TRÊS LAGOAS-MS
  Últimas
EaD/UEMS abre inscrições para seleção tutores e professores
Prorrogadas inscrições para a segunda edição do Prêmio Inova
Previsão do Tempo: Temperaturas devem cair e as mínimas podem chegar a 2º no sudoeste
Rayssa Leal, a Fadinha, fatura prata no skate street em Tóquio 2020
Polícia Militar Ambiental de Dourados fiscaliza 25 embarcações, 80 pescadores e apreende petrechos ilegais de pesca no rio Brilhante
Governador repassa recursos para habitação de Campo Grande nesta segunda-feira
Julho termina com intensa massa de ar polar; saiba quais serão os dias mais frios em Mato Grosso do Sul
Última semana para pagar licenciamento de veículos placas 5 e 6
Funtrab oferta 1.356 vagas de emprego em todo Estado
51 anos de casados “Bodas de Bronze” de Cleodete Araújo e Orvino Tiago
Polícia Militar e Vigilância Sanitária intensificaram fiscalização durante a noite e a madrugada em Coxim
PM apreende arma de fogo e prende autor  
PM apreende mercadorias de descaminho
Série D: Ferroviária bate Boa Esporte em São Paulo e lidera grupo 6
PRF apreende 178,8 Kg de maconha em Campo Grande (MS)
Skate e judô conquistam primeiras medalhas para o Brasil em Tóquio
Tóquio: oitavas do surfe começam neste domingo com quatro brasileiros
Caminhão que seguia para Dourados com mais de seis toneladas de maconha foi apreendido pelo DOF durante a Operação Hórus
Tóquio: Gustavo Tsuboi avança à terceira rodada do tênis de mesa
Wanderson de Oliveira avança às oitavas de final do boxe em Tóquio
LNF: Campo Mourão goleia Brasília e assume liderança do Grupo C
PRF apreende maconha e recupera caminhonete em Campo Grande (MS)
BOLETIM COVID-19 – Três Lagoas registra 58 novos casos neste domingo (25)
Polícia Militar prende mãe de 40 anos e apreende filha de 15 anos por Tráfico de Drogas em Rio Negro.
Polícia Militar prende homem de 28 anos por Tráfico de Drogas em São Gabriel do Oeste
Rebeca Andrade dá show em Tóquio e se classifica para três finais
Olimpíada: Brasil chega a uma final e em duas semifinais na natação
No vôlei feminino, Brasil vence Coreia do Sul na estreia olímpica
Daniel Cargnin fatura primeiro bronze do judô brasileiro na Olimpíada
Olimpíada: Brasil empata com Costa do Marfim no futebol masculino
Next
Prev

Educação

IFMS abre prazo de matrículas para cursos de qualificação profissional

Publicado

O Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) abriu nesta segunda-feira, 12, o período de matrículas nos cursos de qualificação profissional ofertados a distância.

classificação final e a primeira chamada foram divulgadas na última quarta-feira, 7, junto à convocação para os testes de nivelamento.

resultado do teste de nivelamento, por sua vez, foi divulgado na sexta-feira, 9.

Os convocados em primeira chamada e os aprovados no teste de nivelamento deverão efetuar a matrícula on-line até a sexta-feira, 16.

O edital e todos os resultados e convocações deste processo seletivo estão disponíveis na Central de Seleção do IFMS.

Matrícula – Os aprovados na prova de nivelamento e demais convocados em primeira chamada deverão fazer a matrícula de forma on-line.

O candidato deverá enviar os seguintes documentos digitalizados:

  • Requerimento de Matrícula (que será disponibilizado na Central de Seleção) preenchido e assinado, com o número do CPF do candidato;
  • Carteira de Identidade (RG) ou outro documento oficial de identificação com foto;
  • Cadastro de Pessoa Física (CPF), caso não conste no documento oficial de identificação;
  • Documento que comprove escolaridade mínima exigida para o curso ou comprovante de escolaridade superior à mínima;
  • Documento que comprove estar em dia com o Serviço Militar, para os brasileiros entre 19 e 45 anos de idade completos ou a serem completados até 31 de dezembro do ano corrente; e
  • Uma foto 3×4 recente ou foto do tipo selfie de rosto, visível, centralizado e com fundo branco.

Caso o convocado seja menor de 18 anos, deverá apresentar o termo de ciência para solicitação de matrícula online, a ser assinado pelo responsável legal, a certidão de nascimento e documento oficial com foto do responsável legal.

Vagas – Foram ofertadas 1.265 vagas nos cursos de Inglês e Espanhol Básico I e II, Operador de Computador e Vendedor.

As vagas estão distribuídas nos polos dos municípios de Água Clara, Alcinópolis, Aquidauana, Campo Grande, Corumbá, Costa Rica, Coxim, Dourados, Figueirão, Jardim, Nova Andradina, Ponta Porã, São Gabriel do Oeste, Sonora e Três Lagoas.

Os cursos, oferecidos na modalidade Formação Inicial e Continuada (FIC), têm duração que varia entre três e cinco meses e preveem encontros semanais presenciais, com ingresso no segundo semestre.

Comentários Facebook

Educação

Ano letivo de 2021 começou presencialmente em 16% dos municípios

Publicado

Escolas reabrem no Rio de Janeiro © Reuters/Pilar Olivares/Direitos Reservados

A maior parte das escolas públicas municipais no Rio de Janeiro continua exclusivamente em ensino remoto. Apenas 1,1% das redes de ensino começaram o ano letivo de 2021 com aulas totalmente presenciais e 15,1% de forma híbrida, mesclando aulas presenciais com ensino remoto. Os dados são de pesquisa da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) divulgada hoje (22). 

O estudo foi realizado com apoio do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) e do Itaú Social entre os meses de junho e julho de 2021, com 3.355 redes municipais que, juntas representam 60,2% do total de municípios do país e respondem por mais de 13 milhões de estudantes. As redes municipais concentram a maior parte das matrículas das creches, pré-escolas e ensino fundamental públicos.

A pesquisa mostra ainda que 57% das redes concluíram os protocolos sanitários para a prevenção da covid-19. Quanto à imunização dos profissionais da educação, o processo já começou em 95,1% das redes municipais entrevistadas.

Em pronunciamento, nesta terça-feira (20), o ministro da Educação, Milton Ribeiro, defendeu o retorno dos estudantes às aulas presenciais nas escolas. Segundo o presidente da Undime, Luiz Miguel Martins Garcia, que é dirigente municipal de Educação em Sud Mennucci (SP), é preciso considerar a situação de cada localidade. A expectativa é que, no segundo semestre, com a adoção dos protocolos, mais redes retomem o ensino presencial.

“Todo mundo está muito ansioso e quer a volta, mas essa volta precisa ser com segurança, valorizando a vida e o direito à educação. É muito importante que a gente tenha respeito à autonomia de cada rede para avaliar a sua condição de volta, de como proceder e como garantir esses dois direitos essenciais”, diz Garcia.

Desafios da pandemia

Segundo o estudo, a conectividade de estudantes e professores, bem como a infraestrutura das escolas continuam sendo consideradas as maiores dificuldades enfrentadas pelas redes durante a pandemia. Quase todas as redes, quando se trata de ensino remoto, usam materiais impressos (98,2%) e passam orientações por WhatsApp (97,5%). “Nós temos um vazio de acessibilidade muito grande no país”, diz Garcia, que ressalta que mesmo em centros urbanos, “há apagões de conectividade muito forte”.

A infraestrutura das escolas é também empecilho para o retorno às aulas presenciais. “A estrutura das escolas é que vai auxiliar a garantir um retorno seguro, que a gente sabe que é fundamental e que deve acontecer, mas precisa adaptar a estrutura escolar para esse novo cenário, com protocolos e medidas de segurança e adaptação do ambiente”, diz a coordenadora do Observatório do Marco Legal da Primeira Infância (Observa) Thaís Malheiros.

De acordo com dados disponibilizados pelo Observa, a partir do Censo Escolar 2020, apenas 41% das crianças matriculadas em creches e 41% das matriculadas em pré-escolas estão em estabelecimentos que possuem área externa. “A área externa e com grande ventilação é fundamental para, por exemplo, o momento da alimentação [quando as crianças estão reunidas sem máscaras]”, diz Thaís.

Além disso, mais de 20% das crianças com até 5 anos estão matriculadas em escolas sem itens de saneamento básico, como água filtrada, esgotamento sanitário ou coleta de lixo.

Busca ativa

Com a pandemia, segundo estimativa divulgada pelo Unicef, o número de crianças e adolescentes sem acesso à educação no Brasil saltou de 1,1 milhão em 2019 para 5,1 milhões em 2020. A pesquisa divulgada hoje mostra que essa é uma preocupação dos dirigentes. Cerca de 60% dos respondentes consideram a busca ativa de estudantes em abandono ou risco de abandono escolar uma das prioridades das redes municipais de educação.

Por Agência Brasil

Comentários Facebook
Continue lendo

Educação

Universidade de Nova York oferece bolsas de estudo para alunos Brasileiros

Publicado

Inscrições podem ser feitas de forma online até 31 de julho

A escola de negócios IBS Americas e a State University of New York estão oferecendo bolsas de estudo de até 50% para cursos de férias nas áreas de Estratégia, Finanças, Gestão de Projetos, Marketing e Sustentabilidade, que serão realizados em julho de 2022 ou janeiro de 2023. Os cursos são destinados a graduandos e jovens profissionais que desejam ampliar seus conhecimentos em uma área específica do mundo dos negócios.

São oferecidas duas modalidades de programas: cursos intensivos de férias, com duração de 3 semanas, realizados nos meses de janeiro ou julho, em New York; e cursos semestrais híbridos, com aulas online ao longo de 4 meses e 8 dias intensivos presenciais em New York ao final do semestre. Em ambos os formatos de programa as aulas são ministradas por um experiente corpo docente, composto por mestres, doutores e especialistas de mercado, que lhe dará novas perspectivas do mundo dos negócios, novas ferramentas e habilidades para desenvolver sua carreira.

  • Cursos oferecidos
    • Business Sustainability for Leaders (híbrido)
    • Competitive Project Management
    • Corporate Financial Management
    • Marketing & Value Management
    • Strategic Thinking
    • Business English

As aulas dos cursos presenciais acontecem de segunda a quinta-feira, em período integral. Aos finais de semana os alunos têm a possibilidade de fazer turismo de negócios ou lazer e conhecer lugares importantes e famosos dos Estados Unidos.

Visitas e empresas, Networking Internacional e Inglês de Negócios

Visitas monitoradas a empresas são a oportunidade perfeita para aprender mais sobre o mundo corporativo americano e expandir sua rede profissional com gerentes locais. A visita técnica à sede da ONU, em Manhattan (NYC), ampliará seu entendimento sobre as relações internacionais.

As turmas são formadas por pessoas de diversas nacionalidades, o que permite o contato com visões e experiências diferentes aos alunos e ainda a chance de desenvolver um networking global.

Como participar do processo?

Para realizar sua inscrição, o candidato deve entrar na página da universidade (clique aqui), escolher o curso desejado e preencher o Application Form, inserindo o código promocional SUNY-07-50 para obter o desconto de 50%. A partir do formulário enviado, a equipe da IBS Americas retornará com o resultado da candidatura, por e-mail ou telefone, em até duas semanas.

Os alunos aprovados terão assistência de documentação para a obtenção do Visto Americano e suporte completo para a preparação acadêmica e logística para o programa.

Em caso de dúvidas, é possível contatar a equipe pelo e-mail [email protected].

Problemas no link? Acesse https://bit.ly/bolsas_suny

E a pandemia?

As bolsas são referentes aos períodos de julho de 2022 ou janeiro de 2023. Logo, a chance de que os cursos sejam afetados pela pandemia é relativamente pequena. Mas caso o aluno por qualquer razão não possa ir aos Estados Unidos na data inicialmente desejada, é possível postergar a viagem para o semestre seguinte sem custo adicional e mantendo os benefícios da bolsa obtida.

Comentários Facebook
Continue lendo

TRÊS LAGOAS

CÂMARA DE TRÊS LAGOAS

Assembléia Legislativa MS

Mato Grosso do Sul

POLICIAL

Mais Lidas da Semana