TRÊS LAGOAS MS
  Últimas
Duda Sampaio e Natascha defenderão Brasil na Copa América Feminina
Vasco e Sport empatam em Maracanã lotado
Diante do Atlético-GO, São Paulo volta a vencer no Brasileiro
Polícia Militar realiza formatura do Proerd Kids no Município de Anaurilândia.
Polícia Militar Ambiental de Campo Grande captura tamanduá-bandeira passeando pelas ruas do bairro Caiobá
Brasileiros perdem nas duplas e país está fora de Wimbledon
Série B: Ponte Preta e Tombense ficam no 0 a 0 em Campinas
Cuiabá derrota o Avaí em Florianópolis e deixa o Z4
PMA do Grupamento de Águas do Miranda fiscaliza 14 embarcações e 57 pescadores, orientam turistas e apreendem petrechos ilegais de pesca
PMA e UCDB entregam amanhã (4) às 14h00 para o Biobarque Pantanal, onça-pintada, arara e filhote de anta taxidermizados para uso em Educação Ambiental
Polícia Militar 9°CIPM/CPA1 impede Estelionato contra idosa em Dourados
Polícia Militar de Caarapó da 9ªCIPM/CPA-1 recupera produtos de furto e prende autor
Em dois meses, 27 países fincaram suas bandeiras no Bioparque Pantanal
Primeiro pagamento por serviços ambientais motiva setores produtivos de Bonito e Jardim
Rayssa Leal e Pâmela Rosa disputam final do Pro Tour de skate street
Em um Maracanã lotado, Vasco recebe o Sport pela Série B
Palestra e oficina interativa no MIS buscam discutir o saber-fazer Guarani e Kaiowá
Reeducandos do Centro Penal da Gameleira trabalham na reforma da Unei Dom Bosco
Domingo segue com previsão de tempo estável, com máxima de até 35°C no Estado
Com assinatura de convênios, produtores já podem receber 1ª parcela do PSA de Jardim e Bonito
Big Data: Fundtur MS e Sistema Comércio criam plataforma de inteligência turística
Dourados: projetos da Coronel Ponciano e do terminal de passageiros avançam
Athletico-PR bate Palmeiras fora de casa e assume vice-liderança
Gabriel decide e Flamengo derrota Santos na Vila Belmiro
Com time alternativo, Atlético-MG derrota Juventude por 2 a 1
Brasileiro: Fluminense goleia Corinthians e dá salto na classificação
Polícia Militar Rodoviária apreende carga de maconha, na MS 164, em Maracaju
Polícia Militar Ambiental de Rochedo apreende caminhão com 29 m³ de madeira ilegal e autua proprietário em 8,6 mil
Em ação conjunta, Polícias Militar e Civil prende foragido da justiça acusado de roubo a residência em Bataguassu.
Carga de contrabando é apreendida pela Polícia Militar Rodoviária, na MS 455, em Campo Grande
Next
Prev

Gospel

Quem mora em MS poderá ver Papa Francisco a 8 horas de Campo Grande

Publicado

Em julho, o Papa Francisco estará em Assunção e pacotes já são vendidos, com saída de Campo Grande, por R$ 570,00.

O papa chegará em 10 de julho e no dia 11 reza missa na cidade de Caacupé, 50 quilômetros antes de Assunção. No domingo, a celebração será na capital paraguaia, com missas às 13h e às 17h.

São 12 horas de ônibus aqui de Campo Grande, ou cerca de 8 horas de carro, distância bem menor que a percorrida por quem resolveu conhecer o Papa Francisco no Rio de Janeiro, durante a Jornada da Juventude em 2013.

Em duas semanas, 20 pacotes já foram vendidos, mas ainda restam 33 vagas. “Não conseguimos mais por falta de hotel em Assunção”, explica o responsável pelo grupo, Eli Silveira.

Evangélico, ele resolveu organizar a viagem diante do interesse pelo Papa, considerado moderno. “A maioria dos pacotes que eu vendi não são para católicos. O Papa hoje movimenta o mundo todo, as pessoas querem ir pela curiosidade em conhecer esse homem tão diferente”, diz.

Outra vantagem em sair daqui para a visita do maior representante da Igreja Católica no Paraguai e o público. “Será muito menos gente que no Rio de Janeiro. Lá esperam, no máximo,1 milhão de pessoas”, comenta Eli.

Os interessados em comprar pacotes, devem ligar para 9671 0120.

Para quem quiser ir de carro, o Papa Francisco deverá desembarcar às 15h do dia 10 no Aeroporto Silvio Pettirossi, em Assunção, onde permanecerá por 45 minutos e será recebido pelo presidente Horácio Cartes. Depois, vai descansar na Nunciatura Apostólica da Santa Sé. Ainda na sexta-feira, Francisco se encontrará com religiosos na Catedral Metropolitana de Assunção.

No sábado (11), a manhã começa com visita ao Hospital Geral Pediátrico Acosta Ñu. Às 10h30, ele irá de helicóptero até o Santuário da Virgem Serrana, na cidade de Caacupé, onde rezará missa. Depois, seguirá de Papa Móvel até o Instituto Agronômico Nacional e no fim da tarde, às 16h30 conversará com representantes da sociedade civil no Estádio del Leon. Francisco terminará o dia em conversa com a comunidade eclesiástica.

No dia 12, celebra mais uma missa às 10h e outra às 17h, quando reúne a juventude na avenida às margens do Rio Paraguai.

Francisco deixa Assunção às 19h do domingo.

 

Com informações de Campo Grande News

Comentários Facebook

Gospel

Jesus e a exaltação à Vida

Publicado

A mensagem da Semana Santa não é a da ruína, mas de vitória. Vitória sobre a morte!

Em O drama milenar do Cristo e do anti-Cristo, escreveu Huberto Rohden (1893-1981): “(…) o Cristo sempre ressuscita, mesmo de túmulos fechados, sigilados e guardados por Seus inimigos. É proibido ressuscitar — mas Ele sempre ressuscita… Os Seus verdadeiros amigos O encontram sempre glorioso, por toda a parte, em todos os tempos”.

Realmente, contra todas as perspectivas, vencendo dramas, lutas e guerras, o Celeste Taumaturgo a todo momento ressurge nos corações de Boa Vontade. É o triunfo do Amor, que se manifesta das mais surpreendentes formas, dando continuidade à existência. Porque a Paixão de Jesus não canta a morte, mas exalta a vida, Vida Eterna.

Aí está. Onde há vida, diz o povo, há Esperança.

Levanta e anda, humanidade!

No Santo Evangelho do Cristo, Mateus relata, nos versículos de 1 a 8 do capítulo 9:

A cura de um paralítico em Cafarnaum

 1 Entrando Jesus num barco, passou para o outro lado do lago e foi para a Sua própria cidade.

2 E eis que Lhe trouxeram um paralítico deitado num leito. Vendo-lhes a Fé, Jesus disse ao paralítico: Tem bom ânimo, filho; estão perdoados os teus pecados.

3 Mas alguns escribas diziam consigo: Este blasfema.

4 Jesus, porém, conhecendo-lhes os pensamentos, perguntou: Por que cogitais o mal nos vossos corações?

5 Pois o que é mais fácil dizer: Estão perdoados os teus pecados, ou: Levanta-te e anda?

6 Ora, para que saibais que o Filho de Deus tem sobre a Terra autoridade para perdoar pecados — determinou ao paralítico: Levanta-te, toma o teu leito e vai para tua casa.

7 E, levantando-se, partiu para sua casa.

8 Vendo isto, as multidões, possuídas de temor, glorificaram a Deus, que dera tal autoridade aos homens.

Que cada criatura tenha a Fé daqueles que carregaram até Jesus o paralítico, a ponto de comover o Divino Mestre, que então lhe ordenou: “Surge et ambula! (Levanta e anda!)”, humanidade!

Curioso este mundo!… Multidões consideram-se cristãs. Mas quando se fala a respeito do Evangelho, há quem exclame surpreso: “Hein?!” A impressão que passa é que muitos jamais sequer abriram o Novo Testamento.

Eis o caso da Semana Santa: como gerações e gerações não se debruçaram do modo que deveriam sobre o Livro Sagrado, quando os povos alcançam períodos de transição semelhantes a este que vivemos, percebe-se em parte da mídia menor cuidado ao fato que marca a afirmação do Cristianismo desde os seus primeiros passos: a Ressurreição de Cristo Jesus!

Ademais, muita gente acostumou-se a guardar da Semana Santa a imagem da crucificação (morte) de Jesus, embora o seu grande recado se encontre estampado na Ressurreição, que é Vida, e Vida perene.

O Evangelho não é um livro ocioso. Sua mensagem permeia Céu e Terra. É urgente que a Divina Pregação de Jesus realize, mesmo nos territórios em que ela fincou raízes, sua extraordinária missão: civilizar a civilização humana com a vivência do Novo Mandamento do Cristo: “Amai-vos como Eu vos amei. Somente assim podereis ser reconhecidos como meus discípulos” (Boa Nova, segundo João, 13:34 e 35).

É obra da paciência e da perseverança em Deus.

Já dizia o filósofo que a mais difícil fronteira a ser suplantada é a do cérebro humano, inclusive nas nações cristãs. Mas o ânimo e a vontade de avançar vêm Daquele que carrega o Sinete Divino da Vitória e atestou em Seu Evangelho, consoante João, 16:33: “Eu venci o mundo!” Por essa razão, com Jesus, venceremos sempre, sempre e sempre!

 

José de Paiva Netto ― Jornalista, radialista e escritor.

[email protected]www.boavontade.com

Comentários Facebook
Continue lendo

Gospel

Cantora gospel Cristiane Ferr, defensora do tratamento precoce, morre de Covid

Publicado

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – A cantora e compositora gospel Cristiane Ferreira de Souza, 48, conhecida como Cristiane Ferr, morreu, no dia 11 de junho, em Juiz de Fora (MG), por complicações da Covid-19. Famosa no cenário gospel nacional, Ferr tinha mais de 20 anos de carreira.

 Ela iniciou o tratamento contra a doença em casa, mas seu quadro piorou rapidamente e chegou a ter 100% dos pulmões comprometidos. A mãe da cantora também foi infectada pelo coronavírus e permanece em tratamento.

Cristiane Ferr era natural do Rio de Janeiro, mas morava em Juiz de Fora. A artista também tinha formação em fisioterapia e exercia a profissão.

A artista trabalhou no estúdio Prata Music durante cerca de dez anos, segundo o proprietário do local, Humberto Almeida Prata. À reportagem ele elogiou a parceria e o profissionalismo da cantora.

No dia 5 de dezembro de 2020, ela havia compartilhado uma mensagem em rede social incentivando o chamado tratamento precoce contra a Covid-19 com o uso de ivermectina, azitromicina ou hidroxcloroquina. No comentário do post escreveu “eu tomei”.

“Se você tomou ivermectina, azitromicina ou hidroxcloroquina poste no Facebook, e se não precisou tomar e é a favor, poste que é a favor. Seremos a maioria. Vamos forçar as prefeituras a começarem a prevenção urgente. E fazer a distribuição gratuita”, diz o texto compartilhado.

Na mesma rede social, compartilhou mensagem com a hashtag “fica em Casa” e “obedecer é melhor do que sacrificar”, escreveu.
Evidências científicas mostram que os remédios dos chamados “kit Covid” ou “tratamento precoce” não tratam nem previnem a Covid-19.

A hidroxicloroquina para tratamento de Covid-19 foi a droga mais estudada desde o início da pandemia, com 268 pesquisas científicas registradas em 55 países, mas sua eficácia não foi comprovada nem para tratamento de pacientes internados nem como medida profilática, de acordo com as pesquisas científicas que utilizam o chamado padrão-ouro do método científico.

Entidades médicas em todo o mundo, incluindo a SBI (Sociedade Brasileira de Infectologia), recomendaram abandonar o medicamento, ainda em maio de 2020.

O Instituto Nacional de Alergias e Doenças Infecciosas (Niaid, na sigla em inglês) dos EUA contraindicou o uso da cloroquina, hidroxicloroquina e azitromicina para tratamento da Covid-19 já em abril de 2020. A nota teve o apoio de 13 entidades, entre elas o CDC (Centro de Controle e Prevenções de Doenças), principal órgão de saúde norte-americano.

Posteriormente, em julho do mesmo ano, a FDA, agência regulatória de medicamentos no país, publicou uma nota que citava preocupação quanto ao uso da hidroxicloroquina fora de ambiente hospitalar para tratamento de casos leves ou profiláticos e como seu uso estava associado a um risco elevado de problemas cardíacos.

Desde o início da pandemia de Covid-19, porém, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) defende o uso de medicamentos sem comprovação científica contra a doença, como a hidroxicloroquina.

POR FOLHAPRESS

Comentários Facebook
Continue lendo

TRÊS LAGOAS

CÂMARA DE TRÊS LAGOAS

Assembléia Legislativa MS

Mato Grosso do Sul

POLICIAL

Mais Lidas da Semana