Três Lagoas-MS

  Últimas
Coxim ativa cinco leitos de UTI e região norte de MS está preparada para enfrentar Covid-19
Coluna – Há um ano Jesus estreava no Maracanã pelo Flamengo
Polícia Militar Ambiental de Três Lagoas autua mulher de 39 anos por incendiar resíduos de limpeza, perturbando sua vizinhança pela fumaça
Programa Defensoria Explica destaca doação de protetores faciais
Segurança pública ganha reforço de mais de 100 novas viaturas em MS
Vôlei: mercado segue agitado antes do início da temporada 2020/2021
Polícia Militar em Nioaque prende dois homens por Descumprir Medidas Sanitárias Preventivas e Desobediência
Polícia Militar cumpre Mandado de Prisão durante atendimento de ocorrência em Bela Vista
Polícia Militar Ambiental de Cassilândia autua infrator em R$ 10 mil por degradação de nascentes para plantio de pastagem e manter gado na área protegida
Domingo tem Autocine com exibição do filme “O menino da porteira”
Além de Kit Alimentação,  Prefeitura de Três Lagoas entrega Kit Hortifrúti para mais de 11 mil alunos da Rede Municipal de Ensino (REME)
Redução da punição ao Manchester City gera polêmica na Inglaterra
Ponto de Vista discute projeto de lei que combate fake news
Empresas credenciadas ampliarão atendimento e facilitará acesso aos serviços de vistoria em MS
30 anos dedicados em servir e proteger
Além de Kit Alimentação,  Prefeitura de Três Lagoas entrega de Kit Hortifrúti para mais de 11 mil alunos da Rede Municipal de Ensino (REME)
Unidades de Saúde serão pontos de descarte de medicamentos vencidos em Três Lagoas
Segurança em Pauta entrevista o secretário de Justiça de MS, Antonio Carlos Videira
Saúde divulga novo mapa hospitalar de leitos para coronavírus
Suinocultura de MS cresce acima da média nacional com biossegurança e sustentabilidade
Polícia Militar Ambiental de Mundo Novo autua arrendatário em R$ 10 mil para derrubada de 150 árvores em 33,70 hectares para plantio de lavoura
PGE em Ação exibe entrevista sobre atuação das procuradorias estaduais em época de pandemia
Vereadores aprovam LDO e redução do valor de multa por desrespeito a prevenção à Covid
SES realiza 7,3 mil testes de coronavírus por semana em MS, o que representa 43 exames a cada hora
Comando da PMA define estratégias para controle de incêndios no Pantanal
Polícia Militar de Sonora prende jovem por direção perigosa e desobediência
Em Eldorado, Polícia Militar recupera bicicleta furtada
Adaptada em meio a pandemia, Semana de Vela de Ilhabela será virtual
Polícia Militar intensifica fiscalizações de prevenção e combate ao COVID-19
Projeto veda atos públicos com aglomeração de pessoas para conter Covid-19
Next
Prev

Brasil

Presidente Jair Bolsonaro aciona comporta e águas do Projeto São Francisco chegam ao Ceará

Publicado

Após encher o Reservatório Jati, primeiro em território cearense, recurso hídrico seguirá para próximas estruturas do empreendimento até a Paraíba e o Rio Grande do Norte

 A chegada das águas do Eixo Norte do Projeto de Integração do Rio São Francisco ao sertão cearense, nesta sexta-feira (26), marca a entrega da última grande estrutura do empreendimento que atenderá milhões de brasileiros na região Nordeste. O ato de abertura das comportas no Reservatório Milagres contou com a participação do presidente da República, Jair Bolsonaro, e do ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, além de outras autoridades.

“Nossa recomendação desde o início do governo era de que não deixaríamos nenhuma obra parada, e, agora, estamos fornecendo água para quem mais precisa. Isso faz parte do nosso compromisso e ficamos muito felizes. O Projeto vai ajudar na agricultura, na irrigação das terras e levará água à casa do cidadão nordestino que tem carência disso”, destacou o presidente Jair Bolsonaro.

Com o acionamento da comporta, as águas que já abastecem o Reservatório Milagres (última estrutura em Pernambuco, na cidade de Verdejante) passaram pelo Túnel Milagres (na fronteira dos dois estados) e começaram a encher o Reservatório Jati (primeiro em território cearense). A partir deste ponto, seguirão também para a Paraíba e o Rio Grande do Norte.

O ministro Rogério Marinho reforçou que a entrega das águas é um marco para todo o Nordeste. “Além de garantir água a milhões de pessoas, o Eixo Norte impulsionará o desenvolvimento econômico na região que sempre enfrentou muita escassez hídrica. É uma bênção muito esperada. Obra do Estado brasileiro que foi tocada com prioridade pelo governo Bolsonaro”, ressaltou.

Agricultor familiar no município de Jati (CE), Francisco José dos Santos, de 43 anos, será um dos beneficiados com a chegada das águas ao Ceará. Isso porque no Projeto está contemplada a entrega de sistemas de abastecimento para famílias em áreas rurais. Ele conta o que já passou por causa da falta de água na região. “Já sofri muito com esse negócio de colocar água em carga. Não quero sofrer mais. Você chega cansado de um serviço e ainda vai em um jumento buscar água, é muito ruim. A água chegando é um recurso muito grande. Vai trazer felicidade para a nossa família”, afirma o agricultor.

Eixo Norte

O Eixo Norte possui 260 quilômetros de extensão, três estações de bombeamento (EBI 1, 2 e 3), 15 reservatórios, oito aquedutos e três túneis. Todas as estruturas responsáveis pela passagem de água até o Reservatório Caiçara estão concluídas, restando apenas alguns serviços complementares que não comprometem a pré-operação. O total de execução física do trecho é 97,49%.

Quando todas a obras complementares estiverem concluídas e em funcionamento, a expectativa é que o Eixo Norte garanta segurança hídrica a mais de 220 cidades paraibanas, pernambucanas, cearenses e potiguares. Cerca de 6,5 milhões de pessoas contarão com abastecimento de água regular.

Todo o Eixo já recebeu R$ 6,5 bilhões em investimentos federais. Desde 2019, o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) repassou R$ 509,3 milhões para garantir a continuidade das obras e a execução de reparos em estruturas que já estavam concluídas em anos anteriores, mas que eram necessários à operação.

A previsão é que, em agosto, sejam iniciados os testes de entrega de água do Projeto de Integração do São Francisco ao Cinturão das Águas do Ceará (CAC) – obra executada pelo governo estadual com recursos da União –, que abastecerá 4,5 milhões de pessoas na Região Metropolitana de Fortaleza. O trecho prioritário de 53 km do Cinturão já está apto à passagem das águas do Eixo Norte para a Bacia do Rio Jaguaribe.

Projeto São Francisco

O Projeto de Integração do Rio São Francisco soma 477 quilômetros de extensão e é o maior empreendimento hídrico do País. Quando todas a estruturas e sistemas complementares nos estados estiverem em operação, cerca de 12 milhões de pessoas serão beneficiadas em 390 municípios de Pernambuco, da Paraíba, do Ceará e do Rio Grande do Norte.

O Eixo Leste, com 217 quilômetros de extensão, está em funcionamento desde 2017 e abastece 1,4 milhão de pessoas em 46 cidades pernambucanas e paraibanas. Os investimentos da União em todo o Projeto São Francisco já alcançaram R$ 10,8 bilhões.

Comentários Facebook

Brasil

LBV entregou mais de 454 toneladas de doações a famílias

Publicado

Instituição continua mobilizando donativos para ajudar as populações mais vulneráveis a enfrentar a Covid-19

Com a ajuda do povo brasileiro, a Legião da Boa Vontade, por meio de sua campanha LBV — SOS Calamidades continua socorrendo às populações afetadas pela pandemia do novo coronavírus em todo o Brasil. Além de amparar as famílias em vulnerabilidade social atendidas em suas 82 unidades socioeducacionais no país, a LBV também está auxiliando famílias em risco alimentar amparadas por organizações parceiras, oferecendo a elas cestas de alimentos e kits de material de limpeza e higiene, além de outros itens essenciais à sobrevivência. Essa ajuda tem sido fundamental para que as famílias não passem fome durante esse período de quarentena e possam se prevenir do novo coronavírus.

Você ajuda, a LBV faz!

A LBV já entregou mais de 454 toneladas de doações beneficiando milhares de famílias em 108 cidades do país. A Solidariedade de todos tem sido fundamental nesse momento de desafio coletivo para ajudar as populações mais vulneráveis a enfrentar essa pandemia.

Continue ajudando

A Solidariedade não pode parar. Acesse agora o site www.lbv.org e faça a sua doação. Caso prefira, faça um donativo em nome da Legião da Boa Vontade (CNPJ 33.915.604/0001-17), via conta bancária: Bradesco (Agência: 0292-5 — C/C: 92830-5); Itaú (Agência: 0237 — C/C: 73700-2); Banco do Brasil (Agência: 3344-8 — C/C: 205010-2); Caixa Econômica Federal (Agência: 1231 — operação: 003 — C/C: 100-0); ou Santander (Agência: 0239 — C/C: 13.002754-6).

Acompanhe nas Redes Sociais as ações realizadas pela LBV em prol das famílias:

Vídeo LBV é Ação!: https://www.youtube.com/watch?v=Zv5IrKtKLRQ

Instagram: https://www.instagram.com/lbvbrasil/?hl=pt-br
Facebook: https://pt-br.facebook.com/LBVBrasil/

YouTube: https://www.youtube.com/lbvbrasil

Saiba mais sobre a LBV: www.lbv.org

A LBV agradece a todos que estão colaborando!

Sobre a LBV

A Legião da Boa Vontade é uma instituição filantrópica, sem fins econômicos, de caráter educacional, cultural e de assistência social. Fundada no Brasil, em 1950 (Dia da Confraternização Universal), a LBV possui Certificado de Entidade Beneficente de Assistência Social (Cebas) e também representação na Organização das Nações Unidas (ONU), no Departamento de Comunicação Global (DCG) e no Conselho Econômico e Social (Ecosoc), neste com o status consultivo geral, onde contribui com recomendações e boas práticas socioeducacionais. A LBV mantém, nas cinco regiões brasileiras, 82 unidades de atendimento sendo abrigos para idosos; Centros Comunitários de Assistência Social; escolas de Educação Básica; e Escola de Capacitação Profissional que atendem crianças, adolescentes, jovens, adultos, idosos, gestantes e famílias em situação de vulnerabilidade social. Com mais de 13,6 milhões de atendimentos e benefícios prestados anualmente, a LBV trabalha permanentemente para melhorar a realidade de milhares de pessoas e famílias em todo o país. 

Comentários Facebook
Continue lendo

Brasil

Covid-19: Brasil tem 67,9 mil mortes e 1 milhão de curados

Publicado

O Brasil atingiu hoje a marca de um milhão de casos recuperados de covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus. De acordo com os dados mais recentes do Ministério da Saúde, divulgados hoje (8), o país acumula 1.713.160 de casos confirmados e 67.964 mortes.

Nas últimas 24 horas, foram adicionadas 1.223 mortes aos registros oficiais. Há ainda 4.105 óbitos em investigação. O painel do órgão também trouxe 44.571 novos casos diagnosticados de ontem (7) para hoje. Estão em acompanhamento no país 624.695 pacientes infectados pelo novo coronavírus.

No balanço de terça-feira, o país contabilizava 66.741 mortes e 1.668.589 casos acumulados de covid-19, desde o início dos registros.

Em entrevista coletiva realizada hoje em Brasília, a equipe do Ministério da Saúde apresentou a evolução da pandemia no país, destacando uma estabilidade na curva do número de mortes e um aumento na curva dos casos confirmados.

Estados

Os estados com mais mortes são São Paulo (16.788), Rio de Janeiro (10.970), Ceará (6.665), Pernambuco (5.323) e Pará (5.169). As unidades da Federação com menos falecimentos pela pandemia são Mato Grosso do Sul (134), Tocantins (233), Roraima (386), Acre (404) e Santa Catarina (432).

Por Agência Brasil

Comentários Facebook
Continue lendo

TRÊS LAGOAS

CÂMARA DE TRÊS LAGOAS

BRASILÂNDIA

POLICIAL

Mais Lidas da Semana