TRÊS LAGOAS-MS
  Últimas
Série B: Coritiba derrota Sampaio Corrêa e amplia liderança
Temporada da NBA abre com vitória do Milwaukee Bucks
Prefeitos elogiam pacote de investimentos em esporte e destacam a parceria de sucesso com o Governo do Estado
Da base à elite: esporte de MS recebe injeção de R$ 120 milhões
Professores, administrativos e gestores da Educação são homenageados pela ALEMS
Goiás empata sem gols com o Londrina pela Série B
Jair Ventura é anunciado pelo Juventude
Governador Reinaldo Azambuja lança MS Mais Esporte
CBF libera a presença da torcida visitante em jogos
CBF divulga tabela detalhada das semifinais da Série D do Brasileiro
Polícia Militar prende em flagrante homem por dirigir embriagado em Cassilândia
Temporada 2021/2022 da NBA começa nesta terça
Covid-19: 68% dos jogadores da Liga Inglesa já tomaram a segunda dose
Aulas da Escola Municipal de Educação no Campo “Antônio Camargo Garcia” foram retomadas nesta terça-feira (19)
Assistência Social dá início ao Programa “Famílias Fortes” em Três Lagoas
OCOP: rapidez no atendimento foi fundamental para o desfecho positivo na ocorrência com reféns na Capital
Expo Paraguai-Brasil: expectativa é gerar US$ 80 milhões em negócios
Hub Academy do Senac promete impulsionar a inovação entre empresas sul-mato-grossenses
CBF divulga tabela detalhada da Série D do Brasileiro
NBA espera que Kyrie Irving mude de ideia e se vacine contra covid-19
Estado firma parcerias para proteger crianças e adolescentes
Polícia Militar Ambiental de Dourados captura serpente alojada no para-choque de veículo em frente a hospital no centro da cidade
Palmeiras se reapresenta após vitória sobre o Internacional pelo Brasileiro
Referência no país, Hub Academy vai contribuir para ampliar a inovação entre empresas de MS
Polícia Militar prende mulher por ameaça, lesão corporal, dano e desacato em Nova Andradina
Riquelme agradece apoio dos experientes, elogia Fernando Diniz e projeta duelo contra o Náutico
Mais de 650 indígenas sul-mato-grossenses serão contratados para o raleio das maçãs
PMA de Aquidauana fiscaliza 20 embarcações, 40 pescadores, autua seis pescadores em R$ 3,6 mil e apreende barco, motor e petrechos ilegais de pesca
Corregedor da PMMS faz reunião com oficiais do CPA-1
Autoridade descarta acordo com não-vacinados no Aberto da Austrália
Next
Prev

Campo Grande

Histórias que reforçam a importância de investir no principal cartão postal de Campo Grande

Publicado

 

O Parque das Nações Indígenas é o ‘queridinho’ do campo-grandense na hora de registrar os melhores momentos da vida. Histórias ‘escritas’ nas dependências do local mostram a importância de manter vivo o principal cartão postal de Campo Grande, que reflete diretamente na qualidade de vida da população.

A pandemia do coronavírus fez o casal Taynara Nunes Cavalheiro, 23 anos, e Richard Santos da Costa, 24 anos, mudar os planos sobre o casamento. Natural de São Gabriel – Rio Grande do Sul, eles se mudaram para Campo Grande em 2019, com o casamento marcado para abril de 2020, na cidade natal. Igreja, festa e convidados deram lugar a uma cerimônia dentro do Parque das Nações Indígenas, com a participação de mais duas pessoas que auxiliaram para que os convidados pudessem assistir por videoconferência.

“Escolhemos fazer a cerimônia no parque porque além de ser um lugar lindo em meio a natureza, era a nossa possibilidade em meio a pandemia, pois tivemos que cancelar a nossa festa de casamento que seria na nossa cidade natal e então escolhemos a mesma data no ano seguinte pra marcar nossa união com uma cerimônia simples e cheia de emoção onde nossos familiares acompanharam tudo por vídeochamada”, disse Taynara.

O casal trocou as alianças no dia 25 de abril de 2021, embaixo de uma das árvores do parque. Depois da cerimônia, Taynara e Richard aproveitaram os diversos cenários naturais que o Parque das Nações Indígenas proporciona para completar o álbum de casamento, incluindo lago principal, parada obrigatória para quem faz seu registro no local.

Betina Maria de Carli da Cunha nem havia nascido e já tinha o Parque das Nações como o local de suas melhores recordações. Seus pais, a empresária Katira de Carli e o advogado Ari Cunha, optaram pelo cenário do parque para revelar o sexo do bebê. No dia 19 de dezembro de 2019, pai, mãe e seus dois irmãozinhos, Isadora e Benício, souberam que Betina estava a caminho. “Eu queria um lugar que fosse ao ar livre e com o fundo bonito para fazer essa recordação”, disse a mãe.

Para a mãe de Betina, o Parque das Nações reflete tudo o que existe de bom. “Você está feliz ou triste, quer dar uma caminhada para espairecer a cabeça, quer passear com os filhos, quer encontrar alguns amigos, fazer alguma atividade, tudo te leva ao parque aqui em Campo Grande”, disse. Com Betina no colo, Katira voltará para fazer o ensaio de 1 ano de sua filha.

Tanto Katira quanto Taynara reforçam a importância de manter o Parque das Nações Indígenas conservado para que mais histórias continuem a serem ‘escritas’ por lá. Com uma área de 1.163.876,98 m², o local recebe aproximadamente 800 mil pessoas por ano, segundo estudo da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS).

Conservação dos espaços

O Governo do Estado investe na conservação dos espaços públicos dentro do parque, como o Museu de Arte Contemporânea – MARCO, Concha Acústica Helena Meireles, reforma de estacionamento e a sede da Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul (Fundtur).

No MARCO, serão investidos R$ 300 mil na pintura e R$ 56.720,00, na troca de telhados. Já a Concha Acústica terá toda a sua área externa revitalizada com investimento de R$ 120 mil. Com custo inicial de R$ 803 mil, o estacionamento do Yotedi está sendo reformado. A reforma no prédio da Fundtur vai melhorar o atendimento e custou R$ 212 mil.

Assoreamento

Em 2019, o lago principal se viu ameaçado com o assoreamento. Em parceria com a prefeitura, o Governo do Estado devolveu o lago cheio para a população, mas para que o cenário não se repetisse, obras precisavam ser feitas nos dois córregos que desaguam lá: o Joaquim Português e o Réveillon.

Grande parte dos sedimentos que foram parar no lago veio do desgaste na cabeceira do Joaquim Português. O Governo do Estado investe R$ 4.765.214,44, com recurso do Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul), na recomposição de erosão na nascente do córrego. Prevista para ficar pronta até outubro deste ano, a obra está a todo o vapor e prevê, também, nova escavação na bacia de detenção que fica no outro lado da via e passivo ambiental com plantio de árvores. Já as intervenções no córrego Réveillon estão sob responsabilidade da prefeitura de Campo Grande.

A preservação do bem público é uma preocupação do Governo do Estado. O governador Reinaldo Azambuja destaca que o cuidado com a população parte do princípio de proporcionar bem estar e qualidade de vida. “As obras dentro do Parque das Nações demonstram a preocupação que temos com a população e o meio ambiente”, afirmou. Para o secretário de Infraestrutura, Eduardo Riedel, mais que símbolo de cartão postal da nossa Capital, o Parque das Nações representa a cultura e a história do Estado. “É por isso que todo investido é revertido em bem-estar à população, afinal, é o local utilizado desde à prática de esportes até o encontro das famílias. Da reforma da Concha, da Fundtur, de todos esses pontos citados, é a demonstração do compromisso do Governo do Estado em cuidar da nossa população”.

Joilson Francelino, Subcom

Foto destaque: Edemir Rodrigues

Fonte: Governo MS

Comentários Facebook

Campo Grande

Tempestade deixa 4 mil imóveis sem energia em Campo Grande

Publicado

A tempestade que atingiu boa parte de Mato Grosso do Sul nesta sexta-feira (15) provocou a queda de energia em 4 mil casas e empresas nos municípios atendidos pela Energisa, concessionária responsável pela distribuição de energia.

Uma árvore de grande porte caiu sobre um veículo na Avenida Bandeirantes, que trafegava na via. Um leitor do TopMídiaNews registrou acidente. Segundo o leitor, o acidente deixou pessoas feridas.

Conforme a companhia, é o maior número de afetados em oito anos. Não foi informado o número de bairros de Campo Grande atingidos. O Campo Grande News recebeu relatos de falta de energia nos bairros Arnaldo Estêvão de Figueiredo, Amambaí, Guanandi, Jardim dos Estados, Centro, Parati, Bela Vista, Vila Sobrinho, Leblon, Coronel Antonino e Vila Ferroviária.

“As rajadas de ventos de mais de 100km/h, causou significativos estragos ao sistema elétrico em várias localidades, como a queda de árvores sobre a rede elétrica e postes de distribuição, além de rompimentos de cabos. As equipes estão atuando simultaneamente nos reparos, para viabilizar o restabelecimento da energia aos clientes atingidos”, diz a nota divulgada pela Energisa.

Desde quarta-feira (13), 1,1 milhão de descargas elétricas foram registradas. “Destacamos que a Energisa aumentou em seis vezes a quantidade de equipes próprias e terceirizadas que atuam nos trabalhos em toda a concessão, inclusive profissionais de outros estados foram deslocados para ajudar nos trabalhos”, completa a concessionária.

Por Campo Grande News e TopMidia

Comentários Facebook

Continue lendo

Campo Grande

Aluno provoca pânico ao entrar armado em escola de Campo Grande e ameaçar matar colegas

Publicado

Um aluno provocou pânico, nesta terça-feira (28), ao entrar armado na escoa estadual Hércules Maymone, em Campo Grande. Ele ameaçou matar os colegas de classe e foi contido por um professor de Matemática.

O fato aconteceu no período da manhã deste terça, conforme apurado pelo Jornal Midiamax. Relatos de mães de alunos são de que o colega chegou alterado na unidade escolar e foi direto para o 3ª andar do prédio. Já dentro da classe de aula, ele disse que estava armado e que iria matar os colegas. Todos ficaram em pânico na escola.

Um professor de Matemática conversou com o aluno para tentar acalmá-lo e o levou para o pátio. O diretor da escola chamou os pais do rapaz e a Polícia Militar também foi acionada. Foi descoberto depois que a arma que ele carregava na mochila era um simulacro. Segundo a reportagem apurou, o aluno teria ideias suicidas.

Duas alunas que estavam na classe passaram mal e tiveram que ir embora da escola. Muitos pais ficaram desesperados quando começaram a receber mensagens dos filhos relatando que havia um aluno armado na unidade. Uma das mães, que não quis se identificar, disse ao Jornal Midiamax que sua filha estava chorando e tremendo muito.

Ela ainda relatou que a direção da escola não deu muitas explicações sobre os fatos, apenas se limitando a enviar um comunicado no grupo dos pais. O texto assinado pelo diretor da escola afirmava que a situação foi controlada e que era necessário que os pais ficassem atentos ao comportamento dos filhos. Confira a nota na íntegra abaixo.

A mãe da aluna também disse à reportagem que sua filha está muito assustada e que vários pais, como ela, não vão levar seus filhos para a escola, nesta quarta-feira (29).

Por meio da assessoria de imprensa, a SED (Secretaria Estadual de Educação) confirmou o fato e disse que “todos encaminhamentos necessários” foram feitos seguindo os protocolos da Rede Estadual de Ensino. “A equipe de gestão da escola destacou que se tratou de um caso isolado e que os familiares e responsáveis pelos demais estudantes foram devidamente informados sobre o ocorrido”, informou a secretaria.

Confira a nota do diretor enviada ao grupo da escola:

Prezados!

Quanto ao ocorrido no período da manhã, um estudante, num ato de desespero, aparentemente com ideário suicida, adentrou uma sala do último bloco portando uma arma de brinquedo. O professor que estava na sala fez uma abordagem, conseguiu controlar a situação e o levou até o térreo da unidade, onde foram feitos todos os encaminhamentos.

A polícia foi acionada, assim como a família do rapaz. E todos os encaminhamentos médicos foram solicitados, com prazo, pela escola, conforme está previsto nas orientações gerais para esse tipo de situação e em conformidade com a orientação dos próprios agentes da polícia que compareceram ao local. Mais detalhes acerca do estado de saúde do estudante, só poderia ser prestado com autorização da família.

Peço a compreensão de todos e a necessária vigilância no que tange aí comportamento dos nossos jovens, tendo em vista a época que nós vivemos e a profusão de informações a qual eles estão expostos. Quanto ao caso isolado de hoje, embora a preocupação dos pais seja compreensível, os encaminhamentos que cabem a unidade escolar foram todos feitos e torcemos pelo bem estar de todos os estudantes, sobretudo os envolvidos no episódio de hoje.

No mais, a direção do CEEP HÉRCULES MAYMONE se coloca a disposição para esclarecimentos adicionais pessoalmente.

Abraço a todos!

Por Midiamax

Comentários Facebook

Continue lendo

TRÊS LAGOAS

CÂMARA DE TRÊS LAGOAS

Assembléia Legislativa MS

Mato Grosso do Sul

POLICIAL

Mais Lidas da Semana