Três Lagoas-MS

  Últimas
Série D: ABC e Coruripe duelam em Natal pelo grupo 4
Publicado Zoneamento de Risco Climático para o plantio de sorgo em MS
Sidrolândia: pavimentação da MS-258 entra em fase de conclusão
Investimentos superiores a R$ 73 milhões do Governo do Estado levam desenvolvimento a Brasilândia
Conectando Vidas: projeto chega a MS com a missão de facilitar contato entre pacientes covid e familiares
Técnico de enfermagem e agente de viagem estão entre as 1,4 mil vagas de emprego disponíveis na Funtrab
Semana começa com aviso do Inmet para chuvas intensas em Mato Grosso do Sul
Serviço de Telessaúde tem mais sete médicos credenciados para reforçar atendimento
Com mais de 131 mil análises ‘padrão ouro’, Lacen foi ferramenta essencial no enfrentamento à Covid-19
Copa do Brasil: São Paulo vence nos pênaltis e está nas quartas
Sitiante de Arapuá morre e três ficam feridos em acidente na estrada vicinal de Garcias
Nos acréscimos, Flamengo empata com Internacional no Beira-Rio
Brasileiro: Coritiba anuncia saída do técnico Jorginho
Polícia Militar Ambiental de Anastácio autua quatro pessoas por transporte ilegal de pescado e apreende pescado e veículo
Série B: Em Recife, Cruzeiro apenas empata com Náutico
Brasileiro Feminino: Corinthians vence Grêmio em Porto Alegre
Fluminense vence Santos e assume quarta posição do Brasileiro
PRF apreende cerca de 1,5 tonelada de agrotóxicos em Rio Brilhante (MS)
Brasil fecha Grand Slam de Judô de Budapeste com mais 2 bronzes
Polícia Militar Ambiental de Miranda socorre filhote de cervo-do-pantanal ferido à margem de rodovia depois de atropelamento
Após derrota para Real, Barça confirma lesão de Philippe Coutinho
Em Três Lagoas| PM apreende exemplares de jornais com difamações contra candidatos
Ronaldinho Gaúcho testa positivo para coronavírus
Liga Nacional de Futsal: Joinville e Foz Cataratas empatam no sul
Polícia Militar Ambiental autua em R$ 10 mil mulher de 32 anos detida pela PRF por tráfico de filhotes de papagaios
Morre aos 67 anos Benedito Faustino Filho, produtor do Assentamento 20 de Março
Lewis Hamilton se torna maior vencedor da Fórmula 1
Com novos testes positivos, casos de Covid-19 continuam crescendo em todo o MS
Os corpos da família Baravelli são velados no Memorial Vid Prev de Dracena
PRF apreende 908,9 Kg de maconha em Guia Lopes da Laguna (MS)
Next
Prev

Mato Grosso do Sul

Preocupação com as queimadas leva Agência Nacional de Águas a criar Sala de Crise do Pantanal

Publicado


.

Provocada pela ANA (Agência Nacional de Águas), reunião remota com cerca de 90 participantes – entre autoridades, gestores e técnicos – discutiu durante toda a tarde desta terça-feira (22) a situação da seca na região do Pantanal. Os secretários de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul, Jaime Verruck, e do Mato Grosso, Mauren Lazzaretti, apresentaram as preocupações dos dois estados com os incêndios que já destruíram cerca de 3 milhões de hectares de vegetação pantaneira e a escassez de chuvas que reduziu consideravelmente o nível de água dos rios, prejudicando a navegação e já ameaçando o abastecimento em algumas cidades.

“Chegamos ao consenso, ouvindo as avaliações técnicas, que a situação da seca vai se agravar nas próximas três semanas, embora eu entenda que só teremos a normalidade das chuvas em três meses. Sendo assim, e mantendo todo o aparato que já disponibilizamos para fazer o combate aos incêndios, vamos continuar sofrendo, já queimaram 3 milhões de hectares e não sei mais quanto vai queimar. A situação é bastante grave”, disse Verruck.

Análises de técnicos da Embrapa Pantanal, do INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), do CEMADEN (Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais), do CPRM (Serviço Geológico do Brasil), e do ONS (Observador Nacional do Sistema Elétrico), foram unânimes ao retratar a atual situação de baixa pluviosidade como a mais grave das últimas décadas na região do Pantanal, o que leva a redução do volume dos rios e cria o ambiente propício a desastres como os incêndios.

Ante o problema, foi instalada a Sala de Crise do Pantanal, sob a liderança da Agência Nacional de Águas e envolvendo técnicos, autoridades ambientais dos dois estados e representantes de organizações civis que atuam na área, para tomada de soluções capazes ao menos de mitigar os efeitos da crise hídrica. “O objetivo é nivelar informações, promover a articulação de atores e coordenar ações de gestão de recursos hídricos para enfrentar o que vem se configurando como a pior seca já registrada na região”, resumiu Verruck.

A Sala de Crise do Pantanal vai se reunir novamente, de forma remota, no dia 1º de outubro, quando já devem ser propostas ações concretas para enfrentamento do problema, de forma coordenada e conjunta. Por enquanto não há risco de desabastecimento das cidades que dependem dos principais rios do entorno pantaneiro, entretanto, a navegabilidade do rio Paraguai já foi afetada e deve piorar nos próximos dias. Relatório apresentado pela Capitania da Marinha instalada em Ladário prevê que o nível do rio Paraguai, que já atinge a marca mais baixa na régua existente naquele ponto desde 1947, vai continuar baixando.

Os institutos de Meteorologia estimam que para as próximas três semanas o acumulado de chuvas na região do Pantanal não deva ultrapassar 17 milímetros, insuficiente para apagar os focos de incêndio. As temperaturas devem subir e a mistura de calor e baixa umidade é propícia para o fogo se alastrar.

João Prestes, Semagro

Fotos: Divulgação

Fonte: Governo MS

Comentários Facebook

Mato Grosso do Sul

Publicado Zoneamento de Risco Climático para o plantio de sorgo em MS

Publicado

por


Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento divulgou na semana passada, por meio da Portaria 305, o Zoneamento Agrícola de Risco Climático para o plantio de sorgo granífero em Mato Grosso do Sul para a safra 2020/2021. O estudo, elaborado pela Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisas Agropecuárias) detalha a variedade, o tipo de solo e as datas propícias para o plantio da cultura em cada município do Estado.

“Essas informações são importantes para o produtor que pretende estar amparado pelo seguro agrícola. Deve seguir as instruções técnicas observando o nível de risco a que estará sujeito”, pondera o superintendente de Ciência e Tecnologia, Produção e Agricultura Familiar da Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar), Rogério Beretta.

A Embrapa divulga periodicamente o Zoneamento Agrícola das diferentes culturas presentes no Estado. O sorgo granífero é o quinto cereal mais produzido em todo o mundo, atrás apenas de trigo, arroz, milho e cevada. Seu cultivo tem crescido muito no Brasil e também em Mato Grosso do Sul. A Portaria 305 que trata especificamente do Zoneamento Agrícola de Risco Climático do sorgo granífero pode ser conferida na íntegra AQUI.

João Prestes, Semagro

Foto: Arquivo

Fonte: Governo MS

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso do Sul

Sidrolândia: pavimentação da MS-258 entra em fase de conclusão

Publicado

por


Município recebe obras de saneamento e infraestrutura e investimentos privados

A pavimentação dos 27,81 quilômetros da rodovia MS-258, entre a MS-060 e o distrito Capão Seco, está em fase de conclusão. Em um valor superior a R$ 25 milhões, a obra é uma das várias do Governo de Mato Grosso do Sul que beneficiam a população de Sidrolândia – a 72 quilômetros de Campo Grande.

Pavimentação da MS-258, importante obra para a região de Capão Seco

Somente em saneamento, desde 2015 foram mais de R$ 43,3 milhões investidos nos sistemas de abastecimento de água e esgotamento sanitário, entre obras concluídas, em execução e a executar.

Somente em saneamento, investimentos superam R$ 43,3 milhões em Sidrolândia (foto: Edemir Rodrigues)

Na área de infraestrutura são 16 obras, muitas delas concluídas, como a pavimentação e drenagem no bairro Morada da Serra e no Jardim Pindorama; o controle de erosão no acesso ao distrito Quebra Coco; o recapeamento de diversas ruas como Pernambuco, Rua da Aviação, Targino de Souza Barboza, Sergipe, Romano Rossato, Rio Grande do Norte/Bandeirantes, Espírito do Santo Diogo F. Estefanelo; e a implantação e pavimentação do acesso ao núcleo industrial na rodovia MS-162. 

Concluído em abril de 2019, o acesso ao núcleo vai ao encontro da política de incentivos fiscais visando a geração de empregos e renda. No dia 16 de setembro, a Cooperalfa confirmou a instalação de uma unidade produtora de leitões em Sidrolândia, com geração de 100 empregos diretos e investimento direto da cooperativa de R$ 100 milhões, além de R$ 160 milhões de futuros parceiros produtores. Referência nacional na fabricação de equipamentos agrícolas como tratores, plantadeiras e máquinas de colheita, a Fendt também está se instalando no município. A unidade deve entrar em operação até o fim do ano. 

Outro destaque em Sidrolândia é o investimento público em moradias, sendo que 227 já foram entregues, incluindo as 51 do programa Lote Urbanizado, e 38 casas estão em construção no Assentamento Nazareth e devem ser entregues em março de 2021.

Na Educação, mais de R$ 1,2 milhão foi aplicado em reformas e melhorias das estruturas das escolas em Sidrolândia, sem contar a entrega de kits de material escolar e uniformes. E na área da segurança pública foram investidos mais de R$ 3,617 milhões, com a compra e entrega de 11 viaturas, munição, materiais e equipamentos, além da construção da sede do Corpo de Bombeiros.

Vários bairros de Sidrolândia, como o Pindorama, foram ou estão sendo atendidos com obras do Governo do Estado

O governador Reinaldo Azambuja explicou que os investimentos são resultados de um trabalho que envolveu medidas duras e até impopulares. “Fizemos um governo responsável, diminuímos o tamanho da máquina pública, reduzimos os gastos com o próprio governo para investir no bem-estar da população, fizemos as reformas e enfrentamos crises sem deixar de honrar nossos compromissos. Isso nos permitiu manter os investimentos nas áreas prioritárias e lançar o Governo Presente, que até o fim de 2022 vai injetar mais R$ 4,2 bilhões nos 79 municípios de Mato Grosso do Sul”, disse.

Paulo Fernandes, Subcom

Fotos: Saul Schramm

Fonte: Governo MS

Comentários Facebook
Continue lendo

TRÊS LAGOAS

CÂMARA DE TRÊS LAGOAS

BRASILÂNDIA

POLICIAL

Mais Lidas da Semana