Três Lagoas-MS

  Últimas
Chance de ganhar no Nota MS Premiada é 28 vezes maior do que na Mega-Sena
Comissão estadual revisa decretos de quatro décadas
Fornatur e ABEAR se reúnem para alinhar informações sobre acordos com empresas aéreas durante pandemia
Vídeo sobre planejamento financeiro está disponível no canal da PGE/MS
Com mutirão nos fins de semana, Agesul conclui manutenção de muitas estradas após período de chuvas
Tempo firme com chuvas isoladas são esperadas para este sábado
PMMS realiza solenidade do Espadim Tiradentes, evento inédito em Mato Grosso do Sul
Estado faz repasses a clubes para a disputa do Estadual de Futebol 2021
Sinergia-MS presta homenagem à eletricista e denuncia terceirizada da Energisa
Em MS, Suzano abre processos seletivos com vagas para Água Clara, Brasilândia e Três Lagoas
PMA de Porto Murtinho utiliza imagem de satélite e autua infrator em R$ 55 mil por desmatamento ilegal de vegetação nativa protegida por lei ocorrido em 2019
Polícia Militar de Maracaju encerrou a 1º reunião de treinamento e planejamento do “Plano de Defesa”
Força Tática do 4º BPM apreende menor infrator pelo crime de tráfico de drogas
Equipes da Sanesul iniciam obras de setorização em Três Lagoas
BOLETIM COVID-19: Saúde registra 56 novos casos positivos e 82 recuperados nesta sexta-feira (26)
Alterações no regimento interno têm o intuito de otimizar os serviços prestados pela PGE
Escolagov e Prefeitura de Costa Rica firmam termo de cooperação para intercâmbio de conhecimentos
Aberto período de inscrições para contratação de Técnicos de Suporte em Tecnologia da REE
Inédita no país, granja em Dourados usa ração líquida e novas tecnologias da Suinocultura 4.0
Oficializada prorrogação de calamidade pública em mais três municípios de MS
Polícia Militar Ambiental de Bela Vista captura coruja dentro de farmácia no centro da cidade e a solta em seu habitat
Trailer Odontológico volta a atender a partir da próxima segunda-feira (01), no bairro São Carlos
Mais de 15.430 alunos da REME de Três Lagoas voltam as aulas segunda-feira (01) com Unidades de Ensino seguindo protocolo de biossegurança
PMA de Batayporã autua infrator em R$ 12,5 mil devido à falta de atividade de conservação do solo causando processos erosivos em sua propriedade no município
Elenco principal terá período de recesso; Retorno acontecerá no dia 15 de março
Abel comanda treino tático de olho na primeira decisão da Copa do Brasil
Em abordagem preventiva em Três Lagoas, Polícia Militar recupera bicicleta e apreende adolescente
Calamidade pública de Laguna Carapã e Douradina podem ser prorrogadas até 30 de junho
Santos perde para o Bahia em Salvador
Grêmio é superado pelo Red Bull Bragantino e encerra Brasileiro na sétima posição
Next
Prev

Mato Grosso do Sul

Pela primeira vez não há registro de óbito por Covid-19 na capital

Publicado


Com total de 175.544 contaminados pelo novo coronavírus desde o início da Pandemia, o Estado registrou mais 431 exames positivos nas últimas 24 horas, de acordo com o Boletim Covid 19 divulgado pela Secretaria de Saúde do Estado – SES neste domingo (21).

As cinco cidades mais atingidas são Campo Grande com mais 131 novos casos; Dourados +74; Corumbá +48; Naviraí +38 e Três Lagoas + 14.

O número de óbitos diminuiu e pela primeira vez a capital não registrou nenhuma morte de paciente. As cidades que tiveram perdas foram Paranaíba (2), Três Lagoas, Sidrolândia, Corumbá, Aquidauana.
A ocupação de leitos nas cinco macrorregiões do MS continua alta. Dourados está com 97% de leitos ocupados; Campo Grande 76%; Corumbá 71% e Três Lagoas 60%.

Estão em isolamento domiciliar 6.943 pessoas e 164.889 pacientes estão recuperados. Boletim SES aqui

Boletim Epidemiológico COVID-19 – 2021.02.21

Thresa Hilcar, Subcom

Fonte: Governo MS

Comentários Facebook

Mato Grosso do Sul

Chance de ganhar no Nota MS Premiada é 28 vezes maior do que na Mega-Sena

Publicado

por


Próximo sorteio será neste sábado, dia 27; programa estadual já pagou mais de R$ 2,2 milhões

Com 8 dezenas geradas a cada compra e sem pagar nada a mais por isso, o Nota MS Premiada é uma oportunidade de ser premiado 28 vezes maior do que fazendo a aposta tradicional na Mega-Sena, com apenas 6 números e que custa R$ 4,50.

Além disso, ao exigir o CPF na Nota, você ajuda a combater a sonegação. O dinheiro arrecadado é utilizado em melhorias para a própria população, em investimentos em áreas como saúde, educação, segurança pública e infraestrutura.

“Com o programa, o governo recupera um recurso para a população. É uma parceria do Estado com o cidadão. Exigir a nota é uma ação de cidadania muito forte. Quando você faz a compra, está pagando um imposto e o comerciante que não emite a nota está se apropriando de um recurso que não é dele”, explicou o chefe da Unidade Fiscal da Secretaria Estadual de Fazenda, Amarildo Cruz.

Amarildo Cruz destaca que pedir CPF na nota é um exercício de cidadania (foto: Saul Schramm)

A probabilidade de ganhar o prêmio principal com uma aposta de seis dezenas na maior loteria do país é de 1 em 50.062.860. Já na Nota MS Premiada é de 1 em 1.787.995. Na Mega-Sena, quanto mais números marcar, maior o preço da aposta e maiores as chances de faturar o prêmio mais cobiçado do país. Para ter as mesmas chances da premiação estadual, é preciso fazer uma aposta com 8 números na Mega-Sena, que custa R$ 126,00.

Prêmios e ganhadores

Para participar do programa estadual, basta informar o CPF na hora da compra. Não há nenhum custo. Mas o prêmio também é mais modesto: R$ 100 mil são divididos entre aqueles que acertam seis dezenas e R$ 200 mil entre os que fazem a quina. Até o momento, 35 pessoas ganharam o prêmio principal, 4.151 fizeram a quina e o programa já pagou R$ 2.209.938,44.

No primeiro sorteio, em fevereiro de 2020, duas pessoas acertaram a sena e levaram R$ 50 mil, cada. Uma delas foi Edson Alves, de Maracaju. “Eu não achei que dava para ganhar, fiquei surpreso. Mas já gastei tudo, dei o dinheiro para os meus quatro filhos, são todos adultos”, contou Alves. Ele ganhou com uma compra de R$ 10,92 no Supermercado Estrela. 

Entre os contemplados, cinco acertadores da Sena e 669 da quina ainda não realizaram o cadastro. Esses ganhadores estão dentro do prazo de 90 dias estipulado por lei e ainda podem receber os prêmios. Basta acessar o portal e fazer o cadastro.

Outras 1.523 pessoas, todas ganhadoras da quina, não se cadastraram a tempo e perderam o direito a receber o prêmio. A soma dos valores chega a R$ 907.469,03. Os recursos não resgatados do programa vão para o Fundo de Habitação de Interesse Social (FEHIS), que gerencia as verbas para construção de casas populares às pessoas de baixa renda. 

A premiação estadual usa o resultado do último sorteio da Mega-Sena de cada mês. Para conferir se você é um dos ganhadores, basta acessar o site https://www.notamspremiada.ms.gov.br/.

Paulo Fernandes, com informações de Geisy Garnes, da Sefaz

Foto: Rafael Neddermeyer/ Fotos Públicas

Fonte: Governo MS

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso do Sul

Comissão estadual revisa decretos de quatro décadas

Publicado

por


Com 14.410 decretos estaduais em vigor desde a criação de Mato Grosso do Sul, a Consultoria Legislativa do Governo do Estado iniciou um trabalho de revogação das normas em desuso ou superadas por outras. O objetivo é simplificar e aprimorar o ambiente normativo, garantindo mais segurança jurídica. A criação da Comissão Revoga-MS foi oficializada nesta semana.

Sob coordenação da consultora legislativa Ana Carolina Ali Garcia, a equipe com outros quatro servidores está debruçada sobre os documentos para fazer esse trabalho, que vai ser realizado em quatro etapas, cada uma delas avaliando uma década de decretos. O primeiro período analisado vai de 1979 a 1989, quando foram instituídos 5.347 decretos.

Dra. Ana Ana Carolina Ali Garcia da CONLEG  

“A partir do momento que você oferta um acesso mais descomplicado, o serviço público fica mais ágil e eficaz e o setor produtivo também começa a enxergar mais segurança jurídica. O Estado fica mais atrativo”, explica Ana Carolina.

O trabalho, que segue uma determinação do governador Reinaldo Azambuja, contará ainda com a participação das outras secretarias, que indicarão representantes. Planilhas com informações sobre os decretos serão distribuídas conforme o tema e encaminhadas para análise das respectivas pastas.

Paulo Fernandes, Subcom

Fotos: Chico Ribeiro

Fonte: Governo MS

Comentários Facebook
Continue lendo

TRÊS LAGOAS

CÂMARA DE TRÊS LAGOAS

BRASILÂNDIA

POLICIAL

Mais Lidas da Semana