissional por pescar com redes de pesca e tarrafa e capturar pescado abaixo da medida permitida.
Polícia Militar em Bonito divulga levantamento das ações realizadas no mês de junho deste ano
Com palestrantes renomados, Campo Grande sedia evento gratuito voltado a profissionais e estudantes de Engenharia e Agronomia
Funtrab tem vagas para pedreiros e serventes de obras nesta quarta-feira
Apoiada pela Suzano e Sebrae, ACLAMS lança catálogo de peças inspiradas no Cerrado
ASSISTA AOS MELHORES MOMENTOS| Nos pênaltis, Corinthians elimina o Boca e avança na CONMEBOL Libertadores
Sofrido, suado e histórico! É o Furacão de novo nas quartas!
Galo vence Emelec e avança às quartas-de-final da Libertadores
ASSISTA AOS MELHORES MOMENTOS| Inter goleia o Colo-Colo e conquista classificação histórica na CONMEBOL Sul-Americana
Polícia Militar Ambiental autua 6 infratores em R$ 40,5 mil por criação de animais silvestres ilegalmente em cativeiro e apreende 35 animais no primeiro semestre de 2022
Férias escolares da REME iniciam na próxima segunda-feira (11)
Crb-AL bate o Operário-PR em jogo de cinco gols
Next
Prev

Assembléia Legislativa MS

Três Lagoas, Guerreiro pede ações mitigatórias para interligação de lagoas

Publicado

Após receber com bons olhos a notícia da ativação, em breve, das câmeras de monitoramento em 35 pontos de Três Lagoas, resultado de um convênio entre o município e a Pedtrobras S/A, o deputado estadual aproveitou o ensejo para encaminhar indicação à Prefeita da cidade, Márcia Moura, solicitando estudos para utilizar os recursos mitigatórios da empresa Eldorado Brasil Celulose, com objetivo de ser feita a obra de interligação da segunda lagoa para a primeira, passando pela rua Alcinda Mendes, bairro Interlagos.

Diante da espera ansiosa por grande parte dos moradores, que há anos aguardam essa obra, por ser a última rua do Bairro Interlagos, Guerreiro entende que “é possível aproveitar esse benefício, um direito com respalto governamental, realizando o sonho da população que ali vive”.

Aliás, o deputado estadual defende que as cidades que recebem grandes investimentos e sofrem com os impactos ambientais “são merecedoras de 100% dos recursos empenhados de forma mitigatória”. Para tanto, apresentou indicação nesse sentido ainda este mês.

A cidade de Três Lagoas recebeu nos últimos anos importantes investimentos, tornando-se a capital mundial da celulose. Apesar disso, os danos ambientais causados por isso devem ser ressarcidos com recursos mitigatórios.

Em breve o município receberá câmeras de monitoramento, aumentando a segurança pública e com expectativa de redução em 30% de furtos. Um investimentos de R$ 1.234.529,12.

Comentários Facebook

Assembléia Legislativa MS

Interlocução da ALEMS pode garantir polo da UEMS em Chapadão do Sul

Publicado

por

O deputado e presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALEMS), Paulo Corrêa (PSDB), participou nesta manhã (6) de uma reunião para a implantação de um polo da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) no município de Chapadão do Sul. Estiveram no encontro o prefeito João Carlos Krug (PSDB), o reitor da UEMS, Laércio Alves de Carvalho e o presidente da Câmara Municipal de Chapadão do Sul, André dos Anjos (PSDB).

Paulo Corrêa reconheceu a importância de ampliação de vagas no ensino superior do município. “Um município em desenvolvimento pleno. É preciso reconhecer a gestão da prefeitura de Chapadão do Sul, que acaba de ganhar o prêmio em primeiro lugar de prefeito empreendedor como finalista nacional. Isso repercute positivamente. Se eu não morasse em Campo Grande, moraria em Chapadão do Sul”, declarou o presidente da ALEMS.

João Carlos Krug, falou sobre o progresso do município. “Viemos aqui hoje pois sabemos da força que a Assembleia tem junto à UEMS, Chapadão do Sul vem crescendo muito, e para nossa cidade ser completa precisa de cursos superiores em abundância. UEMS cumpre um papel muito importante no desenvolvimento de Mato Grosso do Sul. Interiorizar cada vez mais o progresso e desenvolvimento por meio da educação, um polo da UEMS junto as outras já existentes, com diversos cursos superiores e técnicos que a UEMS desenvolve muito bem. O resultado será positivo a todos”, destacou o prefeito de Chapadão do Sul.

Laércio Alves de Carvalho falou sobre a demanda de educação superior em Chapadão do Sul. “Motivo de muito orgulho para a UEMS ter essa demanda apresentada, já há algum de tempo, de Chapadão do Sul, e a UEMS passar por um excelente momento agora, junto a parceria com a Assembleia Legislativa, com o presidente Paulo Corrêa, e nosso governador Reinaldo Azambuja, e é muito bom para o Estado de Mato Grosso do Sul ter uma perspectiva de ampliação da universidade, levando para os que mais precisam a educação superior pública e gratuita. Haverá um processo e estudo técnico preliminar com avaliação in loco para entender todo o processo de crescimento e transformação daquela região, pois a universidade vai trabalhar dentro desta perspectiva”, relatou o reitor da UEMS.  

Para André dos Anjos, a soma de esforços entre Legislativo e Executivo é fundamental. “É de suma importância essa parceria entre o Legislativo e o Executivo, escutamos as demandas da população e sabemos que a educação é uma demanda muito importante para o desenvolvimento de uma cidade. Chapadão do Sul quer sim e pode sim se tornar polo regional e referência em ensino técnico superior, isso é uma demanda antiga, esse assunto trazido para a Assembleia Legislativa pode se tornar fato, a UEMS com cursos voltados a nossa realidade, a nossa economia”, descreveu o presidente da Câmara Municipal de Chapadão do Sul.

Prêmio empreendedor

Na última terça-feira, o prefeito João Carlos Krug foi bicampeão do Prêmio Prefeito empreendedor na etapa nacional, realizada na sede do Sebrae, em Brasília. “Pela primeira vez um município ganhou duas categorias, Desburocratização e Cidade Empreendedora com foco em inovação. Já tínhamos ganhado em 2019. Estamos no caminho certo, estamos trilhando um caminho de progresso, fazendo de Chapadão do Sul um melhor lugar para se viver e trabalhar”, concluiu o prefeito João Carlos Krug.  

Fonte: Assembleia Legislativa de MS

Comentários Facebook
Continue lendo

Assembléia Legislativa MS

Projeto de Lei revoga doação de área em Campo Grande

Publicado

por

Começou a tramitar na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALEMS) nesta quarta-feira (6), o Projeto de Lei 195/2022, de autoria do Poder Executivo, que revoga a Lei 1.127/1990, que autorizou o Governo do Estado a doar uma área de 11.463 metros quadrados (parte da antiga Fazenda Bandeira) à Associação Campo-grandense de Combate ao Câncer (Rede Feminina).   

A doação do imóvel ocorreu, segundo o Executivo, com a finalidade de construção da sededa entidade. Contudo, a oferta de doação não se consumou, visto que não foi aceita pela donatária, tampouco realizada a transferência do imóvel para o patrimônio da associação.

“Dessa forma, resta claro que a Rede Feminina não rendeu obediência aos comandos legais vigentes à época, quais sejam, a obrigação de fixação de encargos à donatária e de cláusula de reversão no caso de inadimplemento, a exigência de aceitação da doação, além do decurso de lapso temporal de mais de 25 anos, desde a sua edição sem a consecução do seu objeto”, esclareceu o governador Reinaldo Azambuja em mensagem encaminhada à ALEMS.

Fonte: Assembleia Legislativa de MS

Comentários Facebook
Continue lendo

TRÊS LAGOAS

CÂMARA DE TRÊS LAGOAS

Assembléia Legislativa MS

Mato Grosso do Sul

POLICIAL

Mais Lidas da Semana