TRÊS LAGOAS-MS
  Últimas
Prefeitos elogiam pacote de investimentos em esporte e destacam a parceria de sucesso com o Governo do Estado
Da base à elite: esporte de MS recebe injeção de R$ 120 milhões
Professores, administrativos e gestores da Educação são homenageados pela ALEMS
Goiás empata sem gols com o Londrina pela Série B
Jair Ventura é anunciado pelo Juventude
Governador Reinaldo Azambuja lança MS Mais Esporte
CBF libera a presença da torcida visitante em jogos
CBF divulga tabela detalhada das semifinais da Série D do Brasileiro
Polícia Militar prende em flagrante homem por dirigir embriagado em Cassilândia
Temporada 2021/2022 da NBA começa nesta terça
Covid-19: 68% dos jogadores da Liga Inglesa já tomaram a segunda dose
Aulas da Escola Municipal de Educação no Campo “Antônio Camargo Garcia” foram retomadas nesta terça-feira (19)
Assistência Social dá início ao Programa “Famílias Fortes” em Três Lagoas
OCOP: rapidez no atendimento foi fundamental para o desfecho positivo na ocorrência com reféns na Capital
Expo Paraguai-Brasil: expectativa é gerar US$ 80 milhões em negócios
Hub Academy do Senac promete impulsionar a inovação entre empresas sul-mato-grossenses
CBF divulga tabela detalhada da Série D do Brasileiro
NBA espera que Kyrie Irving mude de ideia e se vacine contra covid-19
Estado firma parcerias para proteger crianças e adolescentes
Polícia Militar Ambiental de Dourados captura serpente alojada no para-choque de veículo em frente a hospital no centro da cidade
Palmeiras se reapresenta após vitória sobre o Internacional pelo Brasileiro
Referência no país, Hub Academy vai contribuir para ampliar a inovação entre empresas de MS
Polícia Militar prende mulher por ameaça, lesão corporal, dano e desacato em Nova Andradina
Riquelme agradece apoio dos experientes, elogia Fernando Diniz e projeta duelo contra o Náutico
Mais de 650 indígenas sul-mato-grossenses serão contratados para o raleio das maçãs
PMA de Aquidauana fiscaliza 20 embarcações, 40 pescadores, autua seis pescadores em R$ 3,6 mil e apreende barco, motor e petrechos ilegais de pesca
Corregedor da PMMS faz reunião com oficiais do CPA-1
Autoridade descarta acordo com não-vacinados no Aberto da Austrália
SMS divulga boletim da Dengue e Leishmaniose referente à 41ª semana em TL
David Braz comemora vitória e vê time mais confiante para o Fla-Flu
Next
Prev

Mato Grosso do Sul

Governos de Mato Grosso do Sul e do Paraná apoiam novo marco legal do setor ferroviário

Publicado

São dois estados motivados a investir nesse modal, trabalhando em conjunto, por exemplo, na Nova Ferroeste, corredor de 1,2 mil quilômetros que ligará Maracaju (MS) a Paranaguá (PR) e será fundamental para melhorar a integração do Mercosul

Os Governos de Mato Grosso do Sul e do Paraná manifestam apoio à Medida Provisória 1.065/2021, publicada no dia 30 de agosto pelo governo federal, após parecer técnico do Ministério da Infraestrutura. A MP cria um novo marco legal para o setor ferroviário, o que significa um avanço no setor. A mudança institui o regime de autorização do modal para todo o território brasileiro e cria o Programa de Autorizações Ferroviárias. 

Essa transformação simplifica a relação entre o governo federal e a iniciativa privada, o que vai atrair novos investimentos e estimular o aumento da malha ferroviária no Brasil. O modelo de autorização diminui a burocracia e ajuda a promover o desenvolvimento do setor. Essa medida melhora a competitividade e fortalece as empresas e o agronegócio dos estados a partir da redução do custo logístico. 

O Paraná já aprovou uma mudança na Constituição e implementou a modalidade de autorização no modal ferroviário. O Governo do Mato Grosso do Sul também está desenvolvendo sua legislação para dar início ao sistema. São dois estados motivados a investir nesse modal, trabalhando em conjunto, por exemplo, na Nova Ferroeste, corredor de 1,2 mil quilômetros que ligará Maracaju (MS) a Paranaguá (PR) e será fundamental para melhorar a integração do Mercosul.

Os governos estaduais entendem que essa adequação moderniza a legislação, seguindo modelos de países como os Estados Unidos e o Canadá, o que possibilita a atração de investimentos e a geração de novos empregos com embasamento regulatório e jurídico. 

Os projetos que já estão em estudo ganharão celeridade e poderão ser implantados antes do tempo, promovendo o desenvolvimento social, econômico e logístico, permitindo aumento de eficiência e ganhos econômicos para a sociedade como um todo.

Foto: Alessandro Vieira / AEN

Fonte: Governo MS

Comentários Facebook

Mato Grosso do Sul

Prefeitos elogiam pacote de investimentos em esporte e destacam a parceria de sucesso com o Governo do Estado

Publicado

por


Com mais de R$ 120 milhões em investimentos no esporte, os prefeitos de Mato Grosso do Sul fizeram questão de elogiar o maior pacote da história para o setor e ainda destacaram a parceria de sucesso com o governo do Estado, que desde 2015 realiza uma gestão municipalista, com apoio aos 79 municípios.

O novo pacote de investimentos lançado nesta terça-feira (19), em Campo Grande, tem uma série de medidas para ajudar e fomentar a prática esportiva no Estado, como a reforma e construção de ginásio poliesportivos, e implantação de quadras de futebol de grama sintética nas 79 cidades, por meio do programa “MS Bom de Bola”.

“Isto mostra como o governo é municipalista e visa atender todas as cidades, com estes investimentos que vão fortalecer e resgatar a prática esportiva em todo Estado”, descreveu o prefeito de Nioaque, Valdir Couto de Souza Júnior, que é presidente da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul).

Para o prefeito de Bonito, Josmail Rodrigues, o investimento em esporte é importante não apenas para fomentar o lazer na cidade, mas também para contribuir com a saúde. “Vai trazer muita alegria para o povo, principalmente depois da pandemia, onde o esporte só vem para ajudar. Ficaremos muito felizes com esta nova arena”.

Valdomiro Sobrinho, prefeito de Mundo Novo, ressaltou que o governo foi visionário em investir no esporte, neste momento em que as atividades estão sendo retomadas. “Esta gestão não deixa nada passar em branco, cuida de todos os setores e assim ajuda direto na economia. Nada mais justo que agradecer todo empenho e este cuidado em apoiar o esporte, inclusive o amador”.

Parceria com os municípios

Anfitrião do evento, o prefeito da Capital, Marquinhos Trad, elogiou a parceria de sucesso com o governador Reinaldo Azambuja, que contribui para os investimentos na cidade. “São dois gestores que têm maturidade, que pensam no interesse coletivo da população e assim a gente otimiza os impostos municipais e estaduais e devolvemos para o bem-estar do cidadão”.

O prefeito de Amambai, Edinaldo Luiz de Melo Bandeira, citou que mais uma vez o governador se preocupa com “quem mais precisa” e que esta ajuda e incentivo vem para contribuir com o setor de esporte, que foi muito prejudicado na pandemia. “Mostra a mão estendida do governo ao lançar este pacote milionário de investimentos”.

Thales Tomazelli, prefeito de Itaquirai, destacou que se trata de um pacote de obras e investimento histórico para o esporte. “Nós seremos contemplados com um recurso que vai ultrapassar R$ 4,5 milhões, com ginásio de esportes, centro poliesportivo e uma arena de grama sintética, quadra de basquete para que a população de Itaquirai possa usufruir deste momento esportivo, de confraternização”.

O secretário de Infraestrutura, Eduardo Riedel, também lembrou que desde 2015 o governo se empenhou em construir uma política pública para o esporte. “O governador sempre deu carta branca para os investimentos, com foco desde a base até às modalidades de alto rendimento, construindo um novo Mato Grosso do Sul”.

O governador Reinaldo Azambuja ressaltou que este pacote de investimentos visa fortalecer as práticas esportivas saudáveis e valorizar os atletas do Estado. “Estas medidas é para que esta juventude possa crescer saudável, com qualidade de vida, não tem preço que pague estas políticas públicas voltadas ao esporte. Há sete anos estamos investindo no esporte do Mato Grosso do Sul”.

Participaram do eventos os deputados federais Bia Cavassa, Luiz Ovando, os deputados estaduais Mara Caseiro, Herculano Borges, Lodnres Machado e Professor Rinaldo, além de secretários de estado, prefeitos, a chefe da Defensoria Pública de MS, Patricia Elias Cozzolino de Olveira e o reitor da Universidade Federal de MS, Marcelo Turine.

Leonardo Rocha, Subcom
Fotos: Chico Ribeiro

Fonte: Governo MS

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso do Sul

Da base à elite: esporte de MS recebe injeção de R$ 120 milhões

Publicado

por


O governador Reinaldo Azambuja lançou nesta terça-feira (19) novo pacote de investimentos em Mato Grosso do Sul. Desta vez, o setor beneficiado é o esporte, que receberá injeção de R$ 120 milhões em obras de construção e reforma de praças esportivas e também em projetos voltados para a formação de atletas, da base à elite. Batizado de “MS+Esporte”, o plano de investimentos contempla todas as modalidades no Estado.

“É uma retomada esportiva, um complemento daquilo que já fizemos para outras categorias afetadas pela pandemia de covid-19. É um amplo apoio ao esporte – do alto rendimento, com os atletas olímpicos, ao esporte amador. Tem a ampliação da Bolsa Atleta e da Bolsa Técnico, construção de arenas esportivas em todos os municípios, reformulações de ginásios, reforma o Estádio Morenão, apoio aos clubes de futebol de Costa Rica e Dourados, que vão representar Mato Grosso do Sul na série D, apoio clubes e federações para compra de equipamentos e materiais permanentes. Com uma série de investimentos, o ‘MS+Esporte’ vai atender todas as modalidades. Com ele, vamos segurar atletas de alto rendimento aqui no Mato Grosso do Sul”, destacou o governador.

O lançamento oficial do programa reuniu autoridades estaduais no Parque Tarsila do Amaral, em Campo Grande, como secretários de estado, deputados federais, deputados estaduais, prefeitos e vereadores – representando todos os municípios sul-mato-grossenses.

“MS+Esporte”, o plano de investimentos contempla todas as modalidades no Estado

O diretor-presidente da Fundesporte (Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul), Marcelo Miranda, que tem a gestão do programa, afirmou que esse é o maior investimento da história no setor. “Preparamos esse pacote que passa pela infraestrutura e tem preocupação com o reconhecimento dos nossos atletas, atende clubes e federações e traz grandes competições para Mato Grosso do Sul, como a Liga das Nações de Vôlei 2022. É um pacote histórico que vai impactar as futuras gerações, avançando ainda mais no atendimento dos 79 municípios”, disse.

O secretário estadual de Infraestrutura, Eduardo Riedel, explicou que o governador deu carta branca para a equipe técnica do governo moldar as ações esportivas. “Para gente poder atuar desde a base até o esporte de alto rendimento. Esse é um trabalho permanente de investimento em política pública para alcançar resultados. O dia de hoje coroa e marca uma política pública que começou 7 anos atrás e tem trazido para Mato Grosso do Sul bons resultados”, reforçou.

Confira abaixo detalhes dos projetos contemplados pelo “MS+Esporte”.

Estádio Morenão – Com investimento de R$ 9,5 milhões, o Estádio Morenão será reformado por completo pelo Governo do Estado. O projeto de reforma vai transformar o histórico estádio de Campo Grande em um complexo esportivo e multicultural. A revitalização inclui obras de infraestrutura, como acessibilidade, novos banheiros e cobertura do fosso ao redor do campo. Também contempla reforma na parte elétrica e no sistema de prevenção a incêndios e construção de uma plataforma para cadeirantes no espaço atual do fosso.

A revitalização inclui obras de infraestrutura, como acessibilidade, novos banheiros e cobertura do fosso ao redor do campo

Reformas e construção nos municípios – Municípios receberão R$ 39,5 milhões de investimentos em obras de construção e reformas de praças esportivas. São eles: Bonito, Camapuã, Campo Grande, Chapadão do Sul, Costa Rica, Deodápolis, Dourados, Itaquiraí, Jaraguari, Maracaju, Mundo Novo, Nova Andradina, Ponta Porã, Rio Negro, Rio Verde de Mato Grosso e Sete Quedas. Entre as ações estão certas a construção da piscina olímpica pública no Parque Ayrton Senna, na Capital; novas pistas oficiais de atletismo em Ponta Porã e Chapadão do Sul; e a edificação do Complexo de Excelência de Maracaju.

Skate, modalidade ganhou incentivos após resultados vitoriosos

Pista de skate – Modalidade olímpica que ganhou destaque nos jogos de Tóquio-2020, o skate de Campo Grande ganhou reforço de R$ 1 milhão. Com o recurso, será construída uma moderna pista do esporte na região das Moreninhas, o segundo bairro mais populoso da Capital.

Liga das Nações de Vôlei 2022 – A famosa competição mundial de voleibol voltará a Mato Grosso do Sul graças ao convênio de R$ 3,2 milhões firmado entre o Governo do Estado e a CBV (Confederação Brasileira de Voleibol). “Não conheço nenhum outro estado que esteja fazendo pelo esporte o que o Mato Grosso do Sul faz. Esse segmento é o que mais dá orgulho para o brasileiro. O governador Reinaldo Azambuja está fazendo um esforço para trazer a Liga das Nações ao Mato Grosso do Sul. Com esse esforço, Campo Grande será sede da competição com oito países jogando aqui em maio e junho do ano que vem”, disse o vice-presidente da CBV, Radámes Lattari. Entre outros eventos previstos estão os campeonatos brasileiros de motocross, ginástica, paracanoagem, basquete em cadeira de rodas e handebol; Brasil Ride de Mountain Bike; e Eco Pantanal Extremo.

Escolinha de vôlei do Pezão – Com convênio de R$ 500 mil, o Governo do Estado fomenta a participação dos times de Mato Grosso do Sul em competições nacionais, como a Super Liga.

Equipes profissionais de futebol – R$ 1 milhão de recursos do Estado serão repassados aos clubes de futebol de Costa Rica e de Dourados, que vão representar Mato Grosso do Sul na série D da Copa do Brasil.

Editais para clubes e federações – Contemplando todas as modalidades esportivas, editais de fomento de R$ 3 milhões foram lançados com foco no alto rendimento dos atletas. “Estudos científicos divulgados pela ONU mostraram que para cada R$ 1 investido no esporte economizamos R$ 3 em saúde. Essa vontade do Governo de Mato Grosso do Sul de investir no esporte muito nos agrada, ouvindo o clamor das nossas federações, clubes e associações. Essa política pública esportiva preserva grandes talentos em Mato Grosso do Sul”, disse o presidente da Federação de Judô do Estado, José Ovídio.

Ampliação do Bolsa Atleta e Bolsa Técnico – Teve a oferta de vagas ampliada em mais de 45%. O número de benefícios pagos saltou de 270 para 394. Dividido em 11 categorias, o programa de incentivo aos esportistas paga até R$ 1.500 mensais, por um ano. Atualmente, o Governo investe R$ 2,7 milhões anuais no programa. Com a ampliação, esse montante será de R$ 3,8 milhões.

“MS Olímpico” – Nova bolsa auxílio para atletas de Mato Grosso do Sul, que pagará de R$ 5 mil a R$ 7 mil mensais aos atletas e paratletas que representam Mato Grosso do Sul nos Jogos Olímpicos. Entre eles, Yeltsin Jacques e Fernando Rufino, que conquistaram medalhas de ouro para o Brasil nas Paralimpíadas de Tóquio 2020.

“MS bom de bola” – programa que prevê a instalação de 117 arenas esportivas com gramas sintéticas nos 79 municípios de Mato Grosso do Sul, que oportunizam acesso à atividade física. Cada praça esportiva terá arquibancadas e luz de led.

Bruno Chaves, Subcom
Fotos: Chico Ribeiro

Fonte: Governo MS

Comentários Facebook
Continue lendo

TRÊS LAGOAS

CÂMARA DE TRÊS LAGOAS

Assembléia Legislativa MS

Mato Grosso do Sul

POLICIAL

Mais Lidas da Semana