TRÊS LAGOAS-MS
  Últimas
Ação conjunta entre GETAM e Força Tática detém dupla de infratores no bairro Guanabara
Caminhão roubado em Três Lagoas é recuperado em Andradina
Mais duas empresas recebem visita de orientação de prevenção à covid-19 em Três Lagoas
JBS doa equipamentos para abertura de novos leitos de UTI no MS e mais quatro Estados
Polícia Militar Ambiental de Campo Grande identifica e encontra endereço de idoso flagrado praticando zoofilia em pleno dia na Capital e o autua em R$ 3 mil
Oportunidade: Telessaúde credencia profissionais de Web Designer com remuneração de R$ 3 mil
Prestes a completar 240 mil pessoas infectadas na Pandemia, MS registra mais 1.112 novos casos
NOTA DE REPÚDIO
BPMTran e DETRAN intensifica abordagens da Lei Seca reforçando o cumprimento do toque de recolher
Condutor embriagado quase provoca acidente e acaba preso pela Polícia Militar de Chapadão do Sul
PRF apreende 60 Kg de skunk em Bataguassu (MS)
Força Tática do 4º BPM intercepta comboio de veículos transportando mercadorias não legalizadas junta à RF
PRF apreende 168,3 Kg de maconha e 40,5 Kg de skunk em Ponta Porã (MS)
PMA de Bela Vista é acionada para prender incendiário e contém fogo à margem da BR 060 que se alastraria por área de grande proporção em fazenda
BOLETIM COVID-19: Três Lagoas registra 162 novos casos, 6 óbitos e notifica outras 6 mortes suspeitas nesta quarta-feira (21)
Como funciona o comércio no feriado de Tiradentes em Três Lagoas
Morre Cícero dos Santos Castilho morador da região do Distrito de Arapuá
Três Lagoas se torna Capital Nacional da Celulose
“Faço tudo por ele e esse é o pagamento?”, chora mãe após tortura de animais em Água Clara
Em Água Clara| PMA autua em R$ 9 mil mãe de adolescente que gravou vídeo maltratando animais
Em Água Clara| Após falecimento de funcionário, GRENPLAC emite nota de pesar e medidas de biossegurança
Morre o engenheiro Três-lagoense Anderson Tabox Saiar
Nora de sitiante de Arapuá morre aos 36 anos de complicações da Covid-19
De virada, Mengão vence o Vélez Sarsfield por 3 a 2 na estreia da Libertadores
São Paulo derrota o Sporting Cristal, no Peru, e arranca bem na Libertadores
Santos perde para o Barcelona pela Conmebol Libertadores
Internacional é superado na altitude de La Paz
Projeto Amigos do Parque é sugestão de lazer ao ar livre no feriado de Tiradentes
Mudanças no CTB: Nova Lei abranda infração para motociclistas sem viseira ou óculos de proteção
Tiradentes: no dia do patrono das polícias, Governo destaca investimentos na segurança
Next
Prev

Mato Grosso do Sul

Para atender região de fronteira, governo assina contrato para obra de R$ 45 milhões na MS-270

Publicado


Asfalto de 35 km na rodovia será entre Copo Sujo e Cabeceira do Apa, em trecho da MS-164 e MS-166

Para investir e melhorar o escoamento da produção na região de fronteira, o governo assinou contrato para obra de asfalto de 35,56 quilômetros na rodovia MS-270, que se trata de um trecho entre o Copo Sujo e o distrito de Cabeceira do Apa, em Ponta Porã. O projeto vai custar R$ 45,3 milhões aos cofres públicos.

O trecho da pavimentação será entre as rodovias MS-164 e MS-166, na região de fronteira, que vai melhorar o acesso e facilitar o tráfego. “São importantes investimentos em logística e infraestrutura que dão competitividade aos produtores sul-mato-grossenses. Melhoram as condições de produção de todos, do pequeno, médio e grande produtor, assim como dos assentados”, afirmou o governador Reinaldo Azambuja.

A assinatura do contrato foi publicada nesta segunda-feira (1), no Diário Oficial do Estado. A Construtora Artec S/A foi a empresa escolhida para realizar o projeto, tendo um prazo de 22 meses para concluir a obra, após a ordem de serviço expedida pela Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos (Agesul).

A obra será realizada pelo governo com recursos do Fundersul (Fundo de Desenvolvimento do Sistema Rodoviário do Estado de Mato Grosso do Sul). A licitação foi lançada no dia 12 de agosto, com custo previsto de R$ 49,36 milhões. Após a fase licitatória, este valor caiu para R$ $ 45.358.671,03.

O projeto se trata de uma demanda antiga dos moradores da região, que requisitam a pavimentação neste trecho, para melhorar o acesso e tráfego de veículos.  O investimento faz parte do programa “Governo Presente”, onde o governador ouviu os pedidos das lideranças dos 79 municípios, e assim definiu suas prioridades no pacote de obras até 2022.

A obra neste trecho faz parte dos investimentos estaduais na região fronteiriça, que ainda inclui mais duas obras de pavimentação, sendo 10,36 km na MS-382 e 23,76 km na MS-166, do município de Antônio João até o distrito da Cabeceira do Apa. As três (obras) juntas somam quase R$ 100 milhões de aporte financeiro.

“Um governo responsável não se lembra dos municípios apenas quando precisa deles ou na hora da eleição. Mesmo em tempos de crise, nossa gestão continua parceira dos municípios com obras e serviços importantes para melhorar a qualidade vida da nossa gente”, declarou o secretário estadual de Infraestrutura, Eduardo Riedel.

Produção e turismo

Prefeito Hélio Peluffo (Foto: Prefeitura Ponta Porã)

O prefeito de Ponta Porã, Hélio Peluffo Filho, destacou que esta obra é uma das mais importantes dos últimos 20 anos na região. “A região da Cabeceira do Apa que antes tinha predomínio de pecuária, agora começou a avançar com a agricultura e o agronegócio, tendo um dos melhores climas para produção de soja”, revelou.

Ele descreveu que os investimentos na produção e agricultura cresceram na região e que por isso a obra será importante para ajudar no escoamento. “Serão abertos mais 16 mil hectares (região), além da iniciativa privada que está investindo, em um local que é um dos mais altos do Estado, com clima adequado”.

Peluffo ainda citou que o turismo da região será favorecido, com turistas do Paraná escolhendo seguir por esta rota para chegar a cidades como Porto Murtinho (pesca), e Bonito (ecoturismo). “Eles vão preferir vir pela Cabeceira do Apa que terá uma estrada em boas condições e ainda vai encurtar a distância”.

Mais uma ponte           

O governo estadual também assinou contrato para construir mais uma ponte de concreto, desta vez a estrutura será armada sobre o Rio Piripucu, que fica na cidade de Bela Vista. A empresa Belter Construções e Transportes foi a escolhida para realizar o projeto, que terá o investimento de R$ 2,55 milhões.

A ponte será feita na rodovia MS-472, tendo 50 metros de comprimento e 10 (metros) de largura. A empresa terá o prazo de sete meses para concluir a obra, que também será realizada com recursos do Fundersul.

Desde o começo do mandato, o governador colocou a troca de pontes de madeira por concreto como uma das prioridades da gestão. Por meio do programa “Mais Pontes” já foram construídas 96 (pontes), 18 estão em execução e 12 na fase de licitação. A expectativa é que sejam entregues 163 (pontes) até o final de 2022. 

Além de Ponta Porã, Bela Vista também receberá obra de infraestrutura

Leonardo Rocha, Subcom
Foto: Saul Schramm

Fonte: Governo MS

Comentários Facebook

Mato Grosso do Sul

Oportunidade: Telessaúde credencia profissionais de Web Designer com remuneração de R$ 3 mil

Publicado

por


A Secretaria de Estado de Saúde (SES) credencia profissionais da área de Tecnologia da Informação Web Designer com remuneração que varia de R$ 3.000,00 bruto e líquido de R$ 2.462,55, para atuar no projeto de expansão do Programa Telessaúde Brasil Redes em Campo Grande (MS).

Estão sendo credenciadas, via online, pessoas físicas, que residam na cidade de Campo Grande, para exercerem a função de web designer, com carga horária de 40 horas semanais. Para se credenciar, o profissional não pode ter vínculo com o serviço público, exceto no caso de ser por meio de contrato.
O período de credenciamento começou no último dia 12 de abril e vai até 15 de maio próximo, às 23h59min e deve ser feito no endereço: https://sistemas.saude.ms.gov.br/eCredenciamentoSICONV006/, onde pode ser visto o Edital de Credenciamento nº 005/2018 com mais informações.

A convocação dos credenciados se dará conforme o exclusivo interesse, necessidade, oportunidade e conveniência do Telessaúde Mato Grosso do Sul, de acordo com as demandas previstas para a execução do Plano de Trabalho do Projeto de Expansão do Programa Telessaúde Brasil Redes no Mato Grosso do Sul, conforme o convênio 792503/2013.

Comunicação SES

Fonte: Governo MS

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso do Sul

Prestes a completar 240 mil pessoas infectadas na Pandemia, MS registra mais 1.112 novos casos

Publicado

por


No dia em que se comemora o feriado de 21 de abril (Dia de Tiradentes) o Brasil registra 14.043,073 casos de Covid-19 e 378.003 óbitos deste o início da Pandemia.

Em Mato Grosso do Sul o número total de pessoas que foram afetadas pelo coronavírus, de acordo com registro divulgado pelo Boletim Epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde é de 239.910.

Nas últimas 24 horas foram registrados mais 1.112 novos casos e a média móvel baixou para 1,009,9. O Estado também registrou mais 53 óbitos em 23 municípios, elevando o total de mortes em função da doença para 5.335, média móvel de 47,3.

O secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, lamentou o alto índice de óbitos dos últimos 21 dias. “Ficamos angustiados toda vez que anunciamos estes números”, comentou, chamando atenção para a queda na faixa etária das mortes: maioria entre 20 a 49 anos de idade.

Capital tem mais da metade dos óbitos


Boletim SES

As cinco cidades com maior número de casos registrados são: Campo Grande com mais 280 novos exames positivos; Três Lagoas + 139: Dourados +106; Paranaíba +60 e Naviraí + 39. A taxa de contágio baixou para 1,03.
No Boletim desta quarta-feira, Campo Grande trouxe o registro de mais 20 mortes. O índice de óbitos na capital é de 42,9% e a taxa de letalidade 2,2. Um total de 2.290 pessoas não resistiu ao Covid 19.

A cidade de Ponta Porã registrou mais 4 óbitos. Dourados, Bodoquena e Cassilândia registraram mais 3 mortes cada uma. Eldorado, Rio Verde do Mato Grosso e Agua Clara, perderam 2 pessoas cada.

Em Amambai, Aquidauana, Bonito, Chapadão do Sul, Corumbá, Itaquirai, Jardim, Ladário, Miranda, Naviraí, Nova Alvorada do Sul, Nova Andradina, Paranaíba, São Gabriel do Oeste e Três Lagoas, foi registrada uma morte em cada cidade.

Ocupação hospitalar e fila de espera

Nas 4 macrorregiões do MS a ocupação hospitalar continua acima de 90%. Na macrorregião de Campo Grande é de 102%, deste percentual 73% pacientes são de Covid 19. Em Dourados a ocupação total é de 91% e 55% Covid 19; Três Lagoas registra 95% de leitos ocupados, desses 75% Covid 19; Corumbá tem 100% de ocupação e 71% dos internados são pacientes de Covid 19.
Em todo o MS 1.183 pessoas estão internadas em leitos hospitalares. Deste total, 620 estão em leitos clínicos (396 públicos e 224 privados), e 563 em leitos de UTI (409 públicos e 154 privados). Até o momento foi registrada uma fila de espera com 92 pacientes. Cerca de 12.268 pessoas se encontram em isolamento domiciliar.

Theresa Hilcar, Subcom

Fonte: Governo MS

Comentários Facebook
Continue lendo

TRÊS LAGOAS

CÂMARA DE TRÊS LAGOAS

BRASILÂNDIA

POLICIAL

Mais Lidas da Semana