TRÊS LAGOAS-MS
  Últimas
São Paulo desperdiça pênalti e fica no empate com o Rentistas pela Libertadores
Deputados devem votar quatro projetos em segunda discussão nesta quinta-feira
De virada Fluminense ganha em partida pela Libertadores e segue líder no Grupo D
Mesmo com pandemia, mercado de veículos usados é aquecido e alegação de venda cresce 16% no Estado
Mato Grosso do Sul recebe 21º lote de vacina contra COVID-19 nesta quinta-feira
Em continuidade aos trabalhos, Agepen reúne diretores de unidades penais e assistenciais de MS
Vento sul contribui para mais um dia de temperaturas amenas em Mato Grosso do Sul
Oferta de emprego pela Funtrab da capital conta com 224 vagas nesta quinta-feira
Subjuv abre inscrições para curso de desenvolvimento de aplicativos
Empreendedores de MS desenvolvem bebidas funcionais em cápsulas
DIA DA ENFERMAGEM| Uma vida sofrida, mas de luta e estudo, IDALINA CÂNDIDO DA SILVA se torna uma excelente profissional
FCMS prorroga prazo para entrega de documentação do FIC
PRF apreende 42,3 Kg de cocaína em Água Clara (MS)
Confira os dias e horários dos dez primeiros jogos do Flu no Brasileiro
PRF recupera duas carretas em Ivinhema (MS)
ALEMS institui Frente Parlamentar em Apoio aos Consórcios Municipais
Copa Sul-Americana: Pela quarta rodada da fase de grupos, Ceará encara o Arsenal/ARG, na Arena Castelão
“O mais importante é que obtivemos o resultado”, diz Paulo Autuori
PROSSEGUIR: 32 municípios estão na bandeira vermelha e 44 na laranja
PMA de Batayporã solicita e veterinários do CRAS buscam filhote de anta ferido por grade de trator e tratado em clínica de Nova Andradina
Polícia Militar comemora formatura dos novos Soldados
Policiais Militares da 11ª CIPM/RU-Segredo prendem homem transportando 11kg de maconha, apreendem simulacro de pistola e prendem dois criminonos que efetuaram vários roubos na capital – em ação conjunta com o BPMCHOQUE
Polícia Militar cumpre mandado de busca e apreensão durante abordagem em Bataguassu.
Projeto prevê intérpretes de libras em delegacias e batalhões das polícias de MS
Secretário de Saúde anuncia a implantação de novos leitos para tratamento da Covid-19
Matéria prevê desconto em ingressos aos portadores de ceratocone
Kemp cobra aplicação de R$ 2 milhões em recursos parados para a assistência social
Lei de combate à pedofilia em Mato Grosso do Sul é lembrada no plenário virtual
Raphael Veiga iguala Rony na artilharia do time na temporada
Estreia do Atlético MG no Brasileirão será em 30 de maio
Next
Prev

Mato Grosso do Sul

Patrulhas mecanizadas auxiliam assentados no processo de silagem para enfrentar a estiagem

Publicado


No período de seca a silagem é uma das melhores opções de alimentação econômica, eficaz e de qualidade para o gado. As patrulhas mecanizadas entregues pelo Governo do Estado têm sido fundamentais para pequenos produtores que adotam essa estratégia alimentar para oferecer aos bovinos durante o inverno.  

Em Anaurilândia, o Assentamento Esperança está entre os já beneficiados pelo Governo do Estado com maquinários, ordenhadeiras mecânicas e resfriadores de leite. O presidente da Associação de Moradores, Rosalvo Nunes da Mota destaca a importância desses investimentos para os produtores locais. 

“Se não fosse o Governo não teria como fazer. Estaríamos de braços e mãos atadas. Estamos produzindo muito graças a esse suporte que chega para nós pela Agraer que é peça fundamental para nossa produção. 90% dos nossos resultados são fruto do que a Agraer faz por nós aqui”, afirma. 

Na avaliação da gestora de desenvolvimento rural da Agraer no município, a zootecnista Mírian Carla Becker Brito, os maquinários dão autonomia para os pequenos produtores. “Os assentamentos ganham independência, têm os equipamentos cedidos pela prefeitura e cedidos pelo Estado. E quando chega nessa época os produtores todos precisam né? E o tempo é muito curto para preparar a alimentação de inverno. Seja silagem, seja um preparo de solo para correção e adubação”.

Tanto os equipamentos quanto o suporte oferecido pela Agraer, despertam o interesse de outros produtores que passam a ter uma visão de futuro a partir dos resultados de outros assentados. “Na seca o animal dá leite, o preço do leite é melhor, então começaram a  valorizar o bem. Basta ter o planejamento que o equipamento está acessível através da associação”, explica Mírian. 

Para o diretor executivo da Agraer, Fernando Nascimento, a manutenção dos maquinários também é um ponto importante. “Essas patrulhas bem utilizadas podem ajudar o produtor a se preparar. Plantar os capins, silar e na hora da escassez dos alimentos ter essas folhagens para fornecer para o gado. Quem não faz isso acaba tendo que desembolsar um dinheiro a mais na compra de feno e ração. A silagem é uma maneira racional de gerenciar isso”. 

Fernando destaca que o titular da Semagro, secretário Jaime Verruck, tem dado todo apoio no suporte às famílias assentadas, inclusive com reforço de equipamentos para conservação de solo e água em microbacias. 

No Assentamento Esperança duas patrulhas mecanizadas cedidas pelo Governo do Estado, uma em 2015 e outra em 2018, são mantidas pela associação de moradores e beneficiam 107 famílias que residem no local. 

Patrulhas mecanizadas

Desde 2015 o Governo do Estado por meio da Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), através da Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural (Agraer) promoveu a entrega de 252 patrulhas mecanizadas para os municípios sul-mato-grossenses, sendo compostas basicamente por trator, grade geradora, grade niveladora, carreta agrícola e distribuidora de calcário. 

Mireli Obando, Subcom

Fotos: Mírian Carla

Fonte: Governo MS

Comentários Facebook

Mato Grosso do Sul

Mesmo com pandemia, mercado de veículos usados é aquecido e alegação de venda cresce 16% no Estado

Publicado

por


Apesar da crise sanitária que o país tem enfrentado, o Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul) registrou aquecimento no mercado de veículos usados e aumento expressivo nas alegações de venda.

De acordo com dados da Dirve (Diretoria de Registro e Controle de Veículos), o crescimento é histórico, batendo quase 21 mil alegações só nos primeiros três meses do ano. O aumento foi de 16% se comparado ao mesmo período de 2020.

A Diretora de Registro e Controle de Veículos, Loretta Figueiredo, ressalta que uma das possibilidades para o aquecimento é a pausa na produção de veículos zero km. “A gente sabe que por conta da pandemia a produção caiu bastante nas fábricas, além da facilidade de comprar um veículo já usado, como menor desvalorização, documentação mais barata, entre outros”, diz.

Nos três primeiros meses do ano passado, foram registradas 40.688 aquisições de veículos usados. Neste ano, o número subiu para 48.399. Já nas alegações de venda, o aumento foi de 17.896 para 20.879, respectivamente.

Alegação de Venda

Desde 15 de março deste ano, a alegação de venda – comprovante de transferência de propriedade de veículo – é feita exclusivamente de forma online.

Ao acessar o site do Detran-MS, o usuário clica em Portal de Serviços, no canto superior direito e é remetido diretamente ao Meu Detran, onde após cadastrar seus dados, tem acesso direto a serviços de forma separada.

Para realizar a alegação de venda, basta apenas acessar a aba Veículos.

Atenção

O CTB (Código de Trânsito Brasileiro), no artigo 134, diz que: “No caso de transferência de propriedade, o proprietário antigo deverá encaminhar ao órgão executivo de trânsito do Estado, dentro de um prazo de 60 dias, cópia autenticada do comprovante de transferência de propriedade, devidamente assinado e datado, sob pena de ter que se responsabilizar solidariamente pelas penalidades impostas e suas reincidências até a data da comunicação.”

Desta forma, o antigo proprietário do veículo nunca deve entregar o documento sem antes tirar cópia autenticada do CRV (Certificado de Registro de Veículo) preenchido, datado e assinado para que possa comunicar a venda ao Detran e evitar possíveis transtornos futuros decorrentes de multas ou crimes de trânsito.

Bruna Pasche, Detran-MS
Foto: Saul Schramm/Arquivo (30/12/2020)

Fonte: Governo MS

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso do Sul

Mato Grosso do Sul recebe 21º lote de vacina contra COVID-19 nesta quinta-feira

Publicado

por


O Governo do Estado recebe nesta quinta-feira (13.5) um novo lote de vacina a contra Covid-19 enviado pelo Ministério da Saúde. As vacinas chegam às 18h30 no Aeroporto Internacional de Campo Grande.

O secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, destacou que as doses recebidas são importantes para completar o esquema vacinal da população. “Vamos distribuir os imunizantes aos municípios na sexta-feira. Orientamos os gestores municipais para que apliquem as vacinas no final de semana e também durante o período noturno”, completou.

O 21º lote é composto por 26.400 doses da vacina da Coronavac e 24.500 doses da vacina da AstraZeneca. Com a chegada do novo carregamento, Mato Grosso do Sul somará 1.044.320 de doses recebidas do imunizante.

Nesta terça-feira, o Ministério havia enviado pauta de distribuição informando 27.000 doses de Coronavac para Mato Grosso do Sul, entretanto, nesta quarta-feira, o Ministério revisou a quantidade e reduziu 600 doses da quantidade a ser enviada para o Estado.

As doses de Coronavac serão destinadas para as pessoas que aguardam a segunda aplicação do imunizante. A nova remessa de AstraZeneca é destinada para segunda dose e também para continuidade da aplicação da primeira dose dos grupos prioritários.

Em relação a gestantes e puérperas, o Ministério da Saúde ressalta que a vacinação deverá prosseguir, no momento, apenas em mulheres com comorbidades e com os imunizantes do Butantan ou da Pfizer/BioNTech.

A orientação do Ministério da Saúde é que a população deve tomar a segunda dose da vacina mesmo que a aplicação ocorra fora do prazo recomendado, para se completar o esquema vacinal para assegurar a proteção adequada contra a Covid-19.

Mato Grosso do Sul vacinou até o momento 872.075 pessoas, sendo 631.079 com a primeira dose e 240.996 com a segunda dose. De acordo levantamento nacional, Mato Grosso do Sul está entre os estados brasileiros com melhor desempenho na vacinação. Aqui, 22,46% da população adulta receberam a 1ª dose do imunizante.

Airton Raes, SES

Foto: Arquivo

Fonte: Governo MS

Comentários Facebook
Continue lendo

TRÊS LAGOAS

CÂMARA DE TRÊS LAGOAS

BRASILÂNDIA

POLICIAL

Mais Lidas da Semana