Três Lagoas-MS

  Últimas
Em Água Clara| Jovem perde a vida em acidente com animal solto na BR 262
Liga dos Campeões: Bayern massacra Barcelona por 8 a 2 e está na semi
Polícia Militar cumpre mandado de prisão em Rio Verde
Cessões de uso firmados pela SAD proporcionam economicidade ao Governo do Estado
PRF apreende 4,6 Kg de cocaína em Nova Alvorado do Sul (MS)
Segurança do Estado é reforçada com itens recebidos do legado da Senasp
Polícia Militar Ambiental de Batayporã autua paranaense em R$ 55 mil por desmatamento ilegal de vegetação do bioma protegido de Mata Atlântica para plantio de lavoura
Grêmio oficializa venda de Everton ao Benfica
Operação de combate às queimadas no Pantanal faz o número de focos de incêndio cair de 301 para 50
Em Três Lagoas| Distribuição de senhas para atendimento na Caixa passa a ser no “Poliesportivo da Lagoa Maior” 
Polícia Militar realiza troca de comando da Companhia de Cassilândia
Município de Brasilândia informa trabalho realizado no enfrentamento do Coronavírus desde a Pandemia
Suzano registra geração de caixa operacional de R$ 3,4 bilhões, maior resultado trimestral desde a fusão
Polícia Militar Ambiental de Rio Negro autua dono de chácara em R$ 3 mil por derrubada de árvores para exploração de madeira
Liga e Comitê de Clubes fecham acordo de suporte logístico para NBB
Marcos Braz confirma saída do lateral Rafinha do Flamengo
PRF apreende 1,5 tonelada de maconha após dois flagrantes no MS
Para segurança de pedestres, Prefeitura constrói calçada na Vila Zucão
Polícia Militar prende homem por dano após romper tornozeleira eletrônica em Bataguassu.
Polícia Militar Ambiental de Campo Grande recolhe filhote de anta com ferimentos possivelmente por ataque de cachorros de caça
ATP divulga mudanças no calendário e confirma Finals para novembro
Governo de MS apresenta PPP do Esgotamento Sanitário no Roadshow da B3
Polícia Militar realiza três apreensões de mercadorias de Descaminho na barreira sanitária de Anaurilândia.
Polícia Militar prende homem por furto e mulher por tráfico de drogas em Paranaíba
Carnaval de Corumbá passa a ser patrimônio imaterial de Mato Grosso do Sul
MS assegura manutenção de R$ 39,5 milhões para repressão de crimes na fronteira
Atear fogo em terreno baldio é crime e multa pode chegar a quase R$ 10 mil
Com quase 600 óbitos, Estado confirma mais 875 infectados pela Covid
Covid-19: Federação Mundial de Badminton cancela torneios paralímpicos
BOLETIM COVID-19 – Três Lagoas tem 13 novos casos positivos e mais 24 recuperados para COVID-19 nesta sexta-feira (14)
Next
Prev

Policial

Polícia Militar Ambiental de Mundo Novo autua arrendatário em R$ 10 mil para derrubada de 150 árvores em 33,70 hectares para plantio de lavoura

Publicado


.

Campo Grande (MS) – Durante fiscalização ambiental nas propriedades rurais do município de Tacuru, Policiais Militares Ambientais de Mundo Novo autuaram hoje (14) um arrendatário de uma propriedade rural, por crime ambiental de extração de árvores de grande porte ilegalmente. O infrator (55) derrubou diversas em torno de 150 árvores dentro de uma área de 33,70 hectares da propriedade medidos com GPS, para mudança no uso do solo para o plantio de lavoura, sem autorização do órgão ambiental.

As árvores foram arrancadas pela raiz, algumas estavam sendo exploradas a madeira e a terra seria gradeada para o plantio da lavoura. As atividades foram paralisadas. O infrator, residente em Tacuru, responderá por crime ambiental de exploração de madeira ilegalmente. A pena é de seis meses a um ano de detenção. Ele também foi multado administrativamente em R$ 10.200,00 pela infração ambiental.

Árvore com madeira explorada.

ALERTA AOS PORPRIETÁRIOS RURAIS SOBRE ARRENDAMENTOS

A PMA tem encontrado em propriedades rurais muitas infrações e crimes ambientais cometidos por arrendatários e alerta aos proprietários rurais, que mantenham vigilância sobre suas propriedades. Há possibilidade inicialmente de os proprietários serem responsabilizados solidariamente, tanto na instância, administrativa (multa ambiental), penal (na coautoria do crime) e, principalmente na instância civil, em ação de reparação dos danos ambientais, especialmente, se os arrendatários não fizerem a recuperação e entregarem as terras com o litígio.

Além disso, caso o arrendatário não seja pego durante o cometimento da infração, diferentemente deste caso, em que ele foi responsabilizado inicialmente de forma direta na parte administrativa, todo o passivo ambiental depois do contrato permanece ao proprietário. Dessa forma, há que se ter muito cuidado e manter vigilância sempre.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA POLÍCIA MILITAR AMBIENTAL – PMMS – (Contato – TENENTE CORONEL EDNILSON PAULINO QUEIROZ) tel. – 3357-1500

Publicado por: Ednilson Paulino Queiroz

Fonte: PM MS

Comentários Facebook

Policial

Polícia Militar cumpre mandado de prisão em Rio Verde

Publicado

por


.

Coxim (MS): A Polícia Militar na tarde de ontem (13/08), cumpriu um mandado de prisão em Rio Verde de MT/MS.

A Guarnição de Serviço ao tomar conhecimento de um homem com mandado de prisão iniciou rondas pelo no Bairro Coronel Manoel Mariano, quando na Rua Três de Outubro deparou com o suspeito de 35 anos. Ao realizar abordagem nele que se encontrava muito agressivo e exaltado, este veio a resistir a ordem dos policiais, sendo necessário o uso da algema para contê-lo.

Os militares realizaram a checagem através do SIGO (Sistema Integrado de Gestão Operacional) e constatou o mandado de prisão em aberto. Diante dos fatos, foi dado voz de prisão ao autor e encaminhado para a delegacia de polícia para as demais providências.

Assessoria de Comunicação Social- 5º BPM

Publicado por: celio roberto da silva arruda

Fonte: PM MS

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Polícia Militar Ambiental de Batayporã autua paranaense em R$ 55 mil por desmatamento ilegal de vegetação do bioma protegido de Mata Atlântica para plantio de lavoura

Publicado

por


.

Campo Grande (MS) – Durante fiscalização ambiental em uma propriedade rurais no município, localizada a 12 km da cidade, depois de denúncias, Policiais Militares Ambientais de Batayporã autuaram hoje (14) o proprietário, por crime ambiental de desmatamento sem autorização ambiental. O autor realizou o desmate de 9,79 hectares de Mata Atlântica, bioma protegido pela Lei Federal 11.428/2006, sem autorização do órgão ambiental.

O desmatamento aconteceu há algum tempo e a PMA teve que utilizar sobreposição de imagens de satélites temporais para conseguir comparar e definir a área desmatada e a aferição foi feita com uso de GPS. No local onde era a vegetação desmatada foi implantada lavoura. A madeira produto do desmate já havia sido explorada e não se encontrava mais no local. As atividades foram interditadas na área irregular.

Lavoura de milho plantada no lugar que exista vegetação.

O infrator (63), residente em Maringá (PR), foi autuado administrativamente e multado em R$ 55.000,00. Por ser bioma protegido, a legislação impõe multa de R% 5.500,00 a R$ 7.000,00 por hectare ou fração, dependendo em que estágio de regeneração a vegetação se encontrava quando desmatada, diferentemente de vegetação não protegida, cuja multa é de R$ 1.000,00 por hectare.

O proprietário também responderá por crime ambiental. A pena é de um a três anos de detenção, agravada por ser área em bioma protegido. Ele foi notificado a apresentar plano de Recuperação da Área Degradada e Alterada (PRADA) junto ao órgão ambiental, em prazo de 30 dias.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA POLÍCIA MILITAR AMBIENTAL – PMMS – (Contato – TENENTE CORONEL EDNILSON PAULINO QUEIROZ) tel. – 3357-1500

Publicado por: Ednilson Paulino Queiroz

Fonte: PM MS

Comentários Facebook
Continue lendo

TRÊS LAGOAS

CÂMARA DE TRÊS LAGOAS

BRASILÂNDIA

POLICIAL

Mais Lidas da Semana