TRÊS LAGOAS-MS
  Últimas
Pelo Campeonato Brasileiro, Operário recebe o Cruzeiro no Germano Krüger
PRF apreende 355,2 Kg de maconha em São Gabriel do Oeste (MS)
Polícia Militar Ambiental de Bela Vista recupera bicicleta que acabara de ser furtada, quando ladrão estava quase adentrando o Paraguai
Coxa encerra preparação para enfrentar o Vila Nova
Vitoria enfrente o Brusque hoje no Barradão
Polícia Militar Ambiental de Bonito resgata anta ferida à margem da rodovia MS 178 depois de atropelamento, mas o animal não resiste
Em Dois Irmãos do Buriti, ação conjunta entre Polícia Militar e Polícia Civil leva a prisão de autor de roubo e a elucidação de dois outros crimes
treino tático marca fim da preparação do timão para duelo contra o Bahia
Dérbi 200: Ponte Preta enfrenta rival e quer vitória na casa adversária
Polícia Militar Ambiental de Aparecida do Taboado prende infrator com rifle e munições e cachorros em veículo que se suspeitam seriam utilizados em caça a animais silvestres
PRF apreende 85 Kg de pasta base de cocaína em Anastácio (MS)
Avaí finaliza preparação para confronto com o Remo
Vasco faz último treinamento antes de partida contra o CRB-AL
Inter renova contrato com Patrick
Cuiabá x Grêmio e adiado pela CBF
BOLETIM COVID-19 – Três Lagoas registra 119 novos casos e confirma 02 óbitos neste sábado (19)
com retorno de Jô, Timão segue preparação para encarar Bahia
Flamengo encerra preparação para enfrentar o Bragantino, pelo Brasileiro
Vacinação e sequenciamento genômico são destaques de MS no enfrentamento à Covid-19, diz OPAS
Com Junho Vermelho, Hemosul abre durante o dia todo neste sábado
MS é 1° no Centro-Oeste e 7° no ranking nacional de ambiente e potencial de negócios
Com lotes a partir de R$ 200, SAD fará leilão de 38 lotes de veículos e sucatas de veículos em julho
Canoístas de MS disputam Campeonato Brasileiro de Descida Sprint e buscam vaga ao Mundial
UEMS está com inscrições abertas para bolsas de iniciação científica no valor de R$ 400
Às vésperas do inverno, Mato Grosso do Sul registra grande contraste nas temperaturas 
Servidores Estaduais têm descontos exclusivos nos serviços oferecidos pelo SESC MS
Sejusp descarta fuga de assassino de Goiás para MS, mas mantém alerta
Policiais Militares da 11ª CIPM prendem criminoso com mandado de prisão em aberto por homicídio qualificado
Polícia Militar recupera veículo furtado em Três Lagoas.
Polícia Militar prende autor de Tráfico de Drogas em Três Lagoas.
Next
Prev

Mato Grosso do Sul

Prosseguir: 42 municípios mudam de bandeira e podem ter novo toque de recolher a partir desta quinta-feira

Publicado


O Prosseguir, Programa de Saúde e Segurança na Economia, atualizou nesta quarta-feira o mapa situacional dos 79 municípios de Mato Grosso do Sul referente a 18° semana epidemiológica e com vigência para o período de 13 a 26 de maio. 

No comparativo com o mapa do Prosseguir da semana anterior, 10 municípios regrediram de bandeira, 32 progrediram, e 37 permaneceram na mesma bandeira. Sendo assim, 42 cidades poderão ter o horário do toque de recolher modificado a partir de amanhã. 

Diferente da semana anterior, que não tinha nenhum município classificado no grau de extremo risco, Guia Lopes da Laguna e Juti estão na bandeira cinza, em que apenas atividades essenciais são recomendadas. 

Na bandeira vermelha com grau alto de risco estão 32 cidades. Amambai, Anastácio, Antônio João, Bela Vista, Bodoquena, Bonito, Chapadão do Sul, Corguinho, Coronel Sapucaia, Corumbá, Costa Rica, Coxim, Dourados, Fátima do Sul, Iguatemi, Itaquiraí, Ivinhema, Ladário, Laguna Carapã, Miranda, Mundo Novo, Naviraí, Nova Andradina, Paranhos, Pedro Gomes, Porto Murtinho, Rio Brilhante, Rio Verde de Mato Grosso, Sonora, Tacuru, Terenos e Vicentina.

A bandeira laranja, que indica grau médio, é a que possui o maior número de municípios na nova atualização do Prosseguir, ao todo são 44. São eles: Água Clara, Alcinópolis, Anaurilândia, Angélica, Aparecida do Taboado, Aquidauana, Aral Moreira, Bandeirantes, Bataguassu, Batayporã, Brasilândia, Caarapó, Camapuã, Campo Grande, Caracol, Cassilândia, Deodápolis e Dois Irmãos do Buriti. 

Também estão no mapa laranja: Douradina, Eldorado, Figueirão, Glória de Dourados, Inocência, Itaporã, Japorã, Jaraguari, Jardim, Jateí, Maracaju, Nova Alvorada do Sul, Novo Horizonte do Sul, Paraiso das Águas, Paranaíba, Ponta Porã, Ribas do Rio Pardo, Rio Negro, Rochedo, Santa Rita do Pardo, São Gabriel do Oeste, Selvíria, Sete Quedas, Sidrolândia, Taquarussu e Três Lagoas.

Apenas Nioaque aparece no mapa com indicativo da bandeira amarela, que indica grau tolerável de risco. Novo mapa situacional do Prosseguir apresentado nesta quarta-feira, nenhuma cidade está classificada como baixo risco na bandeira verde. 

O secretário de Governo e Gestão Estratégica, Sérgio Murilo lembrou que a nova classificação dos municípios modifica o toque de recolher instituído pelo decreto n. 15.644. Nas cidades com classificação das bandeiras verde, amarela e laranja será mais flexível, das 22h até às 5 da manhã; os municípios de bandeira vermelha a partir das 21h; e na cinza, o toque de recolher deve acontecer das 20h até às 5 da manhã. 

Secretário de Governo e Gestão Estratégica, Sérgio Murilo durante live nesta quarta-feira (12). Foto: Edemir Rodrigues

“Sabemos que muita gente tem sido vacinada, muita gente têm sido curada da Covid, mas os protocolos precisam continuar sendo seguidos, uso de máscara, higiene das mãos e distanciamento social são fundamentais”, reforçou o titular da Segov durante apresentação dos dados na live.  

O desempenho dos municípios em indicadores essenciais como a disponibilidade de leitos de UTI, contato com casos confirmados, redução da mortalidade em relação a covid-19, redução de novos casos, ocorrências da doença entre profissionais de saúde e incidência do vírus na população indígena, entre outros fatores, irá nortear a nova atualização do Programa Prosseguir que será no dia 26 de maio.

Mireli Obando, Subcom

Foto: Artes Governo do Estado

Fonte: Governo MS

Comentários Facebook

Mato Grosso do Sul

Vacinação e sequenciamento genômico são destaques de MS no enfrentamento à Covid-19, diz OPAS

Publicado

por


Mato Grosso do Sul está à frente dos demais estados em relação a tomadas de ações para o enfrentamento à Covid-19, destacam técnicos da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) em nova avaliação para o Estado. Além da adoção de medidas não farmacológica como: o uso de máscara e o distanciamento social. O Estado avança no aproveitamento de doses utilizadas de vacina e no mapeamento genômico tornando-se referência para o país.

Para o secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, a opção do Governo do Estado em tomar decisões com bases em evidências científicas têm gerado reflexos positivos para MS. “Estas decisões são importantes, principalmente para o planejamento de novas ações, seja na incorporação de novas tecnologias ou na adoção de medidas mais efetivas”.

Segundo o consultor nacional da OPAS, Rodrigo Said, o Estado avançou em relação a última avaliação realizada em outubro de 2020. “Nós identificamos além do progresso, várias iniciativas positivas desde a divulgação de informações por meio do boletim epidemiológico como na manutenção de boas práticas. É claro que dentro deste processo estamos falando de uma pandemia com cenário bastante dinâmico com características diferentes do que foi no ano passado e isso traz para Mato Grosso do Sul, o desafio de manter as medidas anteriores, incorporar novas boas práticas como ocorre com a questão da imunização”.

No critério de boas práticas, os técnicos chamaram atenção para o sequenciamento genômico que permitiu a identificação de novas variantes do Coronavírus presentes em Mato Grosso do Sul. Além disso, foi destacado as reuniões integradas das frentes de trabalho da SES/MS para tomadas de decisões, organização do processo de trabalho frente à vacinação, regulação de leitos do Estado entre covid e não covid, rastreamento e monitoramento de casos e contatos, implantação de cuidados e capacitação de profissionais pós-covid e gestão de controle de insumos.

O Hospital Regional de Mato Grosso do Sul – referência no tratamento à Covid-19 também ganhou destaque impressionando os técnicos na agilidade, na criação e gestão leitos de UTIs, além de outras ações implementadas como o Gabinete de Crise realizado duas vezes ao dia com objetivo de oferecer o melhor atendimento à população e no controle de insumos e medicamentos.

Os técnicos visitaram Campo Grande e Dourados em que ressaltaram a iniciativa do município douradense pela decisão de tomar medidas mais restritivas e que já sinalizam para resultados positivos no enfrentamento à Covid-19.

“A OPAs sempre foi nossa parceria em nossas tomadas de decisão e acredito que todas as medidas deveriam ser tomadas com base em evidências científicas. Quero agradecer aqui, as universidades e às demais instituições, como técnicos, professores, pesquisadores e infectologistas a doc que têm nos ajudado neste enfrentamento. Nós não somos ninguém, não fazemos nada sozinhos. Por isso, é importante mantermos essas parcerias. Além da OPAS, representantes do Ministério da Saúde e do Conass também estiveram presentes e acompanharam as visitas a esses municípios”, pontua a secretária-adjunta da SES, Crhistinne Maymone.

Rodson Lima, SES

Fotos: Chico Ribeiro

Fonte: Governo MS

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso do Sul

Com Junho Vermelho, Hemosul abre durante o dia todo neste sábado

Publicado

por


As ações de incentivo à doação continuam durante todo o mês de junho e agora o Hemosul Coordenador anuncia que irá abrir de maneira integral, das 7h às 17h durante todos os sábados desse mês especial.

“Nós queremos incentivar a doação nesse período tão complicado que vem decorrente da pandemia e agrava muito nos meses de frio. Convidamos a população e reforçamos a importância de doar sangue. A cada doação você pode salvar até quatro vidas. Venha ao Hemosul e faça sua doação. Qualquer tipagem é fundamental” apela a Coordenadora Geral da Rede Hemosul Marli Vavas.

Vale ressaltar que o Hemosul Coordenador já abre todos os sábados das 7h às 12h e a cada primeiro sábado de cada mês ele abre integral. Ele fica localizado na Av. Fernando Corrêa da Costa, 1304, Centro – Campo Grande/MS
Fones: (67) 3312-1500 / 3312-1517 – Agendamentos: (67) 3312-1516 / 3312-1529 e (67) 99298-6316 WhatsApp.

Vacina Coronavac


Pessoas pertencentes aos grupos que recebem a vacina Coronavac, produzida pela chinesa Sinovac em parceria com o Instituto Butantan, podem doar sangue após 48h (dois dias). A regra é válida tanto para primeira quanto para segunda dose do imunizante.

Vacina AstraZeneca e Pfizer

( Saul Schramm)

O prazo para quem receber a vacina AstraZeneca ou Pfizer doar sangue é de 7 dias (168 horas) após a aplicação. Esse tempo de espera varia de acordo com a produção do imunizante. 

A recomendação é que a população doe sangue e depois vá receber as vacinas para não deixar os estoques em situação alarmante.

Mais informações no site www.hemosul.ms.gov.br ou nas redes sociais @hemosulms

Lívia Miranda , Hemosul MS

Fonte: Governo MS

Comentários Facebook
Continue lendo

TRÊS LAGOAS

CÂMARA DE TRÊS LAGOAS

BRASILÂNDIA

POLICIAL

Mais Lidas da Semana