TRÊS LAGOAS

Campo Grande

Festival da Carne de MS valoriza cultura e pecuária local com estações e pratos que exaltam a culinária pantaneira e fronteiriça

Publicado em

Evento acontece em Campo Grande, entre os dias 05 e 07 de agosto de 2022, em comemoração aos 123 anos da Capital Morena

Preparar, temperar, fogo! Para quem não resiste ao aroma e sabor de um bom churrasco, está chegando um dos momentos mais esperados do ano: O Festival da Carne de MS edição 2022, que acontece em Campo Grande de 05 a 07 de agosto, em comemoração aos 123 anos da Capital Morena.

Promovido pela Fest Food’ n Fun, o evento, que está em sua segunda edição, valoriza a gastronomia, a cultura e a pecuária do Estado, que tem no segmento, uma de suas principais bases econômicas.

De acordo com dados da Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de MS), o Estado ocupou no último ano o 2° lugar em produção no ranking nacional de produção pecuária, com 787 mil toneladas de carne. Ainda no período, a pecuária de corte representou 23% do VPB (Valor Bruto da Produção) da agropecuária de Mato Grosso do Sul.

E para valorizar a produção local, a carne servida nos pratos do Festival da Carne de MS são sul-mato-grossenses, o que fortalece a cadeia produtiva regional.

“Contamos com importantes parceiros, que oferecerão ao público produtos da mais alta qualidade e sabor. Mais que um evento gastronômico, o Festival da Carne tem o objetivo de fortalecer a economia e nossa gastronomia regional que é tão rica em sabores”, explica Henrique Corrêa, que junto à Marcia Marinho, organiza o evento.

Entre os parceiros do evento está a ABPO (Associação Pantaneira de Pecuária Orgânica e Sustentável), que terá uma estação especial, oferecendo típicos pratos da cultura regional.

“Como Associação de Produtores Pantaneiros que tem na pecuária bovina certificada e na biodiversidade seus principais produtos, nos sentimos honrados em apoiar este evento, que promove a carne do Mato Grosso do Sul, com notória reputação mundial em qualidade e respeito ao meio ambiente. A carne orgânica com terroir pantaneiro, será destaque em estações comandadas por “chefs” reconhecidos internacionalmente e que representam nossa gastronomia tradicional como Paulo Machado, Bruna e Silvio Trujillo, que apresentarão pratos pantaneiros para o público saborear e se deliciar neste grande encontro das comunidades sul-mato-grossenses”, afirma o presidente da entidade, Eduardo Cruzeta.   

Entre os chefs convidados para integrar a estação ABPO-Bio Carnes está Sylvio Trujillo, que atua em Bonito e Bodoquena. Com vasta experiência nos pratos que aliam a miscigenação de culturas, em especial a fronteiriça, ele leva ao Festival da Carne, o locro, prato feito à base de canjica de milho amarela e carne. Porém, com um toque especial do chef

“Vou fazer uma receita bem regional, com um locro com dois tipos de carne, sendo o charque e o ossobuco para a retirada do caldo. É um prato delicioso, eu já preparo há alguns anos para turistas de Bonito e Bodoquena, que quando estão em nossa região, querem mais que conhecer o prato, mas viver uma experiência regional e levar isso com eles. Por isso, minha expectativa quanto ao Festival da Carne de MS é a melhor possível, pois, quando pensamos nesse evento não há como desvencilhar a nossa cultura e nossa pecuária”, avalia o chef.

Cultura regional

Durante os três dias de evento, a música regional será valorizada com shows de Folk4 e Zezinho e Banda (dia 05), Vai Quem Qué e Muchileiros (dia 06) e Grupo Tradição e Filho dos Livres (dia 07). Nos intervalos, haverá ainda muita música com DJ. Chico.

Sobre o Festival da Carne – Serão três dias de evento com entrada gratuita, 10 estações de alimentação, workshops, palestras, chefs renomados, cervejas e chopps artesanais, área kids e diversão.

O evento tem co-realização da Abrasel, Sectur, Prefeitura Municipal de Campo Grande, Fecomércio e SESC.

O patrocínio é do Senar/MS, ACICG (Associação Comercial e Industrial de Campo Grande), Patagônia Cerveja, La Parrilla,Jelly Caipira, O Açougue Bom Beef, Fazendas Indaiá, Vermelho Beef, Boibras, 067 Vinhos, ABPO, Bio Carnes, Forjados, Luabrisa, Steak Store e VPJ.

São apoiadores: Embrapa, Sebrae, Sistema Fecomércio, Saborise e Fundação de Cultura de MS.

Mais informações em: @festivaldacarnems no Instagram ou www.festivaldacarnedoms.com.br

Serviço

Festival da Carne de MS

Data: 05 a 07 de agosto de 2022

Horário: 18h às 22h (dias 05 e 06) e 11h às 17h (dia 07)

Local: Armazém Cultural

Entrada Gratuita

Comentários Facebook

Campo Grande

Clube de Corrida Sesi Esporte vai preparar gratuitamente inscritos para a Corrida do Pantanal

Published

on

Se você ama correr, o compromisso já está marcado: no dia 9 de outubro, em Campo Grande, será realizada a Corrida do Pantanal. Preparar o corpo e a mente é fundamental para quem vai encarar o desafio da caminhada ou da corrida. Para ajudar você a fazer bonito na prova, o Sesi lança o “Clube de Corrida Sesi Esporte”.

Instrutores de Educação Física vão apoiar os participantes com treinamento semanal e preparação para o grande evento. Serão oferecidas atividades como aquecimento, alongamento e orientação sobre técnicas de corrida. Podem participar do Clube de Corrida Sesi Esporte tanto atletas de primeira viagem como corredores experientes.

O coordenador de saúde do Sesi, Ewerton de Oliveira, dá dicas valiosas para quem pretende aderir ao movimento por uma vida mais saudável: “É preciso estar bem alimentado e hidratado, usar roupas leves e calçado confortável. E principalmente, venham com bastante disposição”.

Tendas serão montadas em diversos pontos da capital, em vários dias da semana e horários diferentes, para atender à necessidade dos corredores. E o melhor de tudo: a orientação é gratuita.

Confira o calendário de atividades do Clube de Corrida Sesi Esporte. Tire o tênis do armário e venha se preparar com a gente!

Data Dia da semana Local Horário
21/ago domingo Altos Avenida Afonso Pena 09:00
23/ago terça-feira Parque das Nações 18:00
25/ago quinta-feira Parque das Nações 18:00
27/ago sábado Parque Sóter 09:00
30/ago terça-feira Parque Sóter 18:00
01/set quinta-feira Parque Sóter 18:00
03/set sábado Parque das Nações 09:00
06/set terça-feira Praça Belmar Fidalgo 18:00
08/set quinta-feira Praça Belmar Fidalgo 18:00
11/set sábado Praça Belmar Fidalgo 09:00
13/set terça-feira Parque das Nações 18:00
15/set quinta-feira Parque das Nações 18:00
17/set sábado Parque das Nações 09:00
20/set terça-feira Parque Sóter 18:00
22/set quinta-feira Parque Sóter 18:00
25/set domingo Altos Avenida Afonso Pena 09:00
27/set terça-feira Praça Belmar Fidalgo 18:00
29/set quinta-feira Praça Belmar Fidalgo 18:00
04/out terça-feira Parque das Nações 18:00

Comentários Facebook
Continue Reading

Campo Grande

Em Campo Grande| Som da Concha do próximo domingo terá o carisma de Jerry Espíndola e o country rock do Corvo e os Malditos do Cerrado

Published

on

Corvo e os Malditos do cerrado - Adriano de Campos Barboza

Campo Grande (MS) – O Som da Concha do próximo domingo, dia 21 de agosto de 2022, traz ao público músicas autorais, incluindo inéditas, do carismático Jerry Espíndola, às 18 horas, e o country rock do Corvo e os Malditos do Cerrado, às 19 horas. Projeto criado em 2008 pela Fundação de Cultura de MS, o Som da Concha leva shows quinzenalmente aos finais de semana na Concha Acústica Helena Meirelles, que fica no Parque das Nações Indígenas. A iniciativa valoriza e difunde a produção musical sul-mato-grossense. A entrada é franca.

A banda Corvo e os Malditos do Cerrado apresenta ao público da Concha Acústica Helena Meirelles o show A Saudade É Uma Estrada Longa, com músicas regionais de artista consagrados, como, Paulo Simões, Geraldo Roca, Almir Sater, Geraldo Espíndola, que são transformadas em Country Rock, além de apresentar músicas inéditas e clássicos do Rock N’ Roll dentro desse formato.

A principal característica da banda Corvo e os Malditos do Cerrado são as releituras de clássicos do Rock e Pop mundial para o Country Rock, fazendo uma mistura de bandas que pareceriam impensadas nesse estilo. Outra faceta da banda é tocar em Country Rock, músicas dos artistas do estado de MS, canções com “A Saudade é uma Estrada Longa”, “Cavaleiro da Lua”, “Vida Cigana”, se tornam gratas surpresas para quem ouve, fazendo uma ligação entre o Estado de Mato Grosso do Sul, diretamente com o sul dos Estados Unidos, mostrando o quanto essas regiões são semelhantes dentro do seu contexto, campo-cidade.

Corvo e os Malditos do Cerrado, foi formada em 2018, com uma proposta diferente do que acontece na cena rock da cidade e do estado de Mato Grosso do Sul, o Country Rock e Southern Rock, com pé no Blues. Formada por músicos experientes com mais de 20 anos de carreira, cada um em suas bandas e trabalhos solos ou lado de grandes nomes da música do Estado.

É formada por Fabio “Corvo” Terra (guitarrista e compositor da icônica banda de rock sul sul-mato-grossense O Bando do Velho Jack), Marcelo Souza (vocalista da banda de heavy metal mais importante do cenário campo-grandense, a Stone Crow), Zé Fiuza (baterista das bandas Cover Up, Erika Espindola, Rockfeller e um dos principias bateristas de estúdio do estado), Guilherme Castro, (baixista de nomes como Carlos Colmam e Karina Marques).

A banda em apenas um ano já se apresentou em todas as casas de show da cidade e já conseguiu conquistar um público considerável onde animação e a novidade que o estilo traz, contagia a plateia do começo ao fim.

Jerry Espíndola por Helton Perez Vaca Azul (2) – Jerry Espíndola

Em seu show “Seja Simpático”, Jerry Espíndola apresenta músicas autorais, incluindo inéditas, e releituras de artistas da nova geração do MS, além de compositores como Itamar Assumpção e Dani Black. O cantor e compositor sul-mato-grossense e acompanhado por Sandro Moreno na bateria, Rodrigo Teixeira no baixo e Gabriel de Andrade na guitarra.

No repertório hits de bandas como Chánoise e Curimba, além de Ju Souc. Músicas inéditas serão tocadas pela primeira vez pelo artista, são elas “Para Não Haver Prisão”, de Jerry com Alzira E, “Velho Hospício” com Paulo Simões, e “Fórmula” com Ju Souc. A canção gravada por Ney Matogrosso “Beijos de Imã” e a polca-rock “Colisão” são destaques no show.

Jerry Espíndola completa em 2022 40 anos de carreira. Com 10 álbuns lançados e vários singles e participações, Jerry tem mais de 140 músicas já gravadas, por mais de 40 artistas brasileiros. Seu trabalho também é reconhecido nacionalmente através sendo selecionado em importantes editais nacionais como Itau Cultural (2001), Petrobras Cultural (2008) e no Prêmio Funarte de Composição Popular (2009).

Serviço

Projeto Som da Concha: Jerry Espíndola e Corvo e os Malditos do Cerrado

Data: 21 de agosto de 2022, domingo

Horário: a partir das 18 horas

Entrada franca

Comentários Facebook
Continue Reading

TRÊS LAGOAS

CÂMARA DE TRÊS LAGOAS

Assembléia Legislativa MS

Mato Grosso do Sul

POLICIAL

Mais Lidas da Semana