Três Lagoas-MS

  Últimas
Cessões de uso firmados pela SAD proporcionam economicidade ao Governo do Estado
PRF apreende 4,6 Kg de cocaína em Nova Alvorado do Sul (MS)
Segurança do Estado é reforçada com itens recebidos do legado da Senasp
Polícia Militar Ambiental de Batayporã autua paranaense em R$ 55 mil por desmatamento ilegal de vegetação do bioma protegido de Mata Atlântica para plantio de lavoura
Grêmio oficializa venda de Everton ao Benfica
Operação de combate às queimadas no Pantanal faz o número de focos de incêndio cair de 301 para 50
Em Três Lagoas| Distribuição de senhas para atendimento na Caixa passa a ser no “Poliesportivo da Lagoa Maior” 
Polícia Militar realiza troca de comando da Companhia de Cassilândia
Município de Brasilândia informa trabalho realizado no enfrentamento do Coronavírus desde a Pandemia
Suzano registra geração de caixa operacional de R$ 3,4 bilhões, maior resultado trimestral desde a fusão
Polícia Militar Ambiental de Rio Negro autua dono de chácara em R$ 3 mil por derrubada de árvores para exploração de madeira
Liga e Comitê de Clubes fecham acordo de suporte logístico para NBB
Marcos Braz confirma saída do lateral Rafinha do Flamengo
PRF apreende 1,5 tonelada de maconha após dois flagrantes no MS
Para segurança de pedestres, Prefeitura constrói calçada na Vila Zucão
Polícia Militar prende homem por dano após romper tornozeleira eletrônica em Bataguassu.
Polícia Militar Ambiental de Campo Grande recolhe filhote de anta com ferimentos possivelmente por ataque de cachorros de caça
ATP divulga mudanças no calendário e confirma Finals para novembro
Governo de MS apresenta PPP do Esgotamento Sanitário no Roadshow da B3
Polícia Militar realiza três apreensões de mercadorias de Descaminho na barreira sanitária de Anaurilândia.
Polícia Militar prende homem por furto e mulher por tráfico de drogas em Paranaíba
Carnaval de Corumbá passa a ser patrimônio imaterial de Mato Grosso do Sul
MS assegura manutenção de R$ 39,5 milhões para repressão de crimes na fronteira
Atear fogo em terreno baldio é crime e multa pode chegar a quase R$ 10 mil
Com quase 600 óbitos, Estado confirma mais 875 infectados pela Covid
Covid-19: Federação Mundial de Badminton cancela torneios paralímpicos
BOLETIM COVID-19 – Três Lagoas tem 13 novos casos positivos e mais 24 recuperados para COVID-19 nesta sexta-feira (14)
Calamidade pública: ALEMS auxilia os municípios a cumprirem a LRF
Prosseguir divulga terceiro mapa situacional de Mato Grosso do Sul
Polícia Militar em Porto Murtinho prende homem por Fornecer Bebida Alcoólica e Outras Substâncias Ilícitas para Criança e Adolescente
Next
Prev

Esportes

Times do NBB miram retorno e buscam reforços em meio à pandemia

Publicado


.

A chegada da pandemia do novo coronavírus (covid-19) paralisou o basquete masculino no Brasil em 15 de março, com a interrupção da temporada do Novo Basquete Brasil (NBB). Passados dois meses, ocorreram reuniões por videoconferência e até houve a elaboração de um protocolo de saúde para um eventual retorno. Mesmo assim, os clubes decidiram pelo cancelamento da edição 2019/2020 do campeonato nacional da modalidade. A expectativa é que a bola laranja volte a quicar em quadras país afora a partir deste mês de agosto, mesmo que em ritmo de treino. A retomada das atividades, porém, dependerá da liberação das autoridades de saúde,  o que poderá variar bastante de estado para estado – e até de cidade para cidade.

A previsão da Liga Nacional de Basquete (LNB), responsável por promover o NBB, é que a edição 2020/2021, a 13ª da história da competição, comece no dia 14 de novembro, com rigorosos cuidados sanitários e sem torcida. “Teremos consequências diretas [da pandemia] não só na realização dos jogos, mas também na presença do público. Nas partidas, a dificuldade será atender a todos os protocolos necessários para preservar a segurança de jogadores, árbitros, mesários e comissões. Os deslocamentos terão que ser bem estudados. Todos entendem que será um ano de transição, um NBB de travessia em meio a uma dificuldade mundial”, analisa Lula Ferreira, supervisor técnico do Sesi Franca, em entrevista à Agência Brasil.

A equipe é uma das que pretende iniciar os treinos em agosto. “Administrativamente, estamos preparados para reiniciar as atividades. A dependência ficará, exclusivamente, das autoridades de saúde. É algo que independente da nossa vontade. Vamos acompanhar as orientações e segui-las rigorosamente”, garante Ferreira.

A cidade de Franca (SP), porém, situa-se numa região ainda considerada crítica pelo governo paulista quando o assunto é covid-19. Tanto que ainda está na chamada Fase Vermelha, a primeira – de um total de cinco – do Plano São Paulo, que flexibiliza a quarentena no estado. Isso significa que, no município apelidado de “Capital do Basquete”, apenas serviços essenciais podem funcionar. Além dessa particularidade,  no caso do Franca e dos times do estado de São Paulo que disputam o NBB, há pela frente o Campeonato Paulista, previsto para iniciar entre setembro e novembro. “Acredito que essa volta tenha que ter, no mínimo [uma pré-temporada], de 45 dias para mais. Creio que, ao menos, dois meses seja o ideal para que os atletas estejam inteiros para correr o menor risco de contusão”, avalia o técnico francano Hélio Rubens Garcia Filho, o Helinho. 

Flamengo x Unifacisa - NBB - 28-01-2020  Flamengo x Unifacisa - NBB - 28-01-2020

Além da temporada do NBB, o Flamengo vai disputar com argentinos o título da Champions League, a “Libetadores ” do basquete masculino – Paula Reis/Flamengo/Direitos reservados

Campeão na temporada 2018/2019 diante do próprio Franca, o Flamengo é outro com a volta aos treinos prevista para este mês. Mas, ao contrário do rival paulista, o Rubro-Negro tem uma final continental pela frente antes do próximo NBB. Em março, o clube se garantiu na final da Champions League, a “Libertadores” do basquete masculino ao superar o Instituto, da Argentina. A equipe aguarda o ganhador do confronto entre os também argentinos Quimsa e San Lorenzo, cuja disputa está empatada, com uma vitória para cada lado.

A Federação Internacional da modalidade (Fiba) ainda não divulgou as datas para continuação do torneio, mas, a expectativa é que as partidas ocorram antes do novo NBB começar. “A Fiba, a princípio, trabalha com o retorno [da Champions] para outubro. O objetivo é sermos campeões e disputarmos o Mundial de Clubes. Empenhamos muitas forças em 2019/2020 e, por isso, antecipamos o planejamento para minimizar o tempo em que estivemos parados. Gosto de ressaltar que é difícil isso, estrear jogando uma decisão, mas é a mesma dificuldade que outras equipes terão”, diz o gerente do basquete rubro-negro, Diego Jeleilate. 

Primeiros movimentos

Até por isso, o Flamengo é justamente um dos times mais ativos no mercado de transferências que ainda está no começo. Além de renovar com o técnico Gustavo de Conti e com jogadores – como o ala Marquinhos, o armador Franco Balbi e o pivô Olivinha, destaques do grupo campeão do NBB em 2019 -, o Rubro-Negro investiu pesado na contratação de outros três jogadores: o armador Yago, revelação do Paulistano; o ala Chuzito González, que estava no Instituto, da Argentina; e o pivô Rafael Hettsheimeir, que estava no Franca.

“O nosso planejamento é de longo prazo, onde a gente sempre busca manter a excelência da equipe, uma ótima logística, um ótimo padrão de time para sempre buscar os títulos que disputamos. A pandemia fez com que a gente antecipasse alguns aspectos, e nos replanejamos para que possamos, a partir de agosto, retomar as competições com excelência e qualidade”, explica Jeleilate.

Além de Hettsheimeir, os francanos perderam o pivô Cipolini e o ala-armador David Jackson. Por outro lado, renovaram com o ala Lucas Dias, o armador Elinho e o pivô Guilherme Hubner. Também trouxeram de volta ao time os alas André Goes e Danilo Fuzaro, que defendiam o Mogi das Cruzes. “As grandes conquistas do clube em meio à pandemia foram a renovação da parceria com o Sesi e a manutenção do patrocinador máster e de parceiros importantes. A gente sabe que é difícil para o torcedor entender que o time perderá jogadores. Fizemos todas as propostas possíveis, mas dentro de um orçamento, porque o clube precisa ter responsabilidade”, argumenta Ferreira, dizendo que o elenco para 2020/2021 será completado por atletas formados na base.

André Goes - Sesi-FrancaAndré Goes - Sesi-Franca

O ala André Goes está de volta ao Sesi Franca na temporada 2020/2021 do Novo Baquete Baquete Brasil (NBB) – Sesi Franca/Direitos Reservados

Um dos grandes rivais do Franca, o Bauru, desistiu do último NBB alegando problemas financeiros, um mês após a paralisação do torneio, antes mesmo do cancelamento da competição. No começo de julho, o clube ainda perdeu o patrocinador máster, mas, três semanas depois, anunciou uma nova parceira (Zopone Engenharia), a manutenção do experiente ala Larry Taylor e o primeiro reforço: o armador Alexey, que estava no Mogi. Já nos últimos dias, o agora Zopone/Bauru confirmou duas contratações: o pivo Dikembe, ex-Paulistano e revelação da temporada passada, e do ídolo da torcida baruense, o ala Alex, campeão nacional em 2017, e eleito melhor jogador das finais. 

Ninguém até agora, porém, mexeu-se tanto no mercado quanto a Unifacisa. A equipe de Campina Grande (PB), que iniciou o projeto no basquete há oito anos. O time debutou no NBB justamente na temporada encerrada precocemente. O clube anunciou sete reforços entre junho e julho: o ala-armador Betinho (ex-Pinheiros), os alas Felipe Vezaro (Corinthians) e Nehemias Morillo (São José), os alas-pivôs Vinícius Pastor (Rio Claro) e Rafa Oliveira (São José), o armador Arthur Pecos (Corinthians) e o pivô Paranhos (Mogi). A Unifacisa ainda confirmou a renovação do armador Nate Barnes, destaque do time paraibano na edição 2019/2020.

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Comentários Facebook

Esportes

Grêmio oficializa venda de Everton ao Benfica

Publicado

por


.

Nesta sexta-feira (14), o Grêmio finalmente confirmou oficialmente a negociação do atacante Everton com o Benfica. O tricolor gaúcho anunciou o acerto através de perfis nas suas redes sociais.

O jogador deixa o Grêmio após oito anos, nos quais conquistou seis títulos e foi convocado pela seleção brasileira, pela qual venceu uma Copa América. O atacante foi contratado em 2012, depois de se destacar pelo Fortaleza na Copa Carpina sub-16. Assim, Everton foi integrado ao time sub-17 do Grêmio em 2013.

Em 2016, ele já teve papel destacado na campanha do título da Copa do Brasil. O jogador marcou o gol de empate do 1 a 1 contra o Palmeiras que classificou o Grêmio às quartas de final. Na final também deixou o dele, na vitória por 3 a 1 sobre o Atlético Mineiro, no Mineirão.

No ano seguinte, após ser opção a Fernandinho durante a temporada, coube a ele decidir um jogo de Mundial. A semifinal contra o Pachuca. Vitória tricolor por 1 a 0, gol de Cebolinha.

Em 2018 se tornou titular absoluto, sendo fundamental nos títulos da Recopa Sul-Americana e do Gauchão. Neste momento recebeu a primeira convocação para a seleção brasileira, oportunidade na qual conquistou a Bola de Prata do Campeonato Brasileiro. Ao fim da temporada, foi o artilheiro do time com 19 gols.

Perto de realizar o sonho de jogar na Europa, Everton pode dizer que teve em 2019 o seu grande ano, sendo mais uma vez campeão gaúcho e figura central do time semifinalista da Libertadores. Além disso, o atacante também se destacou no título da Copa América pela seleção: fez gol na final, foi eleito o melhor jogador da partida e recebeu a Chuteira de Ouro, como artilheiro da competição.

Entre 2013 e 2020, Everton disputou 277 jogos e marcou 70 gols como profissional do Grêmio. Foi campeão da Libertadores, da Recopa Sul-Americana, da Copa do Brasil, de dois campeonatos gaúchos e de uma Recopa Gaúcha. Everton deixa no Grêmio outra marca expressiva: com 43 gols, é o maior artilheiro da nova Arena.

Edição: Fábio Lisboa

Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Liga e Comitê de Clubes fecham acordo de suporte logístico para NBB

Publicado

por


.

A Liga Nacional de Basquete (LNB) anunciou nesta sexta-feira (14) um acordo com o Comitê Brasileiro de Clubes (CBC) para suporte logístico a clubes, árbitros e funcionários no Novo Basquete Brasil (NBB), que é o campeonato masculino da modalidade, e na Liga de Desenvolvimento de Basquete (LDB), torneio nacional sub-22. O apoio, fechado na quinta-feira (13), tem validade de quatro temporadas e será reavaliado anualmente.

Segundo comunicado divulgado pela Liga, o acordo contempla viagens áreas e hospedagem de times visitantes que atuem fora de seus estados ou acima de 500 quilômetros dentro da mesma região. “Sempre tínhamos o objetivo de poder reduzir ao máximo, do orçamento dos times, os custos de logística. O apoio do CBC concretiza a realização desse sonho e dá aos clubes totais condições para continuarmos com o NBB forte e uma LDB ainda mais sólida no desenvolvimento dos jovens atletas”, declarou o presidente da LNB, Nilo Guimarães.

A Liga Nacional informou à Agência Brasil que o valor total a ser empenhado no acordo ainda é levantado. Os recursos do CBC são provenientes das loterias da Caixa Econômica Federal. A lei 12.395, de 2011, que modificou a Lei Pelé (9.615/98), incluiu o Comitê como beneficiário de 0,5% dessa arrecadação.

A temporada 2020/2021 do NBB tem início marcado para 14 de novembro. A previsão é de uma competição com duração cerca de 20% menor, como dito pelo presidente da Unifacisa, Diego Gadelha, em entrevista à Agência Brasil. O prazo para negociação do direito associativo das equipes interessadas em disputar o campeonato termina nesta sexta-feira. Já a oficialização da participação pode ser feita até o dia 30 de agosto.

Liga e Comitê já tinham uma parceria de três anos para realização da LDB. Mais da metade dos atletas que disputou a última temporada do NBB, finalizada precocemente devido à pandemia do novo coronavírus (covid-19), passou pelo torneio sub-22, segundo os organizadores. Uma novidade é que, para 2020/2021, as equipes do Novo Basquete Brasil devem ser representadas também na Liga de Desenvolvimento.

Edição: Fábio Lisboa

Comentários Facebook
Continue lendo

TRÊS LAGOAS

CÂMARA DE TRÊS LAGOAS

BRASILÂNDIA

POLICIAL

Mais Lidas da Semana