Três Lagoas-MS

  Últimas
Polícia Militar Ambiental de Rochedo autua três por pesca ilegal no rio Aquidauana e apreende petrechos ilegais de pesca
BOLETIM COVID-19 – Três Lagoas tem 31 novos casos positivos e número de ativos chega a 162 nesta terça-feira (14)
Centro de Treinamento Time Brasil volta a receber atletas no dia 20
Técnico do time feminino do Santos vence câncer e já mira título
Coxim ativa cinco leitos de UTI e região norte de MS está preparada para enfrentar Covid-19
Coluna – Há um ano Jesus estreava no Maracanã pelo Flamengo
Polícia Militar Ambiental de Três Lagoas autua mulher de 39 anos por incendiar resíduos de limpeza, perturbando sua vizinhança pela fumaça
Programa Defensoria Explica destaca doação de protetores faciais
Segurança pública ganha reforço de mais de 100 novas viaturas em MS
Vôlei: mercado segue agitado antes do início da temporada 2020/2021
Polícia Militar em Nioaque prende dois homens por Descumprir Medidas Sanitárias Preventivas e Desobediência
Polícia Militar cumpre Mandado de Prisão durante atendimento de ocorrência em Bela Vista
Polícia Militar Ambiental de Cassilândia autua infrator em R$ 10 mil por degradação de nascentes para plantio de pastagem e manter gado na área protegida
Domingo tem Autocine com exibição do filme “O menino da porteira”
Além de Kit Alimentação,  Prefeitura de Três Lagoas entrega Kit Hortifrúti para mais de 11 mil alunos da Rede Municipal de Ensino (REME)
Redução da punição ao Manchester City gera polêmica na Inglaterra
Ponto de Vista discute projeto de lei que combate fake news
Empresas credenciadas ampliarão atendimento e facilitará acesso aos serviços de vistoria em MS
30 anos dedicados em servir e proteger no MS
Além de Kit Alimentação,  Prefeitura de Três Lagoas entrega de Kit Hortifrúti para mais de 11 mil alunos da Rede Municipal de Ensino (REME)
Unidades de Saúde serão pontos de descarte de medicamentos vencidos em Três Lagoas
Segurança em Pauta entrevista o secretário de Justiça de MS, Antonio Carlos Videira
Saúde divulga novo mapa hospitalar de leitos para coronavírus
Suinocultura de MS cresce acima da média nacional com biossegurança e sustentabilidade
Polícia Militar Ambiental de Mundo Novo autua arrendatário em R$ 10 mil para derrubada de 150 árvores em 33,70 hectares para plantio de lavoura
PGE em Ação exibe entrevista sobre atuação das procuradorias estaduais em época de pandemia
Vereadores de Três Lagoas aprovam LDO e redução do valor de multa por desrespeito a prevenção à Covid
SES realiza 7,3 mil testes de coronavírus por semana em MS, o que representa 43 exames a cada hora
Comando da PMA define estratégias para controle de incêndios no Pantanal
Polícia Militar de Sonora prende jovem por direção perigosa e desobediência
Next
Prev

Mato Grosso do Sul

Governo contrata projeto de engenharia para o acesso rodoviário a Porto Esperança

Publicado


.

Campo Grande (MS) – O Governo do Estado inicia ainda neste ano a implantação da estrada de acesso ao distrito de Porto Esperança, em Corumbá, tirando do isolamento uma comunidade que surgiu com a chegada dos trilhos da antiga Estrada de Ferro Noroeste do Brasil (NOB) às barrancas do Rio Paraguai, em 1912. A Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos) autorizou esta semana a execução do projeto técnico da obra.

Situado na beira do rio, o distrito tem forte potencial para o turismo de pesca e ecoturismo, porém a falta de acesso inviabilizou o desenvolvimento do setor e deixou a população (100 famílias) vulnerável, sem opções de emprego e renda e com dificuldades de transporte, que[e feito de lancha até a ponte da rodovia BR-262 (Morrinho). Com a desativação do trem de passageiros, na década de 1990, a região ficou esquecida e abandonada.

Técnicos da Agesul e o deputado Vendramini comunicam a boa notícia aos moradores do distrito: fim do isolamento

“É mais uma obra emblemática do governo para Corumbá e o Pantanal, beneficiando diretamente uma população sofrida, onde as pessoas são privadas do direito de ir e vir e vivem num lugar sem perspectivas de crescimento”, afirmou o deputado estadual Evander Vendramini, autor da proposição que reivindica a importante estrada. “O governador Reinaldo Azambuja assumiu o compromisso e o acesso em breve se tornará uma realidade”, pontuou.

Um novo traçado

A estrada terá 10 quilômetros de extensão, desde o trevo com a BR-262, a cerca de quatro quilômetros da ponte sobre o Rio Paraguai, até o centro comunitário, próxima à antiga estação ferroviária do ramal da ferrovia. Será uma via sobre aterro, devido às enchentes causadas pelo transbordamento do rio, com revestimento de minério de ferro não comercial a ser doado pela mineradora Vale, que tem terminal de embarque da matéria-prima no local.

Nova estrada terá pista acima do nível histórico das cheias neste trecho do Pantanal, entre a BR-262 e a comunidade ribeirinha

O diretor de manutenção de estradas da Agesul, Mauro Azambuja, visitou o distrito, ao lado do técnico Ricardo Ximenez, da área de projetos, para discutir com a comunidade um novo traçado da estrada. O antigo acesso, feito pelos moradores, acompanhava o leito do rio e se tornava intransitável em época de cheia. O deputado Evander Vendramini também participou da reunião com a comunidade, reafirmando, na oportunidade, o compromisso do governo com aquela região.

O projeto de engenharia contratado pela Agesul, com prazo de 90 dias para sua conclusão, definirá o novo traçado. “A estrada antiga passava por uma área de várzea e concluímos que era inviável tecnicamente”, informou Mauro Azambuja. Ele explicou que o novo acesso será implantado para garantir acesso o ano todo, cortando o Córrego Mutum, onde uma ponte de madeira desabou, e cruzando a linha férrea, em nível ou sob os pilares da ponte ferroviária.

Acesso rodoviário é reivindicação antiga

Um antigo sonho

Segundo a Agesul, a empresa contratada já iniciou os primeiros levantamentos da nova estrada, que atenderá também um novo terminal portuário projetado para a região. O diretor de manutenção de estradas explicou que o minério de ferro usado para revestimento da pista é um produto in natura, aglutinado a outro material, não causando poluição química ao meio ambiente. O minério já é reutilizado pela comunidade nos acessos internos do distrito.

Ponte na estrada velha: tráfego precário

“O acesso é fundamental para aquela gente, que tem no incremento da pesca esportiva a oportunidade de melhorar de vida e criar mais um atrativo turístico para o Estado”, destacou Mauro Azambuja. Para o deputado Evander Vendramini, o governador Reinaldo Azambuja está realizando um sonho acalentado há décadas pelos moradores de Porto Esperança. “Na realidade, será uma obra que vai resgatar a esperança daquele povo”, comentou.

 

Texto: Sílvio de Andrade – Subsecretaria de Comunicação (Subcom)

Fonte: Governo MS

Comentários Facebook

Mato Grosso do Sul

Coxim ativa cinco leitos de UTI e região norte de MS está preparada para enfrentar Covid-19

Publicado

por


.

Conquista é considerada mais uma vitória do Estado e municípios na superação de desafios para dotar todas as regiões de Mato Grosso do Sul de leitos suficientes para atender a população

Campo Grande (MS) – Com a ativação de cinco leitos de UTI em Coxim, a região Norte do Estado está preparada para o enfrentamento da Covid-19 na área de assistência hospitalar. A avaliação foi feita pelo secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, que esteve sábado (11.07) no município, em solenidade rápida, organizada apelo prefeito Aluizio São José e que contou com a presença também do secretário municipal de Saúde Franciel Oliveira e do vereador Edmir Cândido. Os leitos foram instalados em estrutura montada ao lado do centro cirúrgico do Hospital Regional de Coxim “Dr. Álvaro Fontoura Silva”. 

“A instalação desses leitos é mais uma vitória na luta incessante que nós, do governo e os prefeitos, estamos travando desde janeiro. Essa é mais uma microrregião onde conseguimos superar vários desafios e agora estamos marchando para completar essa estrutura em todas as microrregiões do Estado”, salientou Geraldo Resende.

Outras regiões

De acordo com o secretário, outra microrregião que em breve deverá contar com leitos de UTI é a de Jardim, onde já estão disponíveis seis leitos completos. “Também estramos trabalhando para, ainda nesta semana, fazemos a montagem de 10 leitos de UTI na microrregião de Naviraí e, consequentemente, atendermos toda a região do Cone-Sul do Estado”, explicou.

Nesta semana, o secretário também fez anúncio de duas boas notícias. Novos equipamentos chegaram ao Estado, sendo 10 ventiladores pulmonares e 10 ventiladores portáteis, para a montagem de UTIs na Santa Casa de Campo Grande. Chegaram também oito ventiladores e sete aparelhos portáteis para a instalação de UTIs no Hospital Regional.

Também há o compromisso do Ministério da Saúde com a Secretaria de Estado de Saúde (SES) de enviar, ainda nesta semana, mais cinco ventiladores pulmonares para a estruturação de cinco leitos de UTI em Corumbá.

Preocupação

“Isso mostra o nosso trabalho e, acima de tudo, nossa preocupação com a expansão da doença na capital e em outros municípios do Estado”, salientou Geraldo Resende. “Comemoramos também a conquista, em um tempo muito rápido, de 18 leitos de UTI no Hospital do Câncer, que possibilita a remoção do paciente para o Hospital do Câncer e vagas de UTI em outras unidades da capital”.

De acordo com avaliação da Secretaria de Estado de Saúde (SES), há dados que preocupam. Um deles é o de que nos 11 primeiros dias de julho, houve o registro de mais mortes do que as ocorridas durante todo o mês de junho, ou seja, 71 mortes até o décimo primeiro dia do mês atual.

Segundo essa análise, se os casos em Mato Grosso do Sul continuarem com esse crescimento, em julho o número de óbitos deverá ser maior do que 200. “Isso é preocupante e se dá à medida em que a doença avança, principalmente quando a gente tem pouca contribuição da população no isolamento social, uso de máscaras e regras de higiene”, salienta o secretário estadual de Saúde.

“Teremos que fazer indicações aos municípios no sentido de termos medidas mais rígidas, que levem a uma taxa melhor de isolamento social para evitarmos tantas perdas de vidas de nossos amigos e conterrâneos, principalmente de idosos e pessoas com comorbidades, ou seja de pessoas que têm doenças crônicas e são as vítimas principais do nosso inimigo, o coronavírus”, diz o secretário.

Recomendação

O secretário também recomenda que os pacientes da Covid-19, em qualquer sinal de agravo do seu quadro, procurem imediatamente a assistência hospitalar porque há casos em que a doença evolui muito rápido. Ele cita como exemplo um paciente de Camapuã.

Trata-se de um jovem de 25 anos de idade que foi ao trabalho e quando saiu, já estava em estado terminal. “Por isso, ao menor sinal de agravamento, principalmente da falta de ar, dificuldade respiratória ou persistência de estado febril, procure imediatamente uma unidade hospitalar que tenha um tratamento mais rápido”, aconselhou.

“Esperamos a contribuição das pessoas em relação a questão do isolamento social, que está horrível em Mato Grosso do Sul. Precisamos melhorar o isolamento social para evitar que este crescimento ainda persista e essa é a nossa principal preocupação”, concluiu o secretário.

Ricardo Minella, SES
Fotos: Fábio Pellegrini e Eduardo Bampi

Fonte: Governo MS

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso do Sul

Segurança pública ganha reforço de mais de 100 novas viaturas em MS

Publicado

por


.

Polícias Militar, Civil e o novo Centro de Atenção Biopsicossocial serão atendidos com as novas viaturas

Campo Grande (MS) – O Governo de Mato Grosso do Sul está comprando 113 viaturas para atender as forças que integram a segurança pública e o novo Centro de Atenção Biopsicossocial, conforme publicação no Diário Oficial desta terça-feira (14.7). O investimento, com aporte de recursos federais e do Fundo Estadual de Segurança Pública, chega a R$ 19,8 milhões.

Foram celebrados três contratos com duas montadoras. O maior investimento foi com a General Motors do Brasil Ltda, com aporte de R$ 19,257 milhões para aquisição de 102 viaturas, modelos Trailblazer, adquiridos com recursos do Fundo Estadual de Segurança Pública. As viaturas serão repassadas para as policiais Militar e Civil. O prazo de vigência do contrato vale até 14 de junho de 2021.

Outros dois contratos foram celebrados com a Nissan. Com apoio de recursos federais, o primeiro contrato prevê a compra de um veículo de tração mecânica sedan, no valor de R$ 49,7 mil, que vai atender à Superintendência de Inteligência de Segurança Pública (Sisp) da Sejusp. A vigência do contrato será de 12 meses.

Com recursos do Fundo Estadual de Segurança Pública, foi assinado o contrato junto com a empresa, para a compra de mais 10 veículos de modelo sedan compacto. O investimento chega a R$ 497 mil e prazo de entrega será de 12 meses. As viaturas deverão atender as polícias Civil e Militar, além do recém-criado Centro de Atenção Biopsicossocial.

Para o secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Antonio Carlos Videira, a previsão é que a compra chegue a 300 viaturas em 2020. “As novas vão substituir aquelas que foram adquiridas durante o Programa MS Mais Seguro, que já ultrapassaram mais 150 mil quilômetros. O objetivo, além de equipar a frota, é reduzir o custo de manutenção”.

Rodson Lima, Sejusp

Fonte: Governo MS

Comentários Facebook
Continue lendo

TRÊS LAGOAS

CÂMARA DE TRÊS LAGOAS

BRASILÂNDIA

POLICIAL

Mais Lidas da Semana