TRÊS LAGOAS-MS
  Últimas
Herculano destaca importância de campeonatos de futsal para o Estado
Mobilização da ALEMS garante criação da Polícia Penal em Mato Grosso do Sul
Ordem do Dia: Aprovados Lei Orçamentária, PEC da Segurança e outros 9 projetos
MS integrará Plano Nacional de Redução de Mortes e Lesões no Trânsito
Press trip de lançamento do novo voo Congonhas-Bonito tem como resultado mais de 230 matérias publicadas na imprensa de todo o país
Desde o início do mês, Detran-MS no Fácil Coronel Antonino só atende despachantes
Governo concede isenção de IPVA na primeira tributação para motos de até 125 cilindradas
Foragido da justiça é preso pela Polícia Militar em Nova Andradina
Polícia Militar apreende adolescente por direção perigosa e desobediência em Rio Verde
Comandante da Polícia Militar de Coxim participa da inauguração da PAV
CCJR é favorável à mudança no cargo de Professor de Ensino Superior da UEMS
Lei: Holerite deve ser disponibilizado em formato acessível para deficiente visual
Boletim da dengue notifica 11 casos suspeitos em Três Lagoas
Campanha da SMS leva conscientização e prevenção sobre descarte correto de materiais perfurocortantes
Alunos da Diretoria de Cultura se apresentam hoje no espetáculo ” O Circo”
Vereadores destacam importância de programa Nossa Praça
O POVO TÁ DE OLHO – Moradores do Jardim das Acácias se unem para fiscalizar e cuidar da nova praça do bairro
AS ETAPAS DE UM SONHO – Prédio principal da Feira Central será entregue aos feirantes. 2a. etapa da obra continua
Refis 2021: Governo abre nova oportunidade para negociação de débitos do Detran, Iagro, Imasul e Procon
“Vamos bancar a conta de luz de 141 mil famílias”, afirma Reinaldo Azambuja
Governo do Estado inicia a restauração de 11km da MS-480, em Batayporã
MIS realiza nesta quarta-feira a primeira sessão noturna presencial com filme premiado “Madalena”
Inscrições do vestibular da UEMS 2022 vão até dia 20 de dezembro
Artesanato sul-mato-grossense faz parte de feira nacional em Belo Horizonte
Quarta-feira de céu claro e temperaturas elevadas em Mato Grosso do Sul
Secretário Nacional de Trânsito vem a Campo Grande para assinatura de Pnatrans no próximo dia 14
Polícia Militar Ambiental do Distrito de Águas do Miranda salva jacaré de mais de dois metros preso a anzol no rio Nioaque
Deputados devem votar redação final da proposta de lei orçamentária para 2022
Visita de celebridades à Lagoa Maior de Três Lagoas repercute na imprensa nacional
Rebeca Andrade e Isaquias Queiroz conquistam Prêmio Brasil Olímpico
Next
Prev

Mato Grosso do Sul

Governo abre seleção para jovens atuarem no Programa Cidadania Viva

Publicado


O Governo do Estado de Mato Grosso do Sul publicou nesta quarta-feira, no Diário Oficial, processo para seleção de jovens entre 16 e 29 anos, para atuarem dentro do Programa Cidadania Viva. Os interessados têm até o dia 12 de dezembro para se inscreverem. O programa foi elaborado e será conduzido pela Secretaria Estadual de Cidadania e Cultura (Secic).

Os selecionados iniciam no Cidadania Viva recebendo uma bolsa de R$ 700 (setecentos reais), podendo chegar a R$ 4.200 (quatro mil e duzentos reais), caso consiga se enquadrar dentro dos requisitos para ser coordenador –geral do programa. As outras funções são para monitor social, supervisor e coordenador-regional.

Além de ter idade entre 16 e 29 anos, o inscrito precisa ser estudante da rede pública ou privada, não receber qualquer outro auxílio de programas do Governo do Estado, ter disponibilidade para atuar, entre outras especificidades que podem ser conferidas no Diário Oficial desta quarta-feira, clicando AQUI. O edital está entre as páginas 36 e 44 da publicação. A inscrição deve ser realizada através do site da Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia do Estado de Mato Grosso do Sul (www.sigfundect.ledes.net). 

O secretário-adjunto da Secic, Eduardo Romero, frisa que o Cidadania Viva é um grande projeto que vai integrar as pessoas dentro de suas próprias comunidades, sejam elas urbanas, rurais, remanescentes de quilombos, indígenas, entre outras, de modo que recebam informações de apanhado histórico, cultural e ainda vai dar oportunidade de bolsa para adolescentes e jovens com idades entre 16 e 29 anos, oriundos de escolas públicas e privadas e que tenham um tempo mínimo para se dedicarem ao programa. Esta é uma forma de despertar para pesquisa e ainda tem o aspecto econômico, que será regulamentado posteriormente pela equipe de governo.

O Cidadania Viva se divide em quatro eixos. Um deles é o uso da educomunicação, que é uma forma usada para despertar nas pessoas o uso da comunicação midiática, independentemente da idade ou comunidade que elas vivem.

Outro eixo é o Prosa Cidadã, que promoverá rodas de conversas nas comunidades, bairros, associações, comunidades rurais ouvindo pessoas sobre desafio da cidadania, de ser sul-mato-grossense, suas vivencias naquela localidade.

O terceiro eixo envolve muralismo, sendo que muitas destas discussões das rodas de conversa possam ser transformadas em expressões, ocupando espaços públicos, como muros de escola, associações, com manifestações artísticas da própria comunidade.

No Rota Cidadã, lugares serão identificados com QR Code, trazendo modernidade e contemporaneidade digital. As pessoas poderão posicionar seu celular e ter informações sobre fatos históricos. Além disso, terão como oportunidade de conferir o material produzido pelo eixo da educomunicação sobre a comunidade, com história e entrevistas.

 “A ideia é fazer um movimento pela cidade, envolvendo e aproximando a sociedade e o Governo. Também vai levar dicas de direitos específicos com as nossas oito subsecretarias (Pessoa com Deficiência, Políticas Públicas para as Mulheres, da Pessoa Idosa, para População Indígena, promoção da Igualdade racial, Juventude, LGBT+ e Comunitário) do Governo do Estado”, explica Eduardo Romero.

 Experiência

O Festival Campão Cultural reservou programação nesta quarta-feira (24) até sábado (27) com adolescentes de comunidades indígenas e quilombolas de Campo Grande, para que experimentem a vivência da cidadania e cultura, por meio de agenda que promove rodas de conversa, visitação ao acervo do prédio da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS), além de intervenção de muralismo em dois pontos da cidade. Um deles é o tapume das obras de reforma da Casa do Artesão e o outro é o tapume das obras do Aquário do Pantanal.

Nesta quarta-feira, a programação começou às 8h, na sede da FCMS, que fica na Avenida Fernando Correa da Costa 559. Os adolescentes conheceram toda estrutura do prédio que, além, da Fundação, abriga a Biblioteca Pública Estadual Dr Isaías Paim, o Museu de Arqueologia da UFMS, o espaço de artesanato e ainda informações sobre as oito subsecretarias estaduais que funcionam na mesma estrutura.

A experiência dos jovens é uma mostra do que o Programa Cidadania Viva vai oferecer aos bolsistas selecionados para desempenharem o papel de monitores sociais em Campo Grande, que é a vivência da cidadania.

O cacique da Comunidade Paravá, que fica em Campo Grande, acompanhou um grupo de jovens indígenas. Ele destaca que a experiência foi muito importante não só para os adolescentes, mas também para os adultos. “Eu mesmo nunca tinha vivido isto, visitado o prédio, que tem tanta coisa, inclusive a história do povo indígena. Agora, nós vamos voltar pra Paravá com aquele ânimo para incentivar os nossos a fazer inscrição nesta seleção (Cidadania Viva) porque é muito importante pra nós”, disse.

William Francisco, 28 anos, nasceu na aldeia Bananal, em Aquidauana, e está morando na Comunidade Indígena Nova Dia, no bairro Santa Mônica. Cursando técnico em saneamento básico, em Limeira/SP, ele é exemplo de jovem que quer adquirir conhecimento e levar para seu povo. “Não vou poder me inscrever, mas este Cidadania Viva vai ser muito bom para os jovens. Vou contar para o meu pessoal e incentivar fazer inscrição”, garantiu.

Mais informações nas redes do programa @cidadaniavivams 

Eliane Ferreira , Secic 

Fonte: Governo MS

Comentários Facebook

Mato Grosso do Sul

MS integrará Plano Nacional de Redução de Mortes e Lesões no Trânsito

Publicado

por


Parte da estratégia para reduzir em 50% o total de mortes de trânsito no país nos próximos 10 anos, o Pnatrans – Plano Nacional de Redução de Mortes e Lesões no Trânsito, será implementado em Mato Grosso do Sul.

O Secretário Nacional do Trânsito, Frederico Carneiro, virá à Capital para a assinatura do Termo de Compromisso. Frederico acredita que só com ações conjuntas será possível atingir essa meta.

Para o diretor-presidente do Detran-MS, esse encontro será um grande marco na construção de um trânsito mais seguro em Mato Grosso do Sul.

Dividido em seis pilares, o Pnatrans prevê a gestão da política integrada do sistema viário, preza pela qualidade do pavimento das ruas, rodovias, reforça o item segurança veicular, com parâmetros mais seguros para itens como capacetes, airbags e dispositivos eletrônicos, por exemplo, e destaca a importância de campanhas educativas, além da normatização e fiscalização.

 

Katiuscia Fernandes – Subcom

Foto: Edemir Rodrigues

Fonte: Governo MS

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso do Sul

Press trip de lançamento do novo voo Congonhas-Bonito tem como resultado mais de 230 matérias publicadas na imprensa de todo o país

Publicado

por


No último dia 2 de dezembro, a companhia aérea GOL inaugurou seu mais novo destino ligando o aeroporto de Congonhas, em São Paulo, ao melhor destino de ecoturismo no país: Bonito, em Mato Grosso do Sul.

Para marcar a novidade, a equipe de comunicação Fundação de Turismo do MS e da companhia aérea prepararam uma press trip na região de Bonito-Serra da Bodoquena para apresentar os principais atrativos da cidade aos participantes. Jornalistas do Estadão, Panrotas, Mercado & Eventos e Brasilturis estavam entre os convidados da press trip, além de influenciadores de viagem e turismo.

Como resultado da ação, até o momento foram registradas 236 matérias publicadas, com um alcance estimado em mais de 8 milhões de pessoas.

Além dos principais atrativos da região de Bonito, Jardim e Bodoquena, as matérias reforçam também o compromisso da GOL com o meio ambiente, por se tratar da segunda rota regular 100% carbono neutro da Companhia.

Voo direto CGH-BYO-CGH

São dois novos voos semanais ligando os aeroportos de Congonhas (CGH) e de Bonito (BYO), sempre às quintas-feiras e domingos. O novo trecho é inédito na história do Mato Grosso do Sul. Em Congonhas, a decolagem está prevista para às 12h40, e a aterrissagem em Bonito, às 13h40.

A saída do novo destino acontecerá às 14h20, com pouso na capital paulista às 17h15 (horários locais). Os voos serão operados com o jato Boeing 737-700, que tem capacidade para 138 passageiros. As passagens já estão à venda no site da Gol Linhas Aéreas.

Texto: Débora Bordin, com informações da assessoria da GOL Linhas Aéreas / Foto: Silvio de Andrade

Fonte: Governo MS

Comentários Facebook
Continue lendo

TRÊS LAGOAS

CÂMARA DE TRÊS LAGOAS

Assembléia Legislativa MS

Mato Grosso do Sul

POLICIAL

Mais Lidas da Semana