Três Lagoas-MS

  Últimas
Investimentos em obras do Governo do Estado em Alcinópolis somam R$ 11,4 milhões
Escolagov 20 anos: crescimento e posição estratégica tornam a instituição modelo de ensino
Av. Mato Grosso: pinturas de faixas e instalação de placas finalizam revitalização
Previsão é de sol entre nuvens e máxima de 30°C para esta sexta-feira
Paradesporto universitário será discutido em curso on-line da Fundesporte
Confira o funcionamento das repartições públicas no fim de semana e feriado
Polícia Militar Ambiental de Três Lagoas fecha suinocultura em área protegida do rio Verde e autua gerente de fazenda em R$ 10 mil
Polícia Militar Ambiental de Campo Grande Captura jiboia de quase três metros e arara ferida em residências na Capital
Operação “Divisas Integradas III” apreende mais de 7 toneladas de drogas e detém 832 pessoas
Operação “Divisas Integradas III” entre SP, MS, MG e PR, apreende mais de 7 toneladas de drogas e detém 832 pessoas
Fundação de Cultura prorroga inscrições de mais 14 editais até 02 de novembro
Prédio da Assembleia Legislativa recebe mais uma etapa de sanitização
Polícia Militar Ambiental de Aquidauana autua em R$ 3 mil infrator preso por Policiais Militares por matar cachorro alheio a pauladas
Por meio virtual, Escolagov entrega XV Prêmio na Gestão Pública
Consultoria Legislativa é tema do PGE em Ação
Agepen recebe elogio do Ministério Público após destaque nacional em ações voltadas a mulheres em situação de prisão
PMA de Corumbá prende e autua em R$ 35 mil cinco pescadores pescando com redes e apreende 314 kg de pescado, embarcação grande, dois barcos, motor e rede
Flamengo encerra preparação para pegar o Athletico
Corinthians busca reforços e faz proposta pelo zagueiro Jemerson, do Monaco
Felipão comanda seu primeiro treino pelo Cruzeiro
Santos recebe o Ceará pela ida das oitavas da Copa do Brasil
Colombiano Gustavo Torres é o mais novo reforço para o Vasco
Igor Vinicius do São Paulo não se recupera e desfalca time contra o Lanús
Cuiabá vence o Botafogo de 1 a 0 e abre vantagem na Copa do Brasil
Chapecoense e CSA ficam no empate sem gol na Série B
Rafael Thyere do Sport retorna como titular após oito meses
Bruno Henrique volta ao Flamengo para ser decisivo pela primeira vez na Copa do Brasil
Galo tem treinos intensos com o intuito de voltar a vencer e subir na tabela
Internacional começa luta pelo bi da Copa do Brasil
Fortaleza se reapresenta nesta quarta de olho no Fluminense
Next
Prev

Mato Grosso do Sul

Revelada por técnico bolsista do Governo de MS, três-lagoense tem a chance de atuar na liga dos Estados Unidos

Publicado


.

O sonho de quase todo atleta de basquetebol é ir para os Estados Unidos, país berço e destaque da modalidade, e por lá se firmar, conciliando estudos e treinos de alto nível. Quem sabe, um dia, entrar em quadra para representar alguma universidade nas principais competições universitárias americanas e chegar à liga profissional mais badalada do mundo: a Associação Nacional de Basquetebol (NBA, na sigla em inglês), no gênero masculino ou a Associação Nacional de Basquete Feminino (WNBA), no feminino.

A atleta sul-mato-grossense Luana Kelly do Nascimento terá esta oportunidade. Natural de Três Lagoas-MS, ela foi revelada em projeto esportivo da Escola Municipal Parque São Carlos pelo técnico Ronaldo Pires da Costa, um dos contemplados pelo programa Bolsa Técnico, concedido pelo Governo do Estado, por meio da Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte).

Formador de talentos, o técnico Ronaldo Pires da Costa destaca a importância do Bolsa Técnico para o trabalho dos profissionais da área

Aos 19 anos de idade, a três-lagoense despertou interesse do técnico Jim Turgeon, da Independence Community College (ICC), universidade pública comunitária localizada no Estado do Kansas, e foi selecionada para estudar e vestir as cores da instituição na Associação Nacional de Atletas Juniores Universitários (NJCAA). A liga reúne milhares de desportistas de instituições que oferecem somente os dois primeiros anos de faculdade, as Junior Colleges, e tem expressiva visibilidade no país. A competição é tida como um pontapé inicial, principalmente para atletas bolsistas estrangeiros.

“O convite veio oficialmente agora no mês de setembro. É uma visibilidade incrível, que qualquer garota da minha idade gostaria de receber. É uma oportunidade muito boa de mostrar minhas habilidades e de destacar o basquete feminino brasileiro nos Estados Unidos. Espero me consolidar por lá e fazer grandes jogos, justificando porque fui escolhida”, destaca a sul-mato-grossense.

Devido à pandemia do novo coronavírus (Covid-19), a temporada da NJCAA começará apenas em janeiro do ano que vem. A expectativa, segundo Luana Nascimento, após a emissão do visto americano de estudante, é chegar em dezembro. “Não vejo a hora de me juntar à equipe”, relata a jovem promessa.

Caminhada de prestígio

Infiltração, defesa e explosão. Essas são as principais características em quadra da três-lagoense, que atua como ala. Luana entrou para o universo do basquetebol aos 13 anos e aprendeu os primeiros fundamentos sob o comando do técnico Ronaldo Pires da Costa, em projeto desportivo realizado na Escola Municipal Parque São Carlos.

Representando a escola de Três Lagoas-MS, venceu o Campeonato Estadual Sub-15 em 2014, organizado pela Federação de Basketball de Mato Grosso do Sul (FBMS). Já em 2015 faturou o título dos Jogos Escolares de Mato Grosso do Sul (Jems), na categoria etária de 12 a 14 anos, competição realizada pela Fundesporte. Por ter sido campeã da fase estadual, a equipe de Luana levou, no mesmo ano, o nome de Mato Grosso do Sul aos Jogos Escolares da Juventude (JEJ), em Fortaleza-CE.

Após se destacar em Mato Grosso do Sul, no ano seguinte a sul-mato-grossense foi convidada a jogar no interior de São Paulo, pelo Tupã Basquete, agremiação que carrega o nome da cidade, distante a aproximadamente 230 quilômetros de Três Lagoas-MS. No Estado vizinho, atuou em competições da federação paulista nas categorias sub-15 e sub-17. Em 2019, transferiu-se para a equipe das Leoas da Serra, de Lages-SC, onde passou a integrar o plantel sub-19 e teve, até então, seu melhor ano em termos de desempenho técnico e físico.

A atleta credita grande parte de sua evolução no basquete ao técnico revelador, que também teve papel fundamental fora das quatro linhas. “O professor Ronaldo Costa foi extremamente importante na minha vida como atleta e pessoa, sempre ensinou um pouco de tudo, os desafios da vida e ajudou a vencer o medo de me aventurar por aí. Foi ele quem instruiu e deu conselhos à minha família quando recebi propostas para jogar longe de casa”, conta.

O treinador de 64 anos, por sua vez, tem a sensação de dever cumprido como profissional de Educação Física e amante do basquetebol. “Me sinto muito orgulhoso de ver onde a Luana chegou, muito pelo seu esforço e dedicação diária. Muitos param no caminho, mas ela nunca desistiu, e isso é muito importante, porque também leva o nome da escola, da cidade e do Estado”, salienta Costa.

Ronaldo Costa é beneficiário do Bolsa Técnico, programa pioneiro no país de valorização do técnico formador, criado em 2017 pelo Governo do Estado, por intermédio da Fundesporte. Segundo ele, o benefício é um reconhecimento aos profissionais que se dedicam diariamente ao treinamento desportivo em Mato Grosso do Sul. “É um grande reconhecimento a nós profissionais e uma motivação a mais para revelar mais atletas de grande potencial como a Luana, uma menina que veio de escola pública, se destacou e está tendo a oportunidade de buscar seu sonho nos Estados Unidos”.

Lucas Castro – Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte)

Fotos: Arquivo pessoal

Fonte: Governo MS

Comentários Facebook

Mato Grosso do Sul

Investimentos em obras do Governo do Estado em Alcinópolis somam R$ 11,4 milhões

Publicado

por


O Governo do Estado de MS já investiu mais de R$ 11 milhões em obras, concluídas e em execução, no município de Alcinópolis. Uma dessas medidas é o sistema de esgotamento sanitário que beneficiou 690 residências e contabilizou uma rede coletora de esgotos superior a 17,5 mil metros, totalizando R$ 2,1 milhões.

Com isso e devido à inauguração da Estação de Tratamento de Esgoto do município, em 2017, o município tem garantido 100% de cobertura na coleta e tratamento, um investimento de R$ 4,3 milhões.

Além dessa obra, o Governo investiu no recapeamento de diversas ruas da cidade, entre elas a Avenida Averaldo Fernandes Barbosa, que também recebeu pavimentação asfáltica e drenagem, rua Darlindo José Carneiro, Rua Lino De Oliveira e Rua Luiza Rezende Silva, entre outras.

No município, dezenas de famílias foram beneficiadas com a casa própria. Ao todo, 54 moradias foram entregues, com investimento total de R$ 3,4 milhões, sendo que mais de R$ 732,6 mil foram contrapartidas do Governo do Estado.

Com investimento total de R$ 3,4 milhões, 54 moradias foram entregues

Na educação, mais de 900 mil reais foram investidos em garantia de merenda, uniformes, transporte e kits escolares, obras e melhorias nas escolas estaduais do município. 

Ana Brito, Subcom 

Foto: Edemir Rodrigues

Fonte: Governo MS

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso do Sul

Escolagov 20 anos: crescimento e posição estratégica tornam a instituição modelo de ensino

Publicado

por


Criada pela Lei nº 2.155, de 26 outubro de 2000, a Fundação Escola de Governo de Mato Grosso do Sul (Escolagov) vem atuando na capacitação profissional de servidores públicos estaduais e usuários dos serviços prestados pelo Estado, mediante convênios ou contratos. Na semana em que completou 20 anos (27), o diretor-presidente da Escolagov, Wilton Paulino Júnior, destaca o trabalho do órgão na sociedade civil. Outros servidores relatam a competências funcionais dentro do espaço.

Com uma estrutura bem delineada que começa desde o Conselho Administrativo e vai até as divisões de cada coordenadoria, a Escolagov desempenha função estratégica dentro do Governo do Estado. A instituição cresceu muito ao longo de duas décadas e, hoje, conta com uma gama de serviços oferecidos, que são: pós-graduação; prêmio sul-mato-grossense de inovação na gestão pública; programa de capacitação do servidor público (educação continuada); entre outros.

No início dos anos 2000, quando iniciaram as atividades, o espaço era pequeno e não contava nem com uma dezena de funcionários. O servidor Victor Manuel Lopes Figueiras, assessor de Tecnologia da Informação, foi convidado pelo primeiro diretor-presidente da instituição, José Carlos Gomes, e é o único desde a primeira gestão. Ele, melhor do que ninguém, acompanhou o crescimento físico e educacional do local, além de ser o primeiro professor da instituição.

Conforme Victor, “os primeiros cursos foram voltados para a área de informática, então nada melhor do que um técnico para poder dar essas aulas. Como eu tinha uma boa didática, ministrei cursos de softwares até a Escola de Governo criar uma estrutura de instituição para isso. Depois disso, foram feitas provas de aptidão para contratar pessoas de fora para dar aula, e assim começou a diversificar bastante o tipo de aula disponível para a necessidade do servidor público”.

No decorrer dos anos, a Escolagov mudou-se de sede no mínimo três vezes, permaneceu com a mesma legislação por 16 anos e contou com seis diretores-presidentes. Atualmente, pode-se notar que a instituição é referência a nível nacional, isso se dá através do processo que foi construído desde a primeira gestão, independente das realidades vividas. A diretora de Educação Continuada, Silvana Maria Marchini Coelho, descreve a fórmula por trás dos bons resultados que estão sendo colhidos.

Coaching na Administração Pública – Gestores Iagro

“Sempre pensando no trabalhar em rede; considerar os levantamentos que foram feitos pela equipe do Ciclo de Desempenho de Gestão por Competência; no trabalho inicial de cada um dos coordenadores que nós tínhamos em cada uma das secretarias, que faziam o levantamento das necessidades dos servidores. Através dessas necessidades nós montávamos os nossos planos de cursos presenciais, e depois disso, com a saída dos cursos da ENAP da nossa plataforma, fazendo com que nós tivéssemos que produzir os próprios cursos, então isso levou a um plano de melhoria obrigatório da Escola de Governo”, explica Silvana.

A Escolagov, a partir de meados de 2016, passou a produzir os seus próprios cursos na modalidade à distância, como parte do ciclo de desempenho da Gestão por Competência. Outro marco no mesmo ano aconteceu através do processo seletivo de 2016, onde passou a contar com cursos em 62 áreas de atuação e funções e quatro atividades para atender as necessidades da Administração Pública Estadual. Conforme o relatório do quinquênio (2016 a 2020), o total de número de turmas entre os formatos presencial e EAD foi de 519, além de 58.139 matriculados e de 33.021 concluintes.

É certo que desde 2015, início da gestão Reinaldo Azambuja, uma das diretorias da instituição que expandiu suas atividades foi a de Planejamento e Desenvolvimento, que atua para firmar parceria com as universidades, fundações e organizações públicas e privadas no âmbito estadual e federal, a fim de desenvolver projetos, pesquisas, entre outros. Giovanna Ramos Auto, responsável pela Diretoria, destaca a mudança ocorrida na realidade das coisas.

Solenidade de entrega do Prêmio 2017

“Hoje, o perfil do funcionário público mudou. Não existe mais essa coisa de ‘passei num concurso público, não vou me especializar’.  E aos moldes da ENAP, a Escolagov tem tentado todas essas diretrizes, na parte de capacitação, na parte de valorização do servidor com o Prêmio de Inovação na Gestão Pública. Nós bem sabemos que este prêmio é referência, tivemos contato de outros estados perguntando como fazemos o mesmo, porque o servidor precisa desse reconhecimento”, diz ela, enfatizando o Prêmio Sul-Mato-Grossense de Inovação na Gestão Pública.

Tal concurso já é bem tradicional desta história que começou há 20 anos atrás. Desde sua primeira edição, mais de 80 trabalhos inscritos por servidores foram premiados entre as duas categorias: Práticas Inovadoras de Sucesso e Ideias Inovadoras Implementáveis. Outro feito da diretoria está nas parcerias e descontos, que permite ao servidor acessar à cursos de capacitação e formação. Ao todo, a parceria é firmada com 38 instituições de ensino vigente o qual já foram atendidos mais de dois mil servidores e familiares na facilitação do acesso à ensinos mais específicos.

Reunião para apresentar o funcionamento das parcerias: Escolagov & Instituição

Recentemente, consolidado em seu Plano de Desenvolvimento Institucional (2018-2021) a Fundação Escola de Governo de Mato Grosso do Sul trabalhou para a implementação e oferta de curso de pós-graduação em nível de especialização para os servidores efetivos do Estado. O credenciamento aconteceu em 2018, iniciando sua primeira turma de Gestão de Pessoas em novembro do ano seguinte. “Um dos maiores avanços foi a criação da pós-graduação na área de Gestão de Pessoas. Atingimos, no mínimo, um servidor de cada órgão, de cada Secretaria”, comemora Antonieta Colman dos Santos, que possuí cinco anos de Escolagov.

A atual gestão cumpre a missão da instituição que é de promover, desenvolver e coordenar as políticas de formação, aperfeiçoamento e valorização dos servidores, visando a modernização e eficiência. No governo, um dos pilares do Estado é a migração do analógico para o digital, algo que ocorreu de forma responsável e dinâmica. O diretor-presidente, Wilton Paulino Júnior, destaca que “todas as ações são muito importantes pois impactam no nível cultural dos nossos servidores e dos seus familiares”.

Equipe Escolagov

Segundo a presidência, impactos positivos são sentidos em todos as áreas. O sentimento que toda a equipe da Escola de Governo exprime é o de felicidade em ser a responsável pelo desenvolvimento do serviço público em Mato Grosso do Sul. O crescimento é resultado da dedicação sentida ao longo desses anos.

Davi Nunes Souza, SAD

Fonte: Governo MS

Comentários Facebook
Continue lendo

TRÊS LAGOAS

CÂMARA DE TRÊS LAGOAS

BRASILÂNDIA

POLICIAL

Mais Lidas da Semana