TRÊS LAGOAS-MS
  Últimas
Silvana, Medina e Ítalo avançam às quartas de final do surfe em Tóquio
PM de Corumbá prende homem com mandado de prisão no bairro Loteamento Pantanal
Polícia Militar de Corumbá prende homem com mandado de prisão em aberto no bairro Cristo Redentor
EaD/UEMS abre inscrições para seleção tutores e professores
Prorrogadas inscrições para a segunda edição do Prêmio Inova
Previsão do Tempo: Temperaturas devem cair e as mínimas podem chegar a 2º no sudoeste
Rayssa Leal, a Fadinha, fatura prata no skate street em Tóquio 2020
Polícia Militar Ambiental de Dourados fiscaliza 25 embarcações, 80 pescadores e apreende petrechos ilegais de pesca no rio Brilhante
Governador repassa recursos para habitação de Campo Grande nesta segunda-feira
Julho termina com intensa massa de ar polar; saiba quais serão os dias mais frios em Mato Grosso do Sul
Última semana para pagar licenciamento de veículos placas 5 e 6
Funtrab oferta 1.356 vagas de emprego em todo Estado
51 anos de casados “Bodas de Bronze” de Cleodete Araújo e Orvino Tiago
Polícia Militar e Vigilância Sanitária intensificaram fiscalização durante a noite e a madrugada em Coxim
PM apreende arma de fogo e prende autor  
PM apreende mercadorias de descaminho
Série D: Ferroviária bate Boa Esporte em São Paulo e lidera grupo 6
PRF apreende 178,8 Kg de maconha em Campo Grande (MS)
Skate e judô conquistam primeiras medalhas para o Brasil em Tóquio
Tóquio: oitavas do surfe começam neste domingo com quatro brasileiros
Caminhão que seguia para Dourados com mais de seis toneladas de maconha foi apreendido pelo DOF durante a Operação Hórus
Tóquio: Gustavo Tsuboi avança à terceira rodada do tênis de mesa
Wanderson de Oliveira avança às oitavas de final do boxe em Tóquio
LNF: Campo Mourão goleia Brasília e assume liderança do Grupo C
PRF apreende maconha e recupera caminhonete em Campo Grande (MS)
BOLETIM COVID-19 – Três Lagoas registra 58 novos casos neste domingo (25)
Polícia Militar prende mãe de 40 anos e apreende filha de 15 anos por Tráfico de Drogas em Rio Negro.
Polícia Militar prende homem de 28 anos por Tráfico de Drogas em São Gabriel do Oeste
Rebeca Andrade dá show em Tóquio e se classifica para três finais
Olimpíada: Brasil chega a uma final e em duas semifinais na natação
Next
Prev

Corumbá

Polícia Militar Ambiental de Corumbá transporta indígena com braço fraturado de volta à aldeia a 350 km da cidade pelo rio Paraguai

Publicado


Campo Grande (MS) – A Polícia Militar Ambiental de Corumbá realizou o transporte fluvial hoje (21) pela manhã de retorno à aldeia, de um adolescente indígena que estava recebendo atendimento médico em hospital na cidade. O menino havia fraturado o braço, quando brincava na aldeia Guatós, localizada à Baía Uberaba, a 350 km da cidade e havia se ferido. Naquele dia ele havia sido socorrido pela Marinha do Brasil e encaminhado ao Pronto Socorro para atendimento médico.

O indígena recebeu alta e acompanhado de sua mãe não havia como voltarem à aldeia. Conhecedores das dificuldades de transporte ao local, que é só fluvial, os Policiais Militares Ambientais prestaram toda a assistência, fornecendo barco com motor e levaram o índio e sua genitora para casa. O transporte fluvial durou 12 horas de ida e volta e foram percorridos 700 km de rio.

Policiais e indígenas na saída para a aldeia.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA POLÍCIA MILITAR AMBIENTAL – PMMS – (Contato – TENENTE CORONEL EDNILSON PAULINO QUEIROZ) tel. – 3357-1500

Publicado por: Ednilson Paulino Queiroz

Fonte: PM MS

Comentários Facebook

Corumbá

Polícia Militar de Corumbá em ação conjunta com a Seção de Cães de Guerra do 3º Batalhão de Operações Ribeirinhas do Comando do 6º Distrito Naval de Ladário, deflagram Operação “Cidade Tranquila”

Publicado

por


Na manhã desta sexta-feira (23/07), por volta das 7h00, O 6º Batalhão de Polícia Militar deu início a Operação “Cidade Tranquila”, atuando em conjunto com os militares do 3º Batalhão de Operações Ribeirinhas (Seção de cães de guerra dos fuzileiros navais) do 6º Distrito Naval em Ladário (MS), que conta com atuação dos cães do setor de cães de guerra.

Foi realizada a fiscalização de veículos, pessoas e bagagens através bloqueios em diversos pontos de acesso das cidades de Corumbá e Ladário, bem como, na rodoviária municipal de Corumbá, com intuito de coibir a prática de crimes transfronteiriços em nossa região, como tráfico de drogas, roubos e furtos de veículos.

Além da missão primária de intensificar a presença das forças de segurança na região de fronteira, a Operação Cidade Tranquila promove ações preventivas e repressivas contra delitos transfronteiriços, a fim de contribuir para a redução de práticas ilícitas e das ações do crime organizado na região. No total foram 175 carros, 120 motocicletas, 253 pessoas abordadas e dois veículos recuperados.

O comandante do 6ºBatalhão de Polícia Militar, Tenente Coronel Elcio, destaca a importância na atuação coordenada e conjunta, na faixa de fronteira, contribuindo com a segurança da população corumbaense e ladarense.

Publicado por: [email protected]

Fonte: PM MS

Comentários Facebook
Continue lendo

Corumbá

Contar propõe incluir Festa de nossa Senhora do Carmo no Calendário Oficial de Eventos

Publicado

CRÉDITO FOTO: SITE PREFEITURA DE CORUMBÁ

O Deputado Estadual Capitão Contar, protocolou Projeto de Lei para incluir ao Calendário Oficial de Eventos do Mato Grosso do Sul, a “Festa de Nossa Senhora do Carmo”, realizada anualmente no dia 16 de julho, dia de Nossa Senhora do Carmo, no distrito de forte Coimbra, no Município de Corumbá (MS).

“O Estado de Mato Grosso do Sul retrata uma grande diversidade cultural. Sua identidade cultural está moldada pela miscigenação de costumes e tradições. A Festa de Nossa Senhora do Carmo demonstra esse entrelaçamento cultural. Nosso objetivo ao incluí-la no Calendário Oficial de Eventos é trazer maior divulgação e notoriedade para o evento, assegurando a valorização da cultura regional”, declara o autor do projeto, Capitão Contar.

A festa é organizada pela população local, com apoio do Exército Brasileiro e da Prefeitura do Município, através da Fundação da Cultura e Patrimônio Histórico. A programação inclui missa, tradicional novena, procissões, shows musicais e dança. No dia da festa, a imagem é carregada por um guarda real com vestimentas de gala da época do Império durante a procissão, que segue da capela para a vila militar e termina no Rio Paraguai.

Forte Coimbra

O Distrito de Forte Coimbra, é assim chamado em razão do forte colonial erguido pela Engenharia Militar Portuguesa no ano de 1775. Praticamente 200 anos após a sua construção, em 1974, o forte foi tombado pelo IPHAN como patrimônio cultural brasileiro.

No ano de 2016, o IPHAN apresentou à Unesco a candidatura do Forte de Coimbra ao título de Patrimônio Mundial, pela localidade ter testemunhado o histórico esforço para a ocupação, defesa e integração do território nacional. Construído para defender o território brasileiro contra invasões espanholas, o Forte Coimbra foi palco de importantes feitos heroicos dos militares brasileiros na Guerra do Paraguai quando, de acordo com relatos, o milagre de Nossa Senhora do Carmo evitou que o local fosse dominado por forças inimigas.

Credita-se a Nossa Senhora do Carmo, ainda, milagres ocorridos durante as batalhas contra espanhóis e paraguaios, em 1801 e 1864, respectivamente. Na primeira batalha, a Santa teria livrado a guarnição militar do Forte, que contava com 110 homens, cinco canoas e três canhões, de um massacre no dia 17 de setembro de 1801, quando o exército espanhol formado por 600 homens, navios e 30 canhões, tinha ordem de ocupar o lugar na disputa pelo território com Portugal. Após nove dias de batalha, os espanhóis venceram, mas, bateram em retirada ao verem a imagem da Santa na entrada do Forte.

A segunda manifestação ocorreu durante a Guerra do Paraguai. No dia 28 de dezembro de 1864, a tropa paraguaia com 3,2 mil homens, 41 canhões, 11 navios e farta munição cercou o forte. Os brasileiros, com 149 homens, resistiram até o segundo dia, quando um soldado exibiu a imagem da Santa na muralha do forte e os inimigos suspenderam o fogo, permitindo a fuga dos sobreviventes. Hoje, uma imagem em concreto da Santa se destaca na mesma muralha, de frente para quem sobe o Rio Paraguai.

Já tradicional na região, a festa de Nossa Senhora do Carmo, protetora do Forte e da Vila, é fortemente marcada pela presença da histórica imagem de Nossa Senhora do Carmo, ali colocada em 1798, pelo Coronel Ricardo Franco.

Comentários Facebook
Continue lendo

TRÊS LAGOAS

CÂMARA DE TRÊS LAGOAS

Assembléia Legislativa MS

Mato Grosso do Sul

POLICIAL

Mais Lidas da Semana