Três Lagoas-MS

  Últimas
DOF apreende caminhão carregado com 6 toneladas de maconha
Brasil estreia com medalha no Grand Slam de Judô de Budapeste
Série D: jogadores do São Caetano ameaçam não entrar em campo
Outubro Rosa: mulheres lésbicas, bissexuais, homens e mulheres trans também precisam se prevenir
Trabalhos enviados para Revista da PGE começam a ser distribuídos para avaliação
Piqué critica Barcelona por situação contratual de Messi
São Paulo, Vasco e Bahia conhecem adversários da Copa Sul-Americana
Polícia Militar recebe visita de um pequenino admirador em Aparecida do Taboado
Polícia Militar recebe visita de um pequenino adimirador do trabalho policial em Aparecida do Taboado.
Sidrolândia recebe obras de saneamento, infraestrutura e investimentos privados
Neymar parabeniza Pelé pelos seus 80 anos
Em Cassilândia, a Polícia Militar prende duas foragidas da justiça e encaminha três pessoas à delegacia por desobedecerem regras do regime aberto
Em Cassilândia, a Polícia Militar prende duas foragidas da justiça e encaminha três pessoas à delegacia por desobedecerem regras impostas para o cumprimento de pena em regime aberto
Oitavas da Libertadores terá confrontos entre Brasil e Argentina
Leilão PPP da Sanesul
Tite convoca seleção para Eliminatórias da Copa do Mundo, em novembro
Novo aumento nos números da Covid-19 requer comprometimento da população
Leilão da Sanesul é um sucesso, e MS está mais perto da universalização da coleta de esgoto
Polícia Militar: Duas motocicletas furtadas são recuperadas em Paranaíba
Três Lagoas tem 71 pessoas recuperadas da Covid-19, 40 casos positivos e 01 óbito registrados nesta sexta-feira (23)
Em Naviraí, Polícia Militar apreende motocicleta adulterada
Em Japorã, Polícia Militar prende homem por violência doméstica
MS registra 410 novos casos de coronavírus e 14 óbitos em 24 horas
Resultado do leilão da Sanesul encurta tempo de universalização e garante saúde para população de MS, diz governador
Mega-Sena acumula e pagará R$ 38 milhões no sábado
Eldorado Brasil abre vagas para motoristas de caminhão
Polícia Militar Ambiental autua infrator em R$ 5 mil por desmatamento de área protegida de mata ciliar até para dentro de córrego para aumentar área de pastagem
Aos 80 anos, Pelé é homenageado pela Fifa
Clubes e astros do futebol prestam homenagem pelos 80 anos de Pelé
Em Três Lagoas| Comitê altera toque de recolher para meia noite e acesso dos idosos no comércio e igrejas
Next
Prev

Brasil

Rifa de programa sexual vira caso de polícia em cidade mineira

Publicado

Uma rifa de R$ 20, cujo prêmio para o sorteado seria um programa sexual com duas “acompanhantes dos sonhos”, com o motel incluído, acabou se tornando um pesadelo para os envolvidos. A “rifa dos sonhos” foi divulgada nas redes sociais em Janaúba, no Norte de Minas.

Depois de tornar assunto muito comentado na cidade e um “sucesso de vendas”, a “rifa dos sonhos” virou um caso de polícia. Foi aberto um inquérito policial para investigar o caso. E o sorteio, que estava marcado para 12 de outubro, pelo resultado da Loteria Federal, foi suspenso. Duas pessoas já foram ouvidas pela policia e as investigações continuam em andamento.

O inquérito foi instaurado pela delegada Gessiane Soares Cangussu, da Delegacia de Crimes contra a Mulher de Janaúba. Ela afirma que, se vierem a ser considerados culpados, os promotores da “rifa dos sonhos” poderão cumprir pena.

A delegada explica que a prostituição por si só não é crime.”Mas, no meu entendimento, neste caso, pode ter ocorrido o crime de favorecimento à prostituição, previsto no artigo 230 do Código Penal Brasileiro, que trata do crime da pessoa tirar proveito da prostituição alheia”, afirma Gessiane.

Ela lembra que a prática delituosa pode resultar em pena que vai de um a quatro anos de prisão e multa. “Precisamos entender que ninguém rifa pessoas. Pessoas não são mercadorias para serem rifadas”, afirma Gessiane Cangussu. “Além disso, a questão é que estavam rifando uma atividade sexual contra os bons costumes e a moral pública”, acrescentou.

A delegada de Janaúba (MG) informou que ouviu o depoimento de uma mulher, que seria uma blogueira na cidade e fez a divulgação da “rifa dos sonhos” por meio de um vídeo na conta dela, no Instagram. Conforme Gessiane, a mulher negou envolvimento na realização do “sorteio”, alegando que apenas recebeu o pagamento pela divulgação da rifa: primeiro, R$ 300,00, e depois, mais R$ 200,00, “tendo em vista que a vendagem foi muito boa”.

Conforme a policial, inicialmente, teriam sido lançados 500 bilhetes da “rifa dos sonhos”. Com o sucesso de vendas, teria sido lançado um “segundo lote”, com mais 200 cupons. Por intermédio do depoimento da mulher, a delegada Gessiane Cangussu identificou e ouviu também um homem que teria solicitado a divulgação da “rifa do sexo”.

No entanto, ao prestar depoimento na delegacia, o suspeito negou ser o autor do sorteio. Conforme a delegada, ele declarou que o idealizador da “rifa dos sonhos” é um outro homem de Janaúba, mas alegou não ter a identificação e o endereço do referido morador, o que está sendo objeto de investigação por parte da polícia.

Ainda de acordo com Gessiane Cangussu, o mesmo homem disse que o sorteio do programa sexual foi idealizado com objetivo de “levantar renda para pessoas carentes da região”, mas sem fornecer maiores informações a respeito da questão.

Ela informou que teve conhecimento de que, após o cancelamento do sorteio, o idealizador estaria devolvendo o dinheiro do bilhete para os compradores.

Comentários Facebook

Brasil

Mega-Sena acumula e pagará R$ 38 milhões no sábado

Publicado

As apostas poderão ser feitas até as 19h do dia do sorteio

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2.311 da Mega-Sena, realizado nesta quinta-feira no Espaço Loterias Caixa, em São Paulo.

Os números sorteados são:  03 – 05 – 09 – 35 – 43 – 60.

A quina (cinco números acertados) registrou 58 apostas ganhadoras, cabendo a cada uma delas R$ 42.990,76. E a quadra (quatro números acertados) teve 5.162 apostas ganhadoras, com R$ 690,06 para cada uma.

A estimativa do prêmio para o próximo concurso, que vai ocorrer no sábado (24), é estimado em R$ 38 milhões, segundo o site da Caixa Econômica Federal.

As apostas poderão ser feitas até as 19h de sábado. Cada aposta custa R$ 4,50.

Por Agência Brasil

Comentários Facebook
Continue lendo

Brasil

Estupro coletivo de adolescente pode ter durado até duas horas, diz polícia

Publicado

Investigações conduzidas pela 13ª DP apontam que o estupro de uma estudante de 14 anos cometido por pelo menos seis suspeitos, no morro do Cantagalo, zona sul do Rio de Janeiro, pode ter durado até duas horas. Todos os acusados, três deles menores de idade, alegaram que as relações sexuais com a adolescente foram consensuais.

Segundo os depoimentos, a menina saiu de casa com duas amigas, na madrugada do dia 27 de setembro, sem o consentimento dos pais. As três foram a um local conhecido como Ladeira, onde jovens se reúnem para beber, dançar e conversar. As informações são do Extra.

Chegando ao local, as garotas encontraram Dhonathan Moraes de Araújo Clementino, Robert de Souza Brandao Casciano, ambos de 18 anos, Danilo Luiz Cabral de Souza, de 19 anos e três adolescentes, de 16 e de 14 anos, que já eram conhecidos do grupo.

A vítima e os homens teriam ingerido “Ousadia”, uma bebida com teor alcoólico de 13,5%, misturada com vodka. As amigas da menina disseram não ter bebido e que foram para uma festa na favela.

Os rapazes então teriam levado a adolescente para a laje de uma casa em construção, às 3h, onde teria sido abusada, já inconsciente. A garota conta que, ao retornar a lucidez, percebeu que estava em cima da mesa e sendo abusada por eles. De acordo com a análise da Delegacia da Criança e do Adolescente Vítima (DCAV), em nenhum momento a menina teve vontade de praticar os atos.

Pouco depois das 5h, a vítima, rodeada de crianças de 6 e 7 anos que pediam socorro por ela, foi encontrada pelas amigas. Ao receber a filha, visivelmente debilitada, a mãe imediatamente levou a garota para o Hospital Municipal Miguel Couta, onde ficou internada por três dias.

De acordo com o delegado Felipe Santoro, os depoimentos, laudo pericial e provas colhidas corroboram a versão apresentada pela vítima. Com isso, em menos de 72 horas, os responsáveis pelo estupro foram identificados e tiveram as prisões decretadas pela Justiça.

“Trata-se de um crime bárbaro, que merece total repúdio, principalmente quando praticado contra uma adolescente de 14 anos, em nítido estado de vulnerabilidade e cometido por pessoas que eram de seu trato social. Esperamos que o resultado exitoso das investigações encorajem outras vítimas de atos desta natureza a recorrer à polícia para que haja a punição dos criminosos“, destacou o delegado.

Diego Leal, advogado dos acusados, disse que eles estão à disposição da Justiça e irão provar a inocência.

Por olharms.com.br

Comentários Facebook
Continue lendo

TRÊS LAGOAS

CÂMARA DE TRÊS LAGOAS

BRASILÂNDIA

POLICIAL

Mais Lidas da Semana