TRÊS LAGOAS-MS
  Últimas
Edenilson marca nos acréscimos e Inter vence o Fortaleza no Beira-Rio
PALMEIRAS supera a Chape fora de casa.
Casal que seguia para São Paulo com mais de 60 quilos de maconha foi preso pelo DOF durante a Operação Hórus
Polícia Militar prende jovem por descumprimento de medida protetiva e ameaça contra a ex-mulher em Bataguassu.
PRF apreende 23 Kg de cloridrato de cocaína em Nova Alvorada do Sul (MS)
Mato Grosso do Sul recebe mais 277.330 doses de vacina contra a Covid-19
Líder vence no Mineirão
Com gols de Rigoni e Luciano, Tricolor vence o Atlético-GO pelo Brasileirão
Na estreia de Wiliam, timão empata em cada contra America-Mg
Série A: Ceará batalha pela vitória, mas fica no empate sem gols com o Santos
Flamengo é derrotado pelo Grêmio por 1 a 0, no Maracanã, na 21ª rodada do Brasileirão
Polícia Militar prende autor de Furto em supermercado de Três Lagoas.
Setembro Amarelo: Vida Saudável fala sobre prevenção ao suicídio
Previsão do Tempo: Semana será de altas temperaturas e baixa umidade relativa do ar
OCOP – Polícia Militar zera fila de atendimento 190 e finaliza operação desarticulando festa clandestina com mais de 2mil pessoas na madrugada desse domingo em Dourados
Núcleo de Pesquisa em Quadrinhos da UEMS é finalista no ‘Oscar’ das HQs
Reforma do Parque: Avenida do Poeta tem mudanças no trânsito nesta semana
Inter-relação com secretarias fez “Revoga MS” avançar para a terceira fase com 7.764 decretos revogados
Primavera terá La Niña de fraca intensidade, chuvas abaixo da média e muito calor
Em busca de emprego? Mato Grosso do Sul oferta quase 2 mil vagas nesta segunda-feira
Governo do Estado acelera pavimentação de 113 km de rodovias-tronco da Rota Bioceânica
Detran-MS abre visitação de 83 lotes para desmontagem quarta-feira; três leilões estão em andamento
Morre aos 87 anos o ator Luis Gustavo
Mais de um milhão de reais em produtos contrabandeados foi apreendido pelo DOF durante a Operação Hórus
Policiais Militares do 2º BPM participam de surpresa para Pequeno Admirador da Polícia Militar.
Polícia Militar prende autores de Furto em Três Lagoas.
PMA de Cassilândia autua caçador por captura e abate de dois animais silvestres da espécie cateto e apreende armadilha de caça utilizada no crime
Polícia Militar prende foragido em Três Lagoas.
Moto Club vence de novo o Castanhal e está nas oitavas da Série D
BOLETIM COVID-19 – Três Lagoas registra 04 novos casos neste domingo (19)
Next
Prev

Esportes

Olimpíada de Tóquio começa nesta sexta-feira

Publicado


Nesta sexta-feira (23), os olhos de boa parte da população mundial estarão voltados para a cidade de Tóquio. Após o adiamento de um ano por causa da pandemia da covid-19 e ameaças de cancelamento, a 32ª edição da Olimpíada de verão ter á a abertura oficial a partir das 8h (horário de Brasília) no Estádio Olímpico de Tóquio (também chamado de Estádio Nacional).

Pela primeira vez na história, as cerimônias de abertura e encerramento, assim como as competições na capital do Japão, não terão a presença de público. A decisão de proibir espectadores foi tomada por conta da decretação do estado de emergência em Tóquio até o final das competições até 8 de agosto, e em meio a críticas de autoridades de saúde do país e rejeição da população à competição.

Leia também: Jogos de Tóquio começam com protocolos rígidos e medo da pandemia

Outras províncias que vão sediar competições também já confirmaram que não terão público: Chiba (que vai sediar competições de surfe, esgrima, taekwondo e luta olímpica), Kanagawa (beisebol/softbol, iatismo e futebol), Saitama (basquete, golfe e futebol), Fukushima (beisebol/softbol) e Hokkaido (futebol e atletismo). As províncias de Miyagi (futebol) e Shizuoka (ciclismo) Ibaraki (futebol) ainda mantém previsão de público (50% do total e limitado a residentes no Japão) durante competições.

Os Jogos de Tóqu6io são a primeira Olimpíada da era moderna a ter um adiamento. Desde 189 (quando foram realizados os Jogos Olímpicos de Atenas), três edições foram canceladas: as Olimpíadas de Berlim em 1916 (que não foi realizada por causa da 1ª Guerra Mundial), as Olimpíadas de Helsinque em 1940 e as Olimpíadas de Londres em 1944 (ambas canceladas por causa da 2ª Guerra Mundial). 

É a segunda vez que Tóquio recebe os Jogos Olímpicos: a primeira foi em 1964, com 5.151 atletas de 93 países. Um dos momentos mais marcantes daquela edição foi o acendimento da pira olímpica: quem fez as honras foi Yoshinori Sakai, nascido em dia 6 de agosto de 1945, em Hiroshima – no mesmo dia que a bomba atômica devastou a cidade.

Abertura e competições

Prevista para às 8h (horário de Brasília) desta sexta-feira (23) e com duração de cerca de três horas, a tradicional cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos sofrerá alterações em Tóquio, causadas pela emergência sanitária. Além da proibição de venda de ingressos, algumas delegações (incluindo a brasileira) deverão enviar menos atletas para a cerimônia em que a Pira Olímpica é acesa. 

Nesta quinta-feira (22), o Comitê Olímpico do Brasil (COB) confirmou que levará apenas quatro pessoas para a cerimônia (número mínimo exigido de atletas e oficiais): os porta-bandeiras Bruno Rezende (voleibol) e Ketleyn Quadros (judô), o chefe de Missão Tóquio 2020, Marco La Porta, e um oficial administrativo. De acordo com o COB, “a decisão foi tomada levando-se em consideração a segurança dos atletas brasileiros em cenário de pandemia, minimizando riscos de contaminação e contato próximo”.

O imperador Naruhito irá declarar a abertura das competições. A ordem dos desfiles das delegações da abertura dos Jogos Olímpicos também será particular. Ela seguirá, na maioria dos casos, a ordem do alfabeto japonês katakana. Com isso, logo após a Grécia (que, tradicionalmente, é a primeira equipe a desfilar) e a Equipe Olímpica de Refugiados, entrarão no Estádio Olímpico a delegação da Islândia (Aisurando em japonês), Irlanda (Airurando) e Azerbaijão (Azerubaijan). As exceções ficarão com as três últimas equipes a entrarem: Estados Unidos, França e Japão – que fecha a parada das nações). O Brasil será a 152º delegação a entrar no desfile.

A lista de comitês olímpicos participantes conta também com o Time Olímpico de Refugiados, formado por pessoas que não podem competir pelo país de origem e por isso, defendem a bandeira do Comitê Olímpico Internacional (COI). O Comitê Olímpico Russo traz uma delegação de atletas da Rússia proibidos de competirem com a bandeira e o nome do país (nem o hino russo pode ser executado) devido a punições por parte da Agência Mundial Antidopagem (WADA) e da Corte Arbitral do Esporte (CAS).

Além da Rússia, mais um país filiado ao COI não participará dos Jogos de Tóquio: a Coreia do Norte, que anunciou a desistência por causa da pandemia da covid-19. Com isso, o número de bandeiras representadas nas competições será menor do que na Rio 2016, que teve 205 países, o time de refugiados e a equipe de Atletas Olímpicos Independentes (formado por atletas do Kuwait, punido à época pelo COI).

Dentro das competições, Tóquio 2020 (mesmo com o adiamento de um ano, o nome oficial do evento continua referente ao ano passado) tem a expectativa de receber, ao todo, mais de 11 mil atletas de 204 países.

Arte com números dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 Arte com números dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020

Arte: Agência Brasil

A delegação com maior número de membros é a dos Estados Unidos, com 613 atletas. O país-sede, Japão, terá 590 atletas nos Jogos Olímpicos. O Brasil será representado por 302 atletas em 35 modalidades. O número será menor do que o de atletas nas Olimpíadas de 2016, que foi de 462. Ao contrário do que ocorreu nos Jogos do Rio (em que o Brasil, por ser país-sede, já tinha classificados em todas modalidades), o Brasil ficou de fora de 12 das 46 modalidades de Tóquio.

De acordo com o Comitê Olímpico Internacional, essa será a Olimpíada com maior equilíbrio de gênero da história: quase 49% dos inscritos são mulheres. O atletismo é o esporte com maior número de participantes: 2.176. Por outro lado, apenas 19 atletas disputarão as competições de ciclismo BMX na categoria freestyle.

Antes mesmo da abertura oficial, algumas competições já começaram a ser realizadas. Na terça-feira (20), as primeiras partidas de softbol foram realizadas. Ontem (21), a bola rolou para a primeira rodada do futebol. E nesta quinta-feira, foram disputadas as primeiras provas de remo.

A primeira medalha de Tóquio vai sair no tiro esportivo feminino: a disputa da final na modalidade rifle de ar 10m ocorre às 10h45 (no horário local, 22h45 no horário de Brasília) no dia 24 de julho.

A cerimônia de encerramento das Olimpíadas ocorrerá na noite de 8 de agosto (20h no horário local). A última medalha a ser disputada nesta edição será no polo aquático masculino. A partida final começa às 16h30 (4h30 no horário de Brasília) do dia 8.

Ao todo, os Jogos Olímpicos de Tóquio terão 339 eventos que distribuirão medalhas em 46 modalidades (com 33 esportes). Neste ano, cinco modalidades estreiam ou voltam ao calendário de competições: beisebol/softbol, karatê, skate, surfe e a escalada esportiva.

Algumas estrelas mundiais do esporte já confirmaram presença nos Jogos Olímpicos de Tóquio. No basquete, Kevin Durant será o principal nome da equipe de estrelas dos Estados Unidos. No futebol feminino, a norte-americana Megan Rapinoe e a brasileira Marta são atrações. No masculino, o Brasil vai contar com Daniel Alves.

Sem a presença de lendas como Usain Bolt e Michael Phelps, que se retiraram de seus esportes, os holofotes em esportes individuais ficarão no sérvio Novak Djokovic (supercampeão de torneios Gram Slam) e na japonesa Naomi Osaka no tênis, nas norte-americanas Simone Biles (ginástica artística) e Katie Ledecky (natação) e no francês Teddy Riner no judô.

Curiosidades  Tóquio 2020 Curiosidades  Tóquio 2020

Arte EBC

Acompanhe a cobertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio na Agência Brasil:

Edição: Nathália Mendes

Comentários Facebook

Esportes

Edenilson marca nos acréscimos e Inter vence o Fortaleza no Beira-Rio

Publicado

por


FOI COM EMOÇÃO! Na primeira partida que disputou no Beira-Rio neste mês de setembro, o Clube do Povo superou o Fortaleza, na manhã deste domingo (19/09), por 1 a 0. Marcado aos 47 do segundo tempo, o gol de Edenilson garantiu ao Inter sua segunda vitória consecutiva no Nacional, que leva o Colorado aos 29 pontos no Brasileirão de 2021.

Agora, a equipe volta suas atenções para a 22ª rodada do país, que será disputada no próximo domingo (26/09), às 16h, diante do Bahia. No Beira-Rio, o confronto envolverá equipes em realidades distintas na tabela. Afinal, enquanto o Inter luta pelo G6, o Tricolor de Aço, com 23 pontos conquistados até aqui, vive luta particular contra o rebaixamento.


Bola com o Inter, principais chances para os visitantes

Apesar do horário, é seguro afirmar que as duas equipes foram a campo bastante ligadas no Beira-Rio. Logo no primeiro minuto, Lucas Lima cruzou bola perigosa da esquerda, que Ângelo Henríquez finalizou com espaço na pequena área. Embora desperdiçada, a oportunidade empolgou os visitantes, que passaram a adiantar suas linhas e, com os alas colados em nossos laterais, e os atacantes atentos aos zagueiros vermelhos, incomodaram a saída de jogo do Clube do Povo. A resposta encontrada pelo Inter foi a aposta no corredor esquerdo de ataque.

Existente para levar o Inter ao campo ofensivo, o espaço no corredor esquerdo até ofereceu escapes agressivos para Moisés e Patrick, mas foi incapaz de colocar o Colorado dentro da área rival. Cerceada pela defesa cearense, a construção por passes foi substituída, no leque do ataque alvirrubro, pelos arremates de longa distância. O mais perigoso desses saiu dos pés de Mauricio, que quase abriu o placar, aos 40, em forte canhotaço. De sua parte, o Fortaleza assustou uma vez mais, ainda antes, no minuto 16, quando Éderson mandou por cima boa chance.


Não tá morto quem peleia

O Inter retornou dos vestiários com mudança, a partir da entrada de Boschilia no lugar de Mauricio. Quem dominou o reinício de confronto, porém, foi o time visitante, que criou duas boas tramas nos 10 minutos de abertura da etapa final. Aos poucos, o Clube do Povo passou a igualar as ações, e armou seus escapes aos 16 e 22, ambos arrematados por Yuri. Encerrando a primeira metade do segundo tempo, Saravia e David se envolveram em discussão ríspida e, por isso, foram punidos com o vermelho.

Menos atletas em campo, mais espaços para as equipes. Enquanto o Inter tratou de aproveitar os vazios, o Fortaleza forçou o antijogo, e teve sua postura complacente punida nos acréscimos. Jogador de Seleção Brasileira, Edenilson percebeu o entrosamento de Heitor e Yuri, que pegaram a zaga rival desatenta em cobrança de lateral rápida, e se projetou pela direita. Servido pelo atacante, o camisa oito finalizou sem ângulo, mas também sem chances. O nono gol do artilheiro do Nacional garantia ao Inter três pontos fundamentais.


Primeiro tempo

1min – Lucas Lima escapa pela esquerda e cruza na segunda trave, onde Ângelo Henríquez aparece com liberdade para finalizar. A bola sai ao lado, com perigo.

10min – UH! Moisés escapa pela esquerda e cruza na direção de Yuri. O atacante não chega na bola, mas Edenilson recupera a posse na segunda trave e deixa para Saravia, que levanta de canhota. Felipe Alves, de soco, corta o perigo.

12min – Assustou! Após escanteio cobrado pela esquerda por Moisés, Cuesta sobe mais do que a zaga rival e desvia ao lado do poste tricolor.

16min – QUASE, QUASE! Lucas Lima invade a área colorada pela direita e cruza rasteiro. Éderson, livre, leve e solto no retângulo pequeno, finaliza por cima.

19min – POR CIIIIIIIIIIIMA! Saravia faz fila pela direita e deixa com Mauricio, que é travado pela marcação. No rebote, Patrick solta o canhotaço, a bola desvia na marcação e quase mata Felipe Alves.

24min – Jussa avança pela esquerda e finaliza rasteiro. Daniel encaixa.

29min – Na esquerda da área colorada, Robson corta para a canhota e finaliza rasteiro. A bola cruza a extensão da meta e sai em tiro de meta para Daniel.

37min – UUUH! Yuri acha excelente ganchinho para Patrick, que finaliza forte, já dentro da área. A zaga trava, e o Inter tem escanteio.

39min – Encaixa, Felipe! Yuri recebe na intermediária ofensiva, corta para a perna direita e finaliza rasteiro. Goleiro do Fortaleza segura firme.

40min – PRA FOOOOOOOOOORA! Mauricio, também da intermediária de ataque, abre ângulo e manda o canhotaço. A bola resvala em Benevenuto e toma o caminho do ângulo, mas sai tirando tinta. Quase, quase!

45min – Mais dois. Vamos a 47!

46min – Blitz colorada! Inter roda a bola na intermediária de ataque por mais de um minuto. Pela direita, Lindoso é quem cruza, e Felipe Alves encaixa.

47min – Intervalo no Beira-Rio.


Segundo tempo

0min – Inter volta com Boschilia na vaga de Mauricio.

2min – Benevenuto recebe o amarelo por falta em Boschilia.

3min – Por cima! Boschilia, a alguns passos da meia-lua da grande área, cobra falta frontal. Forte, ela sai por cima.

4min – EM CIIIIIIIIIIIIIIMA DA LINHA! Robson recebe cruzamento da direita e finaliza de primeira. Daniel, providencial, espalma, mas o rebote é do atacante tricolor, que arremata sem chances para o goleiro do Inter. Moisés, debaixo das traves, aparece para salvar o Clube do Povo.

10min – Lucas Lima e Crispim tabelam pela esquerda, o primeiro cruza de canhota, e Daniel espalma. No rebote, Pikachu tem espaço, e finaliza, com desvio, para fora.

13min – Bruno Méndez amarelado por falta em Robson. Dourado contesta e também leva cartão.

16min – Yuri recebe em frente à meia-lua, ajeita ângulo para a canhota e manda por cima. Boa oportunidade.

19min – David vem no Fortaleza. Ângelo Henríquez é o sacado.

23min – SAAAAAAAAAAAAAAAALVA, FELIPE! Dourado oferece assistência açucarada para Edenilson, que emenda voleio cinematográfico para servir Yuri. Na pequena trave, o camisa 11 cabeceia rasteiro, mas não marca por milagre do goleiro, que defende com o pé.

23min – Guerrero e Paulo Victor entram no Inter. Lindoso e Moisés deixam o campo.

27min – Após grande confusão na lateral-direita colorada, Saravia e David são expulsos.

28min – UUUUUUUUUH! Boschilia recebe de muito longe e, com espaço pelo centro, solta a bomba. A bola toma curva e quase trai Felipe Alves, mas o goleiro consegue espalmar.

29min – Lucas Lima e Robson substituídos por Vojvoda. Depietri e Wellington Paulista entram.

34min – Heitor por Patrick. Nova troca no Clube do Povo.

36min – DANIEEEEEEEEEEEEEEEEEEL! Lucas cobra falta em dois toques, rolando para Éderson. O volante enche o pé, a bola desvia e quase encobre o goleiro colorado, que voa para espalmar em escanteio.

44min – Pikachu e Crispim dão lugar a Edinho e Ronald. Completas as trocas do Fortaleza.

45min – Jogo irá a 50. Mais cinco!

46min – UUUUUUUUUUUUUH! Guerrero arma contra-ataque para o Inter e deixa Yuri em boas condições pela esquerda. O camisa 11 corta para o fundo e finaliza forte, rasteiro. Felipe encaixa.

47min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É DO INTER! É DO CLUBE DO POVO! É DO COLORADO GAÚCHO! É DA ACADEMIA DO POVO! É GOL DE SELEÇÃO, É GOL DE CRAQUE, É GOL DE SUPEREEEEEEEED! INTER NA FREEEEENTE! Yuri Alberto, pela direita, recebe cobrança rápida de lateral de Heitor e serve Edenilson. O camisa oito invade a área em altíssima velocidade e, mesmo sem ângulo, finaliza rasteiro. Com a perna direita, a bola ainda desvia no poste esquerdo de Felipe Alves antes de morrer nas redes. COMO JOGA EDENILSON, POR FAVOOOOR!

O gol de Edenilson na voz da Rádio Colorada

48min – Na comemoração, Moisés recebeu o amarelo.

49min – Entra Johnny, sai Boschilia. Quinta troca no Clube do Povo!

50min – FIM DE JOGO! INTER VENCE NO BEIRA-RIO!


Ficha técnica:

Internacional (1): Daniel; Saravia, Bruno Méndez, Victor Cuesta e Moisés (Paulo Victor); Edenilson, Rodrigo Lindoso (Paolo Guerrero), Rodrigo Dourado e Patrick (Heitor); Mauricio (Boschilia)(Johnny) e Yuri Alberto. Técnico: Diego Aguirre.

Fortaleza (0): Felipe Alves; Daniel Guedes, Marcelo Benevenuto e Titi; Yago Pikachu (Ronald), Éderson, Matheus Jussa, Lucas Crispim (Edinho) e Lucas Lima (Depietri); Robson (Wellington Paulista) e Ângelo Henríquez (David). Técnico: Juan Pablo Vojvoda.

Gol: Edenilson, aos 47’/2ºT (I).

Cartões amarelos: Bruno Méndez, Moisés e Rodrigo Dourado (I). Marcelo Benevenuto (F).

Cartões vermelhos: Saravia (I). David (F).

Arbitragem: Edina Alves Batista, auxiliada por Neuza Ines Back e Leila Naiara da Cruz. Quarto árbitro: Jonathan Benkenstein Pinheiro. VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral.

Estádio: Beira-Rio.

Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

PALMEIRAS supera a Chape fora de casa.

Publicado

por


A perseguição ao líder continua! Com a vitória palmeirense sobre a Chapecoense, em Chapecó (SC), neste sábado (18), pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras garantiu mais uma rodada na vice-liderança, chegando aos 38 pontos na tabela – agora diminuiu para quatro a diferença para o líder Atlético-MG. O Galo, entretanto, entra em campo contra o Sport ás 19h (ao fim do jogo do Verdão). Os gols palmeirenses foram marcados por Raphael Veiga, aos 09 do primeiro tempo, e Luiz Adriano, aos 27 também da etapa inicial.

Clique aqui para ver a ficha técnica, estatísticas e tudo sobre o jogo!

Com o resultado positivo, o Verdão segue sem ser derrotado pela Chapecoense desde 2017 (segundo turno do Brasileirão daquele ano). Desde então, o Alviverde engatou seis jogos contra a equipe catarinense em 2018, 2019 e 2021 (todos pelo Brasileirão) e não perdeu nenhum! Empatou o primeiro da série (0 a 0) e venceu os cinco seguintes – incluindo o de hoje, por 2 a 0. Desta forma, o Alviverde Paulista, com suas cinco vitórias seguidas sobre o time de Chapecó, já detém a maior série de triunfos da história do confronto.

O Maior Campeão do Brasil também ampliou seu saldo favorável em Santa Catarina contra qualquer adversário: neste estado brasileiro, agora são quatro vitórias seguidas. Primeiro, o Verdão venceu a Chape duas vezes na Arena Condá, ambos os jogos por 2 a 1 (pelos Brasileiros de 2018 e de 2019); em seguida, bateu o Avaí em 2019 (também por 2 a 1), na Ressacada, em Florianópolis, pelo Brasileiro; e com o novo triunfo de hoje sobre a Chape, por 2 a 0, chegou a quatro vitórias seguidas em todo o território catarinense. Ao todo, o Verdão tem saldo favorável em SC: agora são 43 jogos no estado de Santa Catarina somando as partidas nas cidades de Chapecó, Criciúma, Florianópolis e Joinville -, com 22 vitórias, oito empates, 13 derrotas, 66 gols marcados e 52 gols sofridos.

Além de se garantir mais uma rodada na vice-liderança, perseguindo o líder, com 38 pontos, o Palmeiras segue atualizando mais uma estatística: é o segundo clube que mais rodadas terminou entre os quatro primeiros do Campeonato Brasileiro desde a implementação do sistema de pontos corridos, em 2003. O Verdão ocupou o G-4 em 247 vezes com esta, seguido por Corinthians, com 242, e Internacional, com 239. O líder é o São Paulo, com 317.

Na partida, o destaque individual fica por conta de Raphael Veiga que, com o gol, chegou a um total de 36 bolas na rede pelo Palmeiras e igualou Ênio Andrade, Luís Pereira, Miguel Borja e Cardoso na 83ª colocação do ranking de maiores artilheiros da história do Palmeiras. De quebra, o camisa 23 também saltou também para a 8ª colocação da lista dos maiores goleadores do clube somente neste século, empatando com Borja – agora ele divide com o colombiano o posto, com 36 bolas na rede.

Dudu também ganhou uma nova marca em seu currículo palmeirense. Com a vitória do time nesta tarde, o atacante igualou o goleiro Marcos como o jogador com mais triunfos pelo Palmeiras no Século XXI: tanto o camisa 4+3 quanto o eterno camisa 12 somam 182 resultados positivos (Dudu com 317 jogos pelo Verdão e Marcos com 392 apenas no século atual – 533 jogos pelo clube no total).

AGENDA

O Palmeiras volta a campo na próxima terça-feira (21), às 21h30, no Allianz Parque, pelas semifinais da Libertadores da América (jogo de ida), contra o Atlético-MG (justamente o time que está perseguindo na ponta do Brasileirão).

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha (Gabriel Menino, intervalo), Luan, Gustavo Gómez e Piquerez; Felipe Melo, Patrick de Paula (Matheus Fernandes, intervalo), Dudu (Gabriel Veron, 40/2ºT), Raphael Veiga (Rony, 35/2ºT) e Wesley (Renan, intervalo); e Luiz Adriano. Técnico: Abel Ferreira.

Gols: Raphael Veiga (09’/1ºT) (0-1) e Luiz Adriano (27’/1ºT) (0-2).

Cartões amarelos (SEP): Patrick de Paula e Felipe Melo.

fonte: https://www.palmeiras.com.br/pt-br/noticias/palmeiras-supera-chape-fora-de-casa-e-segue-na-perseguicao-ao-lider-do-brasileiro/

Comentários Facebook
Continue lendo

TRÊS LAGOAS

CÂMARA DE TRÊS LAGOAS

Assembléia Legislativa MS

Mato Grosso do Sul

POLICIAL

Mais Lidas da Semana