Três Lagoas-MS

  Últimas
Cessões de uso firmados pela SAD proporcionam economicidade ao Governo do Estado
PRF apreende 4,6 Kg de cocaína em Nova Alvorado do Sul (MS)
Segurança do Estado é reforçada com itens recebidos do legado da Senasp
Polícia Militar Ambiental de Batayporã autua paranaense em R$ 55 mil por desmatamento ilegal de vegetação do bioma protegido de Mata Atlântica para plantio de lavoura
Grêmio oficializa venda de Everton ao Benfica
Operação de combate às queimadas no Pantanal faz o número de focos de incêndio cair de 301 para 50
Em Três Lagoas| Distribuição de senhas para atendimento na Caixa passa a ser no “Poliesportivo da Lagoa Maior” 
Polícia Militar realiza troca de comando da Companhia de Cassilândia
Município de Brasilândia informa trabalho realizado no enfrentamento do Coronavírus desde a Pandemia
Suzano registra geração de caixa operacional de R$ 3,4 bilhões, maior resultado trimestral desde a fusão
Polícia Militar Ambiental de Rio Negro autua dono de chácara em R$ 3 mil por derrubada de árvores para exploração de madeira
Liga e Comitê de Clubes fecham acordo de suporte logístico para NBB
Marcos Braz confirma saída do lateral Rafinha do Flamengo
PRF apreende 1,5 tonelada de maconha após dois flagrantes no MS
Para segurança de pedestres, Prefeitura constrói calçada na Vila Zucão
Polícia Militar prende homem por dano após romper tornozeleira eletrônica em Bataguassu.
Polícia Militar Ambiental de Campo Grande recolhe filhote de anta com ferimentos possivelmente por ataque de cachorros de caça
ATP divulga mudanças no calendário e confirma Finals para novembro
Governo de MS apresenta PPP do Esgotamento Sanitário no Roadshow da B3
Polícia Militar realiza três apreensões de mercadorias de Descaminho na barreira sanitária de Anaurilândia.
Polícia Militar prende homem por furto e mulher por tráfico de drogas em Paranaíba
Carnaval de Corumbá passa a ser patrimônio imaterial de Mato Grosso do Sul
MS assegura manutenção de R$ 39,5 milhões para repressão de crimes na fronteira
Atear fogo em terreno baldio é crime e multa pode chegar a quase R$ 10 mil
Com quase 600 óbitos, Estado confirma mais 875 infectados pela Covid
Covid-19: Federação Mundial de Badminton cancela torneios paralímpicos
BOLETIM COVID-19 – Três Lagoas tem 13 novos casos positivos e mais 24 recuperados para COVID-19 nesta sexta-feira (14)
Calamidade pública: ALEMS auxilia os municípios a cumprirem a LRF
Prosseguir divulga terceiro mapa situacional de Mato Grosso do Sul
Polícia Militar em Porto Murtinho prende homem por Fornecer Bebida Alcoólica e Outras Substâncias Ilícitas para Criança e Adolescente
Next
Prev

Mato Grosso do Sul

Suinocultura de MS cresce acima da média nacional com biossegurança e sustentabilidade

Publicado


.

Campo Grande (MS) – Setor de importância estratégica na política de desenvolvimento econômico do Governo do Estado, a suinocultura em Mato Grosso do Sul registrou expansão acima da média brasileira nos últimos anos, chegando a um crescimento de 54,3% na produção de 2014 a 2020, enquanto que no mesmo período a evolução no Brasil foi de 29,2%, de acordo com levantamento da Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar).

“A suinocultura sul-mato-grossense deu um salto significativo graças à integração entre o Governo do Estado e o setor, por meio da Câmara Setorial da Suinocultura. Hoje ela está totalmente inserida na nossa política de encadeamento produtivo, conta com um sistema de licenciamento ambiental moderno, regulado, eficiente e claro para os produtores, que tem permitido a ampliação de granjas de forma sustentável”, lembra o secretário Jaime Verruck, da Semagro.

O titular da Semagro destaca a importância do FCO (Fundo Constitucional de Desenvolvimento do Centro-Oeste), por meio do qual já foram aplicados R$ 200 milhões somente na ampliação da atividade produtiva, a fim de atender à demanda da indústria. “Essa é a lógica de nossa política de desenvolvimento. Temos linhas de crédito específicas no FCO, que priorizam investimentos de ampliação de estruturas e de produção de matrizes, sempre atentos aos protocolos de biossegurança”, acrescenta o secretário.

Na última semana, o Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul), órgão vinculado à Semagro, liberou a licença de operação da nova unidade da Seara Alimentos em Dourados. O abate no local passou de 4.500 leitões/dia para 6 mil leitões diários e produção de 1.600 toneladas de alimentos processados por dia – investimento que reflete o bom momento do setor, representa maior movimentação da economia do Estado e geração de empregos.

“O setor está ampliando a sua base de produção de leitões e permitindo a expansão da atividade industrial. O programa Leitão Vida, da Semagro, tem sido fundamental nesse aspecto. Ele foi revisado e modernizado em conjunto com os produtores e está possibilitando que a indústria abata animais criados no Estado, sem necessidade de trazer de outros lugares. Prova disso são os dois novos investimentos na região Sul, voltados para atender a Seara, enquanto que, em São Gabriel do Oeste, foram três novos projetos neste ano. Temos capacidade instalada, temos incentivos fiscais, linhas de crédito e esse conjunto tem permitido ampliar a base de produção”, diz o titular da Semagro.

A maior parte da produção industrial da suinocultura é voltada para o mercado internacional. Hoje, Mato Grosso do Sul é o sexto maior exportador de produtos do abate de suínos no Brasil, com aumento na participação para 0,7% em 2020, em relação ao mesmo período de 2019, onde participava com 0,02%. O principal destino é Hong Kong, responsável por quase 70% dos valores exportados no primeiro semestre deste ano.

Na avaliação do titular da Semagro, a suinocultura é uma área forte, em expansão em Mato Grosso do Sul e para a qual o Governo do Estado tem uma diretriz estratégica. “Para nós, o setor é um exemplo prático de agregacao de valor e adensamento da cadeia produtiva, com um nível de governança por meio do qual fomentamos o acesso ao crédito, ao cooperativismo e associativismo e estimulamos a produção com sustentabilidade e biossegurança. Nossa produção de milho e farelo, base da ração dos leitões, é transformada em proteína animal, temos produção de biogás para geração de energia e temos índices recorde de produtividade no país. Tudo isso reflete na geração de emprego e renda para a população”, finaliza Jaime Verruck.

Marcelo Armôa, Semagro

Fonte: Governo MS

Comentários Facebook

Mato Grosso do Sul

Cessões de uso firmados pela SAD proporcionam economicidade ao Governo do Estado

Publicado

por


.

Nesta sexta-feira (14), o Governo do Estado, por intermédio da Secretaria de Estado de Administração e Desburocratização (SAD), firmou dois termos de cessão de uso de imóveis com a Superintendência do Patrimônio da União no Estado de Mato Grosso do Sul (SPU/MS).

O primeiro imóvel cedido pela União fica no centro do município de Ribas do Rio Pardo, possui 1.147,14m² e será utilizado para o funcionamento do Grupamento do Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso do Sul (CBMMS). O segundo imóvel que está localizado em Aquidauana abrigará a Unidade Regional de Perícia da cidade e será, inicialmente, composto pelo Núcleo Regional de Criminalidade (NRC).

De acordo com a secretária de Estado de Administração e Desburocratização, Ana Nardes, a preocupação dos gestores em firmar parcerias de cessão de uso oportunizam o princípio da economicidade.

“Com essa visão dos gestores, o Estado de Mato Grosso do Sul consegue economizar os recursos aplicados em aluguéis e investe na melhoria dos prédios para proporcionar um ambiente adequado aos servidores e a população”, frisou Ana Nardes.

Os termos de cessão foram assinados pelo superintendente do Patrimônio da União, Luiz Ribeiro Rosa; titular da SAD, Ana Nardes; comandante-geral do CBMMS, coronel Joilson Alves do Amaral e coordenadora-geral de Perícias, Gloria Setsuko Suzuki. O ato também foi acompanhado pelo superintendente de Patrimônio e Transporte da SAD, José Alberto Furlan.

Ana Letícia Gaúna, SAD

Foto: Divulgação

Fonte: Governo MS

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso do Sul

Segurança do Estado é reforçada com itens recebidos do legado da Senasp

Publicado

por


.

O secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Antonio Carlos Videira, participou nesta sexta-feira (14) em Brasília/DF da solenidade para a entrega de bens doados pela Força Nacional da Segurança Pública (FNSP) para reforçar as forças de segurança pública do Estado. Presidida pelo secretário Nacional de Segurança Pública, Carlos Paim, a solenidade aconteceu no Salão Negro do Palácio da Justiça.

Ao todo Mato Grosso do Sul recebe 57 carabinas, 21 coletes balísticos, 46 escudos balísticos com visor, uma caminhonete S-10 e 1 caminhão Ford Cargo 815, que serão destinados ao Corpo de Bombeiros e polícias Civil e Militar do Estado. Os bens são parte do legado e extra legado da Força Nacional de Segurança Pública. A Senasp também cedeu 6 fuzis ao Batalhão de Operações Especiais (Bope), sendo 1 de sniper e 5 m15, de assaltos, semiautomáticos.

De acordo com Videira, os materiais irão contribuir para um melhor e mais efetivo combate à criminalidade, um dos compromissos prioritários do Governo do Estado. “Estamos vivendo um momento importante de repressão ao crime, graças ao empenho e comprometimento dos nossos servidores e esses materiais melhoram as condições de trabalho na ponta, que é de onde vêm os resultados”, afirma.

O secretario pontuou que nos últimos meses aumentaram em 88% as apreensões de drogas no Mato Grosso do Sul, que já contabiliza mais de 425 toneladas de entorpecentes tiradas de circulação pelas polícias. Além disso, o Estado é o que mais esclarece homicídios com índice de 60%, muito acima da média nacional.

Os itens entregues ao Estado representam a contrapartida do Governo Federal no convênio que prevê a cessão de policiais civis e militares para atuarem nas missões da Força Nacional de Segurança Pública.

Estiveram presentes na solenidade de entrega do legado os secretários de Segurança dos 26 estados e do Distrito Federal, o diretor da Força Nacional, Aginaldo de Oliveira, o presidente do Colégio Nacional de Secretários de Segurança (Consesp), Cristiano Barbosa Sampaio, políticos e servidores da segurança pública.

Assessoria de Comunicação da Sejusp

Foto: Edemir Rodrigues

Fonte: Governo MS

Comentários Facebook
Continue lendo

TRÊS LAGOAS

CÂMARA DE TRÊS LAGOAS

BRASILÂNDIA

POLICIAL

Mais Lidas da Semana